3

Sarney Filho vai chefiar Meio Ambiente no governo do DF…

Nome do deputado federal maranhense – que já comandou o ministério da mesma área nos governos FHC e Temer – foi confirmado pelo próprio governador eleito Ibaneis Rocha

 

Sarney Filho voltará a ter missão no setor do Meio Ambiente, desta vez como secretário no Distrito Federal

O deputado federal maranhense Sarney Filho (PV), que disputou o Senado nas últimas eleições, foi anunciado como futuro secretário do Meio Ambiente no governo de Ibaneis Rocha (MDB), no Distrito Federal.

A informação foi dada ao G1 Portal pelo próprio governador. (Aqui)

Sarney Filho tem cadeira na Câmara Federal até 1º de fevereiro. Seu nome foi anunciado pelo governador eleito junto com outros nomes do secretariado.

O deputado maranhense comandou o Ministério do Meio Ambiente nos governos Temer e FHC, e é uma das principais autoridades no setor em todo o mundo.

Sua missão à frente da SMA do DF se dará em meio ás discussões sobre a extinção do Ministério do Meio Ambiente no governo Jair Bolsonaro (PSL).

0

Compromisso honrado: inaugurado em Buriticupu campo de futebol financiado por emenda de Hildo Rocha

No dia em que completou 24 anos de emancipação política e administrativa Buriticupu ganhou um majestoso Campo de Futebol, no Bairro Terra Bela, construído com recursos federais viabilizados por emenda parlamentar do deputado federal Hildo Rocha. O campo tem dimensões oficiais, alambrados, iluminação com recursos sofisticados e gramado de excelente qualidade irrigado por sistema computadorizado.

“Esse campo de futebol era um sonho de muitos desportistas de Buriticupu. O prefeito Zé Gomes e desportistas da cidade me pediram para conseguir os recursos, junto ao governo federal, nós lutamos e conseguimos os recursos para o prefeito fazer esse belíssimo campo. Por se tratar de uma grande conquista, acredito que esta data ficará marcada na história do município”, destacou Hildo Rocha. 

Administração exemplar

Ainda como parte da programação alusiva ao aniversário da cidade, o prefeito Zé Gomes inaugurou a Quadra Poliesportiva da U.I Sara Kubitschek; a ampliação da UBS Centro-Terra Bela; entregou dois veículos para a Secretaria Municipal de Saúde e fez a reinauguração do Ginásio Poliesportivo da U.I Professora Valdeana. 

“Zé Gomes é um melhores prefeitos do Maranhão, é comprometido com o povo de Buriticupu. Tenho a felicidade de poder participar das conquistas da sua administração, como esse belo campo de futebol e tantas outras obras importantes para a população de Buriticupu”, declarou Hildo Rocha.

Agradecimento

O parlamentar aproveitou para agradecer a votação obtida no município e afirmou que irá dignificar cada voto recebido. “Continuarei trabalhando firme em busca de benefícios para a população de Buriticupu que me ajudou a conquistar dois mandatos de deputado federal”, afirmou Hildo Rocha. 

“Temos nos esforçado para melhorar as condições de vida da nossa população, estamos trabalhando para trazer mais dignidade para nossa cidade, nas áreas da Saúde, da Educação, do Esporte e outros setores da administração pública municipal”, destacou o prefeito Zé Gomes.

1

CPI da Cyrela deve movimentar fim de ano na Assembleia…

Proposta é do deputado estadual Zé Inácio, para quem há diversas irregularidades nos imóveis da construtora em São Luís

 

Zé Inácio propõe investigação na Cyrella

A CPI que deve investigar irregularidades na construção de imóveis pela empresa Cyrela deve movimentar o fim de ano da Assembleia Legislativa.

– A abertura da CPI é um clamor da população que nos buscou na Assembleia, após várias ações judiciais já tramitarem para reparar os danos sofridos, mas precisamos aprofundar essa investigação sobre a Cyrela que tem descumprindo os direitos dos consumidores – frisou o deputado Zé Inácio (PT), autor do requerimento.

As investigações serão feitas em 120 dias, o que significa dizer que os parlamentares que irão compor a comissão passarão todo o período de recesso em análise de denúncias e documentos.

Entre as principais obras da Cyrela está o condomínio Jardins, anunciado como um bairro planejado, mas com sérios problemas estruturais, o que já resultou, inclusive, na evacuação de um dos prédios.

A CPI deve começar a se reunir logo…

5

Astro de Ogum na disputa pela prefeitura…

Vereador garantiu que vai concorrer a prefeito em qualquer circunstância e aposta que sua candidatura nascerá do apoio das ruas

 

ENTRE FLÁVIO DINO E EDIVALDO JÚNIOR haverá a candidatura de Astro de Ogum, “em qualquer circunstância”, garante o vereador

Prestes a deixar o comando da Câmara Municipal – com uma das melhores gestões já realizadas na Casa – o vereador Astro de Ogum (PR) decidiu seus novos passos na política.

– Vou mandar o recado e todos tenham a certeza que vou disputar a Prefeitura em 2020 – afirmou o vereador, durante evento com radialistas e jornalistas, na Câmara Municipal.

Segundo contou o blog do jornalista Diego Emir, Astro de Ogum recebeu convite do PSL, do colega Chico Carvalho, para que concorra pelo partido do presidente Jair Bolsonaro, que já tem um pretendente, o ex-vereador Fábio Câmara.

Para Astro, independentemente do apoio dos chamados grupos políticos – municipal ou estadual – sua campanha seguirá firme por que vinda das bases.

– Será de baixo para cima – revelou Astro de Ogum.

7

O que Flávio Dino fez com R$ 6 bilhões dos cofres maranhenses?!?

Apesar de ter recebido o estado com R$ 3 bilhões em caixa, comunista gastou todo este dinheiro e foi atrás de mais recurso, usando até o fundo de aposentadoria; quatro anos depois não tem mais como financiar a máquina pública

 

Obra que deveria ter sido concluída com recursos do BNDES está abandonada no meio do Maranhão

Acompanhe as contas.

Em 2015, quando assumiu o estado, o comunista Flávio Dino (PCdoB) tinha R$ 2 bilhões em caixa, fruto de financiamento do BNDES, garantido no governo Roseana, e mais R$ 1 bilhão no Fundo de Pensão e Aposentados e Pensionistas, o já famoso Fepa.

Além disso, não precisava se preocupar com a folha de pagamentos, que consumia apenas 38% da Receita Corrente Líquida, um dos mais baixos índices do país.

Aposentados maranhenses correm risco de ficar sem seus proventos a partir de 2019

Quatro anos depois, Flávio Dino recebe de si mesmo um estado falido.

Além de gastar todo o dinheiro do BNDES, apossou-se de quase R$ 1 bilhão do Fepa; não satisfeito, pegou mais de R$ 1 bilhão em empréstimos e ainda gerou outros R$ 1 bilhão em déficit primário, ao não conseguir pagar todas as contas.

O Maranhão não tem sequer uma obra estruturante contratada, iniciada e concluída no governo Flávio Dino; também já corre o risco de não ter dinheiro para pagar aposentados.

Diante de tudo isto, há de se perguntar: o que Flávio Dino fez com cerca de R$ 6 bilhões do Maranhão?!?

Leia também:

Flávio Dino quer renegociar crédito do BNDES…

Hildo Rocha confirma incompetência do governo Dino na gestão dos recursos do BNDES

A falência da Previdência no governo Flávio Dino…

0

Hilton Gonçalo participa de inaugurações e comemoração dos 24 anos de Bacabeira

O prefeito Hilton Gonçalo marcou presença na série de atividades desenvolvidas na cidade de Bacabeira entre os dias 9 e 10 de novembro. Inaugurações da Secretaria de Cultura, escola, posto de saúde, praças, calçamento de ruas, fábrica de bloquetes, casas de alvenaria, rede de energia elétrica e a revitalização da Fonte do Bombaim foram algumas das obras inauguradas pela prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo, esposa do prefeito de Santa Rita.

“Entendemos que a nossa gestão deverá ser marcada com obras que venham beneficiar a população, trazendo melhoria da qualidade de vida e geração de emprego e renda”, justificou Fernanda Gonçalo.

Acompanhando sua esposa Fernanda Gonçalo, Hilton Gonçalo participou da entrega calçamento de ruas, casas, fábrica de bloquetes e a Secretaria de Cultura e Esporte.

Ainda na sede, a prefeita fez o lançamento da pedra fundamental para construção de uma praça – solicitação do vereador Jefferson Calvet – e de um Hospital Municipal de Bacabeira – que será construído ao lado da UBS e formará um complexo hospitalar. Fernanda Gonçalo explicou que a UBS foi construída com recursos da Vale e ainda não foi entregue por apresentar problemas estruturais. “A Vigilância Sanitária não aprovou a obra e estamos fazendo as adequações necessárias para que possa funcionar juntamente com o novo hospital, que terá sala de parto e centro cirúrgico”, explicou a prefeita.

Na comunidade de Peri de Cima/Alto Satuba, a prefeita e sua comitiva inauguraram calçamento de ruas, rede de distribuição de energia e casas populares. Nestes dois primeiros anos de gestão, a prefeita construiu com recursos do tesouro municipal quase 600 casas de alvenaria para pessoas de baixa renda, em substituição às casas de taipa e cobertas de palha.

“Estas casas levam melhoria de vida e dignidade para as famílias. Estamos com aproximadamente 600 casas entregues e outras em andamento”, completou a gestora estadual.

Assentamento

Em todos os povoados existem obras concluídas pela Prefeitura de Bacabeira. No Assentamento foi inaugurada a primeira Escola Municipal Benedito Felipe Corrêa e o Posto de Saúde Sebastiana Mourão. “Estamos todos muitos felizes porque, pela primeira vez, um gestor municipal atendeu as nossas necessidades. A nossa vida era muito difícil com as crianças estudando longe”, falou a dona de casa Maria Eduarda, mãe de um aluno. A escola atendeu também a uma reivindicação do vereador Ademir Castro.

No Distrito de Peri de Baixo, Fernanda Gonçalo entregou a Revitalização da Fonte de Águas Naturais do Bombaim (faz parte da história do município e abastece parte da comunidade com água pura) e a Praça da Amendoeira – construída às margens da BR-135.

“Estamos muito felizes de entregar esta praça para a comunidade porque este local aqui era tomado de mato, lama e lixo. Conversamos com o arquiteto Reginaldo Calvet para fazer a revitalização deste local e agora é uma área de lazer”, completou a prefeita. A construção da Praça da Amendoeira e a revitalização da fonte são obras que fazem parte dos requerimentos do vereador Thacbal.

Faziam parte da comitiva da prefeita, os vereadores Tchabal, Dino, Ademir, Magno, Romualdo, Meu Povo, Jefferson Calvet e Arrumadinho. Os secretários Ramon (Pesca), Lucas (gabinete), Ivanildes (Educação), Fábio (Semdes), Linhares (Portos), Ruck (Agricultura) e secretários adjuntos também acompanharam as inaugurações durante.

0

“Teremos estacionamento com 300 vagas para advogados perto do Fórum”, defende Thiago Diaz

Seguindo em uma campanha propositiva e prestando conta dos trabalhos que prestou em prol da  advocacia maranhense em sua primeira gestão à frente da OAB/MA, o presidente e candidato à reeleição Thiago Diaz defende a construção de um estacionamento com 300 vagas próximo ao Fórum Estadual Desembargador Sarney Costa.

“Construiremos um novo estacionamento, com 300 vagas para advogados, levando em consideração a grande dificuldade que muitos colegas tem para estacionar seus veículos quando estão nas proximidades do Fórum estadual”, pontuou Diaz. 

A proposta está no planejamento a ser desenvolvido em sua segunda gestão, caso seja eleito no próximo dia 23 de novembro. Diaz concorre pela Chapa 4, intitulada “Vamos Fazer Muito Mais”, que vem somando grandes apoios por onde passa no Maranhão.

A atual gestão tem sido referência em obras de estrutura para a OAB, como exemplo de construção de 7 sedes para subseções, que tiveram um aumento considerável em relação ao número que existiam nas anteriores gestões da OAB, além de dezenas de salas em fóruns.

Aliás, a construção de novas sedes para as demais subseções que ainda não possuem e de novas salas nos fóruns do interior do estado é um dos compromissos de Thiago Diaz para a segunda gestão.

“A interiorização sempre foi prioridade de nossa gestão. Assim sendo, nada mais justo que os colegas advogados que militam no interior tenham um espaço digno para sua subseção, sendo imprescindível, também, que todos os fóruns do Estado tenham sala da advocacia pra facilitar o exercício profissional dos advogados e advogados.”, concluiu.

0

Emenda de Hildo Rocha viabiliza compra de carros para Assistência Social de municípios…

O deputado federal Hildo Rocha viabilizou, por meio de emenda parlamentar de sua autoria, a aquisição de nove carros modelo Air Cross, da Citröen, que serão utilizados pelas Secretarias de Assistência Social de prefeituras maranhenses. Entre os municípios beneficiados estão: Barra do Corda; Buriticupu; Grajaú; Itapecuru-Mirim; Milagres do Maranhão; Presidente Juscelino; São João do Paraíso; São José de Ribamar e Senador La Rocque. 

“Aloquei dois milhões e meio de reais, de minhas emendas, para a área da assistência social, beneficiando a população residente em vários municípios do Maranhão. Os benefícios chegarão de duas formas: Convênio entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Prefeituras ou a entrega pelo Governo Federal dos carros para as Secretarias Municipais de Assistência Social”, explicou Hildo Rocha.

A entrega simbólica das chaves e da documentação dos veículos, foi realizada pelo presidente da República, Michel Temer, em cerimônia realizada no Palácio do Planalto. No total, foram entregues 321 carros, com capacidade para cinco pessoas e 208 micro-ônibus, da Volkswagen, com capacidade para 23 passageiros.

“Essa é uma conquista importante, de grande utilidade para os profissionais do setor, que passam a dispor de melhores condições para realizar suas atividades em benefício de pessoas em situação de vulnerabilidade social. As demandas da Assistência Social são imensas, portanto, a chegada desses veículos se constitui em considerável avanço” destacou Hildo Rocha.

Os 456 municípios brasileiros contemplados atendem 2,9 milhões de famílias, pelos serviços oferecidos na Assistência Social, o que corresponde a cerca de 9 milhões de pessoas.

No Maranhão, o número de pessoas beneficiadas por meio da ação do deputado Hildo Rocha é de aproximadamente 50 mil pessoas.

8

Em novo contraponto a Bolsonaro, Flávio Dino decreta “Escola sem Censura” no MA…

Governador editou Decreto que garante as liberdades individuais, ideológicas e históricas na educação maranhense, e diz que o projeto “Escola Sem Partido” esconde propósitos autoritários incompatíveis com a Constituição

O governador Flávio Dino (PCdoB) editou nesta segunda-feira, 12, Decreto que dispõe sobre as garantias constitucionais no ambiente escolar da rede estadual de ensino.

Na prática, o Decreto impede a implantação do projeto “Escola Sem Partido”, programa do governo Bolsonaro para impedir a doutrinação ideológicas nas escolas.

– Todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar seu pensamento e suas opiniões no ambiente escolar da rede estadual do Maranhão – estabelece o Decreto, em seu artigo 1º.

Desde que venceu a eleição no Brasil, Jair Bolsonaro tem pregado a adoção do projeto ‘Escola sem Partido”. em seu entendimento, há uma doutrinação ideológicas de esquerda nas escolas brasileiras.

O problema é que o objetivo de Bolsonaro é apenas mudar o viés ideológico, da esquerda para a direita, doutrinando crianças e adolescentes com pensamentos militares.

O Decreto de Flávio Dino se baseia no artigo 206 da Constituição Federal…

0

Hildo Rocha quer anular Portaria que trava liberação de emendas parlamentares

O deputado federal Hildo Rocha protocolou na mesa diretora da Câmara Federal Projeto de Decreto Legislativo (PDC) com a finalidade de anular os efeitos da Portaria Interministerial 424, do Ministério do Planejamento. De acordo com o parlamentar, a portaria extrapola competências do poder executivo. 

“Essa portaria instituiu normas que só poderiam ser adotadas por força de lei. O executivo não pode criar leis. Além disso, o documento coloca todos os gestores municipais como se ladrões fossem porque institui exigências que inviabilizam a formalização de convênios entre o Governo Federal e os Governos Municipais”, argumentou Hildo Rocha.

Portaria agride a autonomia administrativa dos municípios

Para sustentar os seus argumentos, Hildo Rocha destacou o inciso da portaria que exige dos municípios beneficiários de convênios a apresentação de  declaração expressa atestando que possui setor específico com atribuições definidas para fazer gestão de convênios. 

“Isso é um absurdo, porque o município tem autonomia administrativa, somente o município pode definir a sua estrutura, o seu quadro de pessoal, o seu organograma. Não cabe ao executivo federal, nem tampouco aos técnicos do Ministério do Planejamento, determinarem esse tipo de exigência”, afirmou Hildo Rocha.