1

Com apoio de Cleide Coutinho, Eliziane se fortalece em Caxias…

Candidata a senadora terá no palanque uma das mais carismáticas lideranças políticas da região Leste, que vai reforçar o discurso do empoderamento feminino nestas eleições

 

Cleide Coutinho e Eliziane entre o outro candidato a senador do grupo, Weverton Rocha, e o ex-deputado Rubens Pereira

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) ganhou um trunfo a mais em sua campanha pelo Senado.

O apoio do grupo da ex-deputada Cleide Coutinho (PDT) dá a ela força suficiente em duas frentes importantes na caminhada pela eleição de senadora:

1 – ela chega forte à região Leste do Maranhão, onde Cleide é uma das lideranças mais carismáticas e queridas;

2 – a presença do grupo da ex-deputada reforça o debate pelo empoderamento da mulher, já que Eliziane é a única representante do sexo feminino a pleitear vaga de senadora nestas eleições.

Para se ter ideia da importância do apoio de Cleide Coutinho – e do grupo do ex-deputado Humberto Coutinho – o também candidato a senador Alexandre Almeida (PSDB) é o mais forte postulante nesta região.

A deputada do PPS entra, portanto, em uma região que pode decidir a eleição de senador no Maranhão…

0

Imagem do dia: Pedro Lucas e sua base de vereadores…

Vereador de São Luís conseguiu reunir um time de colegas de Casa em sua articulação para se eleger deputado federal; aliança inclui o futuro presidente da Câmara, pedetista Osmar Filho

 

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) articulou uma das maiores bases de vereadores de São Luís em seu projeto de se eleger deputado federal nas eleições de outubro.

Nesta imagem estão com ele Umbelino Júnior, Nato Júnior, Marquinhos, Gaguinho, Pereirinha, Chico Carvalho, Joãozinho Freitas, Irmão Domingos e Osmar Filho.

A base representa alcance de votos em toda Grande São Luís.

Do encontro com vereadores participou também o deputado federal Pedro Fernandes, presidente regional do PTB.

0

Alexandre Almeida garante meio milhão de reais em recursos para a saúde de Caxias

Alexandre Almeida entre o prefeito Fábio Gentil e o vice-prefeito Paulo Marinho Jr, candidato a deputado federal

Por meio de uma emenda parlamentar, o deputado estadual Alexandre Almeida (PSDB) garantiu para o município de Caxias o valor de R$ 500 mil. O recurso deverá ser aplicado diretamente na saúde do município a critério da Prefeitura.

Na última quinta-feira, 13, Alexandre esteve na cidade para fazer a entrega formal do benefício ao prefeito, Fábio Gentil, e ao vice-prefeito, Paulo Marinho Jr.

O deputado destacou que a emenda vai melhorar o acesso da população caxiense a uma estrutura de saúde bem estruturada.

“Essa é a maneira, enquanto deputado estadual, de efetivamente realizar ações concretas que melhorem a qualidade de vida das pessoas aqui de Caxias. O recurso destinado será aplicado sob critério do prefeito Fábio Gentil e conto com a população caxiense para cobrar e fiscalizar os resultados disso”, pontuou.

Fábio Gentil agradeceu a atitude de Alexandre.

“Caixas é uma cidade irmã de Timon e a saúde da nossa cidade com certeza ficará melhor com essa verba”, disse.

0

Hildo Rocha beneficia Presidente Vargas com Habitações Rurais…

A  construção de noventa casas, no povoado Santa Filomena, do município de Presidente  Vargas, já foi iniciada.

Os recursos foram viabilizados pelo deputado federal Hildo Rocha, que na condição de relator do Orçamento da União, para o setor da habitação, conseguiu fazer o aporte de recursos para a construção de onze mil unidades habitacionais no âmbito do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), para o Maranhão. 

Parte do investimento já está em execução em diversas localidades do Maranhão. O parlamentar esteve na comunidade de Santa Filomena para verificar o andamento e a qualidade das obras.

 

De acordo com Hildo Rocha, os serviços realizados pela construtora é de excelente qualidade e o ritmo de execução está muito bom.

“O construtor está ‘cintando’ todas as casas para evitar que os imóveis venham a rachar, evitando assim prejuízos para as famílias beneficiadas. Vou levar este vídeo para que o Ministro das Cidades, Alexandre Baldy e a Secretária Nacional de Habitação, Socorro Gadelha, para que eles possam ver que a obra está acima do padrão estipulado no contrato”, destacou o deputado.

Rocha explicou que as casas não serão alinhadas, não será um conjunto habitacional.

“Os imóveis serão construídos nas proximidades das antigas casas de taipa e palha, atendendo desejo dos moradores. Isso é uma forma de manter as famílias nos locais onde já moram há décadas e estão ambientadas. Por isso as casas estão sendo construídas de maneira isoladas”, explanou.

Cada imóvel terá 53 m2,  dois quartos, sala, cozinha banheiro acabamento de boa qualidade.

“Dessa forma, as famílias passarão a ter moradias dignas, conforme determina a nossa Constituição Federal de 1988”, afirmou Hildo Rocha.

O construtor das casas, Zé Ceará e os empresários Benedito Mendes e Santora, acompanharam o parlamentar na vistoria da obra.

2

Sarney Filho é recebido como candidato a senador em convenção de Assembleias de Deus…

Deputado federal foi apresentado aos membros da igreja na região Sul do Maranhão pelo presidente da Comadesma, pastor Cavalcante, ao lado do pastor Pedro Lindoso, cotado para compor a chapa da ex-governadora  Roseana Sarney

 

Sarney Filho é agraciado com um exemplar da Bíblia Sagrada durante convenção da Assembleia de Deus no Sul do Maranhão

O deputado federal Sarney Filho (PV), candidato a senador na chapa da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), foi recebido pelas lideranças da igreja Assembleia de Deus na região Sul do Maranhão.

Ao lado do pastor Pedro Lindoso – cotado para compor a chapa de Roseana – Sarney Filho foi apresentado aos convencionais pelo presidente da Comadesma, pastor José Alves Cavalcante.

A Comadesma é uma das vertentes estaduais da Assembleia de Deus, que vem tendo forte posicionamento político nas eleições de 2018.

Pedro Lindoso tem feito um trabalho forte de desconstrução dos interesses das lideranças da convenção geral das AD’s, que decidiu declarar apoio ao comunista Flávio Dino.

A presença de Sarney Filho e de Lindoso na reunião foi um dos contrapontos políticos deste debate.

3

O Luís Fernando de ontem; o Luís Fernando de hoje.

De revelação da política maranhense na década passada – com perspectivas até de ser governador – prefeito de Ribamar chega ao final desta década com mancha de covarde, traidor e destemperado no trato com populares

 

Recorte de vídeo em que o prefeito de Ribamar parte pra coma de comunitários: destempero emocional

Vez por outra, surgem notícias em blogs e sites da Grande São Luís e do interior dando conta de um bate-boca entre populares e o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva (PSDB), apontando forte desgaste do gestor. (Leia aqui, aqui, aqui e aqui)

Sensação política na década passada, exemplo de gestão e cogitado até para o Governo do Estado, a imagem do prefeito Luís Fernando de hoje contrasta radicalmente com a imagem que ele forjou em seu primeiro mandato.

Este blog tem isenção para analisar o perfil de Luís Fernando porque já fez críticas duras ao seu comportamento autoritário e arrogante, mas reconheceu sua capacidade de gestão. (Reveja aqui e aqui)

Aliás, este post tem um post gêmeo, com o mesmo título, publicado em 23 de agosto de 2017, que já apontava a diferença entre o Luís Fernando do passado – na pujança com apoio de Roseana – e o de agora, após aderir ao comunista Flávio Dino, no pós-arrego da eleição de 2014.

O Luís Fernando que emergiu do comunismo – após sucumbir à covardia e não disputar o governo, em 2014 – e ora comanda São José de Ribamar, não é nem sombra daquele Luís Fernando de 2004 a 2009, que transformou Ribamar em exemplo para o Maranhão.

Na pós-adesão ao comunismo de Flávio Dino, o ex-quase-candidato a governador vive o ocaso político e administrativo

Mas há explicação para o contraste entre os dois Luís Fernando.

Em seu primeiro mandato, embora este fato tenha ficado escondido nas prateleiras das conveniências políticas, o atual prefeito de Ribamar contou com uma estrutura de apoio com gente do quilate de Roseana Sarney, Edison Lobão, Nice Lobão e tantas outras lideranças capazes de dar a ele as condições para virar exemplo de gestão.

Roseana, por exemplo, viabilizou quilômetros e quilômetros de asfalto, garantiu infraestrutura nos bairros e povoados e ajudou na construção da imagem de gestor brilhante.

Dona Nice Lobão é a responsáveis pelos Liceus ribamarenses, que tanto destaque ganhou na mídia.

Hoje, isolado após arregar ao governo e se alinhar ao comunista que um dia ele próprio classificou de “político de gogó”, Luís Fernando virou o que se vê no dia a dia de Ribamar.

E a São José que tanto brilhou nos idos da primeira década dos anos 2000 é hoje apenas restos do que sobrou.

E Luís Fernando de 2018 apenas uma sombra do Luís Fernando de 2008…

0

Maura Jorge e Coronel Monteiro vão disputar agenda de Bolsonaro no MA…

Ex-prefeita tem o trunfo de ser a candidata do próprio partido do presidenciável do PSL, mas o candidato do PHS tem a história no Exército vinculada ao ex-colega de farda

 

Maura Jorge está no mesmo partido de Bolsonaro, que veio ao Maranhão para agenda com ela

A ex-prefeita Maura Jorge alcançou um trunfo significativo na disputa pelo Governo do Estado ao filiar-se ao partido do deputado federal Jair Bolsonaro, candidato a presidente pelo PSL.

Desde então, a pré-candidata vincula sua imagem à do ex-capitão do Exército, que disputa a liderança das pesquisas de intenção de votos com o ex-presidente Lula (PT), preso em Curitiba desde abril.

Agora, no entanto, Maura Jorge vai ter que dividir as atenções bolsonaristas com o coronel José Ribamar Monteiro Segundo, que anunciou sua candidatura ao governo pelo PHS.

Coronel Monteiro é irmãod e farda do presidenciável pesselista e defende o seu projeto no Maranhãop

Maura tem o trunfo de ser do partido do próprio Bolsonaro, mas Monteiro carrega a chancela de ter sido colega de farda do presidenciável no Exército, além de reunir a União da Direita Maranhense na construção da agenda bolsonarista.

De qualquer forma, já há quem defenda a união das agendas de Maura e Monteiro; e até mesmo a união das chapas.

Mas esta é uma outra história…

2

Roberto Costa aponta para suposto desvio em Bacabal…

Parlamentar revela que o novo gestor do municípios constatou rombo nos cofres do setor de Educação, praticado pelo antigo prefeito

 

Roberto Costa vai cobrar explicações dos ex-gestores de Bacabal por rombo na Educação

O deputado Roberto Costa (MDB) relatou um suposto desvio de recursos da Prefeitura de Bacabal, na área da educação. Segundo o parlamentar, o novo prefeito do município, Edvan Brandão, constatou que o antigo gestor deixou um rombo nos cofres públicos.

“O levantamento nas contas bancárias do município, realizado pelo prefeito Edvan Brandão, só confirma o que já havíamos falado aqui, nesta Casa, sobre o desvio de dinheiro público. A Secretaria de Educação constatou que foram desviados quase R$ 10 milhões, dinheiro este que era para pagar professores e funcionários. Os salários dos efetivos não foram pagos. Eu mostrarei os extratos bancários e as contas bancárias zeradas da Prefeitura de Bacabal, e vamos denunciar no Ministério Público Estadual e no Ministério Público Federal”, ressaltou.

Roberto Costa afirmou, ainda, que a situação se repete em todas as áreas, como saúde, infraestrutura e saneamento básico. O parlamentar destacou que, mesmo diante das dificuldades e dos desafios, o prefeito Edvan Brandão fará uma gestão de compromisso com o povo bacabalense, e buscará o apoio do Governo do Estado e do Governo Federal para reconstruir a cidade.

“Fico feliz com a determinação do prefeito Edvan Brandão e sei que ele é um homem preocupado com o município, e quer reconstruir a cidade. Ele vai fazer a transformação que a cidade de Bacabal precisa. Eu sei que ele buscará todo o apoio para ajudar o município, e nós estaremos à disposição para ajudar nessa reconstrução. Mesmo diante dos desafios, sabemos que a cidade de Bacabal tem jeito e sei que ele vai trazer a esperança para o povo”, finalizou.

4

De como Flávio Dino arrombou os cofres dos aposentados maranhenses…

Desde que assumiu o governo, em 2015, comunista levou quase todo o caixa de R$ 1,2 bilhão que o Fepa tinha aplicados em bancos; saldo, hoje, é de apenas R$ 150 milhões

 

VELHICE SAQUEADA. Aos poucos, Flávio Dino dilapidou o patrimônio do Fundo de Pensão e Aposentadorias dos funcionários estaduais

Não há precedentes na história do Maranhão para o “saque” que o governo comunista de Flávio Dino (PCdoB) promove nos cofres dos aposentados maranhenses desde que assumiu, em 2015.

Dino recebeu o governo com caixa de quase R$ 1,2 bilhão nas contas do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadorias (Fepa), devidamente aplicados e rendendo algo em torno de R$ 180 milhões anuais.

De lá para cá, foi dilapidando as contas do Fepa até quase zerá-la, de acordo com o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) do próprio governo.

Em 2015, Flávio Dino arrancou do Fepa pouco mais de R$ 20 milhões. Em 2016, outros saques totalizaram R$ 47 milhões.

ABANDONADOS. Enquanto Dino dilapida seu patrimônio, os aposentados maranhenses vivem em dificuldades

Em 2017 o comunista foi mais guloso e levou nada menos que R$ 457 milhões das aplicações do FEPA. Parte deste dinheiro foi usada, ilegalmente, para garantir um empréstimo do governo na Caixa Econômica Federal, como revelou este blog. (Relembre aqui)

Já agora em 2018 somam-se saques de R$ 50 milhões e de R$ 440 milhões, totalizando R$ 490 milhões apenas no primeiro semestre.

O resultado é que o FEPA, atualmente, tem em caixa pouco mais de R$ 150 milhões, ou menos do que o fundo rendia só em aplicações em 2015.

E assim o Maranhão vai seguindo sob o comando comunista…

2

PT maranhense: eterno coadjuvante…

Seja em eleições estaduais ou municipais, o partido de Lula não consegue ser protagonista no Maranhão e só conseguiu ter importância político-eleitoral exatamente nos governos de Roseana Sarney

 

Imagem é simbólica das várias correntes do PT maranhense; e da desimportância que elas têm no contexto político-eleitoral

Nem mesmo a forte popularidade do ex-presidente Lula e o grande número de eleitores que ele sempre teve no estado conseguem fazer do PT um partido forte ou pelo menos respeitável no Maranhão.

Sem grandes lideranças, mais uma vez a legenda vira chacota eleitoral quando tenta impor condições para apoiar esta ou aquela candidatura majoritária nas eleições do Maranhão.

Seja nas eleições municipais ou nas estaduais, o PT maranhense nunca consegue ser protagonista e nem de longe faz jus ao título de partido do ex-presidente Lula, que continua tendo a maioria das intenções de voto do eleitorado no Maranhão.

Parece faltar popularidade ou competência aos líderes petistas, que se fragilizam mais pela eterna disputa interna mantida pelas diversas correntes que formam o partido.

E essa queda de braço interna não permite que o PT firme posição e se fortaleça como partido. Pior ainda: dirigentes da legenda se contentam com cargos de segundo e terceiro escalões, abrindo mão do espaço de poder que poderia almejar pela força eleitoral que tem no Maranhão.

E assim o PT maranhense segue sua trajetória de partido relegado ao papel de eterno coadjuvante, sem prestígio e peso político.

Segue o roteiro de teatro mambembe, subindo ao picadeiro somente pra fazer a alegria dos que estão no poder.

Agindo assim, os que trocam o partido por migalhas vão acabar enterrando o PT no Maranhão.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão