2

A movimentação de Camila Holanda…

Ignorando o fato de ela estar inelegível em 2020 – uma vez que é esposa do atual prefeito – jornalistas de várias correntes especulam sobre as possibilidades eleitorais da primeira dama de São Luís; mas isso só pode ocorrer em 2022

 

Não é de hoje que a primeira-dama Camila Holanda é recepcionada com carinho pela população; mas ela não pode ser candidata em 2020

De fato, ela é figura onipresente nos lançamentos e entregas de obras da Prefeitura de São Luís; e demonstra empatia popular tão ou até superior a do próprio prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Por tudo isso, a primeira-dama da capital maranhense Camila Holanda passou a ser vista por jornalistas de várias correntes como uma opção político-eleitoral da família do prefeito.

Mas ela não pode ser candidata em 2020.

Camila acompanha Edivaldo em todas as entregas e lançamentos de obras em São Luís, o que gera especulação de setores da imprensa

Camila está inelegível nas próximas eleições por ser mulher do atual prefeito; no caso de ele deixar o cargo em abril – o que seria inusitado do ponto de vista administrativo – ela poderia disputar vaga na Câmara Municipal.

Mas o fato é que a desenvoltura político-administrativa da primeira dama a torna uma opção de respeito na formação de qualquer chapa.

Quem sabe em 2022?!?

1

Edilázio cobra resposta do MP por precariedade da MA-315…

Parlamentar denunciou a obra ainda em 2019 ao Ministério Público, ao Tribunal de Contas do Estado e à própria Justiça estadual, sem que nenhuma das instâncias tenha dado resposta

Edilázio, durante formulação da denúncia aos órgãos que deveriam ter fiscalizado a obra da rodovia maranhense

No centro das discussões após denúncia formalizada pelo deputado Wellington do Curso, a precariedade da rodovia MA-315 já é alvo desde o mês de abril de 2019 de um pedido de investigação formalizado junto ao Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Justiça Estadual, pelo deputado federal Edilázio Júnior (PSD).

A rodovia foi entregue em janeiro daquele ano, e apenas 3 meses depois já apresentava trechos deteriorados, o que dificultava a trafegabilidade no local. A MA-315 liga Barreirinhas à cidade de Paulino Neves.

Na ocasião da denúncia, Edilázio apontou irregularidades quanto ao aditivo de mais de R$ 2 milhões e lesão ao patrimônio público, já que a obra apresentava graves problemas logo após a sua inauguração.

Ele protocolou ação popular, mas até o momento não houve providências do Ministério Público sobre o caso – que agora recebe nova denúncia, formalizada por Wellington -.

“É um problema que ainda persiste e que se agravou de 2019 para cá. Lembramos que em 2018 o Governo do Estado assinou contrato no valor superior a R$ 9,1 milhões para a recuperação da estrada. Depois houve um aditivo de mais de R$ 2 milhões à obra, que contraria o que determina o contrato da obra e a apuração a respeito da qualidade dos serviços já efetuados na rodovia. Até o momento aguardamos as providências a respeito”, disse.

Saiba mais

Em 2019, logo após a denúncia de Edilázio, a Secretaria de Estado da Infraestrutura assegurou o uso de um seguro da obra para a recuperação da estrada. Não há informações, contudo, a respeito da utilização ou não da apólice. 

0

Domingo com pré-Carnaval no Casarão Colonial

Espaço que virou ponto de encontro no Centro Histórico de São Luís receberá, a partir das 15h, Os Parças, Sambaceuma, CDC, Fabrícia & Gargamel e o DJ Adriano Sound

 

O endereço mais jovial de São Luís já deu o seu grito de pré-Carnaval e neste domingo, a partir das 15h, tem mais ziriguidum no Casarão Colonial (Rua Afonso Pena), no Centro Histórico de São Luís. O espaço receberá Os Parças, Sambaceuma, CDC, Fabrícia & Gargamel e o DJ Adriano Sound.

“É uma combinação na medida certa para que tenhamos um agradável pré-Carnaval em São Luís. O nosso Casarão Colonial está de portas abertas a todos aqueles que buscam se divertir com descontração, segurança e altas doses de musicalidade”, diz o proprietário, Ricardo Fernandes.

O grupo de samba e pagode Os Parças é um dos convidados para a tarde/noite. Comandado pelo empresário Samuel Vieira, a proposta é reviver sucessos desses dois gêneros musicais e fortalecer os repertórios da atualidade. Entre outras coisas, eles tocam pagodes da década de 1990 e homenageiam artistas como Ferrugem, Dilsinho, Belo, Thiaguinho e Rodriguinho, entre outros.

Amplitude – Assim como Os Parças, os rapazes do Sambaceuma complementam o repertório com dançantes sambas da atualidade e de outras décadas. Já o CDC, grupo conduzido por Cassiano Sobrinho, Dinho Dias e Carlindo Filho, tem como foco a exaltação à boa música. Composto por três artistas com características distintas, o grupo mostra amplitude de repertório e passeia desde os clássicos do samba até as adaptações de músicas do universo da MPM, MPB, pop, rock e axé, sempre com arranjos autorais.

O CDC conta ainda com o auxílio dos músicos Roberto Chinês (cavaco e violão), Jessé Fonseca (teclados), Jabito (contrabaixo), Arthur Pereira (percussão) e Handenson Moura (percussão). “Nós buscamos fugir do óbvio e apresentamos uma mistura de ritmos, com uma base musical alicerçada na qualidade, a fim de tornar cada show especial”, afirma Dinho Dias.

A vibe da festa ficará completa com o alto astral dos cantores Fabrícia & Gargamel, que mandam bem em diferentes repertórios, incluindo músicas que fizeram sucesso em anos anteriores e as pérolas dos carnavais fora de época. Além deles, tem o DJ Adriano Sound, tocando nos intervalos entre as apresentações das bandas.

2

Parlamentares do PT minimizam encontro de Rubens Júnior e Honorato

Além de desautorizar o vereador de falar em nome do partido, deputado federal Zé Carlos e deputado estadual Zé Inácio reafirmam compromisso de candidatura própria e de discutir alianças apenas em eventual segundo turno

 

Honorato tentou gerar fato em reunião com Rubens Júnior, mas foi desautorizado por Zé Carlos e por Zé Inácio

Teve repercussão negativa entre as lideranças do PT o encontro do secretário de Cidades, Rubens Pereira Júnior (PCdoB), com o vereador Honorato Fernandes.

Pereira Júnior almoçou na quarta-feria, 8, com Fernandes e o delegado Lawrence Melo, presidente da Agência de Mobilidade Urbana, de onde saiu pregando a aliança entre o PCdoB e o PT. (Relembre aqui)

Para o deputado federal Zé Carlos e o deputado estadual Zé Inácio, no entanto, esta questão de aliança nem é discutida no PT.

– Não tem rumo essa conversa deles. O Honorato não tem legitimidade para tratar esse assunto. Ele não fez uma ação muito legal, não. E o caminho não é por aí – afirmou Zé Carlos, ele próprio um dos pretendentes à candidatura própria.

O deputado Zé Inácio deixou claro que vai defender a candidatura própria do PT;  sobre eventual aliança com o PCdoB, foi direto: 

– Aliança com o PCdoB só no segundo turno, eles nos apoiando ou nós os apoiando, a depender de quem conseguir pular a fogueira do primeiro turno – disse Inácio.

Da reunião com o dois petistas participou também o próprio pai de Rubens Júnior, o ex-deputado Rubens Pereira, que tem sido onipresente na campanha do filho, como uma espécie de avalista das negociações.

Mas esta é uma outra história…

2

Em novo encontro com Roseana, Roberto reafirma projeto do MDB

Presidente municipal do partido, deputado estadual mostrou à ex-governadora dados ainda mais consistentes sobre sua eventual candidatura a prefeita e reafirmou que ela é prioridade na legenda

 

Roseana recebeu Roberto em novo encontro em sua casa; campanha a prefeita embasada na consistência dos números e da história

O deputado estadual Roberto Costa, presidente municipal do MDB, reuniu-se novamente com a x-governadora Roseana Sarney, na tarde desta quinta-eira,9, para reafirmar o projeto de tê-la candidata a prefeita de São Luís.

Segundo Costa, a conversa girou em torno da atuação do MDB no Maranhão e o projeto para São Luís.

– Reafirmamos a decisão do MDB pela candidatura de Roseana – revelou Costa.

Ao blog Marco Aurélio D’Eça, o deputado contou que mostrou a ela números ainda mais consistentes do que os apresentados pelas pesquisas no final de 2019, quando a emedebista figurou em segundo lugar.

Para Roberto, a tendência de Roseana é continuar a crescer, tendo em vista a identificação que o eleitor tem dela com as obras estruturantes em São Luís.

– Além de inúmeras obras realizadas por toda a cidade, reconhecidas pela nossa população, Roseana tem uma ligação muito forte com São Luís. É essa relação de carinho e proximidade com as pessoas que nos motiva a encarar novos desafios – disse o deputado.

0

Santa Rita: concluído asfaltamento em povoado e iniciado operação tapa buraco

A Prefeitura de Santa Rita conclui o processo de asfaltamento do povoado Oiteiro dos Pires e iniciou a operação de tapa buracos no povoado de Areias, as duas obras estão sendo realizadas com recursos próprios.

A pavimentação foi concluída antes do período crítico de chuvas no estado, assim como a manutenção do asfalto já vem sendo feito com intuito de evitar grandes prejuízos quando a precipitação aumentar no município.

Em Santa Rita, o prefeito Hilton Gonçalo tem feito uma série de melhorias nas vias urbanas e rurais do município. Além de asfalto, bloquetes também são implantados, o que garante uma melhor trafegabilidade.

1

STF cassa liminar e garante Jesus gay em programa da Netiflix…

Presidente da Corte Suprema, ministro Antonio Dias Toffoli, entendeu que uma sátira humorística não tem o condão de abalar os valores da fé; programa humorístico do grupo Porta dos Fundos tinha sido suspenso por censura de um desembargador

 

O ator Gregório Duvivier interpretou o Jesus do especial de Natal do Porta dos Fundos: liberdade plena de expressão

Do Conjur

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, concedeu liminar nesta quinta-feira, 9, autorizando a exibição do “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”.

A veiculação havia sido suspensa na terça-feira, 7, pelo desembargador Benedicto Abicair, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

“Não se descuida da relevância do respeito à fé cristã (assim como de todas as demais crenças religiosas ou a ausência dela). Não é de se supor, contudo, que uma sátira humorística tenha o condão de abalar valores da fé cristã, cuja existência retrocede há mais de 2 (dois) mil anos, estando insculpida na crença da maioria dos cidadãos brasileiros”, escreveu Toffoli na decisão.

Abicair, da 6ª Câmara Cível do TJ-RJ, determinou a suspensão acolhendo pedido da associação católica Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. O desembargador afirmou que o direito à liberdade de expressão, imprensa e artística não é absoluto. 

Em resposta, a Netflix ajuizou reclamação também nesta quinta afirmando que “a decisão proferida pelo TJ-RJ tem efeito equivalente ao da bomba utilizada no atentado terrorista à sede do Porta dos Fundos: silencia por meio do medo e da intimação”. 

Ainda de acordo com o serviço de streaming, “a verdade é que a censura, quando aplicada, gera prejuízos e danos irreparáveis”. “Ela inibe. Embaraça. Silencia e esfria a produção artística.” 

De acordo com a decisão de Toffoli, o STF se debruçou longamente sobre a temática, ressaltando “a plenitude do exercício da liberdade de expressão como decorrência imanente da dignidade da pessoa humana e como meio de reafirmação/potencialização de outras liberdades constitucionais”.

O caso foi distribuído ao ministro Gilmar Mendes. No entanto, por conta do recesso da corte, Toffoli, que está de plantão, acabou julgando a reclamação.

0

Pedro Lucas estima movimentação de R$ 10 bilhões em Alcântara…

Deputado federal maranhense avalia que o Maranhão possa conseguir algo em torno de 10% do mercado de lançamentos de foguetes e tecnologias espaciais

 

O deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB) estimou em pelo menos R$ 10 bilhões o valor que o Maranhão movimentará anualmente com o acordo para exploração da Base de Lançamentos de Alcântara.

– Acreditamos que o Maranhão possa receber pelo menos 10% desse mercado que chegaria a R$ 10 bilhões. É um volume muito significativo para um estado que tanto precisa de recursos – disse o deputado federal.

 Presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Modernização do Centro de Lançamento de Alcântara, pedro Lucas avalia que o benefício imediato do acordo com os Estados Unidos é o fim do custo de manutenção da base.

– Alcântara é uma cidade privilegiada. Estamos falando de um mercado que o Brasil tinha tudo para acontecer há 20 anos atrás, e que não ocorreu porque realmente feria a nossa soberania nacional. Agora estamos esperançosos. Se a gente for ver o custo nacional só para testes era de R$ 50 milhões de reais por ano. Um custo muito significativo para o país – disse o parlamentar.

Desde a entrada em vigor do acordo, segundo o parlamentar, obras e serviços já começaram a ser disponibilizados em Alcântara, melhorando a infraestrutura tanto da base quanto do município.

– É um mercado que gera muito investimento. Já entramos em contato com a presidência da Equatorial Energia que já disponibilizou R$ 11 milhões para estabilizar a energia da base de Alcântara. De imediato, o Ministério de Infraestrutura já está fazendo as estradas necessárias; a pista do aeroporto que é maior do que o de São Luís terá uma estrutura para receber passageiros civis. Então são várias etapas que estão se desenvolvendo para que São Luís e Alcântara se transformem em referência no segmento de tecnologia de ponta – concluiu.

4

O direito à blasfêmia…

Sociedades verdadeiramente livres devem respeitar não apenas todas as manifestações religiosas – todas, sem exceção – mas também aqueles que não professam fé alguma; a crítica, a ironia e o deboche de quem não crê integram o conjunto da plena liberdade de expressão

 

É uma farsa a histórica ideia de que o Brasil é um país laico.

Não é, nunca foi e nunca será.

O Brasil nasceu sob o signo da cristandade católica-apostólica e caminha para se tornar uma nação evangélica, com toda carga de opressão, preconceito e covardia que isso possa representar na cultura, no conjunto de valores e nos usos e costumes de sua gente, creia essa gente em Deus ou não.

O Supremo Tribunal Federal se reúne em salão com a cruz de Cristo acima de suas cabeças; o parlamento inicia suas sessões com leitura de trechos bíblicos e diante da presença da “palavra” na mesa; os valores incutidos nos livros didáticos são todos cristão católicos-apostólicos.

De que forma isso é ser laico? 

O blog Marco Aurélio D’Eça sempre defendeu a liberdade de expressão e de culto e a equidade de condição sexual e de identidade de gênero em toda a sua plenitude. (Saiba mais aqui, aqui, aqui e aqui)

Mas no Brasil, o que há é um histórico aparelhamento do estado pelas religiões hegemônicas – católica e evangélica – em detrimento das religiões de matriz afro e dos que em nada creem.

O aparelho estatal que condena o grupo Porta dos Fundos pela ironia à história de Jesus é o mesmo que incentiva e subvenciona a Rede Record para que esta passe o dia satanizando o candomblé e a umbanda, estigmatizando ateus, agnósticos e não-seguidores de religião alguma, e transformando homossexuais em doentes endemoniados.

Ao longo da história do país, católicos e apostólicos vêm atuando para ocupar espaços de poder, não em nome da transformação social, mas em defesa dos próprios interesses dogmáticos.

Aparelhando o estado, ocupando espaços nos três poderes, estas igrejas sentem-se cada vez mais fortes para impor seus dogmas mesmo aos que não queiram – e nem são obrigados – a ouvir seus postulados.

O momento presente do país indica que as duas redes religiosas nunca estiveram tão fortes no Brasil.

Não admira, inclusive, que o desembargador responsável pela censura covarde ao Porta dos Fundos seja o mesmo que absolveu o presidente Jair Bolsonaro quando este ofendeu, agrediu, ridicularizou e vilipendiou homossexuais.

O blog Marco Aurélio D’Eça sempre defendeu a absoluta liberdade de expressão como condição de existência plena do ser humano.

Absoluto significa total.

Se a liberdade de expressão não pode ser absoluta, então não há liberdade alguma.

E essa liberdade implica até mesmo o direito à blasfêmia.

É simples assim…

3

Abandonada, rua vira lixão em pleno Calhau…

Transversal sem asfalto da Avenida Copacabana está servindo como depósito de restos de material de construção e sobras de produtos de empresas; prefeitura está realizando repavimentação de ruas próximas

 

A rua esta intrafegável, tanto por causa das crateras na pista de barro quanto pelo lixo acumulado em suas margens

As imagens que ilustram este post é de uma das transversais da avenida Copacabana, no Calhau, que dá acesso às praias ao longo da Avenida Litorânea.

Abandonada há anos, sem nenhum tipo de terraplanagem ou pavimentação, a via, que liga a avenida ao Parque Smithland, entre o Olho D’Água e o Calhau, está servindo como depósito de lixo.

Recuperada, a rua poderia se transformar em importante via de acesso ao bairro do calhau e do Olho D´Água, sobretudo nos horários de pico

Restos de material de construção, embalagens descartadas e sacos inteiros de isopor e gesso são jogados diariamente na via, que já tem metade da pista tomada pelos rejeitos.

O curioso é que a Secretaria Municipal de Obras está fazendo uma espécie repavimentação das vias nesta região do Calhau.

Mas a via em questão segue tomada pelo lixo…