4

Eleição polarizada entre Braide, Duarte e Neto

Segundo pesquisa DataM, disputa na capital maranhense tem o candidato do Podemos como favorito para vencer em primeiro turno; republicano e democrata têm chances de ir ao segundo turno

A pesquisa DataM divulgada nesta quinta-feira, 6, confirmou alguns desenhos que se via empiricamente na disputa em São Luís.

O primeiro é que o deputado Eduardo Braide (Podenos) se mantém consolidado em primeiro lugar, mas sem apresentar linha de crescimento.

A pesquisa confirmou também que Duarte Júnior e Neto Evangelista são os únicos com chances de chegar a um eventual segundo turno.

A pesquisa DataM demonstrou também que Wellington do Curso (PSDB) tende a definhar ao longo da campanha. 

E o candidato de Flávio Dino, Rubens Pereira Junior (PCdoB), não tem aspecto algum de crescimento, mesmo com toda forçação de barra em torno dele.

Por fim, os demais candidatos se mostram coadjuvantes no processo; e a menos que ocorra surpresas, tendem a continuar assim.

E faltam 23 dias para o início das convenções….

0

Com PTB, Neto impõe derrota a Rubens…

Deputado Pedro Lucas Fernandes confirmou a aliança com o candidato democrata, que tira mais um partido do arco de alianças de outro adversário.


O candidato democrata a prefeito de São Luís, Neto Evangelista, deu mais um passo para se consolidar como principal adversário do deputado Eduardo Braide (Podemos)

Ao confirmar o apoio do PTB, Evangelista impõe também dura derrota ao comunista Rubens Júnior, que já vinha dando como certa a aliança com o deputado Pedro Lucas Fernandes.

Evangelista agora soma quatro partidos – DEM, PDT, PSL e PTB – todos com excelente tempo na propaganda eleitoral.

E deixa para trás na articulação política mais um adversário direto na luta pelo segundo turno.

Assin como já havia feito com Duarte Júnior.

1

“Não discutimos grupo Sarney; discutimos MDB”, diz Roberto Costa

Coordenador eleitoral do partido diz entender que ainda existam “companheiros saudosistas do passado” que pregam uma posição eleitoral mais radical, mas este sentimento não impera mais na legenda, que “busca um modelo moderno de diálogo respeitoso”

 

Roberto Costa entende que a nova postura de Roseana e do MDB dará a ela condições do sectarismo e de ampliar suas alianças, caso seja candidata em 2022

Coordenador eleitoral do MDB e vice-presidente da legenda no Maranhão, o deputado estadual Roberto Costa reafirmou nesta quarta-feira, 5 – em resposta ao colega César Pires (PV) – a nova postura do partido, de busca de diálogo respeitoso com todas as correntes.

Na manhã de hoje, Pires defendeu que Roseana e o MDB mantenham-se na oposição ao governo Flávio Dino, apoiando nas eleições de 2020 candidatos ligados ao grupo Sarney – ou ao que restou dele. (Releia aqui)

Em resposta, Costa garantiu que não está discutindo grupo Sarney, mas sim a postura do MDB.

– Sei que tem companheiros saudosistas do passado que pregam uma postura político-eleitoral mais radical; mas este não é o sentimento que impera hoje no MDB – afirmou o emedebista.

Segundo Roberto Costa, a postura da própria ex-governadora Roseana Sarney, citada por César Pires, hoje se alinha à do MDB, de busca do diálogo respeitoso com todas as correntes.

Para Costa, esta postura moderna do partido pode enfrentar resistência de algumas correntes ainda alinhadas ao grupo Sarney, mas levará o partido a um momento melhor em 2022, quando a própria Roseana pode vir a ser candidata sem vetos de outras correntes.

– Ainda tem companheiros na era do Orkut; felizmente, Roseana e nós do MDB  já estamos na era do Instagram – ironizou o parlamentar…

1

Edivaldo dá sinais de que se manterá neutro no 1º turno

Ao entregar mais uma das inúmeras obras de sua gestão, prefeito de São Luís diz que não fala sobre política e que focará no encerramento do mandato de forma a marcar a história da capital maranhense, o que, de uma forma ou de outra, terá peso eleitoral significativo em um eventual segundo turno

 

Edivaldo entregou a nova Praça da Bíblia, mais uma obra de sua gestão, mas deixou claro: “não falo de política”

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) praticamente confirmou as análises do blog Marco Aurélio D’Eça ao sinalizar, nesta terça-feira, 4, que não se posicionará eleitoralmente no primeiro turno das eleições de São luís.

– Não falo sobre política – respondeu Edivaldo, ao ser questionado por repórteres da rádio Mais FM,  na entrega da Praça da Bíblia, mais uma das inúmeras obras do seu mandato.

Este blog tem apontado sistematicamente – e até de forma crítica – que Edivaldo Júnior terá postura neutra no primeiro turno das eleições, diante das várias candidaturas alinhadas ao seu grupo político. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Ao focar seu mandato num conjunto de obras sem precedentes – além de construir um legado histórico – ele adquire, também, musculatura poderosa para influenciar em um eventual segundo turno.

São obras estruturantes, de forte apelo histórico-cultural, urbanístico e turístico, não apenas no Centro, mas em diversos bairros de São Luís; não há registro de ações deste tipo desde o retorno das eleições diretas na capital, em 1985.

O prefeito tem espalhado obras estruturantes por toda São Luís, que se aliam ao seu carisma pessoal na construção de um legado poderoso na capital maranhense

Dentre os candidatos a prefeito, pelo menos dois demonstram interesse em ter Edivaldo como aliado: o comunista Rubens Pereira Júnior, candidato do governador Flávio Dino (PCdoB); e o democrata Neto Evangelista,  apoiado pelo presidente do partido do prefeito, o senador Weverton Rocha (PDT).

Pelo que disse Edivaldo Júnior durante a entrega da Praça da Bíblia, Pereira Júnior e Evangelista terão que se virar para garantir um segundo turno.

Se chegarem lá, o resultado da gestão de Edivaldo terá como falar por eles.

Simples assim…

1

Flávio Dino atende pedido de Luciano e entrega obras em Pinheiro

Governo concluiu as obras de construção da Praça do Centenário e o Centro de Hemodiálise do município, no momento de avanços no setor da saúde

 

A Praça do Centenário ganhou novos aspectos de embelezamento e criará novo ponto turístico em Pinheiro

O governador Flávio Dino entregou nesta terça-feira, 4, duas novas obras no município de Pinheiro.

O esperado Centro de Hemodiálise e, em parceria com a prefeitura, a nova praça do centenário. A deputada Dra. Thaiza e o prefeito Luciano participaram da entrega das obras através de videoconferência realizada pelo Governo do Maranhão, junto com autoridades do executivo e legislativo.

“O Centro de Hemodiálise não só atenderá a Baixada, mas as regiões vizinhas e por isso é uma conquista que ajuda muito o sistema de saúde de São Luís porque desde o Alto Turi, região do Gurupi, estarão com a possibilidade de atender em Pinheiro. A Praça do Centenário, o prefeito Luciano disse que era um grande sonho da população e eu me esforço para concretizar sonhos, e juntos conseguimos, e oferecer um espaço digno, gratuito é um direito fundamental, principalmente, para as nossas crianças”, disse o governador Flávio Dino.

Durante a in auguração das obras, Luciano Genésio foi acompanhado de deputados e vereadores de Pinheiro

Durante a inauguração, o prefeito Luciano agradeceu o governador Flávio Dino pelas grandes obras entregues, destacou as parcerias e comentou os investimentos, principalmente, na saúde.

O Centro de Hemodiálise chega em uma das fases de grandes avanços na saúde pública de Pinheiro, realizados na gestão do prefeito Luciano.

4

César Pires quer Roseana na oposição a Flávio Dino

Deputado estadual defende que ex-governadora apoie o sobrinho, Adriano Sarney, para manter a coerência histórica; outras opções seriam as candidaturas de Wellington do Curso – inviabilizada pelo próprio partido – e de Eduardo Braide, que se mantém distante de qualquer relação com grupos políticos

 

César Pires continua achando que Roseana precisa marcar posição ao lado do grupo Sarney – ou o que restou dele – sem alinhamento a nomes do grupo de Flávio Dino

Simpático à candidatura do colega Adriano Sarney (PV), o deputado estadual César Pires (PV) resolveu opinar sobre a cobiça que os partidos ligados ao grupo Flávio Dino (PCdoB) vêm demonstrando em relação ao apoio do MDB, histórico aliado do seu partido.

Para Pires, o MDB tem um bom tempo de TV, mas seu principal trunfo é mesmo a força da ex-governadora Roseana Sarney na capital maranhense.

E, neste aspecto, o parlamentar entende que ela deva seguir com os candidatos do seu próprio grupo político.

– Historicamente, Roseana manteve uma linha de coerência nas disputas eleitorais em São Luís. Nos últimos 30 anos, sempre esteve em campo oposto ao grupo que governa a capital maranhense. E, principalmente, sempre apoiou os candidatos do grupo Sarney – disse César Pires, ao blog do Gilberto Léda.

O deputado diz não acreditar que Roseana tome posicionamento diferente nestas eleições.

Roberto Costa já até conversou com Adriano Sarney, mas entende que o MDB precisa sair do gueto sarneysista para enfrentar o pós-Sarney em diálogo com o novos atores políticos

A posição de Pires é oposta ao que pensa o coordenador eleitoral do MDB deputado Roberto Costa; para ele, o partido precisa sair deste sectarismo histórico e da dicotomia Sarney X AntiSarney, já superada no Maranhão.

– O MDB é hoje um partido de diálogo; e diálogo significa estar aberto para todas as possibilidades, sem vetos a A ou B; só com esta postura o partido terá posição de destaque em 2022, quando os atores que estarão na disputa serão outros – prega o emedebista.

Restrito à candidatura de Adriano Sarney, o grupo Sarney – ou o que restou dele – já se espalhou em diversas outras candidaturas.

Uma opção para se manter no campo oposicionista, como prega César Pires, seria a candidatura de Wellington do Curso, mas esta vem sendo esvaziada pelo próprio PSDB.

Outra opção, Eduardo Braide (Podemos|), se mantém em postura distante de qualquer relação com grupos políticos.

Mas esta é uma outra história…

0

Oito dos 13 candidatos disputarão prefeitura de forma isolada

A menos que ocorram reviravoltas de última hora, Wellington do Curso, Dr. Yglésio, Jeisael Marx, Carlos Madeira, Bira do Pindaré, Adriano Sarney, Franklin Douglas e Saulo Arcangelli terão apenas os seus próprios partidos em seus palanques em São Luís

 

Dr. Yglésio, Saulo Arcangelli, Franklin Douglas, Adriano Sarney, Jeisael Marx, Bira do Pindaré, Carlos Madeira e Wellington do Curso ainda não têm coligação em São Luís

Nada menos que oito dos 13 candidatos a prefeito de São Luís devem entrar na disputa sem nenhum outro partido além do seu próprio.

São eles: Wellington do Curso (PSDB), Dr. Yglésio (PROS), Jeisael Marx (REDE), Carlos Madeira (Solidariedade), Bira do Pindaré (PSB), Adriano Sarney (PV), Franklin Douglas (PSOL) e Saulo Arcangelli (PSTU).

A falta de coligação dificulta a montagem de chapa e a formação de nominata para candidatos a vereador, além de dificultar o acesso à propaganda eleitoral, o que praticamente inviabiliza a candidatura.

Dr. Yglésio, por exemplo, que só tem o apoio oficial da direção do Pros, será candidato sem nem mesmo a chapa de vereadores; e terá que encontrar um vice dentro da própria legenda.

De todos os candidatos isolados, apenas Carlos Madeira ainda pode atrair novas legendas – inclusive algumas com candidato em disputa – já que tem forte articulação nos bastidores.

Adriano Sarney, por sua vez, ainda sonha com o apoio do MDB, que conversa com vários candidatos; Bira do Pindaré aposta no apoio do PT, que tem encaminhamento quase fechado com Rubens Pereira Jr. (PCdoB).

O comunista já tem o apoio do Cidadania.

A candidatura de Wellington ainda é vista com reservas no PSDB, que pode abrir mão da disputa em favor de Eduardo Braide (Podemos), já com o apoio do PSD, do PMN e do PSC.

Eduardo Braide, Neto Evangelista, Duarte Júnior e Rubens Júnior, além de Detinha, devem ter coligações fortes para a disputa

Braide, inclusive, deve disputar a maior coligação com Neto Evangelista (DEM) – que já tem PDT e PSL e espera o MDB e o PTB.

Se for mesmo candidata, a deputada estadual Detinha (PL) terá o apoio do Avante e do Patriotas; Duarte Júnior (Republicanos) já tem o PTC.

De todos os partidos em disputa, apenas MDB, PTB e PT ainda não definiram rumo eleitoral, o que poderia fortalecer alguma das candidaturas soltas.

Mas estas legendas são cobiçadas também por candidatos já com coligação sólida…

2

Comunistas dão como certo o apoio do PTB a Rubens Júnior…

Apesar de negativas do próprio presidente regional da legenda, Pedro Lucas Fernandes, e dos próprios familiares do candidato demonstrarem cautela, aliados do PCdoB dizem que o apoio é um caminho natural para os petebistas

 

Pedro Fernandes com Márcio Jerry, Eliziane Gama, Rubens Júnior e aliados; imagem foi pivô das especulações de apoio do PTB ao PCdoB

As lideranças do PCdoB no Maranhão já apontam como fato consumado a aliança do PTB com o candidato do partido a prefeito de São Luís, Rubens Pereira Júnior.

A especulação dando conta do apoio petebista começou quando o presidente regional do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, e a senadora Eliziane Gama (Cidadania), publicaram imagens em suas redes sociais de um encontro com o ex-deputado federal Pedro Fernandes.

As postagens sugeriram possibilidade de apoio do PTB a Pereira Júnior, mas o deputado federal Pedro Lucas, presidente da legenda, descartou este entendimento; pelo menos por enquanto.

Ao blog Marco Aurélio D’Eça, o ex-deputado Rubens Pereira, pai de Rubens Júnior, demonstrou cautela e descartou esta aliança; Pedro Lucas, por sua vez, disse ao blog que só definirá coligação “após conversa com o presidente nacional do partido, ex-deputado federal Roberto Jefferson”.

Mesmo assim, segundo o blog de Gilberto Léda, a confiança dos comunistas estaria na senadora Eliziane Gama, uma das apoiadoras de Rubens Júnior, que tem Pedro Fernandes como seu primeiro suplente. (Entenda aqui)

O apoio passaria por uma temporada de Fernandes no Senado e teria a ver também com as eleições de 2022. 

A expectativa dos comunistas e aliados é que a aliança seja anunciada nos próximos dias…

0

Ivaldo Rodrigues destaca ações da prefeitura na comercialização e abastecimento

Durante a sessão plenária extraordinária realizada na Câmara Municipal de São Luís nesta terça-feira, 4, o vereador, Ivaldo Rodrigues (PDT), utilizou seu pronunciamento para ressaltar os investimentos em infraestrutura que a Prefeitura de São Luís por meio do programa São Luís em Obras vem realizando mudanças significativas nos Mercados Públicos Municipais da capital.

Na última quinta-feira, 30, foi entregue o Mercado do Coroadinho completamente reconstruído, a obra teve início quando o vereador comandava ainda a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), responsável por gerir os equipamentos públicos de abastecimento em São Luís. Atualmente a Semapa é comandada por Émerson Macêdo, que tem dado continuidade aos excelentes trabalhos executados no setor da cidade.

“São projetos de excelente qualidade com acabamento de primeira. A população de São Luís merece esse cuidado, nossas feiras e mercados fazem parte da tradição e cultura local, o público que frequenta esses equipamentos é grande, e ainda tem mais nove mercados que estão recebendo atualmente obras de reforma ou reconstrução realizadas na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Esta é a maior intervenção da história da capital já feita em mercados. Agora, feirantes e consumidores contam com um ambiente com toda infraestrutura adequada à compra e venda de produtos comercializados no local, gerando conforto, comodidade e segurança alimentar”, explica o parlamentar

Ivaldo Rodrigues também esteve à frente da luta pela execução dos projetos de reformas e construções dos outros mercados, enquanto esteve na Semapa, como os mercados das Tulhas (Feira da Praia Grande), São Francisco, Cohab, Anil, Bom Jesus, Monte Castelo, Santo Antônio, Vila Bacanga e Santa Cruz, que em breve estarão prontos para melhor atender à demanda da população. Ainda no executivo, Ivaldo entregou os Mercados da Vila Palmeira, Macaúba e Fialho completamente revitalizados.

0

Eliziane mobiliza aliados por Rubens Júnior…

Senadora entrou na campanha do candidato do PCdoB envolvendo sua base de apoio e garante que ajudará a levar o deputado para o segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Luís

 

Devidamente protegida contra a coVID-19, Eliziane Gama e seu grupo recebe lideranças em apoio ao comunista Rubens Pereira Júnior

Duas vezes candidata a prefeita de São Luís – em 2012 e 2016 – a senadora Eliziane Gama decidiu por todo seu cacife eleitoral na capital maranhense em favor do pré-candidato do PCdoB, Rubens Pereira Júnior.

Ao lado do marido, Inácio Mello, dos militantes do Cidadania e da sua base de apoio na igreja Assembleia de Deus, Eliziane tem reunido com representantes de várias comunidades; com uma certeza em relação à campanha:

– Rubens Júnior vai para o segundo turno; tenho convicção – afirmou a senadora.

Primeira aliada do governador Flávio Dino (PCdoB) a assumir a campanha de Rubens Júnior, Eliziane tem no projeto de chegar ao segundo turno um caminho também para 2022, como um dos nomes do governo na disputa pela sucessão estadual.

O próprio Rubens Júnior já acenou com esta possibilidade, ao receber o apoio do Cidadania, como revelado pelo blog Marco Aurélio D’Eça no post “Rubens Júnior acena para apoio a Eliziane Gama em 2022…”

É com esta certeza que a senadora mobiliza sua base em favor do candidato comunista…