2

Lula volta a buscar Weverton por apoio de Ciro Gomes

Senador maranhense tem sido um dos interlocutores do ex-presidente na tentativa de convencer a cúpula nacional do PDT a participar da aliança de esquerda que deve apoiar a candidatura presidencial do PT

 

Lula voltou a procurar Weverton, desta vez para buscar interlocução com o PDT, que o ex-presidente quer ter em sua chapa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a procurar, pessoalmente, o senador Weverton Rocha na busca por uma articulação que leve o PDT a compor a coligação de  esquerda que tem o petista como candidato a presidente.

Muito forte na cúpula nacional do PDT, Weverton tem relação histórica com Lula e já se pôs à disposição para ser a ponte de uma eventual aliança entre o ex-presidente e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

Na semana passada, após tentar chamar o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, para reunião pessoal em São Paulo, Lula buscou Weverton para ser um interlocutor de um possível encontro; por enquanto, Carlos Lupi tem preferido evitar os contatos com Lula.

A eventual presença do PDT na chapa presidencial de Lula pode embolar ainda mais o rumo eleitoral do PT no Maranhão, hoje rachado entre as candidaturas do próprio Weverton e do governador-tampão Carlos Brandão (PSB).

Lula já disse ao ex-governador Flávio Dino (PSB) – patrono da candidatura de Brandão – que tem maior simpatia por Weverton, que sempre esteve no seu mesmo campo político.

O papel de Weverton ganha mais importância com o desejo do petista de ter o PDT no palanque…

2

Lula volta a tentar apoio de Ciro Gomes e do PDT

Ex-presidente tenta ampliar sua aliança – hoje muito à esquerda – e conversou por telefone com o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e quer convencer os pedetistas a fazer da aliança presidencial; o senador Weverton já havia se colocado como “uma das pontes”

 

Lula já buscou trégua com Ciro Gomes, mas espera apoio do PDT ainda no primeiro turno das eleições presidenciais

O ex-presidente Lula (PT) voltou a tentar o apoio do PDT para seu palanque presidencial.

Lula conversou por telefone com o presidente nacional do partido, Carlos Lupi e chegou a propor um encontro pessoal para tratar das eleições.

O candidato do PT tem sentido os riscos de uma aliança muito à esquerda no espectro político, formada por PT, PSB e PCdoB; ele pretende ampliar este arco, com outros partidos.

No ano passado, Lula procurou o senador Weverton Rocha em busca de apoio para convencer o candidato do PDT, Ciro Gomes, a apoiá-lo; em entrevista à Folha de S. Paulo, Weverton chegou a dizer que seria uma das pontes para a aliança.

– É claro que cada um tem seu estilo. Mas acredito que vai chegar o momento de parar para pensar e, no final, os dois vão acabar chegando a um entendimento. Serei uma das pontes para ajudar nisso – concluiu Weverton, à época, segundo republicado pelo blog Marco Aurélio D’Eça, no post “‘Serei uma das pontes’, diz Weverton, sobre união Ciro e Lula..” .

Muito próximo do presidente do PDT, Carlos Lupi, Weverton Rocha já propôs a Lula ser uma das pontes para chegar à união entre o PT e o PDT

Por enquanto, o PDT mantém a candidatura de Ciro Gomes.

E só deve rediscutir o assunto mais próximo das convenções…

1

“Construindo de forma correta”, disse Weverton, sobre projeto 2022

Senador participou do encontro do governador com o presidente do PDT, Carlos Lupi, para tratar das eleições de 2022, em evento classificado por ele como “dentro do cronograma” da pré-campanha

 

Weverton conversa com Lupi e Dino após reunião no Palácio dos Leões para tratar do processo eleitoral de 2022

O senador Weverton Rocha (PDT) declarou-se “animado” após reunião da qual participou, com o governador Flávio Dino (PSB) e o presidente nacional pedetista, Carlos Lupi.

Para Weverton, o encontro com Dino está dentro do cronograma da pré-campanha a governador, que, segundo ele, está sendo construída seguindo as regras do pacto assinado por toda a base no início de julho.

– Construindo de forma correta [a agenda de campanha] – afirmou o senador.

A reunião entre Lupi e Dino – da qual participou também o secretário de Cidades Márcio Jerry – tratou da formação de uma frente ampla para as eleições presidenciais e suas implicações nas eleições estaduais.

PDT trabalha a formação de uma aliança que inclua também o PT, o PSB, o PCdoB e o PSOL; Segundo o presidente Lupi, o objetivo agora é fazer de Weverton o candidato “do coração de Flávio Dino”.

O secretário Márcio Jerry confirmou que o encontro tratou da relação eleitoral entre “os partidos do campo democrático”.

No sábado, Jerry esteve com Weverton Rocha em Barreirinhas, na conferência municipal do PCdoB; é pra Barreirinhas que segue Carlos Lupi, onde se reúne nesta quarta-feira, 21, com o ex-ministro José Dirceu, eminência parda da campanha do ex-presidente Lula.

Após reunião com Lupi, é Dirceu quem vem a São Luís, para encontro com Flávio Dino, o que deve ocorrer nesta quinta-feira, 22.

Mas esta é uma outra história…

6

Weverton recebe petistas, comunistas e pedetistas em Barreirinhas…

Senador e pré-candidato a governador teve agenda agitada no fim de semana, ao receber o ex-ministro José Dirceu, o comunista Márcio Jerry e o vice-governador do Distrito Federal, Paco Brito, um dos líderes do Avante

 

Com Márcio Jerry e lideranças do PCdoB, Weverton participou, sábado, da conferência estadual do partido em Barreirinhas, onde mora

Os dias têm sido agitados na agenda do senador maranhense Weverton Rocha, pré-candidato do PDT ao Governo do Estado.

Com o ex-ministro José Dirceu “passando uns dias” em sua casa, em Barreirinhas, Weverton também se reuniu no último sábado, 17, com o presidente estadual do PCdoB, secretário Márcio Jerry, durante conferência municipal do partido.

Ele também almoçou com o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, um dos principais líderes do Avante.

Com todos, discutiu, a formação de alianças para as eleições de 2022 e a repercussão nos estados.

O petista márcio Jardim divulgou esta foto, com José Dirceu, em Barreirinha,s o ex-ministro é recepcionado pelo senador Weverton Rocha

Na quarta-feira, 21, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, também será recebido por Weverton, em um almoço com José Dirceu, que é o principal interlocutor do ex-presidente Lula e uma das principais lideranças do PT.

Nesta terça-feira, 20, Lupi almoçará com o governador Flávio Dino (PSB), com quem vai tratar sobre as eleições de 2018; Rocha deverá participar também deste almoço.

Mas esta é uma outra história…

5

Líderes de PT e PDT passam semana em articulação no MA…

Principal interlocutor do ex-presidente Lula, ex-ministro José Dirceu desembarcou ontem no estado; presidente nacional do PDT, Carlos Lupi tem encontro com o governador Flávio Dino na próxima terça-feira

 

Principal voz do PT na articulação do ex-presidente Lula, José Dirceu já está desde ontem no Maranhão

O Maranhão virou um dos principais pontos de articulação das eleições presidenciais de 2022 e suas influências nas eleições estaduais.

Já está no estado, desde esta sexta-feira, 16, nada menos que o ex-ministro chefe da Casa Civil do governo Lula, José Dirceu, uma das mais influentes personalidades do PT.

Já o presidente do PDT nacional, ex-ministro Carlos Lupi, desembarca em São Luís na próxima terça-feira, 20.

Dirceu trouxe a família para curtir uns dias de férias nos Lençóis Maranhenses.

Carlos Lupi, por outro lado, tem reunião oficial com o governador Flávio Dino (PSB), exatamente na terça-feira.

Carlos Lupi é o presidente nacional do PDT; e vai se reunir com o governador Flávio Dino na próxima terça-feira, 20

Lupi e Dirceu devem se reunir em almoço na próxima quarta-feira, 21, para discutir as eleições presidenciais de 2022 e suas implicações nos estados, inclusive o Maranhão.

Mas esta é uma outra história…

1

Flávio Dino deve receber Carlos Lupi na próxima terça-feira…

Presidente nacional do PDT vai almoçar com o governador maranhense em encontro que discutirá uma frente ampla de esquerda para as eleições presidenciais, com repercussão nos estados

 

 

Carlos Lupi vai falar a Flávio Dino sobre os planos do PDT para as eleições presidenciais de 2022 e suas implicações no Maranhão

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, será recebido em almoço pelo governador Flávio Dino (PSB), na próxima terça-feira, 20.

Lupi vai tratar das eleições presidenciais e suas implicações nas corridas eleitorais dos estados; o presidente pedetista será recebido no Maranhão pelo senador Weverton Rocha, principal interlocutor do PDT nas articulações nacionais.

A reunião de Lupi com Flávio Dino ocorrerá quase uma semana depois de o governador se reunir com o ex-presidente Lula; assim como Lupi e Dino, Lula quer uma frente ampla de esquerda que se replique nos estados.

Em maio, em nome do PDT, Weverton esteve em um jantar com Lula e a cúpula nacional do PT; dias depois, recebeu, também em nome de Lupi, o ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) e o deputado federal José Orlando (PCdoB).

A recepção aos líderes do PDT ocorre também semanas após Dino se filiar ao PSB com a perspectiva de entrar no debate nacional pelo partido.

Logo após o encontro com Flávio Dino, Lupi se reunirá também com membros do PDT maranhense, que tem Weverton como pre-candidato a governador… 

0

Weverton Rocha no centro das discussões nacionais do PDT

Ao lado do presidente do partido, Carlos Lupi, senador maranhense articula alianças nacionais com PT, PSB, PSOL, PCdoB e partidos de centro, como PSD e DEM, em que inclui no debate também as eleições nos estados

 

A articulação de Weverton com Lula parte da eleição presidencial e prevê a aliança entre o PDT e o PT em vários estados, incluindo o Maranhão

Tendo o ex-ministro Ciro Gomes como pré-candidato a presidente, o PDT é um dos partidos com maior articulação nacional para as eleições de 2022; e no centro destas discussões está o senador maranhense Weverton Rocha, ele próprio um pré-candidato a governador.

Ao lado do presidente nacional do partido, Calos Lupi, Weverton é interlocutor direto de lideranças do PT, do PSOL, do PCdoB, do PSB e até com partidos de centro, como o PSD e o DEM. 

Em todas as discussões, além da corrida presidencial, o PDT discute também as alianças nos estados, com foco nas candidaturas aos governos e suas contrapartidas na eleição presidencial.

Interlocutor privilegiado no partido, Weverton Rocha já esteve com o ex-presidente Lula (PT), com o ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) e com o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP).

Com todos eles, o senador maranhense discutiu alianças nos estados, incluindo o Maranhão.

Weverton tem articulado com o psolista Guilherme Boulos e o comunista Orlando Silva alianças de centro-esquerda em São Paulo, no Rio e no Maranhão

Nas últimas semanas, Weverton recebeu de Carlos Lupi a missão de conversar também com o PSD, de Gilberto Kassab, que deve ter como candidato a presidente o atual presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Além da articulação nacional, o PSD tem pré-candidatos a governador em vários estados, incluindo o Maranhão, onde terá o ex-prefeito Edivaldo Júnior.

Como pré-candidato a governador e interlocução privilegiada no PDT, Weverton tem autonomia para discutir alianças, propor acordos e montagem de chapas, ampliando seu poder de articulação para além do Senado.

E esta articulação terá influência direta também nas eleições maranhenses…

1

Flávio Dino e Carlos Lupi vão discutir cenários para 2022

Agora no PSB, governador do Maranhão se reunirá com o presidente nacional do PDT – que tem como uma das prioridades a candidatura própria do PDT no estado – para discutir a formação de uma frente ampla que fortaleça o projeto anti-Bolsonaro no país

 

Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi vai ouvir de Flávio Dino seus caminhos para 2022, agora no PSB

O governador Flávio Dino – que se filia ao PSB na próxima terça-feira, 22 – tem, encontro agendado com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, para discussão dos cenários eleitorais de 2022.

O encontro está previsto para julho, segundo informou o blog de Jorge Aragão.

O PDT tem como candidato a presidente o ex-ministro Ciro Gomes; e uma das prioridades do partido é a candidatura do senador Weverton Rocha no Maranhão; Flávio Dino, por sua vez, trabalha a formação de uma frente ampla de centro-esquerda, que possa se fortalecer contra Bolsonaro.

O governador do Maranhão é cotado no PSB para compor a chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidatura que o PDT admite apoiar diante de contrapartidas estaduais do PT.

Tanto Carlos Lupi quanto Flávio Dino entendem a importância de uma frente que reúna os partidos de centro-esquerda.

Mas o PDT, o PCdoB, o PSOL e o PSB pregam a necessidade de o PT compor nos estados com os projetos das demais legendas.

E essas questões regionais serão todas discutidas por Lupi e Dino…

2

Com Carlos Lupi, Neto Evangelista se fortalece ainda mais no PDT

Candidato do DEM a prefeito de São Luís esteve em Brasília e se reuniu com lideranças do próprio partido, do PDT e do  PCdoB, numa articulação que visa a montagem de uma ampla frente para sua candidatura

 

Neto Evangelista esteve em Brasília com Carlos Lupi; cada vez mais perto da aliança com o PDT, deputado já mira também o PCdoB

 

O deputado estadual Neto Evangelista, candidato do DEM a prefeito de São Luís, passou a terça-feira, 4, toda em Brasília, em uma série de reuniões que culminaram com um encontro na direção nacional do PDT.

O parlamentar reuniu-se por horas com o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, com quem conversou sobre as eleições de São Luís.

Neto evangelista tem cada vez mais garantias de ter o PDT em sua coligação; do encontro participaram, também o senador Weverton Rocha (PDT) e o deputado federal Juscelino Filho (DEM).

 

Além da direção do PDT, Neto Evangelista reuniu-se também com o deputado federal Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB. 

Diante da inviabilidade eleitoral do secretário Rubens Pereira Júnior, o PCdoB já discute novas alternativas par a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Mas esta é uma outra histórica…

1

Carlos Lupi é homenageado com título de Cidadão Maranhense…

Glalbert e os colega de bancada com o ministro Carlos Lupí

O ex-ministro do Trabalho e presidente nacional do Partido Democratico Trabalhista (PDT), Carlos Lupi, recebeu, na última sexta-feira, 1, o título de Cidadão Maranhense. 

A cerimônia para entrega da honraria aconteceu no Salão Nobre da Assembleia, e contou com a participação de dezenas de autoridades estaduais.

Proposto pelo deputado GlalbertCutrim (PDT), o título é uma forma de reconhecimento aos serviços prestados pelo ex-Ministro.

“Carlos Lupi é uma liderança política de expressão nacional e tem serviços prestados ao Maranhão e, portanto, faz por merecer essa homenagem justa e digna”, destacou o deputado.

A cerimônia foi presidida pelo deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente em exercício da Assembleia Legislativa, que falou da importância de Lupi na política estadual.

“É um prazer receber aqui o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que está sempre participando da política do Maranhão. Há mais de 20 anos, o Carlos Lupi atua de forma sempre positiva na política do nosso estado, por isso já era mais que merecido o título de cidadão maranhense. É uma justa homenagem ao Carlos Lupi e aos anos de sua dedicação a boa política do Maranhão”, declarou Othelino Neto.

Na oportunidade, Carlos Lupi disse que se sentia muito honrado com o título e que tem uma longa história de ligação com o Maranhão, que começou quando conheceu o jornalista Neiva Moreira, na criação do PDT, nos idos de 80.

“O Maranhão tem uma história libertária, de se libertar do atraso e do analfabetismo e, também, de um povo trabalhador. Sinto-me convocado a lutar por essa causa, a causa libertária do Maranhão, por uma vida mais digna, por justiça social e por trabalho”, destacou.

Na mesma cerimônia, foi entregue ao presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM), a medalha de honra ao mérito legislativo Manoel Beckman, uma proposição da Bancada do DEM na Assembleia Legislativa.