0

Dr. Yglésio vai apostar nas redes sociais…

Deputado estadual avalia que as novas formas de comunicação já dominam o processo eleitoral desde 2018, e entende que se sairá melhor aquele que falar a linguagem da internet – moderna, descolada e sem rebuscamentos

 

Confirmado nesta sexta-feira, 14, como candidato do Pros à Prefeitura de São Luís, o deputado estadual Dr. Yglésio já tem uma estratégia pronta para alcançar com sua mensagem o maior número de eleitores.

– Nós vivemos uma era em que a comunicação precisa ser veloz e eficaz; quem apostar nas redes sociais, na linguagem do jovem na internet, no Instagram e no WhatsApp, terá larga vantagem neste debate – acredita o parlamentar.

Mesmo antes de definir seu partido, Yglésio já vem atuando forte nas redes sociais, sempre utilizando linguagem,  coloquial, com humor descolado e sem a sisudez dos programas de TV. 

– A população já cansou daquele senhor engravatado e com linguagem que ninguém entende na propaganda de TV. O eleitor quer conversar de igual para a igual com o candidato, questionar, brincar, viver a vida de forma leve, mesmo em uma campanha eleitoral – analisa.

Após garantir o Pros, de Gastão Vieira, Dr. Yglésio agora já articula apoio do PTB, de Pedro Lucas Fernandes

Com pouco tempo na propaganda eleitoral, Dr. Yglésio pretende fortalecer sua campanha exatamente entre os mais jovens, com agilidade no acesso à internet e com linguagem própria.

Aliás, um vídeo com um clip baseado na canção I Will Survive, de Gloria Gaynor, viralizou na internet desde a quinta-feira, 13, com bordão “Olha o doutor!”. (Assista acima)

Embora não confirme nem desminta se o jingle é ou não de sua campanha, o deputado se diverte com a repercussão do clip, que faz referência aberta à comunidade LGBTQ+.

Mas ensina:

– Quem não tiver coragem para enfrentar com bom humor e sinceridade todas as questões atuais da nossa sociedade, vai continuar no armário do conservadorismo e esquecido pela população.

Olha o doutor?!?

4

Jerry toma as dores de Dino e também é enquadrado por jovem na Net

Deputado foi às redes sociais do rapaz – que criticou os sucessivos aumentos de impostos no Maranhão – mas acabou sendo também enquadrado

O deputado federal Márcio Jerry também ouviu das suas ao tentar questionar o jovem Gustavo Carvalho, que gravou vídeo ao lado de Flávio Dino com duras críticas ao governador.

No vídeo, publicado em primeira mão pelo blog de Luís Cardoso, o jovem aproveita a presença de Dino em um voo e grava vídeo em que questiona os sucessivos aumentos de ICMS no governo do comunista.

– Governador como é que você diz que defende o pobre e só nos últimos anos foram quatro aumentos de ICMS?!? – questionou o rapaz.

Visivelmente constrangido, Dino vira de costas para não ser gravado e tenta se afastar; Carvalho insiste e faz várias outras críticas. (Veja o vídeo acima)

Logo depois, Márcio Jerry foi ás redes sociais do garoto para questionar, alegando ter sido desrespeito ao abordar Dino, que estava acompanhado do filho.

E acabou ouvindo também o que não queria.

– Governador Flávio Dino não respeita a população e quer pedir respeito – questionou Carvalho. (Veja o print acima)

O vídeo elevou o patamar das redes sociais do rapaz e tem repercutido em todo o país.

Ruim para quem tenta se viabilizar como candidato a presidente…

 

 

3

O surpreendente afastamento de Flávio Dino e Bira do Pindaré…

“Pito” público do governador no aliado, após este tentar usurpar projeto que era de autoria do PPS, da senadora Eliziane Gama, reforça a ideia de que o deputado federal socialista caiu em desgraça com o comunista

 

A VIOLA DE FLÁVIO DINO JÁ NÃO ESTÁ MUITO AFINADA em relação ao aliado Bira do Pindaré

Desde o início do segundo mandato do governador Flávio Dino (PCdoB) surgiram na mídia informações dando conta de uma “decepção” do comunista em relação ao deputado federal Bira do Pindaré (PSB).

Segundo dão conta estas informações de bastidores, Dino teria convidado Bira a retornar ao governo, o que abriria vaga para aliados na Câmara; o socialista recusou e teria selado, assim, sua inviabilidade como candidato do governo em 2020.

Nem Flávio Dino, nem seus principais auxiliares nunca confirmaram ou negaram o estremecimento, mas alguns gestos do governador apontam para um possível “chega pra lá”.

Um destes gestos é a chegada festiva ao governo do também federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB), já apontado, inclusive, como preferido de Dino para a disputa em São Luís. (Leia aqui)

Mas o gesto de domingo nas redes sociais – já amplamente divulgado na mídia – foi uma espécie de ápice da insatisfação do comunista com o aliado socialistas.

Flávio Dino repreendeu publicamente a Bira do Pindaré, que tentou se passar como “pai da criança” do projeto que criou o Instituto de Educação do Maranhão (Iema), carro-chefe da gestão comunista. (Leia aqui)

Em outros tempos, seria muito pouco provável ver Flávio Dino fazer repreensão pública a um aliado, em favor de outro nas redes sociais.

Principalmente se um destes aliados fosse Bira do Pindaré. (Entenda aqui, aqui e aqui)

E quando deu o “pito” em Bira do Pindaré, sabia exatamente o tamanho da repercussão que teria o ato.

O fez de caso pensado, portanto.

Pior para o deputado aliado…

2

Vídeo de Braide sobre São Luís bate recordes de visualizações…

Deputado estadual homenageia a capital maranhense em seu perfil no Facebook e supera até o governador Flávio Dino em número de acessos

 

Segundo colocado nas eleições municipais de 2016, o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) continua mostrando ser um fenômeno de mídia e popularidade em São Luís.

E sua força nas redes sociais é incomparável.

O vídeo em que o parlamentar homenageia São Luís – postado como qualquer outro – bateu recordes de visualizações no Facebook.

Foram nada menos que 26 mil visualizações e 3,5 mil curtidas, bem acima das do prefeito Edivaldo Júnior (1450 curtidas) e do governador Flávio Dino (apenas 220 curtidas no perfil pessoal).

Braide mostra, portanto, que alcançou o posto de liderança na capital maranhense…

Veja o vídeo acima

5

Golpe do governo contra professores vira meme de internet…

Categoria viraliza em redes sociais e aplicativos de troca de mensagens críticas contra o governador Flávio Dino e seus líderes na Assembleia Legislativa, chamados de “picaretas” e “covardes”

 

A soma do golpe contra professores e o aumento de imposto gerou duras críticas a Flávio Dino

Ganhou as redes sociais, desde a tarde de quarta-feira, 15, críticas de todos os tipos contra o governador Flávio Dino (PCdoB) e sua bancada de deputados na Assembleia Legislativa.

Os deputados Bira do Pindaré e Marco Aurélio oram os mais criticados, chamados de covardes e picaretas

A revolta dos professores pela alteração do Estatuto do Magistério, que tirou direitos adquiridos, passou a viralizar na internet, sobretudo por ter se somado a outro golpe, o do aumento de impostos.

Os principais alvos, além do próprio Flávio Dino, são os líderes governistas na Assembleia Legislativa – Professor Marco Aurélio (PCdoB) e Bira do Pindaré.

Dino e Bira ganharam memes juntos, pela proximidade ideológica e decepção dos professores

Os deputados são chamados de “picaretas” e “covardes”.

E a repercussão deve continuar nos próximos dias…

2

Uma semana para Edivaldo esquecer…

Candidato à reeleição, prefeito – que controla a máquina administrativa de São Luís e montou a maior estrutura de campanha – conseguiu, mesmo assim, começar o processo eleitoral batendo cabeça, com fatos negativos durante todos os primeiros dias de caça ao voto

 

Edivaldo esteve nas cordas a semana inteira

Edivaldo esteve nas cordas a semana inteira

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) conseguiu, até pela própria força do cargo, montar a maior coligação partidária, deter o maior tempo na propaganda eleitoral e construir a maior estrutura para a campanha em São Luís.

Apesar disso, Holandinha amargou uma semana inteira de notícias negativas e ficou “nas cordas” os primeiros cinco dias de campanha.

Já no primeiro dia, Edivaldo foi criticado por ter atropelado a agenda da adversária Eliziane Gama (PPS), que havia marcado bem antes uma caminhada pela Rua Grande. (Relembre aqui)

O atropelo gerou fortes críticas nas redes sociais.

Foi também nas redes sociais o maior mico do prefeito-candidato, com a versão tosca, bregas e mal produzida da musica Let It Go, do filme Frozen, que ele decidiu usar como jingle de campanha. (Conheça aqui)

A crítica foi tão pesada que coordenadores de campanha chegaram a retirar a música de circulação apenas um dia depois de ela começar a rodar.

A semana para Edivaldo Júnior esquecer continuou com a denúncia sobre o esquema que desviou recursos de um contrato de R$ 33 milhões da prefeitura com o ISEC.

O caso já está, inclusive, denunciado pela Justiça Eleitoral, e pode levar até á inelegibilidade e até à cassação de Holandinha. (Saiba mais aqui)

E por último a declaração de bens do prefeito Edivaldo Júnior, entregue à Justiça Eleitoal,m outro mico de forte repercussão negativa na Internet.

Ninguém entendeu que um cidadão sem maiores gastos pessoais, caseiro, filho de família rica, com salários sempre acima de R$ 25 mil, não tenha conseguido, sequer, fazer poupança ao longo da vida. (Leia a crítica aqui)

Mais do que mostrar austeridade, com a tática, Holandinha foi vista como uma demonstração de incompetência para o gerenciamento das próprias finanças pessoais.

E foi assim que o prefeito enfrentou a primeira semana de campanha.

Uma semana para esquecer…

0

Momento histórico…

A Sabatina com os candidatos a prefeito de São Luís, iniciada esta semana por O Estado, é o primeiro produto essencialmente multiplataforma utilizado em uma campanha eleitoral no Maranhão

 

plataformaPela primeira vez no estado, um veículo impresso utiliza equipamentos de TV, de última geração, para transmissão ao vivo, via internet, com ativa participação de internautas, pelas redes sociais, e com repercussão tanto na rádio quanto no próprio veículo impresso.

A Sabatina, que já é um marco na cobertura eleitoral maranhense, utiliza, de uma só vez, e ao mesmo tempo, todas as plataformas de comunicação disponíveis na atualidade, desde a geração HD de transmissão televisiva, passando pela tradição das emissoras de rádio e dos jornais impressos, e chegando às redes sociais como Instagran, Facebook, Twitter, Snapchat, WhatsApp, portais, blogs e e-mails, garantindo ao leitor do jornal e ao navegador de internet uma participação paripassu.

A série de entrevistas – que vai permitir a todos os candidatos a prefeito a oportunidade igualitária de falar ao eleitor – envolve dezenas de funcionários do Grupo Mirante, desde jornalistas de rádio, jornal, TV e Internet, passando por técnicos, produtores, publicitários, especialistas em marketing e diretores do grupo.

A disponibilização dos vídeos integrais na Internet, a cobertura das sabatinas na rádio e na TV, a análise das entrevistas no jornal e o passo a passo no site de O Estado dão ao eleitor todas as ferramentas possíveis para que ele esteja bem informado no momento em que a campanha começar de fato, na TV.

E sobretudo na hora do voto. E é este o papel que a Sabatina se propõe.

E O Estado executa com forte dose de orgulho.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão, com ilustração do blog

 

2

Contrariados com reprovação de Flávio Dino em São Luís, auxiliares tentam impor versão própria de popularidade…

Principal auxiliar do governo e lugar-tenente do governador, Márcio Jerry agride quem publicou números da Escutec, enquanto seus assessores fazem propaganda em massa de supostas obras na capital para tentar abafar os índices de rejeição ao comunista

 

As agressões de Márcio Jerrey: sem arguementos, lugar-tenente de Flávio Dino apenas xinga

As agressões de Márcio Jerry: sem argumentos, lugar-tenente de Flávio Dino apenas xinga

 

Secretário de Articulação política e lugar-tenente do governador Flávio Dino (PCdoB), o jornalista Márcio Jerry perdeu o equilíbrio neste sábado, 2, após divulgação da pesquisa Escutec, que apontou reprovação do governo comunista em São Luís.

– Há quem não tenha o menor pudor em mentir hoje, mesmo sabendo que amanhã a verdade virá à tona. Assim são alguns “analistas” de Política – reagiu o desequilibrado secretário,  sem explicar como pode ser mentira a simples divulgação de dados de pesquisa.

Assessor de Jerry divulga em massa obras criticadas em São Luís

Assessor de Jerry divulga em massa obras criticadas em São Luís

Enquanto atacava quem ousasse divulgar informações que contrariam o chefão comunista, seu lugar-tenente orientou a assessoria a bombardear as redes sociais com supostas obras realizadas pelo governo na capital maranhense.

– Imagens que traduzem a aprovação de 70% da população de São Luís ao governo Flávio Dino. Muitas ações na capital de todos – citou Rafael Arrais, assessor de Jerry, mesmo sem mostrar que pesquisa apontou toda esta “popularidade” do governador comunista.

Algumas das obras, como a da praça da Lagoa, foram duramente criticadas pela própria população. (Relembre aqui)

Mas a reação irada dos dinistas só trouxe mais reação da população, que criticou a forçação de barra dos comunistas para esconder a desaprovação do governo.

– Governo erra, ao tentar impor sua versão com publicidade, imitando a ex-governadora Roseana – desqualificou o jornalista Ricardo Santos.

Ricardo Santos ensina: não adianta forçar a barra

Ricardo Santos ensina: não adianta forçar a barra

Já a tuiteira Ana Beatriz Delmanto preferiu atestar o que viu com seus próprios olhos:

– Estive em São Luiz (SIC) este mês de junho e o Centro velho da cidade está abandonado – afirmou ela.

Internauta diz o que viu com seus próprios olhos

Internauta diz o que viu com seus próprios olhos

O fato é que os números da pesquisa Escutec mostraram que Flávio Dino só tem 48% de aprovação da população de São Luís, com apenas um ano e meio de governo.

E os números não mentem jamais.

Independentemente do desequilíbrio de Márcio Jerry.

É simples assim…

10

Ponha-se no seu lugar, Márcio Jerry!!!

À frente de uma das mais importantes pastas de Flávio Dino, o secretário de Assuntos Políticos – e homem forte do governo – parece não compreender o seu papel histórico e ainda age como militante secundarista nas redes sociais

 

Márcio Jerry não consegue se conter e tem marcado sua atuação pelo bate-boca nas redes sociais

Márcio Jerry não consegue se conter e tem marcado sua atuação pelo bate-boca nas redes sociais

Este blog sempre questionou o perfil do governador Flávio Dino (PCdoB), e do seu lugar-tenente Márcio Jerry, para o exercício do poder.

Na prática, os dois têm mostrado, há um ano, que este blog tinha razão.

No exercício do governo, a dupla mostra ansiedade a tal ponto de querer controlar todos os aspectos da gestão, de prefeituras, partidos e lideranças.

Pior: tanto Dino quanto Jerry parecem ratos de internet, adolescentes de redes sociais, prontos a bater-boca com qualquer um que mostre a menor contrariedade ao governo que eles comandam.

E nas férias do governador, seu principal auxiliar atingiu o ápice da falta de compostura, e tem batido boca quase 24 horas por dia, na tentativa de defender o governo e seus senões.

Márcio Jerry é hoje o homem mais poderoso do Maranhão, ninguém duvida disto.

Mas continua pensando como se estivesse à frente de um grêmio estudantil do Ensino Médio; ou mesmo um diretório acadêmico de curso universitário.  

O secretário em um de seus bate-bocas; tempo demais no twitter

O secretário em um de seus bate-bocas; tempo de mais no Twitter

O secretário de Articulação Política precisa entender que hoje está à frente de uma administração pública, com deveres e obrigações que não dão – ou não deveriam dar – espaço para o prazer adolescente de militar em redes sociais.

Márcio Jerry precisa – e tem obrigação de – compreender melhor o seu papel.

Será melhor para seu governo.

E para o Maranhão…