1

Roseana amplia número de seguidores no Instagram

Com menos de um mês de retomada efetiva da participação nas redes sociais, ex-governadora passa de cerca de 10 mil para quase 14 mil seguidores em seu perfil, confirmando a força de sua presença pública no Maranhão

 

As fotos com a família são padrão no perfil de Roseana na rede social Instagram. “Eles dão sentido aos meus dias”, diz ela

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) tem se mostrado um fenômeno popular na rede social Instagram.

Desde que retomou as postagens em seu perfil @roseanasarneym, ela subiu de algo em torno de 10 mil seguidores, no início de julho, para 13,8 mil, número registrado nesta quinta-feira, 30.

Foram quase 4 mil novos seguidores em apenas 27 dias, marca atingida apenas por celebridades da TV ou digital-influencers; para efeito de comparação, apenas entre ontem e hoje, ela obteve mais de 200 novos seguidores.

O perfil de Roseana foi criado há algum tempo, mas ela não usava com frequência; sua última postagem antes desta nova fase, por exemplo, era do dia 14 de março de 2019.

Em 2 de junho, o blog Marco Aurélio D’Eça anunciou a retomada da página – agora com publicações quase diárias, tanto no Feed quanto no Story – no post “Roseana volta a interagir no Instagram…”.

Desde então, o número de seguidores da ex-governadora só tem aumentado.

Em seus vídeos, Roseana mostra dotes culinários e fala do dia dia de dona de casa, bem ao gosto do seu público majoritário

Com assuntos simples – que vão de postagens com familiares a receitas caseiras na cozinha de casa – Roseana conversa em linguagem simples com seu público, mantendo a relação que construiu ao longo de quatro mandatos de governadora.

E a tendência é que o número de seguidores aumente.

À medida que se aproxime de 2022…

2

Roseana declara: “sou muito nova para me afastar da política”

Ex-governadora participa de live ao lado do coordenador eleitoral do MDB, deputado Roberto Costa, e revela que vai estar ativamente nas eleições de 2022, seja como candidata ou mesmo apoiando algum outro nome

 

Roberto Costa e Roseana fizeram live em que anunciaram a volta da ex-governadora à política, sobretudo no ciclo de 2022

Sucesso de público na Internet, a live realizada nesta terça-feira, 21, pelo deputado estadual Roberto Costa e pela ex-governadora Roseana Sarney encaminhou pontos fundamentais para o futuro político do MDB e para a própria Roseana.

A ex-governadora deixou claro, por exemplo, que seu retorno às redes sociais é também um passo para o retorno à política; e pretende estar ativa nas eleições de 2022.

– Nessa pandemia tive a oportunidade de conversar comigo mesma e percebi que era muito nova para me afastar da política. Resolvi voltar as redes sociais e à política; vou participar novamente da vida política e da vida da comunidade maranhense – declarou.

A repercussão da conversa entre os emedebistas mostrou a força que a ex-governadora tem no estado – e principalmente em São Luís – o que animou os protagonistas a fazer um balanço da trajetória da emedebista.

Os dois lembraram obras e projetos importantes dos governos de Roseana para o Maranhão, como os Vivas, obras de infraestrutura e a valorização da cultura. Em vários momentos Roseana deixou claro que pretende voltar à disputa eleitoral, mas descartou a possibilidade de concorrer às eleições municipais em 2020.

– Ainda temos dois anos e meio pela frente. Dará tempo para refletir e ver se novamente vou entrar para me candidatar ou só apoiar alguns candidatos. A realidade é que eu já descansei, já passei os meus dois anos sabáticos. Em dois anos as águas vão rolar e vamos ver o que vai dar – revelou a ex-governadora.

Durante a live, ficou claro que o projeto roseanista de 2022 terá interligação com a posição do MDB, em 2020.

E esta decisão ficará  cargo de Roberto Costa, coordenador eleitoral do partido.

A decisão da legenda será seguida por ela…

1

Após decisão contra perfis fake, Roseana volta a interagir no Instagram

Ex-governadora publicou no perfil  @roseanasarneym vídeo em que conta um pouco do seu dia dia na pandemia e fala das suas expectativas, sobretudo com as festas juninas, que espera ver efetivamente a partir de 2021

 

Roseana com o marido e as filhas na praia; postagem no Instagram após decisão que fortaleceu seu perfil oficial

A ex-governadora Roseana Sarney voltou esta semana a publicar imagens e vídeos em seu perfil na rede social Instagram, após a Justiça determinar a exclusão de perfis não-oficiais relacionados ao seu nome. 

Há dois dias, ela publicou vídeo em que canta para um dos netos e fala de sua paixão pelo bumba-meu-boi. Ontem, Roseana publicou foto ao lado do marido, da filha e da neta em uma praia de São Luís.

Nesta quinta-feira, 2, a ex-governadora voltou ao insta, com um vídeo em que explica sua ausência, fala de suas expectativas pós-pandemia e afirma que vai continuar a interagir.

– Hoje acordei precisando conversar, ver gente. Mas, estamos em casa, já tenho mais de 60 anos e estou respeitando a minha idade. Só queria dar um abraço. Se deus quiser vamos sair mais rápido dessa pandemia chata – disse a ex-governadora, de cara limpa.

A última vez que Roseana havia postado em seu perfil @roseanasarneym foi em 14 de março de 2019: um #TBT de quando inaugurou a primeira escola de tempo integral, na época do governo.

Até então, ela fazia postagens esporádicas na rede, sempre com grandes intervalos entre uma e outra – mas sempre com centenas de comentários e curtidas.

Ao blog Marco Aurélio D’Eça ela garantiu que, a partir de agora, vai estar mais presente nas redes sociais, interagindo com o povo maranhense, “não apenas sobre política, mas todos os aspectos do nosso estado”. 

A decisão que obrigou o Facebook a retirar perfis fakes relacionados a Roseana foi tomada pelo juiz federal Sebastião Lima Bom,fim, em ação movida pela advogada Anna Graziella Neiva.

Ao todo, foram retirados 11 perfis desta rede social…

5

Perfis fake anti-STF se espalham nas redes sociais também no Maranhão…

Internautas escondidos em pseudônimos espalham as mesmas fakes news disseminadas pelos acusados que foram alvo da Polícia Federal na operação desta quarta-feira, 27; e também fazem ataques diretos a autoridades da Justiça, políticos e jornalistas no Facebook, no Twitter e no Instagram

 

Alguns dos alvos da Polícia Federal na operação contra fake news: velhos conhecidos da política, empresários, agitadores populares e blogueiros que pregam ódio contra as instituições

A Polícia Federal teria terreno fértil no Maranhão com a operação deflagrada nesta quinta-feira, 27, contra aliados do presidente Jair Bolsonaro acusados de propagadores de fake news e de ataques contra o Supremo Tribunal Federal.

Há no estado uma série de perfis fake usados para dar voz a esses envolvidos e a propagar as mesmas fake news e mensagens contra o STF iguais aos que ontem receberam a visita da PF.

Mesmo após operação da PF, o perfil Spry Tony continuou a divulgar ontem informações em defesa do blogueiro Allan dos Santos

Um dos mais efetivos atende pela alcunha de SpryTony e atua principalmente no Facebook.

Além de defender Bolsonaro, SpryTony mostra relação até internacional, com posts em inglês e de defesa dos Estados Unidos; e divulga sobretudo as ações do blogueiro Allan dos Santos, um dos alvos da Polícia Federal. (Veja print acima) 

Além de defender Bolsonaro e fazer apologia da direita, o “Maranhão de Direita” replica pelo Twitter agressões nacionais contra o STF

No Twitter, o principal responsável pela divulgação das ações de Allan dos Santos, da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) e de outros acusados pela Polícia Federal é o grupo intitulado “Maranhão de Direita”.

Mas hashtags como “#STF Vergonha Nacional” ou expressões como “senhores canalhas do STF” também fazem fazem parte do repertório do propagador de fake news maranhense.

 Outro perfil com forte dose de ataques ao Supremo Tribunal Federal é o “bolsonaristaslz”, que atua diretamente no instagram.

No Instagram é o perfil “Bolsonaristaslz” quem espalha os ataques e provocações contra os ministros do Supremo Tribunal Federal

Além de fazer campanha antecipada pela reeleição de Bolsonaro em 2022, o perfil repercute campanhas contra o Supremo, como a que defende o impeachment dos ministros.

É claro que há diversos outros perfis nas redes sociais com ataques diretos ao STF, à democracia e com apologia da ditadura e de teses nazistas, fascistas e racistas.

Mas estes têm identificação clara e a maioria atua como gente conhecida na sociedade, fácil, portanto, para ações da Polícia Federal. 

Já os perfis fake escondem desejos mais criminosos que ideológicos, mais perigosos que “exóticos” 

Geralmente, perfis como “SpryTony”, do Facebook;  “Maranhãodedireita”, no Twitter; e “Bolsonaristaslz”, no Instagram, têm pouco ou nenhum seguidor e servem para disseminar as mensagens originadas onde a Polícia Federal suspeita tratar-se do “gabinete do ódio”.

Mas acabam sendo corroborados por políticos, empresários e jornalistas maranhenses com perfil de direita, que se deixam levar pelas fake news e as disseminam nos aplicativos de troca de mensagens.

E de lá elas se espalham feito pólvora por todos os segmentos da sociedade…

0

Dr. Yglésio vai apostar nas redes sociais…

Deputado estadual avalia que as novas formas de comunicação já dominam o processo eleitoral desde 2018, e entende que se sairá melhor aquele que falar a linguagem da internet – moderna, descolada e sem rebuscamentos

 

Confirmado nesta sexta-feira, 14, como candidato do Pros à Prefeitura de São Luís, o deputado estadual Dr. Yglésio já tem uma estratégia pronta para alcançar com sua mensagem o maior número de eleitores.

– Nós vivemos uma era em que a comunicação precisa ser veloz e eficaz; quem apostar nas redes sociais, na linguagem do jovem na internet, no Instagram e no WhatsApp, terá larga vantagem neste debate – acredita o parlamentar.

Mesmo antes de definir seu partido, Yglésio já vem atuando forte nas redes sociais, sempre utilizando linguagem,  coloquial, com humor descolado e sem a sisudez dos programas de TV. 

– A população já cansou daquele senhor engravatado e com linguagem que ninguém entende na propaganda de TV. O eleitor quer conversar de igual para a igual com o candidato, questionar, brincar, viver a vida de forma leve, mesmo em uma campanha eleitoral – analisa.

Após garantir o Pros, de Gastão Vieira, Dr. Yglésio agora já articula apoio do PTB, de Pedro Lucas Fernandes

Com pouco tempo na propaganda eleitoral, Dr. Yglésio pretende fortalecer sua campanha exatamente entre os mais jovens, com agilidade no acesso à internet e com linguagem própria.

Aliás, um vídeo com um clip baseado na canção I Will Survive, de Gloria Gaynor, viralizou na internet desde a quinta-feira, 13, com bordão “Olha o doutor!”. (Assista acima)

Embora não confirme nem desminta se o jingle é ou não de sua campanha, o deputado se diverte com a repercussão do clip, que faz referência aberta à comunidade LGBTQ+.

Mas ensina:

– Quem não tiver coragem para enfrentar com bom humor e sinceridade todas as questões atuais da nossa sociedade, vai continuar no armário do conservadorismo e esquecido pela população.

Olha o doutor?!?

4

Jerry toma as dores de Dino e também é enquadrado por jovem na Net

Deputado foi às redes sociais do rapaz – que criticou os sucessivos aumentos de impostos no Maranhão – mas acabou sendo também enquadrado

O deputado federal Márcio Jerry também ouviu das suas ao tentar questionar o jovem Gustavo Carvalho, que gravou vídeo ao lado de Flávio Dino com duras críticas ao governador.

No vídeo, publicado em primeira mão pelo blog de Luís Cardoso, o jovem aproveita a presença de Dino em um voo e grava vídeo em que questiona os sucessivos aumentos de ICMS no governo do comunista.

– Governador como é que você diz que defende o pobre e só nos últimos anos foram quatro aumentos de ICMS?!? – questionou o rapaz.

Visivelmente constrangido, Dino vira de costas para não ser gravado e tenta se afastar; Carvalho insiste e faz várias outras críticas. (Veja o vídeo acima)

Logo depois, Márcio Jerry foi ás redes sociais do garoto para questionar, alegando ter sido desrespeito ao abordar Dino, que estava acompanhado do filho.

E acabou ouvindo também o que não queria.

– Governador Flávio Dino não respeita a população e quer pedir respeito – questionou Carvalho. (Veja o print acima)

O vídeo elevou o patamar das redes sociais do rapaz e tem repercutido em todo o país.

Ruim para quem tenta se viabilizar como candidato a presidente…

 

 

3

O surpreendente afastamento de Flávio Dino e Bira do Pindaré…

“Pito” público do governador no aliado, após este tentar usurpar projeto que era de autoria do PPS, da senadora Eliziane Gama, reforça a ideia de que o deputado federal socialista caiu em desgraça com o comunista

 

A VIOLA DE FLÁVIO DINO JÁ NÃO ESTÁ MUITO AFINADA em relação ao aliado Bira do Pindaré

Desde o início do segundo mandato do governador Flávio Dino (PCdoB) surgiram na mídia informações dando conta de uma “decepção” do comunista em relação ao deputado federal Bira do Pindaré (PSB).

Segundo dão conta estas informações de bastidores, Dino teria convidado Bira a retornar ao governo, o que abriria vaga para aliados na Câmara; o socialista recusou e teria selado, assim, sua inviabilidade como candidato do governo em 2020.

Nem Flávio Dino, nem seus principais auxiliares nunca confirmaram ou negaram o estremecimento, mas alguns gestos do governador apontam para um possível “chega pra lá”.

Um destes gestos é a chegada festiva ao governo do também federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB), já apontado, inclusive, como preferido de Dino para a disputa em São Luís. (Leia aqui)

Mas o gesto de domingo nas redes sociais – já amplamente divulgado na mídia – foi uma espécie de ápice da insatisfação do comunista com o aliado socialistas.

Flávio Dino repreendeu publicamente a Bira do Pindaré, que tentou se passar como “pai da criança” do projeto que criou o Instituto de Educação do Maranhão (Iema), carro-chefe da gestão comunista. (Leia aqui)

Em outros tempos, seria muito pouco provável ver Flávio Dino fazer repreensão pública a um aliado, em favor de outro nas redes sociais.

Principalmente se um destes aliados fosse Bira do Pindaré. (Entenda aqui, aqui e aqui)

E quando deu o “pito” em Bira do Pindaré, sabia exatamente o tamanho da repercussão que teria o ato.

O fez de caso pensado, portanto.

Pior para o deputado aliado…

2

Vídeo de Braide sobre São Luís bate recordes de visualizações…

Deputado estadual homenageia a capital maranhense em seu perfil no Facebook e supera até o governador Flávio Dino em número de acessos

 

Segundo colocado nas eleições municipais de 2016, o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) continua mostrando ser um fenômeno de mídia e popularidade em São Luís.

E sua força nas redes sociais é incomparável.

O vídeo em que o parlamentar homenageia São Luís – postado como qualquer outro – bateu recordes de visualizações no Facebook.

Foram nada menos que 26 mil visualizações e 3,5 mil curtidas, bem acima das do prefeito Edivaldo Júnior (1450 curtidas) e do governador Flávio Dino (apenas 220 curtidas no perfil pessoal).

Braide mostra, portanto, que alcançou o posto de liderança na capital maranhense…

Veja o vídeo acima

5

Golpe do governo contra professores vira meme de internet…

Categoria viraliza em redes sociais e aplicativos de troca de mensagens críticas contra o governador Flávio Dino e seus líderes na Assembleia Legislativa, chamados de “picaretas” e “covardes”

 

A soma do golpe contra professores e o aumento de imposto gerou duras críticas a Flávio Dino

Ganhou as redes sociais, desde a tarde de quarta-feira, 15, críticas de todos os tipos contra o governador Flávio Dino (PCdoB) e sua bancada de deputados na Assembleia Legislativa.

Os deputados Bira do Pindaré e Marco Aurélio oram os mais criticados, chamados de covardes e picaretas

A revolta dos professores pela alteração do Estatuto do Magistério, que tirou direitos adquiridos, passou a viralizar na internet, sobretudo por ter se somado a outro golpe, o do aumento de impostos.

Os principais alvos, além do próprio Flávio Dino, são os líderes governistas na Assembleia Legislativa – Professor Marco Aurélio (PCdoB) e Bira do Pindaré.

Dino e Bira ganharam memes juntos, pela proximidade ideológica e decepção dos professores

Os deputados são chamados de “picaretas” e “covardes”.

E a repercussão deve continuar nos próximos dias…