0

Gêmeas do Coroadinho representam o Brasil na Olimpíada do Japão

Nascidas e criadas na comunidade Thalia e Thalita da Silva Costa são destaques da Seleção Brasileira de Rugby, após se destacar também no atletismo; família acompanha ansiosa os preparativos das irmãs em Tóquio, onde estão desde a semana passada

 

As gêmeas Thalia e Thalita são destaques no Rugby e estão representando o Coroadinho na Seleção brasileira da categoria que está no Japão

Uma dupla nascida e criada na comunidade do Coroadinho, nas proximidades do Centro de São Luís, está em Tóquio representando o Brasil na Olimpíada do Japão.

Thalia e Thalita da Silva Costa são gêmeas e estão na Seleção Brasileira de Rugby, uma das favoritas à medalha de ouro da modalidade.

– Eita felicidade. Eu o tempo todo estou emocionada com tudo isso – disse Ivanilde Costa, mãe das moças, que têm 23 anos.

Thalia e Thalita estão no esporte desde criança, primeiro nas corridas de rua, até se destacarem nas pistas de atletismo, pelo porte físico; sem perspectivas no esporte, decidiram se afastar e tentar faculdade e trabalho.

– Não demorou muito surgiu um convite a Thalia para participar de um treino de Rugby; como ela disse, foi amor à primeira vista, amor no primeiro contato, em fevereiro de 2017 – conta Ivanilde.

Em seguida, Thalita também decidiu experimentar a modalidade. 

Thalita mostrou logo cedo talento para o rugby, após treinar atletismo na adolescência

O porte físico, a força e a velocidade das irmãs gêmeas deram destaque às duas no Rugby; ainda em 2017 foram treinar no Delta Rugby, clube de Teresina (PI), chamando atenção da Confederação Brasileira de Rugby.

– Em 2018 veio a oportunidade de fazer o teste da seleção em São Paulo. Ela foi chamada para disputar os jogos sulamericanos do Cochabamba – conta a mãe, ainda moradora do Coroadinho, onde as meninas passam férias

Thalia em ação em seu clube: força e agilidade são vantagens para a modalidade

Desde então, as irmãs moram em São Paulo, onde estão à disposição da Seleção Brasileira.

A convocação para a Olimpíada foi só uma questão de tempo.

– Pra mim e motivo de muita felicidade poder contribuir de alguma forma para o crescimento desse esporte, e poder falar um pouco dessas meninas aguerridas. Que venha a medalha olímpica – torce a mãe, orgulhosa.

A Olimpíada do Japão começa na próxima quinta-feira, 22…

0

Comunidade denuncia avenida que virou lixão na Feira do João Paulo

Não bastasse o uso por feirantes como estacionamento para carga e descarga,. a Avenida Projetada está praticamente toda tomada por lixo que atrai urubus e outros animais, além de espalhar mau cheiro pela região

 

O lixo se espalha por toda a avenida ao lado da feira do João Paulo, causando transtornos e riscos à saúde

Principal ligação da Avenida São Marçal às comunidades do Coroado, Barés e à Avenida dos Africanos, a Avenida Projetada, ao lado da feira do João Paulo, virou um lixão.

Sem controle da Prefeitura de São Luís, todo tipo de material descartado é jogado na via, que já sofre com o uso indevido de feirantes como estacionamento para carga e descarga.

O lixo acumulado já cobre praticamente toda a rua, atraindo urubus e outros animais.

Na prática, a avenida projetada é uma extensão da Daniel de Latouche,  uma vez que compreende a mesma linha reta do Coroado ao retorno do Calhau, mas sofre com a falta de educação da população e com o descaso das autoridades.

O lixo causa incômodos a bares, restaurantes e outros tipos de comércio da área, além de causar mau cheiro e risco de doenças.

A comunidade tem feito reclamações diárias nas redes sociais…

0

Bombeiros tem programação especial pelo Dia Nacional da categoria

Sob o comando do coronel Célio Roberto, corporação inicia nesta segunda-feira, 28, celebração da data, que se estenderá por toda a semana, com palestras, reuniões, treinamentos, formatura e promoções de oficiais e praças

 

As ações comandadas pelo coronel Célio Roberto incluem vasta programação de orientações à comunidade

A partir desta segunda-feira, 28, o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) promove uma programação especial alusiva às celebrações do dia Nacional do Bombeiro, com emorado em 2 de julho.

Os Batalhões em todo o Estado têm eventos ligados á data, que vão de orientações de segurança, doações de sangue, distribuição de máscaras e palestras de prevenção de acidentes voltadas ao público em geral.

– Diante de tantas adversidades que enfrentamos no dia a dia como incêndios, atendimentos em acidentes com vítimas, resgates e até mesmo ações de combate à pandemia, queremos rogar as bênçãos de Deus e parabenizar a todos os bombeiros do nosso país, em especial os bombeiros do Maranhão, profissionais competentes que arriscam as suas vidas todos os dias nas mais variadas situações de perigo – declarou o Coronel Célio Roberto, comandante-geral do CBMMA.

Os bombeiros farão ações de comemoração aos eu dia nacional

Por causa da pandemia, a semana comemorativa ocorrerá nos mesmos moldes do ano passado, cumprindo todas as normas de segurança necessárias para proteção das pessoas.

Na programação estão duas formaturas de promoções.

Na terça-feira, 29, serão promovidos os aspirantes da 13ª turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO), turma Governador Flávio Dino.

Um trabalho de conscientização e orientação nas praias, no domingo, 4, marcará o encerramento da semana Nacional dos Bombeiros

Na quinta-feira, 1º, no quartel do Comando Geral do CBMMA, será realizada uma formatura especial para promoção de Praças.

Além das promoções, haverá palestras sobre cuidados de saúde, visita a hospitais, doações voluntárias de sangue, além de lives sobre segurança, saúde e resgate veicular.

AS semana do Bombeiros será encerrada no domingo, 4, com ações nas praias de São Luís.

Haverá formatura e promoção de quadros de aspirantes e praças em duas solenidades distintas

A história do dia Nacional do Bombeiro

A data 2 de julho foi instituída como dia Nacional do Bombeiro em 1954, por meio do Decreto Federal número 35.309 assinado pelo então presidente Getúlio Vargas, que instituiu a homenagem em função das demonstrações populares de apreço pelos profissionais em razão das constantes provas de valor e bravura dos integrantes destas Corporações.

A escolha da data deu-se em virtude da criação, em 2 de julho de 1856, através do Decreto Imperial número 755 pelo imperador Dom Pedro II, do Corpo de Bombeiros provisório da corte, embrião do serviço bombeiro-militar e das corporações de todo o país.

Confira a Programação Completa da Semana Nacional do Bombeiro -2021, que poderá ser acompanhada ao vivo no perfil do oficial da Corporação no Instagram (@bombeiros.cbmma193).

0

Ivaldo Rodrigues visita Pindaré e conhece as demandas dos agricultores

 

O secretário estadual adjunto de Agricultura Familiar e Economia Inclusiva da Saf, Ivaldo Rodrigues esteve neste sábado (26) realizando visita técnica no município Pindaré-Mirim, a convite do prefeito Alexandre Colares e da primeira dama Samia Colares, para conhecer o Projeto de Assentamento Olho D’água dos Carneiros, no povoado Lages, maior polo produtivo familiar do município.

Em média 400 famílias produtoras trabalham para tirar do solo seu sustento, com produção de arroz, amendoim e mandioca.

“Pude ouvir de cada agricultor as necessidades que o polo enfrenta, para solucionar o problema e através do Sistema SAF expandir a produção e o escoamento da safra. Por determinação do secretário Rodrigo Lago vamos continuar induzindo para produzir”, destacou Ivaldo.

O secretário ainda visitou o local onde será implantada a Feira da Agricultura Familiar no município, com um viés cultural – além do ponto onde será instalada a Central de Distribuição de Alimentos de importantes programas alimentares como o PAA, Procaf e PNAE.

O Governo do Estado sob o comando do governador Flávio Dino tem investido de forma sistemática na agricultora familiar, através da Secretaria de Agricultura Familiar (Saf), e do programa Comida Na Mesa, que leva alimento para a população em situação de vulnerabilidade social durante o pedido de pandemia.

“A visita técnica foi muito produtiva no sentido de consolidar uma política pública de produção agrícola familiar. Agradeço imensamente a recepção de toda a equipe da Prefeitura de Pindaré-Mirim, especialmente ao prefeito Alexandre.

A agenda contou com a presença do vice-prefeito e secretário de Agricultura, Marcio Mendes e do assessor especial da Secap, Nando Aguiar.

1

Alagamentos no Coroado; agora a esperança é Braide

Mesmo após oito anos de gestão de Edivaldo Júnior – período em que o problema foi mostrado ano após ano – comunidade na região central de São Luís segue alagada com as chuvas, sem solução à vista para um problema simples de resolver

 

Basta alguns minutos de chuva para as ruas do Coroado ficarem assim; basta alguns poucos milhares de recursos para o problema ser resolvido

O blog Marco  Aurélio D’Eça passou os oito anos de mandato do ex-prefeito  Edivaldo Júnior cobrando do seu setor de obras uma solução para o alagamento do bairro do Coroado. (Relembre aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, mais aqui e também aqui)

Todo ano o prefeito e sua equipe prometiam soluções que nunca chegaram; e a comunidade segue alagada, como mostra o vídeo gravado por moradores, após as chuvas da tarde de sexta-feira, 11.

Como se vê nos links acima, o problema se arrasta desde a gestão de João Castelo, quando se iniciou o derrame de dinheiro no canal; e chega a 2021, em plena gestão de Eduardo Braide (Podemos)

Curiosamente, o Governo do Estado entregou ontem uma quadra com pracinha reformada à comunidade. A inauguração se deu horas depois da enchente nas ruas, sequer tratada pelos representantes do governo.

Jovens comentam a cheia das ruas após as chuvas da tarde de sexta-feira, 11/6; mais uma vez assim…

A solução o alagamento da parte mais baixa do Coroado – já mostrada aqui neste blog – é tão simples que fica até ridículo: basta a desapropriação de um dos imóveis construídos irregularmente na avenida Carlos Macieira, às margens do Igarapé que corta o bairro.

Com a desobstrução, a água da chuva encontra passagem direta para o igarapé e para o pântano que compõe as matas do 24º Batalhão de Caçadores.

A esperança da solução se volta agora ao prefeito Eduardo Braide.

Que precisa fazer uma visita à comunidade…

1

Secretaria de Segurança Alimentar ganha destaque na gestão de Braide

Além de articular distribuição de alimentos às comunidades, secretário Júnior Vieira mostra forte poder de articulação com agenda em Brasília e em todo o Maranhão, transformando uma pasta apagada em referência no secretariado de São Luís

 

Júnior Vieira participa pessoalmente das ações da Secretaria de Segurança Alimentar

 

Em quatro meses á frente da Secretaria de Segurança Alimentar de São Luiís, o secretário Júnior Vieira ganhou espaço de destaque na gestão do prefeito Eduardo Braide (Podemos), com ações de impacto nas comunidades da capital maranhense.

Além de articular a distribuição de alimentos às comunidades, Vieira tem forte poder de atração de investimentos, com presença constante em Brasília.

O secretário já aparece entre os mais destacados da gestão de Braide.

Com forte articulação em Brasília, o titular da Semsas atrai investimentos e recursos para a pasta em São Luís

A pasta de Segurança Alimentar era uma obscura secretaria,s em maior peso na gestão, mas ganhou repercussão sob o comando de Júnior Vieira.

Só nestes quatro meses, foram mais de 3,3 mil famílias beneficiadas com o Programa de Aquisição de Alimentos.

Júnior Vieira em mais uma ação da Semsas, distribuindo a,limentos

Além disso, a secretaria articulou entrega de alimentos ao Hospital da Criança e a outras instituições da Prefeitura de São Luís.

Com articulação direta no Ministério da Cidadania, Júnior Vieira também trouxe recursos e mais investimentos para a pasta.

Hoje, a Semsa é uma das principais pastas do setor social da gestão de Eduardo Braide…

 

0

A triste sina do Coroado….

Entra prefeito e sai prefeito e a comunidade na região central de São luís sofre com os alagamentos devido à falta de drenagem, serviço no qual já foram supostamente gastos quase R$ 1 bilhão nos últimos 15 anos; detalhe; o problema se resolve com apenas 000,1% do que já foi “investido”

 

Imagem registrada às 19h desta terça-feira, 20, após menos de uma hora de chuva na região do Coroado

Ano após ano, a comunidade do Coroado – uma das mais charmosas da região central de São Luís – sofre com alagamentos como o da foto acima, ocorrido no início da noite desta terça-feira, 20, com apenas umas poucas horas de chuva.

Nos últimos 15 anos, o blog Marco Aurélio D’Eça já registrou anúncios de obras que, somadas, aproximam de R$ 1 bilhão os valores supostamente gastos na região, sem que ninguém visse nenhum tipo de resultado. (Relembre aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, e também aqui).

O último serviço foi apenas maquiagem, realizado no final do ano passado na gestão de Edivaldo Júnior, obra, inclusive, que ficou inacabada, deixando a vala da Rua da Felicidade parcialmente aberta.

A gestão do prefeito Eduardo Braide (Podemos) ainda não se manifestou sobre a conclusão deste serviço de Edivaldo e nem com a solução para o problema – que se resolve com a aquisição de qualquer imóvel construído em cima do escoamento da água na avenida Carlos Macieira.

O custo de um imóvel deste é mínimo diante do astronômico valor que já se gastou na obra…

3

Coroado pela enésima vez debaixo d’água…

Assim como se repete ano após ano desde a fundação do bairro, bastam as primeiras chuvas do ano para que as ruas fiquem inundadas; obras de asfaltamento feitas no ano passado representam apenas mais uma maquiagem

 

Da mesma forma como vem sofrendo há décadas, Coroado enfrentou mais uma vez nesta segunda-feria, 22, os alagamentos característicos da falta de drenagem

As chuvas que caíram na tarde desta segunda-feria, 22, reforçaram uma característica do bairro do Coroado, esquecido pelo poder público em pleno Centro da Cidade.

Mais uma vez, o bairro inteiro ficou alagado, mostrando a necessidade urgente de um serviço de drenagem, que aliás, já foi pago por diversas vezes sem resultado concreto.

Os serviços de asfaltamento feitos por Edivaldo Júnior serviram apenas para maquiar as ruas, agora inundadas pelas chuvas

As obras de asfaltamento do ano passado não passaram de mais uma maquiagem para enganar os moradores em época de eleição.

Nenhuma das ruas do Coroado escapou da inundação provocada pelas chuvas desta segunda-feira, como se repete há anos

Obras que,. aliás, sequer foram concluídas, como a maioria das que foram entregues no final do ano.

Espera-se que, agora, na gestão Eduardo Braide (Podemos), o Coroado possa ter melhor sorte…