3

Coroado pela enésima vez debaixo d’água…

Assim como se repete ano após ano desde a fundação do bairro, bastam as primeiras chuvas do ano para que as ruas fiquem inundadas; obras de asfaltamento feitas no ano passado representam apenas mais uma maquiagem

 

Da mesma forma como vem sofrendo há décadas, Coroado enfrentou mais uma vez nesta segunda-feria, 22, os alagamentos característicos da falta de drenagem

As chuvas que caíram na tarde desta segunda-feria, 22, reforçaram uma característica do bairro do Coroado, esquecido pelo poder público em pleno Centro da Cidade.

Mais uma vez, o bairro inteiro ficou alagado, mostrando a necessidade urgente de um serviço de drenagem, que aliás, já foi pago por diversas vezes sem resultado concreto.

Os serviços de asfaltamento feitos por Edivaldo Júnior serviram apenas para maquiar as ruas, agora inundadas pelas chuvas

As obras de asfaltamento do ano passado não passaram de mais uma maquiagem para enganar os moradores em época de eleição.

Nenhuma das ruas do Coroado escapou da inundação provocada pelas chuvas desta segunda-feira, como se repete há anos

Obras que,. aliás, sequer foram concluídas, como a maioria das que foram entregues no final do ano.

Espera-se que, agora, na gestão Eduardo Braide (Podemos), o Coroado possa ter melhor sorte…