0

Paulo Marinho é destaque como âncora de programa político…

Empresário e ex-prefeito de Caxias apresenta o programa Mesa Redonda, na TV Band, e traz os principais fatos políticos da região do leste maranhense

 

Marinho com Alexandre Almeida: notícias em primeira mão

Ex-prefeito, ex-deputado federal e, agora, apresentador de TV, o empresário Paulo Marinho tem sido o protagonista dos principais fatos políticos da região Leste maranhense.

Político tarimbado, Marinho consegue estar por dentro dos bastidores partidários e leva, sempre com exclusividade, as notícias mais quentes da região.

Foi ele, por exemplo, quem antecipou a informação de que o deputado Alexandre Almeida (PSDB) iria disputar vaga de senador. Aliás, Paulo Marinho e o filho – Paulo Marinho Júnior, candidato a deputado federal – são os principais entusiastas da candidatura de Almeida.

Mesmo sem concorrer a cargo eletivo, Paulo Marinho pretende continuar influente no processo eleitoral.

Dando as principais informações dos meios políticos em seu programa…

0

Stenio Rezende vê fortalecimento do DEM com renovação de seus quadros…

O deputado estadual Stenio Rezende (DEM) participou, na manhã de ontem (8), na Câmara dos Deputados, da convenção nacional do Democratas, realizada na Capital Federal.

O evento, que reuniu lideranças de todo o País, parlamentares, gestores e dirigentes partidários, elegeu o novo presidente nacional da legenda, o prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou a filiação oficial de prefeitos, deputados e pré-candidatos a deputados, além da pré-candidatura do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), ao Palácio do Planalto.

“A nossa expectativa é que o partido se fortaleça a nível estadual e nacional, com uma candidatura competitiva para presidente da República e preparado para ampliar suas bancadas em 2018”, afirmou.

Durante o evento foram anunciados oficialmente a filiação de nomes como o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, dos deputados estaduais Rogério Cafeteira e Neto Evangelista, dos prefeitos Mafran Bringel (Loreto),VianeyBringel (Santa Inês), Gleydson Rezende (Barão de Grajaú), Luís Fernando (São José de Ribamar), além de Robert Bringel (ex-prefeito de Santa Inês), Andreia Martins e Daniele Tema (pré-candidatas a deputadas estaduais), e Gildásio Ângelo (diretor- presidente do NASSP).

O deputado federal Juscelino Filho, presidente do partido no Maranhão, também foi nomeado como membro da Executiva Nacional.

A chegada da nova geração de líderes na direção do DEM, representada pelo prefeito de Salvador e por forças políticas emergentes, estão auxiliando o partido a crescer nos estados e nos municípios, com o fundamental apoio de pessoas experientes, pioneiras, com tradição.

1

Júnior Verde busca criação da Política de Desenvolvimento da Carcinicultura…

Encontra-se nas mãos do governador Flávio Dino uma Indicação de autoria do deputado estadual Júnior Verde (PRB) para elaboração de um Projeto de Lei que disponha sobre a Política Estadual de Desenvolvimento e Expansão da Carcinicultura e Meliponicultura. A proposição foi aprovada pelo Plenário da Casa para que seja elaborado pelo Executivo Estadual e visa beneficiar os produtores maranhenses de camarão e mel.

“Trata-se de uma iniciativa da qual não poderíamos fugir. Temos prerrogativas que nos permitem dar atribuições ao Poder Executivo, por isso enviamos essa Indicação. O Maranhão é um grande produtor de mel, o que muitos talvez desconheçam, e precisa de incentivo também em outras culturas como Aquicultura e Agricultura Familiar”, justificou.

A atividade da Apicultura abrange a Meliponicultura, que é a criação racional de abelhas sem ferrão, e se destaca principalmente na região Alto Turi, gerando muitos empregos e renda. Júnior Verde já formalizou estudos e análises por meio de audiências públicas que servirão de base para a elaboração de um Plano Estadual.

É um documento com objetivos, metas e instrumentos que disponibilizam formas compatíveis e viáveis para o crescimento e a solidificação da atividade apícola e meliponícola.

“Tivemos o cuidado de integrar o meio ambiente, o desenvolvimento da tecnologia, a comercialização, a circulação e o aumento de emprego e renda no setor primário no Estado. Direcionamos nossos esforços para melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, completou o parlamentar, que no ano passado criou um Fórum para discutir a problemática da apicultura migratória no Maranhão. Membro da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia, Júnior conduziu uma reunião com membros da Federação Maranhense dos Produtores de Mel (FEMAMEL) para iniciar as discussões sobre o tema.

0

Edilázio Júnior no interior…

Deputado estadual cumpre agenda com lideranças políticas em Axixá, Vargem Grande e Buriti de Inácia Vaz

 

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) cumpriu extensa agenda no interior do estado no último fim de semana, período em que não há atividades regulares no Legislativo Estadual.

Ele visitou os municípios de Vargem Grande, Buriti de Inácia Vaz e Axixá, participou de reuniões com lideranças políticas e de eventos religiosos.

Em Vargem Grande, Edilázio foi recebido pela liderança política Mathias Pancadão. Mathias ofereceu almoço ao parlamentar em sua residência.

Participaram do almoço, o ex-vereador Adailson, Alex Brás, Alcione de São Gonçalo, Valentino e outras lideranças da região.

Já no município de Buriti de Inácia Vaz, o deputado do PV participou da missa da padroeira Nossa Senhora das Graças – em que também estavam presentes o deputado estadual César Pires (PEN) e o ex-prefeito Neném Mourão.

Depois da missa Edilázio participou de um jantar na residência do ex-prefeito e conversou com lideranças políticas.

Em Axixá, o parlamentar prestigiou o encerramento do festejo da Nossa Senhora da Saúde, padroeira do município. Houve procissão pelas principais vias da cidade e participação da comunidade religiosa.

0

Destino de Flávio Dino entre Janot e Dodge…

Aliado do irmão do governador, atual procurador pode determinar o pedido de arquivamento das denúncias contra o comunista; nova procuradora-geral, que assume em setembro, pode dar caminho diferente ao caso

 

Janot e Raquel têm visões diferentes do MPF, mas a mesma raiz política para chegar ao cargo

O destino do governador Flávio Dino (PCdoB) na operação Lava Jato pode ter caminhos diferentes, a depender da interpretação dada pelo atual procurador-geral da República, Rodrigo Janot; ou pela sua sucessora, Raquel Dodge.

Dino foi acusado em fevereiro por ex-executivos da construtora Odebrecht de ter recebido R$ 200 mil em caixa 2, durante as eleições de 2010. Até hoje, o Superior Tribunal de Justiça espera a denúncia do MPF.

Aliado do irmão do governador, o vice-procurador Nicolao Dino – que, inclusive, teve seu apoio para sucedê-lo, sendo vetado pelo presidente Michel Temer (PMDB) – Janot pode determinar o arquivamento do caso envolvendo o comunista antes de entregar o cargo, em setembro.

Se o processo chegar até lá sem movimentação, a nova procuradora-geral Raquel Dodge, nomeada por Temer, sob indicação de aliados do presidente, pode dar destino diferente.

Flávio Dino foi denunciado por executivos da Odebrecht ainda em fevereiro

Mas mesmo a nova procuradora-geral pode ser leniente com o governador maranhense, já que um de seus padrinhos é ninguém menos que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

O jogo de bastidores no Ministério Público revela também o nível de influência política que sofrem hoje os órgãos e instituições que deveriam estar acima destas questões.

É aguardar e conferir…

5

Felipe Camarão começa a mostrar a cara…

Discreto, e sempre pronto a pedir a jornalistas para que não o envolvam na dicotomia entre o grupo Sarney e o governo Flávio Dino, secretário de Educação decidiu assumir o seu lado político

 

Felipe Camarão com Flávio Dino: às favas com a história

É comum a este blog, sempre que trata de algum assunto relacionado à Secretaria de Educação, ouvir do titular Felipe Camarão o argumento abaixo:

– Prefiro que não me envolva nessa questão. Veja que fico quieto no meu canto; não me envolvo nessa briga.

Mas agora parece que, por um motivo ou outro, o secretário deixou de ficar quieto; e partiu para cima não só dos políticos que fazem oposição como da própria mídia que registra os senões do seu governo.

Contra a TV Mirante, saiu-se com esta:

– Desinformação é algo terrível. TV do sistema oposicionista não sabe que quem cuida de creches são os municípios e não o Governo do Estado.

Print do posicionamento no Twitter: manguinhas de fora

E sobrou até para a deputada Andrea Murad (PMDB), de quem ele fala também sem citar nomes, usando o mesmo argumento.

– Desinformação é algo terrível. Deputada oposicionista não sabe que só na sua base eleitoral o governo reconstruiu três escolas.

Até então, Felipe Camarão demonstrava certo temor de envolver-se na disputa entre o grupo Sarney e o governo Flávio Dino, alegando tratar as coisas apenas no âmbito técnico.

Agora deixou claro de que lado vai ficar.

E começou a tratar as coisas politicamente…

1

A judicialização da Política e a politização da Justiça…

Movimentos recentes dos poderes Executivo e Legislativo mostram uma espécie de resposta à intromissão do Judiciário em questões meramente políticas

 

Editorial

Três fatos recentes mostram que o governo Michel Temer (PMDB) e o Congresso Nacional – Câmara e Senado – chegaram ao limite com o Poder Judiciário:

1 – a nomeação do ministro da Justiça, Alexandre de Morais, ligado ao PSDB, para o Supremo Tribunal Federal;

2 – a votação do projeto que extingue punição a partidos que não prestem contas à Justiça Eleitoral;

3 – a indicação do senador maranhense Edison Lobão (PMDB) para a Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Os políticos estão com o Judiciário entalado na garganta há pelo menos dois anos; e começam a responder com a mesma moeda.

Querem peitá-lo abertamente.

Leia também:

O risco da lógica política no Judiciário….

A mãe de todas as corrupções é a corrupção no Judiciário…

O risco iminente de um golpe do Judiciário…

 

A indicação de Alexandre de Morais por Michel Temer é uma dessas respostas: como agirá o novo membro do STF nas questões que envolvam o seu ex-chefe?

A extinção da punição aos partidos também é um chega pra lá no Tribunal Superior Eleitoral, que, desde 2010, tenta regulamentar, por Resolução, a vida política brasileira.

E a nomeação de Lobão é como dizer ao STF que, nas casas políticas, se faz política.

Assim como, nas casas de Justiça, deveria-se fazer apenas Justiça.

Simples assim…

3

Jota Pinto passa a ser homem forte da gestão de Edivaldo..

Mudanças foram anunciadas neste sábado, 31, pelo próprio prefeito Edivaldo Júnior; ex-deputado substitui Hélio Soares na Articulação Política

 

Jota Pinto ganhou a confiança de Edivaldo vai coordenar a política da gestão

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) deve investir bem na articulação política de sua próxima gestão.

O homem forte deste setor passa a ser o ex-deputado Jota Pinto (PR), que assume a Secretaria de Articulação Política em lugar do também ex-deputado Hélio Soares (PR).

Soares vai cuidar da Secretaria de Relações Parlamentares.

Titular da Secretaria Municipal de Urbanismo, o advogado Diogo Lima deixou o posto e vai comandar a extinta Coliseu, para conduzir o processo de liquidação da companhia.

Em seu lugar assume Mádison Leonardo Andrade Silva.

O vereador Ivaldo Rodrigues foi confirmado na Secretaria de Agricultura e Abastecimento e o presidente da Comissão Permanente de Licitação passar a ser Thiago Braga, que já integra o quadro do órgão.

Outras mudanças devem ser anunciadas, pontualmente, nas próximas semanas.

Mas esta é uma outra história…

2

Crise em Ribamar: Luis Fernando pede e Justiça bloqueia R$ 4,6 milhões da gestão de Gil Cutrim…

Comunicado da Secretaria de Planejamento diz que o juiz federal José Carlos Madeira determinou o bloqueio dos recursos da repatriação e do Fundeb nesta sexta-feira

 

Luis Fernando e Gil Cutrim: fim da parceria

O último dia útil de 2016 fez explodir a guerra que estava sendo travada tacitamente entre o prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (PDSB), e o atual prefeito do município, Gil Cutrim (PDT).

Ainda sob o comando de Cutrim, a Secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças emitiu “Comunicado” no fim da tarde informando que foram bloqueados cerca de R$ 4,6 milhões de duas contas.

– O município de São José de Ribamar teve bloqueados, nesta sexta-feira (30), os recursos da multa de repatriação, no valor previsto de R$ 4.041.989,58, e da transferência do Fundeb, no valor previsto de R$ 593.835,59. O bloqueio foi determinado pelo juiz federal José Carlos do Vale Madeira, que atendeu ação cautelar movida pelo prefeito eleito, Luis Fernando Moura da Silva – afirma o comunicado.

De acordo com a nota, os recursos da repatriação seriam utilizados para cumprir obrigações do município com fornecedores e complementação da folha de pessoa.

– Mesmo diante de tal fato, a atual gestão está cumprindo rigorosamente com seu calendário de pagamento e outros compromissos – informou a prefeitura.

A assessoria de Luis Fernando não quis comentar o assunto…

5

Ex-vice-presidente da OAB-MA condena ação do Ministério Público contra Roseana Sarney…

Valdenio Caminha diz que os próprios promotores que investigaram o caso acabaram por cometer o crime de prevaricação; para ele, o caso deve ser denunciado pela Associação de Procuradores ao Conselho nacional do Ministério Público

 

O posicionamento do ex-vice-presidente da OAB-MA: prevaricação do Ministério Público

O posicionamento do ex-vice-presidente da OAB-MA: prevaricação do Ministério Público

O procurador do estado Valdenio Caminha, que foi presidente da Fundação da Memória República no governo de Flávio Dino (PCdoB) condenou nesta sexta-feira, 4, a ação do Ministério Público contra a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), ex-secretários e auxiliares do governo e contra ex-procuradores do estado.

Para Caminha, que também foi vice-presidente da OAB-MA, a peça é teratológica, com o objetivo de execrar a ex-governadora.

O promotor Roberto Ramos com Flávio Dino: "afã de execrar",segundo procurador

O promotor Roberto Ramos com Flávio Dino: “afã de execrar”, segundo procurador

A peça do Ministério Público foi produzida pelo promotor  Paulo Roberto Barbosa Ramos, da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica de São Luís.

Valdenio Caminha entende que houve prevaricação dos próprios promotores na investigação do caso.

A história deve ser denunciada ao Conselho nacional do Ministério Público…