1

A inglória, mas cativante, luta pela causa animal no Maranhão…

Sem apoio do poder público, sem nenhum aparelho estatal preparado para ações de proteção, voluntários que se aventuram na tentativa de garantir qualidade de vida a esses seres sofrem o descaso e a ridicularização do próprio semelhante

 

Há quem ache ridículo alguém se mobilizar para defender essas criaturinhas indefesas; e o poder público não está nem aí

Desde que surgiu, em setembro de 2016, o blog Marco Aurélio D’Eça assumiu a causa que já fazia parte do cotidiano do seu titular: a defesa dos direitos plenos dos animais. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Passados quase 15 anos, a percepção é de que a luta é inglória.

Não há nenhuma ação do poder público que valorize esta causa; não há nenhum equipamento público que posa garantir vida plena a animais desgarrados e abandonados.

Falta, por exemplo, um centro público de castração animal, o que garantiria qualidade de vida a cães e gatos e diminuiria a população de rua. Alguns parlamentares até destinaram emendas e recursos para a viabilização deste equipamento, mas o  dinheiro se perdeu na burocracia e na corrupção estatal.  

Os poucos voluntários que se aventuram na missão de dar direitos aos animais, são ridicularizados pelos próprios agentes públicos.

O amor pelos animais e a garantia de seus direitos é exemplo claro do avanço da civilização moderna; se opor a isso mostra atraso mental e social  

Um exemplo é a Delegacia do Meio Ambiente. (Entenda aqui)

O único período em que o setor destinado à proteção animal funcionou plenamente foi quando o titular era o delegado Sebastião Uchôa, ele próprio um defensor dos animais. Desde que Uchôa deixou a delegacia, no entanto, a especializada se transformou em uma espécie de mero cartório para licenças e autorizações.

No mundo moderno, a civilização que não respeita seus animais não evoluiu no conceito de civilização; e os dias sombrios em que vivemos, torna ainda mais incerto o futuro desta causa.

Mas, ainda assim, desistir jamais…

Leia também:

Carta aberta da Causa Animal a Flávio Dino…

Roberto Costa e o Código de Proteção Animal…

Bancada maranhense se posiciona a favor da vaquejada…

Fábio Câmara destina R$ 1 milhão para Centro de Zoonoses…

Neto Evangelista tem proposta para substituição de carroças no Maranhão…

6

Não é só Flávio Dino! Márcio Jerry também debocha dos animais…

Lugar-tenente do governador e principal auxiliar do governo mostra todo o seu desdém no Twitter, e chega a ofender até mesmo profissionais do jornalismo, usando desvio retórico para chamar de “éguas da Mirante”

 

O deboches de Márcio jerry aos animais...

O deboches de Márcio jerry aos animais…

Não tem limites o desrespeito, o achincalhe e o autoritarismo do governo Flávio Dino (PCdoB) e dos seus auxiliares mais diretos.

Perseguidor e autoritário, Dino se impõe pelo medo, deixa claro que seu governo é para o seus, despreza animais e achincalha quem o questiona.

E seu companheiro de jornada e principal auxiliar, presidente do seu partido, jornalista Márcio Jerry, segue ipsis líteris sua cartilha.

Há dias, a Rede Globo e outros veículos de imprensa vêm mostrando suspeitas de maus tratos aos cavalos da Polícia Militar.

Mas, ao invés, de responder claramente o que está acontecendo, Dino e o seus preferem apelar para o deboche, tentando desqualificar o denunciante, e ridicularizando a própria condição do animal.

– O tema “éguas da Mirante” virou piada nas redes sociais – ironiza o companheiro de Dino.

Leia também:

Definitivamente, Flávio Dino parece detestar animais…

Dino decide que ração é produto de luxo e aumenta imposto…

Desmobilização da Delegacia de Meio Ambiente no governo Dino…

...E os cavalos da PM cada vez mais magros sem ração, que Dino disse ser supérflua

…E os cavalos da PM cada vez mais magros sem ração, que Dino disse ser supérflua

Desde sexta-feira, Jerry passa o dia no twitter – sua habitual trincheira – para debochar das reportagens da Globo, que denomina de “éguas da Mirante”.

Na defesa do companheiro, o super-secretário desrespeita todos os aspectos da boa convivência.

Mas sua atitude só reforça o fato que saltou aos olhos neste debate: o de que Dino e seu governo detestam os animais…

8

Definitivamente, Flávio Dino parece detestar os animais!!!

Depois de desmobilizar a Delegacia de Meio Ambiente, e de classificar ração como produto supérfluo, governador do Maranhão veta os principais artigos da Lei Estadual de Proteção Animal, exatamente aqueles que garantiriam mais efetividade nas ações

 

Evitar crueldades como esta é a missão da causa animal, que Flávio Dino parece detestar

Evitar crueldades como esta, flagrada ontem, é a missão da causa animal, que Flávio Dino parece detestar

Ele já classificou ração animal como coisa supérflua, de luxo, como deixou claro em seu projeto para aumentar o imposto do produto. (Releia aqui)

Ele também acabou com a Delegacia do Meio Ambiente, tirando o titular Sebastião Uchôa, e praticamente fechando a especializada, que nunca mais fez absolutamente nada pelos animais. (Entenda aqui)

O governador mostra desprezo pelos animais

Governador mostra desprezo pelos animais

Agora, o governador Flávio Dino (PCdoB) dá mais um golpe contra os animais maranhenses.

Ele simplesmente vetou três artigos da Lei Estadual de Proteção Animal, de autoria do deputado Roberto Costa (PMDB), criada no final do ano passado pela Assembleia Legislativa.  (Conheça aqui)

E vetou os artigos mais importantes: os que criavam a Delegacia Especializada em Proteção Animal, o Conselho Estadual de Proteção Animal e o Fundo Estadual de Proteção Animal.

Detalhe: nenhum dos artigos traria impacto à administração estadual.

A decisão – pessoal ou orientada, tanto faz – mostra que, definitivamente, o comunista Flávio Dino não gosta mesmo de animais.

E quem não gosta de animais, bom sujeito não é…

0

Roberto Costa e o Código de Proteção Animal…

Roberto Costa: defesa animal e proteção

Roberto Costa: defesa animal e proteção

A Assembleia Legislativa aprovou esta semana, o projeto de Lei nº 253/2015, de autoria do deputado estadual Roberto Costa (PMDB), criando o primeiro Código de Proteção Animal do Maranhão.

O projeto faz alterações na lei 10.169/2014, também de autoria do parlamentar. 

Quero aqui agradecer a participação das ONGs e entidades envolvidas com  a causa,  que nos ajudaram a realizar melhorias no novo texto da lei, de modo que atendesse a todos os anseios, no sentido de solucionar os problemas que envolvem os animais abandonados nas ruas de todo o estado”, afirmou o parlamentar.

Sancionada em dezembro de 2014, a Lei 10.169 define a Política Estadual de Proteção aos Animais, estabelecendo normas para a defesa e preservação da fauna no Maranhão. E trata, basicamente, sobre equilíbrio entre desenvolvimento socioeconômico e preservação ambiental; maus tratos, punições, tração animal; métodos de abate, matadouros e afins.

O novo Código amplia agora o conceito de proteção animal sob a perspectiva de desenvolvimento de uma política de saúde pública. Para isto, a lei estabelece que sejam realizadas parcerias com instituições de ensino, além do fomento à criação de consórcios entre municípios voltados à proteção e defesa dos direitos dos animais.

4

Denúncia grave, gravíssima!!!

Quadrilhas especializadas em rinhas estão se passando por interessados na adoção responsável para usar os cães resgatados por protetores em “treinamentos” de “animais de briga”

A crueldade das rinhas: elas existem sim em São Luís

A crueldade das rinhas: elas existem sim em São Luís

Do blog Ei, Bichinhos!

Atenção Ongs e Protetores Independentes de São Luis:

É preciso que se tome muito cuidado e toda a cautela possível em relação as adoções dos animais resgatados, cuidados e castrados que são colocados para a Adoção Responsável.

Diante de uma das mais graves denúncias de maus-tratos e violência sem limites, é preciso que todos os voluntários da Causa Animal nessa cidade, fiquem em alerta 24 horas por dia.

Saibam que pessoas fingindo-se interessadas em adotar um animal, em especial cachorros, estão entrando nas páginas de Adoção Animal do facebook, pedindo para adotar o referido animal da postagem do dia.

As vezes, pedem para adotar mais de um cachorro, alegando ter um espaço bem grande em casa, ou que tem um sítio e precisam de animais por lá!

Fiquem alertas!!

Alguns Protetores passaram por essa situação, que a primeira vista, só parecia muito estranha, até que a desconfiança aumentou e veio a pior das aberrações já vistas no meio da Causa Animal: os animais encaminhados a essas pessoas, estariam sendo levados para servirem de animais de treino, para outros animais de grande porte, que são usados nas cruéis rinhas. Continue lendo aqui…

0

“Uchôa é um importante parceiro na causa animal”, afirma Roberto Costa

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB) ressaltou a reivindicação das entidades e ONGs envolvidas com a Causa Animal em São Luís e destacou a passagem de Sebastião Uchôa pela Delegacia Especial do Meio Ambiente como fundamental para a questão do abandono dos animais na capital.

robertoO doutor Uchôa sempre se mostrou um importante parceiro na causa animal. Quero destacar aqui também a presença das entidades que fazem um trabalho belíssimo em defesa da causa animal no estado. Venho salientar que o código de defesa animal é de nossa autoria, mas teve grande participação destas pessoas que hoje estão aqui para protestar pela saída do delegado Uchôa, que, na verdade, atingiu a todos de uma forma muito direta”, enfatizou.

Para Costa, a causa animal nunca foi priorizada historicamente pelos poderes públicos. Segundo ele, situações de maus tratos só passaram a ter visibilidade de forma clara e transparente quando o delegado Uchôa assumiu a Delegacia Especializada do Meio Ambiente.0000

– As entidades pregam o retorno dele, não por questões políticas, mas pelo trabalho que ele desenvolveu na delegacia, no sentido de valorizar, acima de tudo, as denúncias que existiam contra a causa animal e todas atendidas prontamente por ele – disse.

Mudança no código

O deputado Roberto Costa é primeiro parlamentar maranhense a implantar o Código de Defesa Animal. No momento, está sendo feita a revisão do documento para a implantação de novas diretrizes.

– Este código teve participação maciça das entidades e do doutor Uchôa, que, de forma direta, participou de mais de 20 reuniões pela causa. Então, isto mostra a necessidade do doutor Uchôa na delegacia, porque com certeza a causa animal continuará fortalecida – concluiu.

0

É hoje!!! “bazar animal” no Tropical shopping com preços até 90% mais baratos…

bazara4

Produtos de várias marcas – inclusive grifes famosas, serão vendidos hoje, no pátio principal do Tropícal Shopping, no primeiro Bazar Beneficente da Causa Animal, organizado por protetores independentes, com apoio de várias marcas.

bazara5

Os produtos em destaque nesta página estarão à venda no local, por preços até 90% mais baratos.

Os recursos serão todos usados na ajuda a animais, com compra de alimentos e medicamentos e pagamento de abrigos e tratamentos de saúde em clínicas veterinárias.

bazara3

No blog Ei, Bichinhos, mais exemplos de produtos que estarão á venda e de ações em defesa de animais em São Luís. (Leia aqui)

4

Mais uma importante ação de Wellington do Curso…

caes

O deputado Wellington do Curso (PPS) comanda hoje na Assembleia audiência pública para discutir a situação do Centro de Zoonoses de São Luís e a situação da defesa animal na capital maranhense.

O parlamentar quer discutir com representantes da causa animal, autoridades e políticos a situação de cães, gatos e outros animais.

Wellington chamou para o debate os secretários estaduais e municipais de Meio Ambiente e de Saúde, o promotor do Meio Ambiente Fernando Barreto, e o delegado Sebastião Uchôa, que transformou a atuação da Delegacia do Meio Ambiente.

– Um cidadão que trata bem os animais está apto ao convívio e sociedade – disse Wellington, ao justificar a audiência.

10

Weverton defende penas mais duras para maus-tratos a animais

wevertonFoi aprovado pela Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal, um texto substitutivo ao Projeto de Lei, que agrava as penas a quem comete abusos e maus-tratos a animais.

O novo texto é do relator do projeto, o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA). A aprovação foi destaque na Rádio Câmara desta segunda-feira (01).

De acordo com o relator, quem comete abusos, maus-tratos, ferimentos ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, a penalidade é de prisão de um a três anos e multa, no caso de ocorrer a morte do animal, a pena será aumentada de 1/3 a 1/6.

O novo texto também criminaliza a prática da zoofilia erótica, que é o ato sexual entre humanos e animais.

Weverton declarou que a proposta é inovadora e a partir de agora, o país deixa bem claro que não aceita maus-tratos aos animais, e o recado está sendo dado por meio de uma legislação mais severa, onde será possível diminuir o número de agressões aos animais.

– Nós aprovamos recentemente no plenário da Câmara, penas duras para estes tipos de crime, também estendemos para a prática sexual de humanos com animais. Dessa forma o País, fecha as portas para uma prática que aconteceu muito na Europa, que é o turismo sexual com animais. Esse é um passo muito importante na defesa dos direitos dos animais – declarou.

O Projeto de Lei aguarda análise da Comissão de Constituição e Justiça, para depois ser analisado em plenário.

0

Bazar solidário em prol dos bichinhos…

bazar1 (1)Do blog Ei, Bichinhos!

Amigos, não percam o BAZAR SOLIDÁRIO, com renda destinada totalmente à CAUSA ANIMAL.

Teremos roupas, sapatos, bolsas, bijuterias e artigos de decoração, com um preço MARAVILHOSO e com qualidade de primeira!

Compareçam, divulguem e compartilhem com os seus amigos esse EVENTO ANIMAL! Acontecerá nesse sábado, dia 20 e domingo 21 a partir das 08:00h da manhã.

Corram lá e garantam seus presentes de Natal!!!

Os nossos BICHINHOS agradecem!!!  Continue lendo aqui…