2

Discurso de Flávio Dino no chão…

Jornal Estado de S. Paulo desmonta mais uma farsa comunista no setor da Educação, mostrando que o seu governo piorou os índices do Ideb

 

Flávio Dino usa o Ideb para fazer propaganda eleitoral, mas apresenta fracassos na Educação

O estudo divulgado neste domingo pelo jornal O Estado de S. Paulo é o desmonte de mais uma propaganda do governo Flávio Dino (PCdoB) no setor da Educação.

O comunista já foi desmascarado no quesito “Escola Digna”, classificada como farsa por adversários durante a Sabatina O Estado, em agosto.

Também teve de engolir sem resposta a revelação de que apenas 20% dos professores da rede estadual recebem salário de R$ 5,7 mil. Mas precisam cumprir uma carga horária de 40 horas semanais.

No setor educacional, Dino já foi desmascarado também quanto ao tratamento aos professores da rede estadual. Segundo revelaram seus adversários, o comunista mantém 40% dos profissionais da área com contratos precários, recebendo bem menos que o piso nacional da categoria.

O estudo do Estadão desmonta mais um discurso do governo Flávio Dino: o de que ele melhorou o ensino.

Pelo contrário, segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), a educação fez foi piorar, sobretudo nas séries iniciais do ensino básico, de 1º ao 5º ano.

Em 2015, tinha índice 4.3; agora, aparece com 4.1.

E assim, as farsas do governo Flávio Dino vão sendo desmontadas.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

0

Hildo Rocha comprova fracasso de Flávio Dino também na educação

O deputado Hildo Rocha usou a tribuna da Câmara Federal, nesta terça-feira (4), para provar que a administração do governador Flávio Dino fracassou também na educação. O parlamentar citou resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do ano de 2017, que foi divulgado nesta semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“A verdade desmascarou o Fake do programa eleitoral de Flávio Dino que diz que a educação do estado melhorou. Como melhorou se o resultado do Ideb, das séries iniciais pioraram no atual governo? O Ideb de 2017 mostra que a educação da rede estadual piorou, pois saiu de 4.3 no último ano do governo da Roseana e caiu para 4.1 no governo Dino. Essas são justamente as séries do ensino que retratam o governo Flávio Dino porque os estudantes das outras séries mais adiantadas, que obtiveram notas melhores, foram também alunos durante os governos da Roseana e do Jackson Lago”, pontuou Hildo Rocha.

Os municípios fizeram bonito

O deputado parabenizou os prefeitos, secretários municipais, os professores, estudantes, pais e responsáveis dos alunos que conseguiram melhorar os índices das escolas da rede municipal.

“Enquanto o Governo do Estado regrediu, vários municípios maranhenses conseguiram resultados animadores. Qual é a causa dessa disparidade? É que, apesar das dificuldades, alguns gestores municipais estão se esforçando para melhorar a qualidade do ensino, mas o governador Flávio Dino fez exatamente o contrário, perseguiu  os professores, deixando de pagar os reajustes determinados por lei. A rede estadual de ensino do Maranhão tem excelentes professores, entretanto eles não recebem o devido apoio para exercerem  as suas atividades com a necessária eficiência porque Dino não valoriza a categoria”, declarou o parlamentar.

Governador dos impostos

Hildo Rocha disse que além de não valorizar os profissionais da educação, o governador Flávio Dino não respeita os servidores públicos de modo geral.

“O Maranhão tem hoje a maior carga tributária do país. Dino aumentou o ICMS da energia elevando o custo das contas. A cada dia fica mais difícil para as famílias maranhenses pagarem as suas contas de luz”, assegurou Hildo Rocha.

1

Pedro Fernandes visita obra do Ifma de Colinas…

Instituto está sendo construído com recursos encaminhados por emenda parlamentar do deputado, que já tem outras ações na Comissão de Educação da Câmara Federal

 

Fernandes vistoriou o estágio das obras em Colinas

 

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) visitou na semana passada as obras de construção do Instituto Federal Tecnológico do Maranhão (Ifma) no município de Colinas.

A obra, realizada com recursos de emenda parlamentar do deputado está em estágio adiantado.

Ifma de Colinas via revolucionar o ensino na região

– Estive no último sábado, 21, em visita à obra. Emendas nossas foram disponibilizadas para realizar este sonho de salto de qualidade na educação da região – afirmou Fernandes.

Fernandes já articvula também outras ações na Comissão de Educação da Câmara Federal para viabilizar outras obras no Maranhão.

 

0

Aprovada emenda de Juscelino Filho que destina recursos para custeio na educação

Foi aprovada na Comissão Mista de Orçamento (CMO) nesta quarta-feira (11), a Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO) 2019 com a emenda de autoria do deputado Juscelino Filho (DEM-MA), que permite a destinação de recursos para custeio no Ministério da Educação, nos mesmos moldes das emendas, também de custeio, indicadas para a área da saúde nos últimos anos, e que tem ajudado muito os municípios maranhenses.

O parlamentar, que é um dos grandes defensores da área de educação na Câmara dos Deputados, comemorou a aprovação de sua emenda.

“Finalmente estamos conseguindo que os parlamentares e o governo federal, através e suas emendas, possam destinar recursos para o custeio da educação, o que vai ajudar muitos municípios a resolverem suas dificuldades no funcionamento e na manutenção da rede de ensino, assim como no pagamento de despesas como transporte escolar, combustível, material de expediente e limpeza, e outros”, destacou Juscelino.

0

Santa Rita: Prefeitura realiza atividades para celebrar o fim do semestre letivo

A Prefeitura de Santa Rita encerrou o semestre letivo da rede municipal de ensino na sexta-feira (6).

Para celebrar a data, escolas desenvolveram uma série de atividades alusivas ao período junino e também por conta da Copa do Mundo, com belíssimas danças, apresentações culturais e comidas típicas foram oferecidas para as crianças, resgatando assim as manifestações culturais.

Além disso foi desenvolvido o Projeto Alimentação Saudável sendo na E.M Senhora Santana e tem como objetivo principal favorecer a reflexão de bons hábitos alimentares como os benefícios das frutas, verduras e legumes.  O projeto visa também ajudar as crianças a se prevenirem de diversas doenças como a hipertensão, diabetes, obesidade e etc.

Já na E.M Nauziro Silva, professores e alunos apresentaram as fábulas “A cigarra e a formiga” e também “O Leão e os ratinhos”. Momento de aprender um pouco mais através das histórias infantis.

Também teve espaço para o esporte, o Projeto Copa 2018 desenvolvido por alunos do turno vespertino do Colégio Militar Orlando Gasileu. Foram desenvolvidas atividades e mostra de comidas típicas regionais de cada país participante da Copa do Mundo. Finalizando o período letivo do primeiro semestre, os alunos resgatam as manifestações culturais de outros países através desse projeto.

O prefeito Hilton Gonçalo ficou extremamente satisfeito com o desenvolvimento das atividades, afinal uma das suas prioridades é preparar Santa Rita para o futuro através das futuras gerações.

0

“Vamos lutar para que todas as escolas tenham bibliotecas públicas”, disse Zé Inácio

O Deputado Estadual Zé Inácio (PT) e a categoria de bibliotecários realizaram nesta terça-feira 12/06, Audiência Pública para discutir e cobrar a aplicabilidade da Lei nº 12.244, de 24 de maio de 2010, sancionada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que dispõe sobre a universalização das bibliotecas escolares nas instituições de ensino do Brasil.

A categoria cobra a execução dessa Lei Federal, que em 2020, expira o prazo fixado para que todas as escolas públicas possuam bibliotecas que proporcionem não apenas educação de qualidade, mas que possa cumprir o seu devido papel social para disseminação de conhecimento, espaço de convivência, formação, informação à cultura e ao lazer.

O Deputado Estadual Zé Inácio falou que o caminho para que seja garantida a efetividade da Lei é a realização de políticas junto aos órgãos municiais e estaduais. “Iremos lutar pela implementação da legislação para que possamos fortalecer ainda mais a educação pública e o acesso à leitura e as bibliotecas”, disse.

Os bibliotecários pontuaram que necessitam da implementação de políticas públicas com orçamento, assim como a realização de concurso público para o cargo de bibliotecário, e aprimoramento dos profissionais por meio da formação continuada.

A Audiência Pública definiu os seguintes encaminhamentos:

1) que o Ministério Público fiscalize os andamentos que estão sendo adotados pela Secretária de Estado da Educação para que se cumpra efetivamente a Lei Federal;

2) realizar indicação ao Governador Flávio Dino, ao Secretário de Estado da Educação e ao reitor dos Iemas para a realização de concurso público para o cargo de bibliotecário para atender as bibliotecas escolares;

3) criação da Frente Parlamentar em Defesa das Bibliotecas Públicas do Estado para defender o cumprimento da legislação;

4) solicitar uma reunião com o Secretário de Estado de Educação para que sejam apresentados os encaminhamentos que foram definidos na Audiência Pública;

5) e por último propor uma Lei Estadual com base na Lei Federal, a fim de fortalecer ainda mais o seu devido cumprimento em todo o Estado.

0

“Pintura de escola não garante a qualidade do ensino”, afirma César Pires…

Deputado diz que avanço estruturante no setor da Educação é a valorização do professor, o cérebro, e que citar reforma de escola como avanço – uma obrigação periódica – é mediocridade gerencial

 

O deputado César Pires reagiu aos discursos dos parlamentares governistas que usaram a tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão de terça-feira, 22, para criticar o governo Roseana e apontar avanços da atual gestão estadual na área da educação.

Ele afirmou que alardear reforma e pintura de escolas não garante a qualidade do ensino e nem pode ser mostrado como obra estruturante pelos parlamentares do governo. César Pires lamentou que o governo Flávio Dino dê tratamento diferenciado aos professores estaduais, e aponte reforma de escola como um grande avanço educacional.

– Para falar em educação de qualidade, é preciso investir em titulação e capacitação profissional. Nós reinauguramos mais de 700 escolas reformadas, mas citá-las como avanço seria mediocridade interpretativa. Obra estruturante do sistema educacional é o cérebro, nunca somente a estrutura física, embora necessite da ambiência e complementos materiais – destacou ele.

– É inegável que obtivemos grandes avanços na educação. Como reitor da Universidade Estadual do Maranhão, formamos 40 mil professores em nível superior em todo o estado, reconhecemos a maioria dos cursos de licenciatura da Uema no governo Roseana, implantamos os campus de Balsas, Açailândia, Santa Inês, Bacabal, criamos as bases para a criação da UemaSul, implantamos o primeiro mestrado da Uemae o primeiro em Imperatriz. Como secretário de Educação no governo Roseana, fizemos concurso público, demos as primeiras promoções aos docentes, implantamos a meritocracia na escolha de professores – listou César Pires.

O deputado disse que o ensino profissionalizante propagada pelo governo estadual precisa ter a estrutura curricular, projeto pedagógico definido e laboratórios para aulas práticas adequados, alémde corpo docente qualificado.Ele questionou porque não há nenhuma escola em tempo integral entre as melhores do Maranhão.

– É preciso que se avalie. Todo sistema educacional tem que ser avaliado.Temos que começar a discutir educação não mais em processos enganosos, mas com conteúdo, com lastros de história que nos permita avaliar ou dar cientificidade à discussão – enfatizou ele.

Para o deputado, esse debate sobre a educação é bom e necessário, mas deve ser feito com base em dados concretos, com cientificidade e não apenas com o intuito de diminuir as pessoas, em decorrência do atual contexto político.

– O que percebemos é que a afirmação da candidatura de Roseana mexeu com os pilares do Governo, e as visitas que fazemos ao interior do Maranhão nos mostram que a pressão popular pode abalar as bases palacianas. Por isso essa reação governista – finalizou.

0

Rafael Leitoa convida para inauguração de mais IEMA, desta vez em Matões…

Novamente o deputado Rafael Leitoa utilizou o discurso na Assembleia Legislativa para destacar os avanços ocorrido na educação do Maranhão desde a posse do governador Flávio Dino.

Na manhã desta quarta-feira (04), o deputado ressaltou a importância da inauguração de mais um Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), desta vez na cidade de Matões, Região Leste do estado.

O deputado Rafael sempre que destaca as inaugurações dos IEMAs, faz questão de reforçar o poder transformador da educação na vida dos jovens de nosso estado. Segundo ele, a Unidade Plena de Matões será a primeira construída única e exclusivamente para abrigar este modelo de escola profissionalizante e em tempo integral.

Em Matões, o prédio terá 12 salas de aulas, com laboratórios, refeitório, cozinha industrial, quadra coberta, espaço para biblioteca e auditório.

“Estamos dando um recado importante para o Brasil, de que no Maranhão a educação é tratada de forma séria e prioritária pelo governador Flávio Dino”, finalizou.

0

Júnior Verde defende investimentos na Educação e destaca IEMA de Brejo

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, 27, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) voltou a defender os investimentos na área da Educação e destacou a construção do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) em Brejo. O parlamentar foi autor da Indicação nº 834 solicitando a implantação da unidade, que está prestes a ser inaugurada no município.

“Eu tive a oportunidade de estar em Brejo, em 2015, logo no início do nosso mandato, e ali fui recebido, à época, pelo prefeito Omar e seu grupo político, para discutir as necessidades do município. Uma delas, lembro, foi a implantação de um IEMA, motivo pelo qual fizemos a Indicação nº 834”, lembrou Júnior Verde.

Na época, o deputado chegou a realizar uma visita no espaço físico onde o Instituto funcionaria, e acompanhou os estudos técnicos realizados pelo Governo do Estado para a instalação da unidade, que beneficiará com ensino profissionalizante jovens de municípios vizinhos como Chapadinha e Anapurus.

“Agradecemos ao Governo Estadual por atender a nossa demanda. Foi uma luta intensa, até porque onde vai funcionar a unidade fica no antigo prédio do SETMA, que fechou sem nenhuma explicação. Essa iniciativa tão importante vai fortalecer a Educação do nosso Estado, numa região que necessita muito de cursos de formação técnica. Temos proposições também solicitando Escola Digna para alguns municípios avançarem e se edificarem em uma sociedade forte, com pilares fortes. Entre esses pilares está a Educação como uma bandeira de luta que nós também defendemos nesta Casa”, concluiu.

0

Andrea Murad desafia Flávio Dino e Felipe Camarão…

Deputada diz que faz retratação pública se o governo comunista apresentar a relação detalhada das 730 escolas reformadas – “uma a cada dois dias” – como garantiu Dino em vídeo no interior

 

Em resposta à declaração do secretário de educação, Felipe Camarão, a deputada Andrea Murad lançou um desafio ao chefe da SEDUC e ao governador Flávio Dino, que aparece no vídeo anunciando 730 escolas reformadas, uma a cada dois dias:

“Não posso renunciar ao meu mandato porque pertence ao povo, mas farei uma retratação pública se me fornecerem a relação das 730 escolas reformadas, uma a cada dois dias, como afirmou Flávio Dino” escreveu Andrea que reforçou o desafio cobrando do governador Flávio Dino e de Felipe Camarão a relação das escolas “com nome de cada uma, endereço completo, edital de licitação, valor, resenha do contrato publicado no D.O., ART do CREA, data do início das obras e conclusão da reforma”.

Ontem a deputada protocolou uma representação na Procuradoria Geral de Justiça solicitando que o Ministério Público inspecione o local e investigue a denúncia para que sejam tomadas as devidas providências. A parlamentar rebateu a nota de esclarecimento do Secretário Camarão sobre as péssimas condições em que a unidade Sousândrade se encontra desde que Flávio Dino entrou no governo.

“Há muito denuncio as mentiras dos feitos deste governo, inclusive, de sua secretaria. Notinhas e manifestações como essa que o senhor publicou em resposta à denúncia séria que fiz, do chiqueiro em que se encontra a escola estadual Sousândrade, no Lira, em condições fétidas desde 2015, não justificam nada, apenas confirmam a forma leviana e enganadora utilizada pelo governador Flávio Dino, que, sem ter resultados a apresentar e já no final do seu governo, parafraseando Goebbels, adota a tática de repetir uma mentira mil vezes para que se torne verdade. Lamentável que os secretários tenham esse comportamento, especialmente o senhor que tem formação jurídica. Não resistem a nada que é produzido nos porões da comunicação do governo e aceitam integrar essa organização criminosa que tem na mentira e na perseguição aos adversários seus instrumentos de enfrentamento”, disse Andrea.

A deputada disse ainda que está ansiosa para visitar cada uma das escolas exageradamente divulgadas pelo governador.