0

O jogo de empurra entre Brandão, Weverton e Ana Paula…

Governador resiste a uma aproximação com o senador do PDT e já demonstra certo distanciamento da senadora que ocupou o lugar de Flávio Dino; os três não se cumprimentaram durante os eventos em homenagem a Dino e também não estiveram nos mesmos espaços de festa para o novo ministro do STF

 

Brandão na homenagem pessoal a Dino; governador cumpriu agenda em Brasília enquanto os senadores fizeram festa pro ministro

Os comes-e-bebes oferecidos pelos senadores Weverton Rocha (PDT) e Ana Paula Lobato ao agora ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino teve uma ausência marcante: o governador Carlos Brandão (PSB).

Uma banda da política maranhense diz que Brandão não recebeu convite para a homenagem; outros, dizem que ele, mesmo em Brasília, preferiu não ir.

O fato é que fica cada vez mais evidente o distanciamento do governador em relação aos dois senadores maranhenses; a outra representante no Senado, Eliziane Gama (PSD), é aliada de Brandão desde 2022.

Neste jogo de empurra, Ana Paula navega em céu de brigadeiro, uma vez que seu mandato só termina em 2031; a guerra mesmo é entre Brandão e Weverton, que querem a mesma vaga no Senado em 2026, quanto se encerra o mandato do pedetista e de Eliziane.

Há quem diga que Weverton espera do presidente Lula a imposição de seu nome em uma chapa ao lado de Brnadão, que resiste a esta possibilidade; outros dizem que Brandão apoiará o vice Felipe Camarão (PT), em compromisso com o grupo de Flávio Dino e do presidente Lula, mas exigirá, em troca, as duas vagas do Senado – uma dele e outra de um aliado.

A saída de cena do ministro Flávio Dino deve acirrar os ânimos entre os dois adversários, que disputaram o Governo do Estado em 2022.

Acirramento que tende a aumentar até 2026…

0

Ana Paula Lobato separa divergências partidárias do seu apoio nas eleições de São Luís…

Senadora que divergiu da entrega do comando do PSB maranhense ao governador Carlos Brandão mantém relação com o candidato do partido, Duarte Júnior, a quem já havia manifestado apoio antes mesmo da crise interna no partido

 

Ana Paula Lobato mantém apoio a Duarte Júnior, que é anterior à crise interna com o PSB maranhense

A senadora Ana Paula Lobato explicou nesta sexta-feira, 29, que sua eventual divergência com o comando do PSB no Maranhão – agora entregue ao governador Carlos Brandão – nada tem a ver com o seu apoio ao candidato do partido a prefeito, deputado federal Duarte Júnior.

Muito antes da divergência com Brandão, Ana Paula havia gravado vídeo em apoio a Duarte; e mantém este apoio, pelo menos até decidir-se se troca ou não partido, posição que está prevista para antes do recesso parlamentar.

– A questão da divergência sobre o comando partidário não tem relação com o meu apoio nas eleições municipais de São Luís – explicou a senadora ao blog Marco Aurélio d’Eça.

Ana Paula Lobato esteve reunida com a direção do PSB antes da decisão de entregar o comando partidário a Brandão.

O apoio a Duarte é anterior a esta conversa…

0

PSB exige apoio a Duarte para dar presidência no Maranhão a Brandão, que resiste…

Situação do governador maranhense no partido piorou com a conversa entre a senadora Ana Paula Lobato e o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, o que pode levá-lo, inclusive, a transferir-se para o PSDB ou para o MDB; esses movimentos de bastidores explicam a pressão que o candidato socialista a prefeito impõe para gerar um fato consumado de apoio integral da base governista

 

Com apoio da direção nacional do PSB, Duarte pressiona Brandão a declarar-lhe apoio, mas o governador ainda não está convencido disto

Este blog Marco Aurélio d’Eça investiga profundamente, desde a segunda-feira, 18 – no Maranhão e em Brasília -, a relação atual entre o governador Carlos Brandão e o seu partido, o PSB, desde que surgiram as primeiras notícias – “sem fala” – de um suposto apoio integral do palácio dos Leões à candidatura do deputado federal Duarte Júnior a prefeito de São Luís.

De fato, no PSB há uma questão envolvendo a candidatura de Duarte Júnior e o apoio de Brandão; mas trata-se de uma exigência do partido para entregar o comando regional a Brandão: ele só terá a presidência socialista no Maranhão se declarar integralmente, com toda a sua base, apoio à candidatura de Duarte Júnior a prefeito.

Segundo apurou este blog Marco Aurélio d’Eça, Brandão chegou a cogitar este apoio no final da semana passada, tanto que convocou a reunião com os dirigentes partidários para a segunda-feira, 18; mas, por razões que este blog Marco Aurélio d’Eça admite desconhecer, ele recuou na hora H, e apenas disse que aguardará uma pesquisa antes de se posicionar.

Como já sabido, após revelação no post “A ‘notícia sem fala’ do apoio de Brandão a Duarte Júnior…”, o deputado socialista se encarregou de espalhar a notícia do apoio de Brandão em sua mídia alinhada, embora nenhum blog, jornal ou portal de notícia tenha publicado qualquer frase aspeada, qualquer declaração de Brandão.

O caldo entornou ainda mais quando a senadora Ana Paula Lobato foi ao diretório nacional cobrar explicações sobre a entrega do diretório a Brandão, como também revelou este blog Marco Aurélio d’Eça.

A semana passou com forte pressão de Duarte Júnior e aliados e um certo recuo do governador, que já admite, inclusive, transferir-se para o PSDB ou mesmo para o MDB, que já está sob o controle do seu irmão Marcus Brandão. (Entenda aqui)

É errado, portanto, estabelecer que já exista apoio oficial e integral de Brandão a Duarte Júnior; é errado também determinar que o governador comandará o PSB no Maranhão.

Nenhuma coisa, nem outra está definida.

Ainda…

0

Os contrapontos de Othelino Neto a Carlos Brandão

A ação da senadora Ana Paula Lobato pelo controle do PSB no Maranhão e o movimento do deputado federal Márcio Jerry pela indicação de Flávia Alves a vice de Duarte Júnior indicam que o ex-presidente da Assembleia não vai deixar barato a quebra do acordo que resultou no seu apoio ao governador em 2022

 

Othelino e suas mulheres no contraponto a Brandão; sinais de guerra e rumores de guerra a partir de 24

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) deixou a Representação do Governo do Maranhão em Brasília na mesma semana em que o ministro da Justiça Flávio Dino fora indicado pelo presidente Lula (PT) para o Supremo Tribunal Federal; desde então, embora ele próprio não assuma, seus movimentos são todos de contraponto ao grupo do governador Carlos Brandão (PSB).

Othelino ressente-se da quebra de acordo por parte de Brandão, que o faria de novo presidente da Assembleia em troca do apoio ao governador  em 2022; em dezembro de 2022, este blog Marco Aurélio d’Eça revelou o tom deste acordo no post “Othelino garante que falou de presidência da Assembleia quando fechou apoio a Dino e Brandão…”.

Nesta semana natalina, dois desses movimentos deixaram claro que Othelino não irá deixar barato a quebra do acordo que resultou em seu apoio ao governador Carlos Brandão em 22.

Primeiro, a senadora Ana Paula Lobato foi ao comando nacional do PSB dizer que não concorda coma entrega do partido no Maranhão ao comando do governador. E ela tem trunfos: é senadora da República e tem oito anos de mandato, enquanto Brandão tem apenas dois anos e quatro meses.

Logo em seguida, após repercussão da suposta declaração de apoio de Brandão ao deputado federal Duarte Júnior (PSB), o também deputado federal e presidente do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, indicou a superintendente do Ibama e suplente de deputada estadual Flávia Alves (PCdoB) para vice do socialista. (Leia aqui)

Ana Paula Lobato é mulher de Othelino Neto; Flávia Alves é irmã do deputado. A entrada de Márcio Jerry no embate mostra que o ex-presidente da Assembleia tem alianças importantes para contrapor o governador e seu grupo.

Para Othelino e o grupo que gravita em torno do ainda ministro da Justiça Flávio Dino, Brandão traiu o acordo firmado em campanha, assim como indica que quebrará o que fez com a senadora Eliziane Gama (PSD).

Mas pelo movimento do ex-presidente da Assembleia, o governador pode pagar caro por esta traição…

0

Senadora Ana Paula cobra explicações do PSB sobre comando a Brandão…

Informações do jornalista Gilberto Léda dão conta de que a parlamentar maranhense não gostou de ver a presidência do partido no Maranhão sob a tutela do governador, posição que pode ter a ver com o reposicionamento dos grupos políticos para a era pós-Flávio Dino

 

Tanto Ana Paula quanto Carlos Siqueira postaram imagens da reunião no PSB, que, segundo Gilberto Léda, versou sobre o comando partidário a Brandão

A senadora Ana Paula Lobato reuniu-se na segunda-feira, 18, com o presidente nacional do PSB para cobrar explicações sobre a entrega do comando maranhense do partido ao governador Carlos Brandão; a parlamentar, que terá mandato até 2031, não gostou da posição partidária.

A informação é do jornalista Gilberto Léda.

Para além da crise partidária, a posição de Ana Paula revelada por Léda confirma um reposicionamento dos grupos políticos no Maranhão em preparação para a era pós-Flávio Dino, já analisada em uma série de posts neste blog Marco Aurélio d’Eça. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

A senadora é mulher do deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa Othelino Neto (PCdoB), que deixou o posto de secretário de Representação do governo Brandão em Brasília na mesma semana em que Dino recebeu a indicação do presidente Lula para o Supremo Tribunal Federal.

A saída de Flávio Dino da política tem movimentado os grupos ainda com perspectiva de poder, o que deve gerar fortes contrapontos com o governador entre 2024 e 2026.

No mesmo grupo de Othelino e Ana Paula devem gravitar, por exemplo, o senador Weverton Rocha (PDT), o vice-governador  Felipe Camarão (PT), os deputados federais Márcio Jerry (PCdoB), Duarte Júnior (PSB) e Rubem Júnior (PT), além de diversos deputados estaduais do dinismo.

Mas esta é uma outra história…

0

Senadores maranhenses solidarizam-se com Flávio Dino…

Eliziane Gama, Ana Paula Lobato e Weverton Rocha entendem que o ministro da Justiça estás endo vítima de campanha difamatória, após revelação de que a mulher de um traficante do Comando Vermelho no Amazonas esteve por duas vezes em audiência no ministério

Ana Paula, Eliziane e Weverton saíram em defesa de Flávio Dino, que vem sendo bombardeado pela oposição em Brasília

Os três atuais senadores maranhenses no Congresso Nacional – Eliziane Gama (PSD), Ana Paula Lobato (PSB) e Weverton Rocha (PDT) – saíram nesta quinta-feira, 16, em defesa do ministro da Justiça, Flávio Dino.

Para eles, o maranhense  – que também é senador – está sendo vítima de campanha difamatória.;

Flávio Dino virou notícia negativa na mídia – e passou a ser cobrado pela oposição – após o jornal O Estado de S. Paulo revelar que a mulher de um traficante no Amazonas esteve em duas audiências no Ministério da Justiça.

Mas no entendimento de Weverton Rocha, o que há é uma tentativa de fazer ligação entre Dino e o tráfico.

– Minha solidariedade ao ministro Flávio Dino, que vem sendo vítima de uma campanha difamatória infundada – disse Weverton em suas redes sociais, lembrando que esteve em lado oposto ao de Dino nas últimas eleições.

Já a senadora Eliziane Gama classifica de fake news as notícias relacionadas ao ministro.

– Flávio Dino é homem sério e competente. Estamos juntos nessa – afirmou.

Suplente do próprio Dino no Senado, Ana Paula Lobato vê no titular do seu mandato um homem totalmente dedicado ao país.

– Trabalho focado no reforço da Segurança Pública e no combate ao crime organizado – afirmou.

Enquanto isso, o ministro segue sendo questionado por que a mulher do traficante esteve no ministério, com passagens pagas pelo ministério e em audiência com o alto escalão do ministério.

0

Senadora Ana Paula cobra explicações para caos no serviço de ferry boat

Suplente do ministro da Justiça Flávio Dino e mulher do secretário Othelino Neto, parlamentar que tem base eleitoral na Baixada Maranhense declarou que o presidente da Emap, o baiano Gilberto Lins, precisa dar um posicionamento ao povo maranhense

 

Com base na Baixada e usuária do serviço de ferry boat, Ana Paula Lobato cobrou explicações da Emap para o caos na travessia ente São Luís e Cujupe

A  senadora maranhense Ana Paula Lobato (PSB) cobrou do presidente da Emap, empresa que administra o serviço de ferry boat no Maranhão, explicações para o caos na travessia entre São Luís e Cujupe.

Ana Paula é mulher do secretário de Representação em Brasília, deputado estadual Othelino Neto (PSB), e suplente do ministro da Justiça Flávio Dino (PSB); mas seu posicionamento se dá como representante da Baixada Maranhense, ela que tem base eleitoral em Pinheiro.

– Problemas enfrentados por milhares de usuários maranhenses – disse a senadora.

A partir do feriadão de Nossa Senhora Aparecida, o serviço de ferry boat entrou novamente em colapso, enquanto o presidente da Emap Gilberto Lins usa um helicóptero de quase R$ 8 milhões para se deslocar dentro e fora do maranhão.

A senadora cobrou explicações sobre irregularidades na gestão dos terminais de Cujupe e de São Luís, na administração das embarcações e na prestação de serviços.

Nem o governo, nem a Emap se manifestaram até o momento sobre o colapso dos erviço de ferry boat…

0

Senadora Ana Paula Lobato acompanhará Lula na Assembleia Geral da ONU, nos EUA

A senadora Ana Paula Lobato, vice-líder do PSB no Senado, foi convidada pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva para participar da 78ª Sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA). O evento, que ocorrerá na terça-feira (19), terá como tema ‘Paz, Prosperidade, Progresso e Sustentabilidade’.

O Brasil tradicionalmente abre o debate geral, e o presidente Lula terá encontros com líderes globais, incluindo o secretário-geral da ONU, António Guterres, e o diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Essa será a oitava vez que Lula irá abrir o encontro.

Nesta viagem aos EUA, também está previsto o lançamento da iniciativa entre o presidente Lula e Joe Biden, voltada para os direitos trabalhistas em uma economia do século 21. A iniciativa visa discutir o “futuro do trabalho decente” em colaboração com a Organização Internacional do Trabalho.

A senadora Ana Paula Lobato faz parte de uma comitiva de 25 congressistas brasileiros, que inclui os presidentes do Senado e da Câmara, Rodrigo Pacheco e Arthur Lira.

Da assessoria

0

Flávio Dino atende senadora Ana Paula e Pinheiro ganhará Casa da Mulher Brasileira

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, assinou, nesta sexta-feira (25), no Palácio dos Leões, termo de adesão para a construção da Casa da Mulher Brasileira, no município de Pinheiro.

Uma demanda da senadora Ana Paula Lobato (PSB), apresentada no ano passado, durante o período de campanha, já atendida pelo governo Lula e que vai combater a violência de gênero, uma das bandeiras de luta da parlamentar no Senado, e o tráfico de drogas no município da Baixada Maranhense.

Durante a solenidade, Ana Paula Lobato, que tem atuado no Senado em casos de defesa da mulher e de combate à violência de gênero, agradeceu ao ministro Flávio Dino pela demanda atendida e ressaltou a importância da instalação de uma Casa da Mulher Brasileira em Pinheiro que atenderá também casos de outros municípios da Baixada.

”É um benefício e garantia de apoio a todas as mulheres pinheirenses, que sofrem com esse problema. A mulher terá todo o amparo, com delegacia, atendimento psicossocial, entre outros, para ajudar nas situações em que ocorrem violência doméstica. Precisamos combater esse mal e ajudar todas a denunciarem a violência”, frisou.

Após a solenidade, o ministro Flávio Dino destacou a inciativa da senadora Ana Paula Lobato que solicitou, de pronto, a instalação da Casa da Mulher, autorizada pelo governo federal com um investimento de R$ 8 milhões, no município de Pinheiro. Segundo ele, a determinação do governo Lula é para fortalecer o combate à violência contra a mulher.

“Quando a obra estiver pronta, teremos um equipamento onde haverá Ministério Público, Justiça, delegacia, assistência social e Defensoria Pública. Ana Paula fez esse pedido, desde o ano passado, e o governo federal autorizou agora. Nós estamos hoje aqui concretizando esse sonho junto com a senadora”, afirmou Flávio Dino.

Durante a cerimônia, liderada pelo governador em exercício do Maranhão, Felipe Camarão, foram assinados também os termos de convênio entre o Ministério da Justiça e Segurança Pública, Governo do Estado e os municípios maranhenses selecionados no Edital Escola Segura. Após a solenidade, Flávio Dino entregou ainda nove viaturas blindadas, adquiridas com auxílio de emenda parlamentar, ao Maranhão.

Além disso, na cerimônia, o Ministério da Justiça anunciou a liberação de R$ 38 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) ao Maranhão, para reforço de ações, compra de equipamentos e materiais de Segurança Pública. Segundo o governador Felipe Camarão, o investimento será aplicado, inclusive, no combate ao tráfico de drogas e incremento da infraestrutura penal.

Segurança nas escolas

Na solenidade, o Ministério da Justiça anunciou ainda repasse de recursos do Edital Escola Segura, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP), no valor de R$ 8,4 milhões. Desse total, o estado do Maranhão receberá R$ 3 milhões.

Além disso, sete municípios maranhenses receberão recursos, a exemplo de Anapurus (R$ 787 mil), Caxias (R$ 1 milhão), Chapadinha (R$ 968 mil), Codó (R$ 626 mil), Lago da Pedra (R$ 465 mil), Lajeado Novo (R$ 300 mil) e Raposa (R$ 325 mil), além da capital, São Luís, que receberá R$ 1 milhão de recursos do edital.

Da assessoria

0

Em reunião com Marina Silva, Ana Paula Lobato discute questões ambientais do Maranhão….

Acompanhada do secretário de representação do governo maranhense em Brasília, Othelino Neto, e da Superintendente do Ibama no maranhão Flávia Alves, senadora reforçou á ministra seu compr0omisso com as pautas relacionadas ao Meio Ambiente no Congresso Nacional

 

Durante reunião no Ministério do Meio Ambiente, nesta quinta-feira, 24, a senadora Ana Paula Lobato (PSB), o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) e a superintendente do IBAMA no Maranhão, Flávia Alves, discutiram com a ministra Marina Silva questões ambientais de alcance nacional, como desmatamento e incêndios, e chamaram a atenção para os desafios específicos enfrentados pelo estado.

Ana Paula falou do seu compromisso com as pautas ambientais e se colocou à disposição da pasta para colaborar com iniciativas de interesse mútuo.

“É fundamental unirmos esforços em prol do meio ambiente. No Maranhão, destacamos a importância de medidas efetivas para o manejo do fogo, a proteção do cerrado e o combate à pesca predatória, questões que afetam diretamente nossa região”, ressaltou.

A ministra Marina expressou sua satisfação com a reunião e elogiou os esforços do Maranhão.

“A dedicação demonstrada pelo estado e suas lideranças é inspiradora. É importante trabalharmos em conjunto para impulsionar políticas que assegurem a preservação ambiental e a sustentabilidade”, afirmou.

Atenção Redobrada

O deputado estadual Othelino Neto reforçou o pedido de atenção para cerrado e o litoral maranhense. ” Meu pedido, enquanto deputado, é que não esqueçamos do nosso segundo maior litoral do Brasil. O equilíbrio entre a preservação de nossos biomas e o desenvolvimento sustentável é um desafio que exige atenção especial”, enfatizou.

A superintendente do IBAMA no Maranhão, Flávia Alves, pontuou a necessidade de atenção redobrada ao cerrado e à zona costeira.

“Esses ecossistemas únicos estão sob pressão e é essencial um planejamento estratégico para sua proteção. Estamos empenhados em buscar recursos e ações para essas áreas essenciais para nossa biodiversidade e sobrevivência do povo maranhense”, afirmou.

O encontro, que contou também com a participação do presidente do IBAMA, Rodrigo Agostinho, e André Lima, secretário extraordinário de Controle dos Desmatamentos e Ordenamento Ambiental Territorial do MS, reforçou a importância de ações coordenadas em âmbito nacional e regional, visando a proteção do meio ambiente e a promoção do desenvolvimento sustentável.