1

Empresas respeitam protocolo e higienizam ônibus…

Veículos estão sendo conduzidos por motoristas usando máscaras e recebem limpeza com álcool gel assim que chegam aos terminais; mas a falta de fiscalização das pessoas nas ruas ainda ameaça o sistema de proteção contra o coronavírus

 

Funcionário faz a higienização de ônibus após desembarque no Terminal da Integração do São Cristovão

A imagem e o vídeo que ilustram este post mostram o exemplo da coletividade no combate ao coronavírus – apesar de o presidente Jair Bolsonaro e sua turma considerarem a CoVID-19 apenas uma “gripezinha”.

As empresas de transporte coletivo atenderam ao chamado e estão fazendo a higienização dos ônibus assim que chegam ao Terminal do São Cristovão, por exemplo.

Assim que param no terminal, funcionários entram nos veículos e higienizam cada parte com álcool gel; os motoristas também fazem a condução usando máscaras.

Mesmo assim, ainda há um problema.

Por falta de fiscalização ostensiva, a população ainda tem desrespeitado a determinação de quarentena e sai às ruas diariamente – sobretudo idosos – gerando risco de infecção generalizada.

Por isso que cada um precisa fazer sua parte, apesar de Jair Bolsonaro não fazer.

Ele não serve de exemplo…

0

Famem defende barreiras sanitárias e restrições a ônibus interestaduais

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Erlanio Xavier, vai solicitar ao governador Flávio Dino que por meio de decreto proíba a entrada no estado de ônibus interestaduais com origem em lugares onde haja casos diagnosticado do novo coronavírus.

A medida restritiva visa reduzir a circulação do Covid-19 em território maranhense.

“A ideia é que sejam montadas barreiras sanitárias nas BRs dos municípios que fazem fronteira com estados que possuam casos comprovados de pessoas que contraíram o novo coronavírus. Essa é uma precaução que devemos tomar para conter o avanço dessa doença em solo brasileiro, a fim de evitarmos o estágio de transmissão comunitária”, esclareceu o presidente da entidade municipalista. 

Segundo o presidente a barreira seria constituída por equipes da Vigilância Epidemiológica e Sanitária do estado com amparo da Polícia Rodoviária Federal. A ação integraria ainda agentes da vigilância fitossanitária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. 

Prefeitos de municípios localizados na fronteira com outros estados manifestaram preocupação com o potencial de contágio que o transporte terrestre pode causar. Embora muitos dos passageiros não tenha como destino final estes municípios, geralmente utilizam serviços de restaurante ou rodoviária, o que se constitui em uma ameaça de propagação do novo coronavírus.

3

Edivaldo deixará importante legado na modernização do transporte em São Luís

A licitação com as novas regras do setor transformaram a forma como o usuário exerce a mobilidade urbana; e terá forte influência no desenvolvimento de um novo patamar para a capital maranhense

 

EDIVALDO EM MAIS UMA ENTREGA DE ÔNIBUS NOVOS NO SISTEMA DE TRANSPORTE; legado marcado pela renovação do sistema público

Editorial

Pode até estar passando como mera ação protocolar a entrega de novos veículos para o sistema de transporte urbano de São Luís.

Mas essas entregas marcam, na verdade, um ciclo que se iniciou na gestão de Edivaldo Júnior, com a licitação do setor de transporte urbano.

E os números deste avanço são expressivos sob qualquer ponto de vista – de aliados ou adversários do prefeito.

Os 17 novos ônibus entregues nesta quarta-feira, 4, somam-se aos demais, alcançando 680 veículos novos, inseridos a partir de 2013, o que faz de São Luís a capital nordestina com a frota de transporte coletivo mais nova.

Este legado de Holandinha se respalda na própria história dos números.

A capital maranhense já chegou a operar com ônibus de até 20 anos de uso; hoje, a renovação chega a 83% com idade média de 4,5 anos para os veículos.

Do total de 680 ônibus implantados desde 2013, 317 são climatizados; Outros 21 veículos são articulados.

Mas a reforma do sistema não inclui apenas a modernização da frota. O usuário de São Luís ganhou serviços como GPS em todos os veículos, Recarga Embarcada, Bilhete Único, Cartão Criança e o aplicativo Meu Ônibus.

Edivaldo Júnior definiu o setor de transporte como prioridade logo no primeiro ano e sua gestão, o que – mesmo com o histórico crítico em relação à gestão – pode ser reconhecido no blog Marco Aurélio D’Eça, em posts aqui, aqui, aqui e aqui

Mas foi em 2016, com a Licitação do Transporte, que se implantou uma política definitiva para a área, o que nunca havia sido implantada em São Luís.

O fato é que, em que pese todos os problemas e questionamentos críticos, a gestão de Edivaldo Júnior tem um legado que ficará para São Luís.

E isto já pode ser constatado mais de um ano e meio antes do fim do mandato.

Simples assim…

0

Imperatriz: Sedes recebe micro-ônibus do Governo Federal…

O novo transporte vai beneficiar usuários de diferentes programas da Secretaria

 

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Sedes, recebeu na última sexta-feira, 09, um micro-ônibus, que será utilizado por diferentes programas sociais que atendem a população de Imperatriz. O bem foi adquirido com recursos do Governo Federal, através de convênio. Entre os meses de abril e maio deste ano, a secretária da Sedes, Janaína Ramos e o prefeito Assis Ramos, foram à Brasília e, no Ministério da Cidadania, conseguiram, por meio de tratativas e reuniões, trazer o benefício para a cidade.

O transporte é novo e equipado com ar condicionado, câmera de ré e espaço para bolsas. Tem capacidade de deslocar até 23 adultos 29 crianças sentadas; além de dois assentos para pessoas com deficiência e elevador para cadeirantes.

A usuária da Casa do Idoso Feliz, programa mantido pela Sedes, Diva Araújo de Sousa, 66 anos, afirma: “Com mais esse micro-ônibus, a gente aqui da Casa e outras pessoas que participam de outros serviços, como os Cras que têm nos bairros, vão poder ir e vir para as atividades. Eu fico muito satisfeita porque pelo que eu vi, o ônibus é confortável, tem até ar condicionado e nesse calorão que está fazendo, vai ser bom demais andar nele”.

Janaína Ramos, secretária da Sedes explica o procedimento para receber o ônibus. “Nós fomos à Brasília, solicitamos o ônibus, e por meio de convênio, junto ao Governo Federal, através do Ministério da Cidadania, conseguimos beneficiar nossa cidade. Eu e o prefeito Assis, participamos de reuniões, pedimos, e com luta, alcançamos mais este benefício. Este micro-ônibus vai servir para o transporte de usuários de diversos programas da Sedes”, enfatizou. 

0

Roberto Costa participa de inauguração de posto de recarga de passagens em São Luís

Na manhã de terça-feira (9), o deputado estadual Roberto Costa (MDB) participou da inauguração de mais um posto de recarga de passagens para os usuários do transporte público da capital. Desta vez, no Viva Procon da Beira Mar. Os postos do Shopping Pátio Norte e do Shopping da Ilha também foram inaugurados e funcionarão aos fins de semana.

Os deputados Duarte Júnior (PCdoB), Hélio Soares (PR) e representantes do sindicato dos trabalhadores rodoviários e do SET também participaram da inauguração.

Na oportunidade, Roberto Costa parabenizou o deputado Duarte Júnior pela indicação apresentada na Assembleia, resultando na descentralização de atendimento aos usuários do transporte público.

“Lembro-me quando estudante que precisava comprar meus passes. Hoje, créditos na carteira de estudante. Andava muito ou teria que ir para a Central. As coisas estão mudando e para melhor. Graças a Deus e ao deputado Duarte Júnior, que apresentou essa indicação aprovada por nós ali na Assembleia e, hoje, está acabando com a centralização de vendas de créditos. O Procon também está de parabéns, o Governo está de parabéns por investir na descentralização. O Viva da Beira Mar é um ponto bem localizado e com comodidade, sem falar nos postos dentro dos shoppings da capital, que irá atender a milhares de pessoas”, disse Roberto Costa.

O parlamentar ainda ressaltou: “Hoje, além da descentralização, os usuários do transporte público poderão recarregar aos fins de semana. Ou seja, mais comodidade e melhorias no atendimento aos estudantes e trabalhadores. E, além de tudo isso, os interessados em adquirir o cartão de transporte também podem emitir o beneficio na hora”. 

1

Osmar Filho destaca renovação de 80% da frota no transporte de SLZ…

Presidente da Câmara Municipal acompanhou o prefeito Edivaldo Júnior na entrega de oito novos ônibus e ressaltou que a capital maranhense terá, em, breve, o melhor transporte do país

OSMAR FILHO AO LADO DE EDIVALDO JÚNIOR E OUTRAS LIDERANÇAS; presidente da Câmara chancela projeto do PDT de renovação do transporte

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT) ressaltou a média de idade dos ônibus no transporte de São Luís como a menor do Nordeste, com ônibus climatizados, em uma renovação que já chega a 80%.

– A gente tem acompanhado esta renovação, a gente tem fiscalizado e o que almejamos é ter, em um futuro próximo, o melhor sistema de transporte do país, que proporcione qualidade aos usuários – disse Osmar, exaltando o feito inédito da gestão do prefeito Edivaldo.

Os novos ônibus são equipados com ar-condicionado, adaptados com elevadores para uso dos portadores de necessidades especiais e dispõem de três portas, que facilitam o embarque e desembarque de passageiros.

Os veículos irão beneficiar as comunidades do polo Cidade Operária, Cidade Olímpica e Santa Clara.

A melhoria do serviço de transporte na capital maranhense contempla também medidas como a adoção do sistema de fiscalização por biometria facial, bilhetagem eletrônica com recarga embarcada; bilhete único; cartão criança e instalação de GPS em 100% da frota, entre outras.

A renovação do sistema se iniciou ainda em 2013 no início do mandato de Edivaldo Júnior,  e culminou com o processo de licitação, realizado em 2016. Como resultado, a idade média da frota caiu de 11 anos para 4,5 anos.

0

Documentos confirmam blog e provam que sindicato aceitou demissão de cobradores

Filiado ao PCdoB,presidente do STTREMA assinou atas de reuniões em que foi discutido o corte de 20% dos trabalhadores no sistema de transporte de São Luís

ISAIAS RODOVIÁRIO EM UMA DAS REUNIÕES QUE DISCUTIRAM O FIM DOS COBRADORES, com a presença de membros do Ministério Público e da Justiça do Trabalho

No dia 28 de maio, o blog Marco Aurélio D’Eça trouxe o post “Extinção de cobradores em ônibus foi tratada entre patrões e empregados…”

Postado no epicentro do debate sobre a demissão de cobradores no sistema de transporte de São Luís, o texto trouxe nova luz sobre o assunto, uma vez que revelou a anuência da própria categoria.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviário do Maranão (STTREMA), Isaias Castelo Branco, filiado ao PCdoB, tentou desmentir a revelação do acordo, negando que tenha aceitado a demissão dos colegas trabalhadores.

– Jamais concordaria com a retirada dos cobradores dos ônibus de São Luís. Represento e luto diariamente pelos direitos dos rodoviários – afirmou Isaias, que desafiou a quem o acusava a mostrar documentos contra ele. (Veja print abaixo)

O POST DO PRESIDENTE ISAIAS RODOVIÁRIO, COM O DESAFIO aos que apontaram sua anuência à demissão de cobradores em São Luís

Seis dias depois, documentos que vieram a público nesta segunda-feira, 3 – e que começaram a circular nos bastidores ainda no fim de semana – confirmam a revelação deste blog e mostram que o STTREMA concordou com a demissão dos cobradores.

De acordo com as atas, foram duas reuniões entre patrões e empregados, nos meses de janeiro e março.

No primeiro encontro, o Sindicato das Empresas de Transportes (SET) propôs cortar 60% dos empregos no setor, o que foi rechaçado pelo STTREMA.

Em outra reunião, em março, porém, a proposta de corte foi de 20% num primeiro momento, o que foi aceito pelo sindicato dos cobradores, “como forma de evitar demissão em massa”. (Veja cópia da Ata abaixo)

ATA DA REUNIÃO EM QUE O STTREMA CONCORDOU COM A DEMISSÃO DOS COBRADORES, o que foi negado pelo seu presidente, o comunista Isaias Rodoviário (Imagem: blog do Jorge Aragão)

Na verdade, essa pauta da extinção da função de cobrador – e assim como este blog afirmou no post de 28 de maio – já vem sendo discutida pelos dois sindicatos desde 2018, inclusive com a interveniência do Ministério Público e da Justiça do Trabalho. (Veja aqui)

As Atas mostram, portanto – e mais uma vez – a capacidade do blog Marco Aurélio D’Eça de antecipar fatos em tendências, sempre confirmadas posteriormente, quer neguem ou não seus protagonistas.

E desmoralizam também o líder sindical comunista diante de sua categoria…

 

4

Duarte Júnior repete Fábio Câmara para sentir problemas do usuário de transporte…

Assim como o vereador, que experimentou este tipo de locomoção como estudante – e ao contrário de outros candidatos a prefeito –  comunista já conhece o sistema como usuário

 

DUARTE VOLTOU A UJSAR ONIBUS PARA OUVIR O QUE OS PASSAGEIROS TÊM A DIZER sobre a ausência de cobradores no transporte coletivo

 

O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) postou nesta sexta-feira, 31, em suas redes sociais, o resultado de uma experiência que deveria fazer parte da rotina de todo político.

Ele decidiu usar pessoalmente o sistema de transporte coletivo de São Luís, para sentir exatamente o que sente o usuário nos ônibus hoje sem cobrador.

– Há muito tempo não utilizo o transporte coletivo de São Luís. Hoje, fiz o mesmo trajeto que fazia na época de faculdade. Afinal, acompanha de perto e buscar ouvir e conhecer pessoas envolvidas é fundamental para tomarmos decisões melhores e mais justas – afirmou Duarte.

Crítico do acordo entre patrões e empregados do sistema – que pôs fim a empregos de cobradores – Duarte conhece o sistema porque foi usuário deste durante todo o seu período de estudante.

EM 2016, FÁBIO CÂMARA VOLTOU A USAR ÔNIBUS PARA PROVAR QUE UM DOS CONSÓRCIOS DESCUMPRIA CLÁUSULAS da licitação em São Luís

Aliás, ele repete agora o que outro parlamentar – o então vereador Fábio Câmara (PSL) – fez em 2016 para criticar a falta de cumprimentos das cláusulas de contrato da licitação do transporte (Relembre aqui)

Tanto Duarte quanto Fábio Câmara – assim como Bira do Pindaré (PSB) e Wellington do Curso (PSDB) – podem falar do sistema de transporte de São Luís porque, se não são hoje, já foram usuário desse sistema, ao contrário de praticamente todos os outros prováveis adversários na disputa pela Prefeitura de São Luís.

E é com esta autoridade que eles podem dizer o que dizem.

E isso dá vantagem adicional na apropriação do discurso…

0

Wellington cobra melhorias para moradores do Alto do Turu, Jardim Turu, Parque Jair e adjacências

Wellington conversou com lideranças e autoridades pela solução do problema

Na tarde desta segunda-feira (18), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para fazer referência à reunião que aconteceu hoje, na cidade de São José de Ribamar com o vice-prefeito, Eudes Sampaio, secretário de obras do município, Hilário Filho, além de moradores de diversos bairros.

A reunião aconteceu após o deputado ter ido ao encontro de moradores que realizaram manifestação cobrando melhorias para a Avenida Nossa Senhora da Vitória, Avenida 1 e ruas dos bairros Alto do Turu I, II e III, além de adjacências, a exemplo do Jardim Turu, Parque Jair, entre outros. A solicitação é por conta da falta de infraestrutura, já que as ruas e avenidas estão repletas de buracos, estando totalmente intrafegáveis.

Moradores fazem manifestações constantes em busca de solução para os problemas dos bairros

Após ouvir as demandas da população, por meio do projeto “Conversando com a Comunidade”, Wellington encaminhou todas as solicitações ao prefeito de São José de Ribamar e ao secretário de infraestrutura, a quem compete executar as ações de forma imediata.

As ruas da região em discussão estão praticamente intrafegáveis

“As pessoas estão tendo prejuízos por causa da falta de infraestrutura das ruas e avenidas. Não estamos falando de um ou dois buracos, mas sim de verdadeiras crateras. É inadmissível que avenidas, por exemplo, estejam totalmente intrafegáveis. Vários carros já quebraram ao tentar passar pelas vias. A Prefeitura tem que agir! Na época das eleições, Flávio Dino deu apoio ao atual prefeito. Que esse apoio aconteça agora e reflita em ações. Não é favor. É obrigação!”, afirmou Wellington.

A solicitação abrange, também, os bairros Recanto Turu, Renascer, Parque São José, Cohab-Itapiracó, Parque das Palmeiras, além de mais de 30 bairros que vão do Parque Araçagi até o Cohatrac.

3

Edivaldo consolida renovação da frota de ônibus em São Luís…

Desde a licitação de 2016, gestão do prefeito já inseriu 272 veículos com ar-condicionado no sistema de transporte; e já renovou 76% da frota, num enfrentamento nunca antes ocorrido na capital maranhense

 

Edivaldo cumprimenta motorista ao entregar novos ônibus climatizados para o transporte urbano

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) inseriu nesta quinta-feira, 29, 10 novos ônibus com ar-condicionado no sistema de transporte urbano de São Luís.

No total, já são 272 veículos climatizados no sistema, que já conta com uma renovação de 700 novos ônibus.

Na verdade, Edivaldo Júnior iniciou a renovação da frota de ônibus na capital ainda em 2013, quando estava no primeiro mandato.

A nova frota recebeu mais 10 veículos novos, que já somam 700 ônibus no sistema desde 2016

A partir de 2016, com uma inédita licitação, assumiu um enfrentamento da questão como nunca se viu na história do transporte urbano da cidade.

Hoje, São Luís tem uma frota total de algo em torno de 900 ônibus, sendo cerca de 800  chamado de frota circulante. Deste total, 700 ônibus novos entraram no sistema desde então, sendo 272 com ar-condicionado.

É preciso reconhecer que Edivaldo Júnior enfrentou um problema crônico e histórico na capital maranhense, sem recuo diante da pressão dos empresários.

Os ônibus novos garantem todo o conforto aos usuários dos sistema de transporte de São Luís

Realizou a licitação, exigiu a implantação de ônibus modernos e climatizados, e operou a renovação da frota.

De 2016 para cá, o sistema de transporte urbano experimentou um avanço gradual, que deve continuar, gradativamente, até o fim do mandato do prefeito.

Sem dúvida, um dos legados de Edivaldo Júnior para a capital…