1

Natanael Júnior amplia base de apoios na reta final…

Campanha do candidato a vereador recebe adesão espontânea em vários setores da sociedade e chega aos bairros com forte potencial para garantir uma das vagas do Cidadania na Câmara Municipal de São Luís

 

Natanael se movimenta com eleitores de várias idades, sempre reconhecido pela simpatia e responsabilidade social

O presidente do Moto Club, jornalista e apresentador de TV Natanael Júnior já figura como o principal nome do Cidadania para conquistar uma vaga da Câmara Municipal de São Luís.

Em suas redes sociais, o candidato mostra um fenômeno que vem tomando as ruas: cada vez mais gente já apoia sua eleição para a Câmara de São Luís.

E a candidatura vem crescendo bastante com a adesão espontânea de muitos apoiadores na última semana de campanha.

Torcedores do Moto Club também manifestam apoio e trabalham pela candidatura do seu presidente

Em suas reuniões e diálogos com eleitores, Natanael recebe apoio de muitos torcedores motenses, que se manifestam também nas redes sociais – até um torcedor do Sampaio Corrêa, maior rival do Moto, gravou mensagem declarando apoio ao presidente do Papão.

Natanael sem dúvidas é um dos candidatos mais diferentes e inovadores das eleições deste ano para vereador.

Ativista do movimento Rock and roll, Natanael recebe o apoio da galera roqueira em toda São Luís

Ele também é ex-integrante de uma banda de rock de São Luís e, há mais de 20 anos, é produtor de shows com grandes eventos no currículo, como o Scorpions no Centro Histórico, Sepultura e outros. Por conta disso, sua candidatura também vem ganhando a adesão de bandas e artistas independentes da cidade, de estilos musicais variados, como o heavy metal e o hip-hop.

Pela primeira vez, Natanael tenta uma vaga no legislativo municipal pelo partido Cidadania, com uma plataforma de propostas inéditas que englobam mais apoio do poder público aos artistas do rock and roll e a toda a cultura alternativa independente da ilha, além da moralização do futebol profissional, apoio ao futebol amador e demais modalidades.

0

Eliziane mobiliza aliados por Rubens Júnior…

Senadora entrou na campanha do candidato do PCdoB envolvendo sua base de apoio e garante que ajudará a levar o deputado para o segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Luís

 

Devidamente protegida contra a coVID-19, Eliziane Gama e seu grupo recebe lideranças em apoio ao comunista Rubens Pereira Júnior

Duas vezes candidata a prefeita de São Luís – em 2012 e 2016 – a senadora Eliziane Gama decidiu por todo seu cacife eleitoral na capital maranhense em favor do pré-candidato do PCdoB, Rubens Pereira Júnior.

Ao lado do marido, Inácio Mello, dos militantes do Cidadania e da sua base de apoio na igreja Assembleia de Deus, Eliziane tem reunido com representantes de várias comunidades; com uma certeza em relação à campanha:

– Rubens Júnior vai para o segundo turno; tenho convicção – afirmou a senadora.

Primeira aliada do governador Flávio Dino (PCdoB) a assumir a campanha de Rubens Júnior, Eliziane tem no projeto de chegar ao segundo turno um caminho também para 2022, como um dos nomes do governo na disputa pela sucessão estadual.

O próprio Rubens Júnior já acenou com esta possibilidade, ao receber o apoio do Cidadania, como revelado pelo blog Marco Aurélio D’Eça no post “Rubens Júnior acena para apoio a Eliziane Gama em 2022…”

É com esta certeza que a senadora mobiliza sua base em favor do candidato comunista…

0

Zé Inácio destaca os 30 anos do ECA

Em sessão da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, 15, deputado estadual ressalta as conquistas e os novos desafios do estatuto ao longo desses anos

Em sessão parlamentar, nesta quarta-feira, o deputado Zé Inácio (PT) fez um breve registro sobre os 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), comemorado na última segunda-feira, 13.

“E no Brasil afora, essa data foi comemorada como uma importante conquista. É bem verdade que a simples criação do Estatuto, não garantiu os direitos lá previstos na sua plenitude, mas com o Estatuto, meninos e meninas em todo Brasil, passaram a ser sujeitos de direitos e muitos avanços aconteceram durante esses 30 anos”, disse o parlamentar. 

O Estatuto 

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é um conjunto de normas e regras jurídicas no âmbito brasileiro que tem como objetivo a proteção integral da criança e do adolescente, sendo considerado um marco legal e regulatório dos direitos humanos. Sua primeira publicação ocorreu em 1990.

O ECA veio amparar o artigo 227 da Constituição Federal em termos de: proteção integral; absoluta prioridade; direitos fundamentais; registro civil; adoção; punições; proteção sexual; educação e outras garantias da lei, como autorização para viagens, pré-natal entre outros.

Avanços e desafios 

Em 30 anos de existência do ECA houve avanços principalmente nos direitos das crianças e dos adolescentes, como queda na mortalidade infantil, cuidados com o pré-natal, aumento de matrículas nas unidades escolares e diminuição do trabalho infantil.

Porém, temos ainda o trabalho infantil com números expressivos. Em torno de 2,4 milhões de crianças e adolescentes com menos de 14 anos trabalham, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PnadC), de 2016, e muitos estão expostos a situações de risco e outros 1, 7 milhões fora das escolas, de acordo com o Observatório da Juventude da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

No que diz respeito à violência, os dados são alarmantes e têm como consequência a elevada mortalidade de jovens em situação de vulnerabilidade.

Esses dados reforçam a necessidade mantermos um olhar atento ao aumento da violência, trabalho infantil, evasão escolar, entre outros.

Com o cenário da pandemia, o ECA ganhou novos desafios. O cuidado para o não agravamento da vulnerabilidade social das crianças e adolescentes, sendo fato que crianças e adolescentes têm sofrido os impactos econômicos e sociais em que será essencial as políticas públicas exercerem medidas de mitigação.

Diante deste cenário de pandemia os desafios aumentaram consideravelmente, agravada com a crise econômica e as desigualdades sociais, em que o ECA deverá ter um papel relevante na proteção das crianças e adolescentes, mas também no que tange contribuir com a permanência de crianças e jovens na escola.

2

Cotado como opção do Cidadania, Enos Ferreira declara apoio a Duarte

Secretário de Relações Institucionais do governo Flávio Dino – que chegou a ser apontado como possível nome do partido da senadora Eliziane Gama – decidiu pela aliança com o candidato do vice-governador Carlos Brandão; Filho do ex-deputado Costa Ferreira, ele também é pastor da Assembleia de Deus

 

Enos Ferreira e seu grupo declararam apoio à candidatura de Duarte Júnior, o que fortalece seu nome na base do governo e na Assembleia de Deus

O pastor evangélico Enos Costa Ferreira, atual secretário de Relações Institucionais do governo Flávio Dino (PCdoB) declarou nesta segunda-feira, 6, apoio à candidatura do deputado Duarte Júnior (PRB) a prefeito de São Luís.   

Pastor da Assembleia de Deus, Ferreira é uma das vozes respeitadas na denominação, sobretudo entre as alas mais conservadoras, predominante na igreja.

–  A política hoje está demandando essa renovação, pessoas que estão entrando agora, sem influências políticas profissionais. E o Duarte representa muito isso, a competência, como gestor do Procon-MA, e tem demonstrado muita dinâmica como parlamentar – destacou o secretário.

Filho do ex-deputado federal Costa Ferreira, Enos chegou a ser cotado como candidato a prefeito pelo Cidadania, partido da senadora Eliziane Gama, hoje fechado com Rubens Pereira Júnior (PCdoB).

Este assunto foi tratado no blog Marco Aurélio D’Eça, em 20 de fevereiro, no post “Enos Costa Ferreira pode ser o candidato do Cidadania…”

O secretário também é coordenador da União de Mocidade da Assembleia de Deus em São Luís (Umadesl) e chega à aliança que já tem o apoio do PSL, do PTC e de vereadores de mandato, como Pereirinha, Genival Alves, Antônio Garcez e Chico Carvalho.

– Mais um importante apoio para a nossa pré-candidatura à Prefeitura de São Luís. Agora, contamos com o respaldo e orientação dos amigos Pastor Enos e Israel Ferreira. Agradeço ainda o apoio do Mateus Ferreira. Vamos trabalhar juntos pela nossa cidade para garantir oportunidade a todos – agradeceu Duarte Júnior.

Secretário-adjunto de Turismo de São Luís, Israel Ferreira (PTC), irmão de Enos, também participou da declaração de apoio ao candidato do Republicanos.

3

Rubens Júnior acena para apoio a Eliziane Gama em 2022…

Pré-candidato do PCdoB a prefeito de São Luís recebeu apoio do Cidadania, nesta sexta-feira, 3, e declarou que aliança se estenderá também para 2022; como ele espera eleger-se em 2020 e ela não precisa disputar eleições de daqui a dois anos, significa uma sinalização para a candidatura da senadora ao governo

 

Rubens Júnior confirmou o blog Marco Aurélio D’Eça e colocou Eliziane Gama no debate sobre a sucessão do governador Flávio Dino em 2022

 

O pré-candidato do PCdoB a prefeito de São Luís, Rubens Pereira Júnior, apontou para um novo cenário eleitoral no Maranhão em 2022, ao receber nesta sexta-feira, 3, o apoio da senadora Eliziane Gama e do Cidadania.

– Não se trata de uma aliança política eleitoral para esta jornada; estaremos juntos, inclusive, em 2022 – afirmou Pereira Júnior.

A declaração do candidato comunista reafirma a inclusão da senadora nas eleições de governador, sobretudo pelo fato de que, fechado o compromisso de 2020, nem ele nem Eliziane Gama precisam disputar a sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB).

Apesar de a própria Eliziane Gama não se manifestar, o blog Marco Aurélio D’Eça vem apontando seu nome como uma opção de peso para Flávio Dino no cenário, que já tem a disputa tácita entre o senador Weverton Rocha (PDT) e o vice-governador Carlos Brandão (PRB). (Releia aqui, aqui e aqui)

Representantes do PCdoB e do Cidadania participaram e uma solenidade virtual, com todos os parâmetros de proteção contra a coVID-19

Quando do anúncio do apoio do Cidadania ao PCdoB, este blog ressaltou também que a entrada de Eliziane na campanha de Rubens a colocava no jogo da sucessão.

Foi o que mostrou o post “Eliziane entra na campanha de Rubens e aponta para 2022…”

O próprio Rubens Júnior confirma agora este cenário, sobretudo pelo fato de que pretende chegar ao segundo turno e vencer as eleições.

E, vencendo, deixa claro que seu nome para 2022 é o de Eliziane Gama…

0

Rose Sales articula apoio de Eliziane Gama a Rubens Júnior…

Ex-vereadora e ex-candidata a prefeita está filiada ao Cidadania desde 2019, mas atua diretamente na pré-campanha do secretário de Cidades, o que deve favorecer a aliança em torno do comunista

 

Mesmo filiada ao Cidadania, de Eliziane Gama, Rose Sales tem levado líderes de várias comunidades para ter com Rubens Pereira Júnior

A ex-candidata a prefeita e ex-vereadora Rose Sales tem sido uma das principais articuladoras do apoio do Cidadania, partido da senadora Eliziane Gama, ao candidato do PCdoB em São Luís, Rubens Pereira Júnior.

Rose é filiada ao Cidadania desde 2019, mas tem acompanhado toda a agenda de Rubens Júnior na pré-campanha.

Na semana passada, surgiu a informação de que, após “namoro” com Carlos Madeira (Solidariedade) e com Duarte Júnior (Republicanos), o Cidadania iria mesmo fechar com Rubens Júnior.

– Minha amiga Rose, estamos aqui firmes e fortes pelo bem da cidade de São Luís – disse Eliziane à vereadora, em recente encontro do Cidadania. (Veja vídeo acima) 

Apesar de não-confirmada oficialmente, nem pela cúpula do Cidadania, nem pela senadora Eliziane Gama, a aliança já é admitida por executivos do partido, mesmo os que defendiam outro caminho.

E eles põem na conta de Rose Sales a articulação para o fechamento do apoio a Rubens…

1

Brandão busca apoio do Cidadania a Duarte Júnior…

Para formação de aliança, vice-governador reuniu-se com lideranças do partido que tem a senadora Eliziane Gama como principal nome no estado; dividida, legenda conversa também com Carlos Madeira e Rubens Pereira Júnior

 

Brandão tem tentado aproximar de Duarte Júnior o Cidadania de Eliziane Gama, mas a legenda discute também os nomes de Carlos Madeira e Rubens Júnior

O vice-governador Carlos Brandão fez na segunda-feria, 16, mais um gesto efetivo em favor da candidatura do deputado estadual Duarte Júnior à prefeitura de São Luís.

Ele chamou para conversar lideranças do Cidadania no Maranhão em busca da formação de uma aliança com o Republicanos para as eleições de outubro.

Do encontro com Brandão participaram o presidente regional Eliel Gama e o secretário-geral Gledson Britto; o próprio Duarte já havia conversado com os dois em duas ocasiões.

Dividido hoje em pelo menos duas correntes políticas – todas girando em torno da senadora Eliziane Gama, principal expressão do partido – o Cidadania não tem conseguido abrir um debate efetivo, girando em torno dos nomes de Duarte, Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Carlos Madeira (Solidariedade).

A intensa divisão interna dificulta, inclusive, a conversa com os candidatos.

Aquele candidato que se dispõe a conversar com um dos lados, acaba se inviabilizando com o outro, caso do próprio Duarte Júnior.

Atualmente, a instância partidária propriamente dita tem quase consenso em torno de Carlos Madeira. Mas Eliziane – e seu marido, Inácio Melo – que mantêm forte influencia interna, parecem preferir Rubens Júnior.

Diante da indefinição e da falta de entendimento, o Cidadania vai empurrando para agosto a decisão sobre as eleições de São Luís…

3

São Luís terá primeira batalha Brandão X Weverton

Pré-candidatos à sucessão de Flávio Dino vão se enfrentar por intermédio dos seus escolhidos a prefeito. E quem chegar ao segundo turno largará na frente rumo a 2022; Entre eles, a senadora Eliziane Gama, melhor posicionada nas pesquisas, mas ainda distante do debate em São Luís

 

A movimentação certa de Weverton, Brandao e Eliziane em 2020 definirá o futuro de cada um na sucessão de Flávio Dino, em 2022

O movimento do vice-governador Carlos Brandão (PRB) – de fortalecimento do seu partido na Assembleia – foi o gesto mais evidente da guerra surda que vem sendo travada nos bastidores entre ele e o senador Weverton Rocha (PDT), com vistas à sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB), em 2022.

Como em um jogo de xadrez, Brandão e Weverton vão se enfrentar primeiramente por meio de suas peças definidas para as eleições municipais de São Luís.

De um lado, o deputado estadual Neto Evangelista (DEM), com o apoio de Weverton e seu grupo.

Do outro, o também deputado Duarte Júnior (PRB) e a força de Brandão e sua base.

O objetivo inicial desta batalha é passar para o segundo turno contra Eduardo Braide (Podemos); no segundo momento, vencer o favorito na sucessão de Edivaldo Júnior (PDT).

A simples chegada ao segundo turno, tanto de Evangelista quanto de Duarte, significará, para Weverton ou Brandão, uma vitória sobre o concorrente de 2022.

E se um dos seus candidatos vencer Braide, 2022 escancara as portas.

Talvez por isso, a disputa eleitoral na base de Flávio Dino tornou-se uma violenta guerra entre os chamados “menudos do Palácio”, que pode se transformar em um racha sem precedentes entre os aliados do governador. 

E é aí que entra a senadora Eliziane Gama (Cidadania).

Melhor colocada nas pesquisas em relação a Brandão e a Weverton, a senadora do Cidadania ainda não se posicionou em relação a 2020.

E, estranhamente, segue apática no debate de São Luís, sua principal base eleitoral.

De acordo com a movimentação do Cidadania, Eliziane Gama tem como opções o secretário Rubens Júnior (PCdoB) e o juiz aposentado Carlos Madeira (Solidariedade).

Vestindo, de fato, a camisa do candidato – e se envolvendo diretamente na campanha na capital –  Eliziane dará um salto rumo a 22 se o seu escolhido alcançar o segundo turno, deixando para trás os candidatos dos seus “adversários” internos.

Mas ela pode permanecer distante, apenas observando a batalha campal entre Weverton Rocha e Carlos Brandão.

E seguir como coadjuvante rumo à sucessão de Flávio Dino.

Esta é uma escolha que ninguém pode fazer por ela…

1

Cidadania entre Carlos Madeira e Rubens Júnior…

Partido da senadora Eliziane Gama iniciou discussões com os dois pré-candidatos a prefeito de São Luís e está dividido entre fechar com o juiz federal aposentado ou vincular-se ao comunista ligado a Flávio Dino

 

Carlos Madeira recebeu em almoço os membros do diretório regional e municipal do Cidadania, após encontro da legenda, no sábado, 7

Afastados do processo eleitoral até semana passada, o Cidadania, partido que tem na senadora Eliziane Gama o seu principal nome no Maranhão, começou a marcar posição com vistas ao pleito de outubro.

No sábado, o partido realizou encontro com a militância e pré-candidatos proporcionais; e foi recebido em um almoço pelo pré-candidato do Solidariedade, Carlos Madeira.

Já na segunda-feira, reuniu-se com o candidato do PCdoB, Rubens Júnior.

– No momento, discute-se no Cidadania essas duas opções eleitorais – resumiu o presidente regional da legenda, Eliel Gama.  

 

Rubens Júnior seria uma oportunidade, segundo entendem alguns dos líderes do Cidadania, de acenar para o próprio Flávio Dino, que é do PCdoB

Dos membros da base governista já avaliados para as eleições de 2022, Eliziane é a única que ainda nãos e posicionou, embora apareça como o melhor nome entre as possíveis opções de Flávio Dino (PCdoB).

O vice-governador Carlos Brandão já está com o deputado estadual Duarte Júnior (PRB) em São Luís.

Weverton Rocha (PDT), por sua vez, deve fechar com o democrata Neto Evangelista.

A decisão do Cidadania sobre São Luís pode ser a oportunidade de Eliziane consolidar, de fato –  e de forma independente – se estará ou não no jogo sucessório de 2022.

É aguardar e conferir…

0

Eliziane reunirá Cidadania para discutir eleições em São Luís…

Única das lideranças da base governista cotadas para as eleições de 2022 que ainda não se posicionou sobre 2020, senadora pretende reunir militantes para estudos sobre questões eleitorais e formação de chapas proporcionais

 

Eliziane vai começar a discutir as eleições no Cidadania

Um dos nomes da base do governo Flávio Dino (PCdoB) para as eleições de 2022, a senadora Eliziane Gama (Cidadania) é a única que ainda não se posicionou sobre as eleições municipais em São Luís.

Neste sábado, 7, ela vai reunir a militância e pretensos candidatos a vereador pelo Cidadania para iniciar as discussões sobre o processo eleitoral na capital maranhense.

Ao lado do vice-governador Carlos Brandão (PRB) e do senador Weverton Rocha (PDT), Eliziane forma a trinca de possíveis candidatos de Dino à sua sucessão.

Tanto Brandão quanto Weverton já têm candidatos definidos à sucessão do prefeito Edivaldo Júnior; Eliziane e o Cidadania ainda não declararam apoio a nenhum nome.

– Nosso partido desde 2012 tem projeto eleitoral em São Luís, sempre tivemos protagonismo no debate eleitoral da capital de forma que não poderíamos nos furtar a este momento – afirmou o presidente regional da legenda, Eliel Gama.

O evento deste sábado terá a presença do dirigente nacional da legenda Cláudio Vitorino que é um dos responsáveis nacionais por acompanhar as candidaturas e de construir a “ponte” para 2022, quando o partido espera ter candidatura à presidência da república.

Líder do partido no Senado e principal nome da legenda no estado, Eliziane falará com os pré candidatos com objetivo de alinhamento dos projetos ao programa do partido.

O posicionamento de Eliziane Gama sobre as eleições municipais realinhará o debate sobre as eleições de 2022.

E este debate será iniciado no Cidadania a partir de sábado, no encontro na Câmara Municipal.