5

Maranhenses se destacam em turma do “Ciência Sem Fronteiras”…

Roseana: orgulho com alunos maranhenses

Cinco estudantes maranhenses compõem a primeira turma do programa “Cîências Sem Fronteiras”, que garante intercãmbio na área educacional com o universidades dos Estados Unidos.

O programa é do Governo Federal, que levou parte da turma na viagem que fez aos EUA, na semana passada.

Dois destes estudantes – uma aluna do curso de engenharia civil, de São Luís, e um estudante de engenharia mecânica, de Balsas – estiveram com a governadora Roseana Sarney (PMDB) na visita à Universidade Harvard.

– É sem dúvida algo que me orgulha saber que temos cinco maranhenses na primeira turma do programa – comemorou a governadora.

Além da Universidade Harvard, a presidente Dilma Rousseff (PT), Roseana e os estudantes visitaram também o Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT).

Para a governadora, é importante que se divulgue a presença destes estudantes, até para que os maranhenses também possam ser estimulados a descobrir os caminhos do conhecimento.

Esta viagem mudou meu foco. A gente fica pensando apenas em obras, mas esqeuce do humano.  Agora, eu quero trazer tecnol,ogia para o Maranhão, desevolver o conhecimento que nós temos – disse ela.

Uma das primieras trocas de experiência com Massachussets será assinado em maio.

Um Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Boston na área de urbanismo será assinado em São Luís.

Detalhe: o equivalente a secretário de Urbanismo da Prefeitura de Boston é o maranhense Álvaro Lima.

8

Sarney dá mais um exemplo de democracia…

O presidente do Congresso Nacional, senador José Sarney, determinou o afastamento do policial que imobilizou uma estudante, hoje, durante manifestação na Casa.

– O Senado Federal jamais tolerará violência ou qualquer tipo de abuso contra aqueles que se dirigem à Casa para defender suas idéias democraticamente – firmou Sarney, em nota.

Os estudantes foram ao Senado para acompanhar a votação do novo Código Florestal. Durante manifestação contra a proposta, entraram em conflito com a Polícia do Senado.

 Além do afastamento do policial, Sarney determinou apuração das responsabilidades sobre o que classificou de “lamentáveis acontecimentos ocorridos hoje no interior do edifício do Congresso Nacional”.

Abaixo, a íntegra da nota:

“O presidente do Senado, José Sarney, determinou à Diretoria-Geral da Casa que, no prazo de 15 dias, sejam apuradas as responsabilidades sobre os lamentáveis acontecimentos ocorridos hoje no interior do edifício do Congresso Nacional.
O policial legislativo envolvido no episódio que resultou na imobilização de um manifestante foi afastado das suas funções, por determinação do Presidente, até que a investigação seja concluída.
O presidente Sarney reafirmou que o Senado Federal jamais tolerará violência ou qualquer tipo de abuso contra aqueles que se dirigem à Casa para defender suas idéias democraticamente.”
Secretaria Especial de Comunicação Social – SECS