3

De como o Brasil caminhou até a crise do PSL com Bolsonaro…

A guerra entre adversários e partidários do presidente pelo controle do partido expõe o baixo calão, as grosserias, estupidez e boçalidade do grupo que chegou ao poder no país com a vitória de 2018, também uma estupidez coletiva

 

JOICE COM BOLSONARO; O AMOR ACABOU POR CAUSA DO DINHEIRO DO PSL; agora sobram ofensas, agressões e preconceito, marca deste governo

Editorial

Eleito em 2018 por uma espécie de estupidez coletiva, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) inaugurou seu mandato com a exposição de um vídeo pornô em que pretendia dar lição de moral à nação.

Depois disso, como lembra o jornalista Reinaldo Azevedo, ordenou festa para o Golpe de 64, comemorou torturadores, discriminou minorias,  defendeu assassinatos em defesa da propriedade, atacou ambientalistas, ridicularizou esposas de líderes internacionais, tentou usar a Polícia Federal em seu favor, manipulou dados oficiais, agrediu adversários…

É um ignorante no comando do país.

Por tudo isso, a guerra interna no seu partido, o PSL – com todos os requintes de grosseria, ofensas mútuas, palavras de baixo calão e agressões pessoais – soa apenas como mais uma etapa neste processo que deve durar ao menos quatro anos.

Espera-se que só quatro anos.

Jair Bolsonaro já demonstrou ao mundo que não está preparado para ser presidente da República.

Agora, os seus correligionários também demonstram despreparo tanto quanto ele, usando a linguagem de animais, porcos, cadelas, ratos e veados, como fazem Joice Hasselmann e Carlos Bolsonaro.

E o Brasil que nasceu da estupidez ainda tem que aguentar toda esta porcalhada…

1

Uma imagem que fala muito: o protagonismo de Neto Evangelista…

Foto que circulou na internet, com o deputado estadual à frente dos também pré-candidatos Osmar Filho e Rubens Júnior – em selfie durante reunião com o senador Weverton Rocha – reflete exatamente o momento da pré-campanha em São Luís

 

A FOTO EXPRESSA A POSIÇÃO DE EVANGELISTA NA CORRIDA PELA PREFEITURA DE SÃO LUÍS, com seus aliados a observar seu desempenho à distância

A pesquisa Escutec divulgada no fim de semana mostrou que o deputado estadual Neto Evangelista (DEM) é o governista melhor posicionado na disputa pela Prefeitura de São Luís.

E uma imagem divulgada no sábado, 19, no mesmo dia em que blogs, jornais e rádios começaram a divulgar e analisar os números da Escutec, representa exatamente o momento atual da corrida.

Nela, se vê Evangelista à frente, sorridente, em selfie com os colegas Osmar Filho (PDT) e Rubens Júnior (PCdoB), bem atrás do colega da base.

Assim mesmo, nesta posição.

Na foto se vê ainda o senador Weverton Rocha (PDT) – um dos líderes do grupo que vai definir os candidatos em 2020 – deputado federal Juscelino Filho, presidente do DEM, partido de Evangelista, o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), outra liderança o grupo, e mais o deputado Glalbert Cutrim (PDT) e o ex-deputado Marcos Caldas.

É uma foto simbólica,m que deve virar histórica em alguns meses.

É aguardar e conferir…

2

O valor da guerra de Bolsonaro pelo PSL: R$ 700 milhões…

Presidente da República e seus filhos descobriram a mina que é a máquina partidária – com recursos dos fundos partidário e eleitoral – e decidiram se apossar da sigla, expondo aliados e o próprio governo ao ridículo

 

BOLSONARO E SUA TROPA DE CHOQUE CASEIRA: 01,02 e 03 estão de olho nos R$ 700 milhões que chegarão ao PSL até 2020

Não há nada de nobre na articulação do governo Jair Bolsonaro para tomar de assalto o PSL, partido que lhe deu legenda para concorrer a presidente em 2018.

A guerra suja que se assiste desde que Bolsonaro resolveu classificar de “queimado” o presidente da legenda, Luciano Bivar, em vídeo publicado no blog Marco Aurélio D’Eça, tem um interesse meramente financeiro.

O PSL, que já existia bem antes da entrada de Bolsonaro, vai receber até o final de 2019 nada menos que R$ 115 milhões do Fundo Partidário.

Em 2020, a bufunfa é ainda maior: algo em torno de R$ 600 milhões.

Tudo isso despertou o interesse da família agora encastelada no Palácio do Planalto.

E os filhos  01, 02 e 03 partiram pra pilhar o partido e afastar adversários.

Simples assim…

1

“O PSL terá candidato a prefeito”, afirma Chico Carvalho…

Presidente regional da legenda, vereador de São Luís diz que o desempenho dos seus pré-candidatos na pesquisa Escutec/O Estado – sobretudo o de Tadeu Palácio – o credencia a falar de candidatura própria

 

CHICO CARVALHO GARANTE CANDIDATURA DO PSL, e mostra clara preferência por Tadeu Palácio

O vereador Francisco Carvalho, presidente regional do PSL, avaliou positivamente o desempenho dos pré-candidatos do seu partido na pesquisa Escutec/O Estado, divulgada no fim de semana.

– Somados, os nomes do PSL chegam a 8%. Tadeu Palácio está na casa dos 5%. Isso é um desempenho para poucos – afirmou Carvalho, minimizando o fato de a rejeição de Palácio ser uma das mais altas.

Mesmo diante do momento ruim do partido – com a crise envolvendo o presidente Jair Bolsonaro e a direção nacional – Carvalho disse que o PSL segue seu caminho naturalmente, pronto para disputar as eleições de 2020.

– O PSL sempre disputou eleições no Maranhão; sempre mantivemos representantes na Câmara e na Assembleia, antes mesmo de termos o presidente; E o PSL terá candidato a prefeito – afirmou o vereador.

A preferência de Carvalho fica notória em favor de Tadeu Palácio, mas ele prefere não citar nomes neste momento da campanha.

Os partidos têm até julho de 2020 para definir os candidatos…

0

Rafael Leitoa participa de Audiência Pública sobre Zoneamento da Amazônia Maranhense

Representando a Assembleia Legislativa, o líder do governo do Maranhão, deputado Rafael Leitoa (PDT), participou da audiência pública que encerra ciclos de debates sobre Zoneamento da Amazônia Maranhense. O Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE), é uma ferramenta de gestão territorial voltada para políticas públicas que levam em consideração as realidades de cada região.

As cidades de Imperatriz, Bacabal, Santa Inês, Governador Nunes Freire, Pinheiro e Grajaú, receberam as audiências públicas para discutir e apresentar as ações do ZEE. Em São Luís, nesse último encontro, foram apresentados os resultados dos estudos realizados sobs a corrdenação do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), vinculado à Secretaria de Programas Estratégicos, em conjunto com a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Em pronunciamento durante o evento, o deputado Rafael Leitoa destacou a funcionalidade das audiências públicas como ferramentas de fortalecimento do processo de apresentação e fortalecimento do ZEE, pois é construído em parceria com a população e instituições preocupadas com o desenvolvimento sustentável no estado.

“Nós, na Assembleia Legislativa, estamos ansiosos para que o Projeto chegue àquela Casa. Nós, como líder de governo, já adiantamos para alguns deputados que participassem das audiências públicas. Acreditamos que no início de novembro já tenhamos este projeto na Assembleia, para aprovarmos o mais breve possível, fortalecendo o desenvolvimento econômico e sustentável, tão importante para o Maranhão e população”,  finalizou.

0

César Pires reconhece importância dos funcionários para a Constituição do MA

A realização da sessão solene em comemoração aos 30 anos da Constituição do Estado do Maranhão, ocorrida semana passada, foi elogiada pelo deputado César Pires, na sessão desta segunda-feira (21).

“Esquecer esse momento histórico seria esquecer a própria história de liberdade do povo do Maranhão”, enfatizou ele, ao elogiar o presidente da Casa, Othelino Neto, pela iniciativa da sessão solene.

César Pires destacou o resgate da história, que mostrou a ruptura da ditadura com a democracia, e a elaboração da Constituição Estadual, “um instrumento poderoso que foi entregue ao povo maranhense, e cabe a nós sermos eternos vigilantes desse instrumento, declarou o deputado, lembrando que àquela época ele estava ainda no mundo acadêmico, distante do parlamento.

Ressaltando que a sessão solene trouxe de volta ao plenário ex-deputados e suas memórias, César Pires disse que a Assembleia Legislativa deve resgatar a memória também dos funcionários que participaram daquele momento histórico, dando suporte técnico e assessoramento jurídico aos constituintes.

“São pessoas sábias, competentes, inteligentes, que nem sempre aparecem. Mas essa Casa deve homenagear também todos os funcionários que ajudaram a construir a Constituição. Sei que o presidente terá a sensibilidade de dar a eles a oportunidade de contar sua versão da história, e agradecer pela importante contribuição que deram aos maranhenses”, enfatizou.

César Pires concluiu dizendo que reconhecia a belíssima iniciativa de Othelino Neto, em promover a sessão solene comemorativa, da mesma forma que defende o justo reconhecimento aos funcionários da Casa que participaram daquele momento histórico.

“Essas pessoas merecem o nosso reconhecimento, nossos aplausos, nosso carinho e respeito”, finalizou.

0

Defensoria Pública busca autossuficiência em energia

Instituição articula com a bancada federal maranhense emendas no montante de R$ 2,2 milhões, que garantirão investimento em placas solares, em nome da economia de energia e sustentabilidade

 

Com foco em um crescimento institucional pautado em economicidade e sustentabilidade, o comando da Defensoria Pública do Estado do Maranhão esteve recentemente, em Brasília, articulando com deputados federais e senadores maranhenses a destinação de emenda de bancada impositiva, no valor de R$ 2,2 milhões em favor da instituição.

A intenção é investir esse montante na aquisição de equipamentos de sistema fotovoltaico (placas solares) e tornar a Defensoria estadual um órgão autossuficiente em energia.

Além de contribuir com o desenvolvimento sustentável, a ação pioneira em âmbito nacional, visa também impulsionar a ampliação da instituição no Estado, uma vez que os valores economizados com energia elétrica seriam revertidos em instalação de novos núcleos sustentáveis. “A DPE/MA gasta em torno de R$ 1 milhão por ano, com energia elétrica, nos seus 39 núcleos espalhados pelo estado. Com a adoção das placas solares, a perspectiva é de uma economia de R$ 1 milhão por ano, o que proporcionaria a criação de cinco núcleos de atendimentos nas comarcas do Estado, anualmente”, explicou o defensor-geral Alberto Bastos.

A necessidade de expansão institucional atende à Emenda Constitucional nº 80/2014, que determina que, no prazo de oito anos, a União, Estados e Distrito Federal devem contar com defensores públicos em todas as unidades jurisdicionais. O prazo termina em 2022 e a Defensoria está presente, atualmente, em menos de 30% das comarcas maranhenses.

Pioneiro

Em novembro, será entregue o 1º núcleo de atendimento ecológico e sustentável do Brasil, formado por contêineres e placas solares, na área Itaqui-Bacanga, em São Luís, que reúne cerca de 300 mil habitantes, distribuídos em quase 60 bairros. A obra é 70% mais barata que uma edificação em alvenaria e ainda se destaca pela rapidez na execução dos serviços e geração de menor volume de resíduos.

Outro diferencial do núcleo, instalado em quatro contêineres, é a utilização de mão-de-obra carcerária, tanto na construção civil como na elaboração de móveis, graças à parceria com o Governo do Estado.

0

Hernando Macedo lidera pesquisa para prefeitura de Dom Pedro…

Com as eleições municipais se aproximando, a disputa pela prefeitura de Dom Pedro em 2020, coloca em destaque o ex-prefeito da cidade, Hernando Macedo, que aparece como líder disparado, em todos os cenários em uma pesquisa realizada pelo Instituto Escutec.

O ex- prefeito, que governou a cidade entre 2013 e 2016, aparece com 47% das intenções de votos na espontânea e na estimulada, aparece respectivamente 57,4% no primeiro cenário, 59,9% no segundo cenário e 66,8% no terceiro cenário.

Hernando comemorou os números da pesquisa e disse receber os resultados com alegria e humildade.

“É muito gratificante receber esse resultado tão positivo, isso mostra que minha adorada Dom Pedro nunca esqueceu da nossa administração e todo trabalho realizado durante a minha gestão”, disse.

Durante seu mandato na prefeitura da cidade, Hernando Macedo realizou grandes obras na cidade como o Balneário Macedão, urbanização e iluminação da Avenida Gonçalves Dias, reforma e ampliação do Centro de Saúde Alarico Pacheco e o Matadouro público municipal, construção da quadra poliesportiva Francisco Rodrigues (primeira quadra pública da cidade), reforma e equipamentos para as Unidades Básicas de Saúde dos povoados, Centro do Primo, Santa Vitória, Triângulo, Centro do Estevinho, Vila Ribamar e Pedro Primeiro e construção da Ponte Josimar Barros.

Além disso levou 44 km asfalto, iluminação, ciclovias para várias avenidas e ruas da cidade, reconstruiu as estradas vicinais, e levou água para as comunidades através da construção de poços artesianos.

2

“Eleição em São Luís está completamente indefinida”, avalia Zé Inácio…

Deputado estadual analisa que o cenário é propício para que o PT lance candidato próprio, uma vez que a revelação de um candidato isolado e nenhum outro acima de 10% abre espaço para novos postulantes

 

O deputado estadual Zé Inácio voltou a defender uma candidatura própria do PT nas eleições de 2020 em São Luís.

Para o parlamentar, o momento é propício para o partido porque nenhum dos adversários do deputado federal Eduardo Braide (PMN) consegue ultrapassar 10% nas intenções de voto.

– O que vemos na eleição espontânea é um candidato isolado, acima dos 20% e nenhum outro superando a casa dos 3% – avaliou.

Zé Inácio lembra que esses candidatos todos estão há meses com seus nomes à disposição – alguns há anos – e não conseguiram estimular a população.

– É o momento do PT apresentar candidatura própria. Várias pesquisas apontam que mais de 50% da população de São Luís reconhecem o legado do PT e a força de Lula – concluiu Zé Inácio.

0

Os candidatos do PDT e o desempenho na pesquisa Escutec…

Com o comando da prefeitura há mais de 30 anos, partido do prefeito Edivaldo Júnior tem dois pré-candidatos na disputa de 2020 – Osmar Filho e Yglésio Moyses – com características diferentes e desempenho semelhantes

 

OSMAR FILHO E YGLÉSIO MOYSES COM WEVERTON ENTRE ELES; o senador já fez sua opção, o que pode deixar o PDT sem a cabeça de chapa em 2020

O prefeito Edivaldo Júnior tomou uma decisão política: menos envolvido com a questão eleitoral, ele foca na gestão, deixando que o seu partido, o PDT, cuide da viabilização dos nomes para sua sucessão.

E não será uma tarefa fácil, pelo que se viu na pesquisa Escutec/O Estado.

Preferido do senador Weverton Rocha para o posto de candidato, o vereador Osmar Filho apareceu em dois cenários; alcançou o índice máximo de 3,5%.

No cenário 1, Osmar divide a indicação pedetista com o deputado estadual Yglésio Moyses; e fica com 3,1% das intenções de voto, contra 1,8% do oponente partidário.

Um empate técnico, levando em consideração a margem de erro.

No cenário sem Yglésio, Osmar cresce residualmente, alcançando 3,5% das intenções de voto. Curiosamente, Yglésio só aparece em um cenário da pesquisa Escutec. E polariza com Osmar Filho a força do PDT.

A diferença entre os dois é que Yglésio é candidato em qualquer circunstãncia, estando ou não no PDT. Osmar, por sua vez, só terá condições de viabilizar pelo PDT; ou simplesmente estará fora da disputa.

A força atual do PDT em São Luís pode ser medida, principalmente, nos cenários seguintes da pesquisa Escutec. O levantamento criou três cenários sem nenhuma opção pedetista.

O resultado é uma diluição dos números entre todos o candidatos, o que morta influência residual do partido do atual prefeito.

A leitura que se faz dos números é que, ao contrário dos últimos 30 anos, se o PDT estiver ou não encabeçando uma chapa nas eleições de 2020, pouca diferença fará na decisão do eleitor.

É simples assim…