1

Eliziane quer prioridade ao povo de Alcântara no acordo Brasil/EUA…

Senadora participou do seminário que discurso o uso da base de lançamento de foguetes, com a presença do ministro Marcos Pontes, e defendeu que os recursos investidos no programa alcancem as comunidades locais

 

A senadora Eliziane Gama (Cidadania) defendeu nesta segunda-feira, 15, que o povo de Alcântara tenha prioridade absoluta nos benefícios do acordo entre Brasil e Estados Unidos para exploração da Base de Alcântara.

A parlamentar participou do seminário com o ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, em que defendeu que o acordo tenha todas as cláusulas de garantia às comunidades.

– Nós temos colocado a prioridade do povo de Alcântara, das comunidades quilombolas; um povo que precisa ser alcançado pelos volumes financeiros que estarão em movimentação a partir da efetivação desse acordo – afirmou Eliziane.

A senadora tem sido uma das vozes mais ativas na defesa das comunidades alcantarenses.

E cobra que todos os benefícios estejam claros no contrato de salvaguardas…

0

César Pires: “empréstimo para precatórios é enganação”

O deputado César Pires (PV) voltou afirmar, na sessão desta segunda-feira (15), que o projeto de lei 129/2019 – em que o governo Flávio Dino pede autorização para contrair empréstimo de R$ 623 milhões para pagar precatórios – não passa de uma peça de ficção.

“O Executivo sabe que não existe linha de crédito para esse fim, e enviou essa proposta para a Assembleia Legislativa apenas para tentar livrar-se da improbidade administrativa”, enfatizou ele.

Citando os exemplos de Minas Gerais e Bahia, estados que também tentaram obter empréstimo para quitar precatórios, César Pires ressaltou que, embora essa operação seja possível pelas emendas constitucionais 94 e 99, não existe atualmente linha de crédito com essa finalidade. Mas o governo Flávio Dino precisa ter esse projeto aprovado porque não está honrando o pacto feito com o Judiciário, de destinar mensalmente 1/12 da receita para o pagamento desse tipo de débito.

“O governo Flávio Dino está inadimplente desde agosto do ano passado, porque pactuou e não honrou o compromisso de pagar os precatórios. E o que vamos votar aqui é um projeto de lei cheio de vícios e sem fundamento. É um engodo para enganar as pessoas e o Executivo dizer que já tomou as providencias necessárias, mesmo sabendo queas instituições bancárias não têm essa linha de crédito”, ressaltou César Pires.

Em aparte, o deputado Yglésio Moisés, relator do Projeto de Lei 129, informou que a Procuradoria Geral do Estado já entrou com recurso judicial para que o governo federal faça a regulamentação da Emenda Constitucional 99, de forma a tornar viável o empréstimo para pagamento de precatórios.

“Então, é mais uma prova de que estamos dizendo a verdade: o governo sabe que não tem como contrair esse empréstimo, está apenas querendo uma carta de seguro para justificar a sua inadimplência”, finalizou César Pires.

0

Gastão critica corte de verbas no CNPq na frente de Marcos Pontes…

O deputado federal Gastão Vieira (PROS), participou nesta segunda-feira (15), do Seminário “Base de Alcântara: Primeiros Passos”, promovido pelo Governo do Estado, através de Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O seminário teve participação do governador Flávio Dino e do ministro de Ciência,Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Na programação, foi apresentado o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas firmado com os Estados Unidos para uso da base maranhense, além de debates e exposições de painéis.

Participante da primeira apresentação de painéis do evento, Gastão criticou ao ministro Marcos Pontes, os recursos contingenciados do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

“Ministro, tenho a obrigação de falar que é inconcebível o CNPq parar em junho por falta de verbas”, disse o deputado se referindo a falta de recursos que comprometerá o pagamento de bolsas do CNPq e realização de pesquisas.

Gastão Vieira também falou da atuação da bancada federal maranhense no acompanhamento do acordo.

“O debate está sendo muito bem construído, há uma consciência que este é um grande momento para o Brasil, a bancada do Maranhão está completamente envolvida, há uma consciência que devemos apoiar o projeto, mas o desenvolvimento social não pode ser esquecido”, comentou o deputado.

1

Weverton cobra explicação de ministro sobre benefícios do aluguel de Alcântara…

Durante seminário promovido em São Luís, senador pediu explicações ao titular da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, sobre as vantagens que o Maranhão terá alugando a  base para os EUA

 

WEVERTON E AUTORIDADES MARANHENSES OBSERVAM AS EPXLANAÇÕES DO MINISTRO MARCOS PONTES sobre a base de Alcântara

Discutir a temática espacial no Maranhão a partir da geopolítica e do desenvolvimento regional. Esta é a proposta do seminário “Base de Alcântara: Próximos Passos”, promovido pelo governo estadual. O evento ocorre nesta segunda-feira (15), no auditório Terezinha Jansen – Multicenter Sebrae, em São Luís.

O senador Weverton (PDT-MA) participou do encontro e aproveitou a ocasião para ressaltar a importância dos debates sobre o tema.

“Este é um assunto importante para o futuro do Brasil e do meu estado. Este evento é fundamental para discutirmos de maneira clara e transparente todas as questões que envolvem o uso da tecnologia aeroespacial em território maranhense”, afirmou o senador.

Além de Weverton, participaram das conversas o governador, Flávio Dino, o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, parlamentares, convidados de diversas instituições, cientistas e pesquisadores, de ministérios, fundações e universidades.

“O ministro Marcos Pontes falou sobre o acordo. Nós escutamos atentamente. Queremos saber como vai funcionar isso na prática e como ocorrerá a troca de conhecimento entre Brasil e Estados Unidos. É fundamental que as comunidades que vivem próximas da base não sejam prejudicadas”, ressaltou.

Brasil e Estados Unidos assinaram um acordo de salvaguardas tecnológicas para permitir o uso comercial do centro de lançamento de Alcântara no mês de março.

Na prática, o acordo prevê que os Estados Unidos poderão lançar satélites e foguetes da base maranhense. O território continuará sob jurisdição brasileira.

0

Imperatriz: Assis Ramos inaugura treinamento da Guarda Municipal…

Prefeito foi o palestrante da aula inaugural da turma com 88 alunos, que serão formados para atuar em todo o município

 

Iniciou-se nesta segunda-feira, 15, o Curso de Formação da Guarda Municipal. no município de Imperatriz.

– Uma satisfação imensa de ser o gestor que viabiliza a corporação para Imperatriz. Estou muito feliz com esse momento e aguardo ansioso o dia da posse de todos – afirmou o prefeito Assis Ramos, que participou da aula inaugural.

A turma, de 88 alunos, passarão por treinamento e serão aproveitados em todas as ações da GMI.

1

Hildo Rocha beneficia comunidades rurais de Lago do Junco com Casa de Farinha e trator agrícola

Por meio de ação do deputado federal Hildo Rocha, trabalhadores  rurais da região de São José da Conquista, em Lago do Junco, conseguiram dois grandes benefícios que irão contribuir para impulsionar a produção de farinha e fécula de mandioca. Agora a comunidade dispõe de uma patrulha mecanizada e a antiga casa de farinha será substituída por moderna indústria de beneficiamento de mandioca.

A assinatura da ordem de serviços para a construção da Unidade de Beneficiamento de Farinha de Mandioca aconteceu durante ato coordenado pelo Superintendente da Codevasf, Jones Braga. Na sequência, foi feita a entrega da patrulha mecanizada composta por trator, grade aradora e outros implementos que serão utilizados nas atividades das comunidades.

Hildo Rocha lembrou que a casa de farinha e a patrulha mecanizada foram pedidos feitos por lideranças de Lago do Junco. “O ex-prefeito Haroldo Leda, a vereadora Josa, os vereadores Nivaldo, Pedro Neto e  Romildo Duarte solicitaram esses benefícios para os trabalhadores rurais do município. Eu viabilizei os recursos por meio de emenda de minha autoria destinada para a Codevasf que fez as licitações e hoje temos a felicidade de fazer a entrega da máquina e de participar da assinatura da ordem de serviços para a implantação da casa de farinha”, enfatizou Hildo Rocha.

O deputado destacou que a comunidade possui tradição na produção e beneficiamento da mandioca. “Eles produzem farinha d’água de boa qualidade. Agora, irão produzir mais e atingir uma qualidade ainda melhor. Dessa forma, irão melhorar a renda familiar e, consequentemente, passarão a ter melhor qualidade de vida”, afiançou Hildo Rocha.

“Poucos dias após tomar posse, o deputado Hildo Rocha já está trazendo benefícios para Lago do Junco: um trator, uma unidade de beneficiamento de farinha de mandioca e, em breve, mais um trator. Agradecemos a ele, pelo empenho, pelo seu trabalho em prol do nosso Estado. Lago do Junco agradece o empenho do deputado escolhido e votado por nosso grupo político. Hildo Rocha é o deputado federal mais atuante do Maranhão”, enfatizou o ex-prefeito Haroldo Leda.

“Com certeza, essas duas conquistas irão trazer grandes benefícios para a nossa comunidade, melhorando o rendimento e a qualidade dos nossos produtos. O trator será de grande importância para ajudar na mecanização da terra porque o nosso trabalho ainda é braçal e com certeza irá beneficiar os trabalhadores. Eu só quero agradecer a todas as pessoas que nos ajudaram a conquistar essa casa de farinha e o trator: O ex-prefeito Haroldo Léda, a vereadora Josa e, especialmente, o deputado Hildo Rocha que trouxe esses benefícios para a comunidade”, destacou o Presidente da Associação São José da Conquista, José Lima de Moura.

O Secretário da Associação, Sr. Adonias Lopes da Silva, enfatizou que a ação do deputado Hildo Rocha irá favorecer melhorias na produção e na produtividade. “Apesar da nossa comunidade já ser uma grande produtora de farinha e outros derivados da mandioca, essa casa de farinha implementada vai, com certeza, dar um complemento muito maior e melhorar toda essa produtividade da nossa comunidade”, firmou Silva.

“Em nome do povo juncoense nós agradecemos muito por todos os benefícios que o deputado Hildo Rocha está trazendo para a nossa população. Muito obrigado, deputado”, declarou a vereadora Josa Arruda.

“Todas essas conquistas são resultado de uma parceria que o deputado Hildo Rocha firmou com a população por meio das lideranças políticas do nosso município. Hildo Rocha tem mostrado grande trabalho para nossa região. Deputado, eu sinto orgulhoso de fazer parte dessa sua luta. Nós fizemos a escolha certa na hora que decidimos apoiá-lo na sua jornada, na sua candidatura. Só tenho a agradecer em nome do povo de Lago do Junco”, afirmou o vereador Nivaldo do Pote.

Além do ex-prefeito Haroldo Leda, participaram dos eventos os vereadores Nivaldo do Pote, Pedro Neto, Josa Arruda, a ex-vereadora Zezé e o médico Raimundo Florêncio, representando seu irmão o deputado estadual Carlinhos Florêncio.

Da assessoria

2

Roberto Costa reforça ações em defesa dos animais..

Parlamentar participou da entrega do Castramóvel pela Uema, projeto que ele vem defendendo há anos na Assembleia Legislativa

 

ROBERTO COSTA E VICTOR MENDES com os pesquisadores da Uema

Ao participar sábado, 13, da inauguração do castramóvel, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), o deputado estadual Roberto Costa (MDB) reafirmou suas ações em defesa dos animais.

O Castramóvel é fruto de emenda do deputado federal Victor Mendes (MDB), em 2018.

– A nossa defesa já é antiga. Somos autores da Lei Estadual 10.169/14 que protege os animais. Sabemos que os animais são indefesos, logo, precisam da nossa proteção. Quero parabenizar Victor Mendes que conquistou esse grande benefício para os maranhenses, o Castramóvel terá uma grande importância para todos os alunos e professores da Uema, bem como a todos os amantes dos animais. Até por que o Castramóvel tem inúmeros serviços que, além dos animais, vai servir para a questão da saúde pública, quanto a diminuição da proliferação de doenças transmitidas por eles – disse Roberto Costa.

Atual assessor parlamentar de Costa, o ex-deputado federal Victor Mendes, autor do projeto do castramóvel, também participou da entrega do equipamento.

O castramóvel será usado em ações de castração de animais, tratamento e vacinação, em São Luís e em todo o Maranhão…

1

Prefeitos maranhenses querem esticar mandato até 2022…

Documento encampado pela Federação dos Municípios e entregue à bancada federal do Maranhão defende o cancelamento das eleições de 2020, para que todos os mandatos possam coincidir em eleições gerais

 

WEVERTON COM LIDERANÇAS MARANHENSES: Erlânio Xavier, da Famem, prefeitos, deptuados e senadores

OS PREFEITOS MARANHENSES REIVINDICARAM A DEPUTADOS E SENADORES a defesa da prorrogação dos mandatos atuais, que terminariam em 2020

Um documento entregue à bancada maranhense no Congresso Nacional pela Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) pode influenciar nas eleições de 2020.

A entidade, em nome dos prefeitos, defende a realização de eleições gerais em 2022, incluindo o mandatos de prefeito e vereador.

– Reivindico em nome de todos os deputados e senadores para que corroborem com a proposta de prorrogação dos mandatos, para que se possa trabalhar pelo desenvolvimento do Maranhão – disse o prefeito Miltinho Aragão, diretor de representação da Famem em Brasília.

O documento, já em análise dos deputados federais e senadores maranhenses defende o adiamento das eleições de 2020 para 2022.

A discussão sobre a unificação das eleições no Brasil não é nova no Congresso; pela primeira vez, no entanto, uma bancada completa de parlamentares é acionada para defender a tese em bloco.

O debate sobre a unificação foi um dos principais da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que aconteceu semana passada – e que teve os prefeitos maranhenses como protagonistas.

0

Prefeitura de Paço do Lumiar reforça coleta de lixo e serviços de limpeza

A Prefeitura de Paço do Lumiar está intensificando os serviços de limpeza pública de áreas verdes e outros espaços em diversos bairros. O objetivo é, além de melhorar o aspecto visual dessas áreas, diminuir a possibilidade de doenças oriundas da falta de limpeza, eliminando assim criadouros do mosquito Aedes aegypti que causa uma série de enfermidades. Paralelo a isso, o serviço de coleta de lixo já está regularizado, o que também contribui para melhorar a qualidade de vida da população luminense.

Os serviços estão sendo realizados pela Sellix Ambiental, nova empresa de limpeza pública contratada pela Prefeitura de Paço do Lumiar, que desde o dia 3 de março está atuando no município com a limpeza de áreas verdes e a coleta de lixo.

Limpeza – A coleta de lixo em Paço já foi regularizada e está acontecendo de segunda-feira ao sábado em horários específicos. Ao todo, são 12 rotas (áreas) pelas quais os caminhões de limpeza da Sellix Ambiental passam para recolher o lixo, totalizado mais de 500 km de percurso.

As rotas incluem as regiões do Lima Verde, Epitácio Cafeteira, Vila São José, Maiobão, Vila Nazaré, Upaon-Açu, Pindaí, Abdalla I, Zumbi dos Palmares, Iguaíba, Vila Pirâmide e a área de condomínios. A coleta de lixo em cada área é feita três vezes na semana, em dias alternados, e em cada área está incluído mais de um bairro, garantindo que todo o município seja atendido pelo serviço. Além disso, existem ainda mais 25 quilômetros de ruas e avenidas principais em que o serviço de limpeza será realizado de segunda-feira ao sábado.

Para realizar o trabalho, a empresa dispõe de seis caminhões compactadores, quatro caçambas para áreas de difícil acesso e mais duas retroescavadeiras, além de roçadeiras e varredeiras. Em breve, outras máquinas começarão a atuar na cidade para reforçar o trabalho. Além do recolhimento de lixo, também estão sendo realizados os serviços de varrição em áreas públicas, podas de árvores e, em breve, pintura de meio-fio.

Todas essas atividades objetivam evitar o acúmulo de lixo em áreas da cidade que podem ser carregados pela água da chuva e entupir bueiros e galerias, causando transtornos para a população.

Desde o início da atuação da nova empresa de limpeza pública, já foram mapeados na cidade dezenas de pontos de descarte irregular de lixo, áreas estas que estão sendo limpas.

“Estamos fazendo ainda um plano de ação cujo objetivo é trabalhar com a conscientização da população para evitar que as pessoas façam o descarte de lixo em áreas inapropriadas”, destacou o gestor de contratos da Sellix Ambiental, Ernani Azevedo.

Mutirão – A Prefeitura também está reforçando os mutirões de limpeza em diversas regiões de Paço do Lumiar. Já foram realizadas ações no Portal do Paço, Maiobão e em regiões próximas à creches, escolas e Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).

Nesses pontos, além do recolhimento de lixo e entulho, são realizados os serviços de raspagem e roçagem do mato. “O objetivo é tirar o mato para deixar o caminho livre para as pessoas passarem. Entendemos que isso também é qualidade de vida”, ressaltou Ernani Azevedo.

No último fim de semana, por exemplo, foi realizado o mutirão de limpeza no bairro Lima Verde, ação que foi muito bem recebida pela população do local. O prefeito Domingos Dutra acompanhou pessoalmente a realização dos serviços.

“Essa era uma reivindicação justa da população em decorrência ainda dos danos que as chuvas têm nos causado. O prefeito Dutra, sensibilizado com essa questão, deu atenção para a comunidade do Lima Verde e fizemos a limpeza da camada asfáltica e roçamos as áreas verdes, trazendo um ambiente melhor para todos”, pontuou o servidor público Paulo de Tarso Cordeiro, morador do Lima Verde.

Da assessoria

0

Família maranhense entre as vítima de desabamento no Rio…

O casal e o filho foram soterrados pelos escombros de prédio que caiu na madrugada da última sexta-feira, e agora aguarda decisão sobre traslado para a terra natal

 

ÁREA ONDE O PRÉDIO DESABOU, NA ZONA OESTE DO RIO; maranhenses entre as vítimas

Um casal de maranhenses e o filho menor também foram mortos no desabamento de um prédio no Rio de Janeiro,m na última sexta-feira, 12.

Hilton Berto Rodrigues Souza e Maria de Nazaré Sá Sodré foram retirados mortos dos escombros. O filho, Hilton Guilherme Sodré de Souza, 13, chegou a ser levado para o hospital, mas morreu na mesa de cirurgia.

O casal era morador do prédio, que caiu, matando 7 pessoas até agora. outras 10 ainda estão desaparecidas.

A Prefeitura do Rio de Janeiro se prontificou a arcar com os custos do sepultamento dos três, mas familiares das vítimas querem trazê-los para o Maranhão.

Não há informações sobre movimentação para que esse desejo seja atendido…