2

Esquecida pelo poder público, avenida dos Africanos agoniza

Via que liga o Centro à entrada da cidade poderia se transformar em um importante canal de escoamento do trânsito, mas, sem manutenção há décadas, sofre com infiltrações constantes, que dificultam o tráfego em várias regiões

 

O tráfego na Africanos é comprometido por infiltrações nunca reparadas pelo poder público

Importante via alternativa que liga a entrada da cidade, desde o Santo Antonio, ao Centro de São Luís, a Avenida dos Africanos é um exemplo do descaso do poder público com os principais canais de trânsito.

Construída no início dos anos 80, a avenida nunca recebeu nenhum tipo de manutenção estrutural, sendo “alvo” constante de reparos paliativos, o que a transformou em um risco para motoristas que trafegam por lá.

Um exemplo é este vídeo feito na terça-feira, 9, pelo blog Marco Aurélio D’Eça, na região do Sacavém, próximo à Favela do Samba. Este trecho sofre há pelo menos oito anos com as infiltrações constantes, que esburacam a via e tornam difícil a movimentação de veículos, mesmo os maiores.

Mas há outros pontos de buracos na avenida, que corta, além do Santo Antonio e Sacavém, os bairros da Coheb, Coroadinho, Filipinho, Coroado, Bairro de Fátima, Parque Amazonas, Areinha e Madre Deus.

É uma necessidade urgente, não apenas os reparos, mas correção plea da infraestrutura na via…

1

Rua da Vala no João Paulo: antes e depois de Edivaldo Júnior….

Moradores enfrentavam uma realidade há 40 anos agora podem conviver em ambiente de melhor qualidade de vida, com as obras de fechamento da galeria a céu aberto, o que deu sentido ao nome Rua da Felicidade

 

Rua da Felicidade recebe obras de urbanização para fechamento do canal, o que dará condições sanitárias e de saúde aos moradores, além de mobilidade urbana

Moradores da Rua da Felicidade, entre o João Paulo e o Coroado, vivam há 40 anos sem motivo algum para ser feliz; tanto que todos a conheciam apenas por “Rua da Vala”.

Esta realidade mudou agora, com as obras de limpeza e cobertura da galeria a céu aberto que cortava toda a via.

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) está concluindo a obra de revitalização da rua, importante via de ligação entre os dois bairros.

O blog Marco Aurélio D’Eça, um dos maiores cobradores das obras de urbanização da região mostra neste post o antes e o depois da obra.

Mesmo com o nome Rua da Felicidade, era assim que viviam os moradores da região entre o João Paulo e o Coroado

Com a cobertura da vala, que ganhará também espaço para circulação de veículos – a partir de uma rampa na altura da Avenida São Marçal, no João Paulo, 

A ressignificação da área – que completa o conjunto de obras de drenagem e asfaltamento do pólo João Paulo/Coroado – dá novo sentido ao nome da via.

Que, agora sim, pode ser chamada de Rua da Felicidade…

2

Saúde e pessoas com deficiência terão prioridade na gestão de Braide

O plano de governo do pré-candidato a prefeito Eduardo Braide garante a São Luís importantes investimentos nas áreas social e da saúde. Durante o encontro “Braide em todo canto”, realizado no bairro da Cidade Operária, Braide anunciou a implantação das Clínicas de Saúde da Família e a criação da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência.

O novo órgão anunciado por Braide será responsável pelo planejamento e execução de políticas públicas voltadas exclusivamente para garantir os direitos das pessoas com deficiência.

“A criação dessa secretaria representa o nosso compromisso de fazer de São Luís uma cidade inclusiva, cidadã e verdadeiramente humana. Ela será comandada, inclusive, por alguém com deficiência, que entenda das limitações vivenciadas no dia a dia da cidade”, garantiu ele.

Para a médica Kátia Lobão, pré-candidata a vereadora, o anúncio da criação da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência demonstra o quanto a sociedade maranhense vai ganhar com a eleição de Braide para prefeito.

“A pessoa com deficiência precisa ser vista com um olhar diferenciado, e Eduardo Braide já demonstrou ter essa visão, de um ser humano atento e pronto para atender às necessidades das pessoas”, avaliou Kátia Lobão.   

Investimentos na Saúde

No encontro na Cidade Operária, Braide anunciou ainda que seu governo fará importantes investimentos na área da saúde.

“Em nossa gestão vamos entregar finalmente à cidade a tão aguardada maternidade pública do município de São Luís e implantar as Clínicas da Família”, completou ele.

As Clínicas da Família serão um espaço único onde o cidadão poderá fazer consultas médicas, exames laboratoriais, ultrassom, entre outros serviços.

“Eduardo Braide há tempos vem mostrando o quanto trabalha pela saúde de São Luís e do Maranhão. Como prefeito não será diferente. A nossa sociedade só tem a ganhar com ele na Prefeitura”, finalizou o pré-candidato a vereador, Marcial Lima.

8

A São Luís que Roseana projetou e Flávio Dino inviabilizou…

Comunista retirou da lista de financiamentos do BNDES – com recursos já deixados pela ex-governadora – projetos que garantira,m a mobilidade urbana na capital maranhense, como pontes, avenidas, viadutos e até sistema de segurança

 

OBRAS E OBRAS. Roseana em 2014, ao entregar uma de suas últimas obras, a urbanização do Parque Itapiracó

Ao buscar os recursos de mais de R$ 2 bilhões no BNDES, em 2014 – deixado integralmente em caixa para o governador Flávio Dino (PCdoB) – a então governadora Roseana Sarney (PMDB) projetou uma São Luís com obras estruturantes que garantiriam mobilidade urbana, segurança e bem-estar para a capital maranhense nos próximos 50 anos.

Os projetos de Roseana foram detalhados neste blog ainda em 8 de agosto de 2013, no post São Luís receberá maior projeto de mobilidade urbana desde Haroldo Tavares)

Agora, sabe-se que Flávio Dino desprezou todos esses projetos, preferindo utilizar o dinheiro do BNDES em programas de asfalto “tapa buraco” e financiamento de obras para aliados no interior maranhense.

Tudo isso foi revelado pela própria secretária de Planejamento, Cynthia Mota, em documento encaminhado aos deputados Max Barros e Eduardo Braide, na Assembleia Legislativa. (Releia aqui)

Roseana projetou, por exemplo, uma ligação das avenidas Quarto Centenário e Via Expressa – construídas por ela – com a avenida Getúlio Vargas, garantindo melhor fluidez no trânsito da capital.

Flávio Dino simplesmente engavetou este projeto.

Roseana também viabilizou o projeto executivo de uma Ponte da Avenida Quarto Centenário, outro projeto vetado por Flávio Dino.

Leia também:

Os quatro mandatos de Roseana e os avanços em São Luís…

A incompetência de Flávio Dino na gestão dos recursos do BNDES…

A São Luís que Roseana construiu…

 

PROJETO PRONTO. Duas novas pontes garantiriam mais mobilidade; Flávio Dino acha isso desnecessário

Ainda no setor de mobilidade urbana, Roseana Sarney deixou para Flávio Dino fazer – com recursos liberados e projeto já aprovado – duas pontes anexas à ponte José Sarney, no São Francisco, com seus respectivos acessos e rotatórias.

Estes projetos também foram retirados da lista de investimentos do BNDES, segundo a própria Cynthia Mota.

A ex-governadora Roseana Sarney deixou recursos em caixa e projetos aprovados no BNDES para construção de novas alças viárias nos viadutos da Cohab e da Cohama

Flávio Dino também achou desnecessárias essas alças.

TAPA-BURACOS. Comunista abre mão de modernizar São Luís para investir apenas em recapeamento asfáltico

Roseana projetou uma São Luís com estrutura urbanística para, no mínimo, 20 anos, mesmo em uma cidade comandada por um aliado de Flávio Dino, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Flávio Dino preferiu inviabilizar esta São Luís, preferindo fazer tapa -buracos. (Releia aqui)

É simples assim…

5

Fábio vai suspender Licitação, subsidiar e aumentar para 3 horas a validade do Bilhete Único…

Candidato do PMDB mostrou na TV Mirante que é possível garantir um transporte de qualidade em São Luís com uma conta simples: “basta reduzir os R$ 23 milhões gastos com propaganda e aumentar os gastos com o cidadão”

 

Câmara mostrou propostas à TV Mirante

Câmara mostrou propostas à TV Mirante

O candidato do PMDB a prefeito de São Luís, vereador Fábio Câmara, revelou nesta quinta-feira, 22, em entrevista ao programa “JMTV-2ª edição”, como fará para garantir transporte de qualidade ao cidadão da capital maranhense.

– Em primeiro lugar, esta licitação não mudou nada, continuam os mesmos vícios. Nós vamos suspendê-la e vamos garantir o Bilhete Único com limite de três horas, e vamos subsidiá-lo – afirmou o candidato.

Questionado sobre como ter dinheiro para isso em momento de crise, foi direto:

– Basta cortar os R$ 23 milhões da Comunicação e investir no cidadão. Nossa propaganda vai ser direta com o povo. E teremos dinheiro para dar os benefícios – afirmou, ressaltando que poder público não tem que ter lucro, “apenas o lucro social do benefício do povo”.

na entrevista à TV Mirante, Fábio Câmara reforço ainda seu projeto de levar o VLT para uma rede ferroviária já existente na Zona Rural, que beneficiaria milhares de pessoas, e garantiu que a Secretaria do Porto irá fiscalizar os recursos da área portuária da capital.

– O papel da secretaria é saber o que entra e o que sai de São Luís via portos; ver como está sendo tratada nossa água e buscar, sobretudo, formas de garantir emprego e renda a partir das riquezas que chegam na capital – explicou.

Coma  entrevista de Fábio Câmara, a Mirante encerrou a série de entrevistas ao vivo com os principais candidatos.

Os demais, terão participações em entrevistas gravadas…

3

VLT faz sucesso…

VLT chegou com pompa e circu8nstância para ser a estrela do transporte em São Luís...

VLT chegou com pompa e circunstância para ser a estrela do transporte em São Luís…

Nenhum outro assunto dominou mais a Sabatina O Estado nestes últimos 10 dias quanto a questão envolvendo o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) comprado ainda na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), ao custo de R$ 7 milhões e hoje armazenado em um galpão no Tirirical.

E na sabatina, quando questionados sobre o tema “Mobilidade Urbana”, os candidatos acabavam recorrendo ao assunto VLT, com forte repercussão também nas redes sociais. E cada um dos candidatos – incluindo o próprio Edivaldo, que já perdeu cerca de R$ 600 milhões para o setor – apresentou sua versão para o uso do trem.

A candidata do PPS, Eliziane Gama – aliada de Castelo que é – não quis polemizar. Defendeu que o traçado original, do Centro ao São Cristovão, era viável; e foi ela quem revelou a perda dos R$ 600 milhões na gestão de Edivaldo.

O prefeito, por sua vez, disse que já tem no Ministério das Cidades um projeto em análise para implantação do VLT no trecho Centro/Itaqui Bacanga.

...Hoje, está guardado em um galpão; e nenhum candidato sabe o que fazer com ele...

…Hoje, está guardado em um galpão; e nenhum candidato sabe o que fazer com ele…

Eduardo Braide (PMN) contestou as duas opiniões e ressaltou que qualquer projeto deste tipo precisa analisar também o custo das desapropriações. O candidato do PMDB, Fábio Câmara não apresentou saída para o uso do trem, e chegou a afirmar que “se o prefeito disse que tem um projeto, eu acredito no prefeito”.

Mais curiosas foram as propostas dos candidatos Cláudia Durans (PSTU) e Wellington do Curso (PP). A ultra-esquerdista classificou de “crminosa” a compra do VLT e defendeu que ele servisse de prisão para o responsável por sua compra.

Wellington do Curso foi além, e sugeriu o uso do veículo como uma espécie de trenzinho na avenida Litorânea, saindo da praça do Pescador. Na sua avaliação, seria uma atração para turistas.

Um brinquedo de R$ 7 milhões….

De O EstadoMaranhão
6

Edivaldo também precisa apresentar provas….

Para contestar informação de que perdera R$ 613 milhões em projetos para mobilidade urbana em São Luís, prefeito usa blogs alinhados ao seu projeto de poder para alegar que a documentação está em análise da Caixa Econômica Federal. Mas não apresentou qualquer prova do que diz

 

Edivaldo diz que Eliziane não apresentou provas; mas também não apresenta proa alguma

Edivaldo diz que Eliziane não apresentou provas; mas também não apresenta proa alguma

A coordenação de campanha do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) usou nesta segunda-feira, 15, blogs alinhados ao seu projeto de poder para tentar contestar informações publicadas neste blog dando conta de que ele havia perdido R$ 613 milhões em projetos de mobilidade urbana para a capital maranhense.

licitação

O documento da licitação: e para onde foi o dinheiro?

O assunto e a documentação foram divulgados no post “Os R$ 600 milhões da mobilidade perdidos por Edivaldo”.

Tentando vincular a denúncia à candidata do PPS, Eliziane Gama (?), Holandinha diz que os projetos não foram liberados por que o Governo Federal “deu uma freada nos investimentos por causa da crise”. 

E garante que a documentação está em análise na Caixa Econômica Federal.

Mas o prefeito não apresentou nenhuma prova de que os projetos estejam mesmo em análise na CEF.

O fato é que o PAC disponibilizou R$ 613 milhões em projetos para São Luís e este dinheiro nunca chegou.

O prefeito alega não haver provas de que o dinheiro foi perdido pela incapacidade da prefeitura.

Mas também não apresenta prova alguma do contrário.

E neste caso, é ele quem precisa provar que não perdeu o dinheiro por incompetência.

Simples assim…

1

Avançam discussões para melhoria do Transporte Alternativo…

Júnior Verde comanda a reunião sobre o sistema...

Júnior Verde comanda a reunião sobre o sistema…

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) retomou as reuniões com representantes do Transporte Alternativo no Maranhão. O primeiro encontro do ano foi realizado nesta terça (08), na sala das comissões da Assembleia Legislativa.

Participaram da reunião o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), Arthur Cabral, e o deputado estadual Rafael Leitoa.

A reunião conduzida pelo parlamentar teve como pauta a permissão e o cadastramento, as linhas de financiamento, a fiscalização, além da criação de um subsídio para renovação da frota e a prorrogação do tempo de concessão de 5 para 10 anos.

“São importantes discussões e estamos avançando para conseguir melhorias. Continuaremos voltando nossos esforços às demandas justas e legítimas como as desses trabalhadores do transporte alternativo”, garantiu Júnior Verde.

Em parceria com Max Barros, Júnior Verde apresentou o Projeto de Lei Ordinária 021/2015, que no ano passado regulamentou a atividade no Estado e foi aprovado por unanimidade pelo Plenário da Assembleia.

6

Osmar Filho destaca ações da Prefeitura e do Governo pela mobilidade urbana…

Osmar Filho destacou obra da parceria governo/prefeitura

Osmar Filho destacou obra da parceria governo/prefeitura

O vereador Osmar Filho (PDT), líder do governo na Câmara Municipal, destacou na manhã de segunda-feira, 14, na tribuna da casa os investimentos da prefeitura de São Luís, em parceria com o Governo do Estado, para melhorar a mobilidade urbana da cidade.

Osmar Filho citou como exemplo a primeira avenida interbairro de São Luís entregue neste sábado (12)  para a população de São Luís.

O trecho inaugurado interliga a Cidade Operária ao São Bernardo, passando pelo Jardim São Cristóvão. A via contemplou melhorias de infraestrutura urbana nas ruas 21 e 38 do Jardim São Cristóvão. Assim, a população daquela região passa a contar com uma nova alternativa de tráfego e uma melhor malha viária.

“É uma importante obra para a população que, agora, passa a contar com uma nova conexão, assegurando, assim, um grande avanço na mobilidade urbana em nossa cidade”, destacou o vereador.  

A obra entregue neste sábado é a primeira de um total de 14 vias interbairros que estão sendo construídas em São Luís, fruto do Programa Interbairros implementado pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de São Luís.

“Essa importante parceria para a nossa cidade, por meio do Programa Interbairros, vai interligar vários bairros e promover melhorias na mobilidade urbana em diversas regiões de São Luís, assegurando, também, melhor qualidade de vida para os moradores dessas localidades, que se deslocarão com maior facilidade”, explicou Osmar Filho.

A via entregue neste sábado tem cerca de mil metros de extensão.

Uma ponte de concreto armado foi construída para efetivar a conexão, facilitando o deslocamento aos destinos e proporcionando melhor fluidez ao trânsito na região. As ruas utilizadas para a conexão receberam serviços de requalificação asfáltica e melhorias na iluminação pública, com a substituição das lâmpadas velhas por novas luminárias que emitem luz branca.

6

Concluída readequação da avenida Carlos Cunha…

Local recebeu alargamento das pistas, amplos retornos nos dois sentidos, abrigos com bancos e guarda-corpo e área de passeio com guard-rail, melhorando a mobilidade urbana na área

Bem mais largas, as pistas garantem melhor fluxo nos dois sentidos da avenida

Bem mais largas, as pistas garantem melhor fluxo nos dois sentidos da avenida

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte concluiu a melhoria e readequação do tráfego na avenida Carlos Cunha, próximo à Ponte Bandeira Tribuzzi.

A obra, que, junto com outras intervenções,  melhora a mobilidade urbana na capital, é uma das mais importantes da gestão de Edivaldo Júnior (PDT), reconhecida, inclusive, por este blog. (Relembre aqui)

A avenida ganhou abrigos com bancos e gaurda-corpo

A avenida ganhou abrigos com bancos e guarda-corpo

A avenida teve ampliada e alargada a sua linha de retorno – tanto no sentido Centro quanto em direção ao Calhau – ganhou novas pistas, novos abrigos de paradas e um passeio para pedestres com guard-rail. 

O objetivo da obra é garantir um fluxo melhor no trânsito, que estava estrangulado pelos retornos próximos à ponte.

O guard-rail protege o pedestre do fluxo de veículos

O guard-rail protege o pedestre do fluxo de veículos

A Prefeitura realiza intervenções também na avenida Daniel de Latouche, na Cohama, com o mesmo objetivo de melhorar o fluxo de veículos.

A obra deve ser concluída até novembro…