3

Jornal especula sobre opressão do governo a Astro de Ogum; Será?!?

Em sua principal coluna política O Estado Maranhão levanta a suspeitas de que a reunião com o secretário Rubens Júnior, no feriadão, é fruto da operação policial que atingiu o vereador; e aponta também para o aparelhamento da campanha do comunista

 

ASTRO COM RUBENS PEREIRA E SEUS PAIS, EM ALMOÇO DE FERIADO; ação vinculada à operação que levou vereador a se explicar na delegacia

O blog Marco Aurélio D’Eça já revelou que o Governo do Estado tem destinado cerca de R$ 100 milhões para uma espécie de aporte à campanha que pretende levar o secretário de Cidades Rubens Júnior (PCdoB) à prefeitura de São Luís.

Também já apontou que, para ter Pereira Júnior como candidato da base, operações em curso tendem a tirar do páreo – de uma forma ou de outra – todos os seus principais adversários na base, incluindo o ex-presidente da Câmara Municipal,  o vereador Astro de Ogum (PL). 

Nesta segunda-feira, 18, o jornal O EstadoMaranhão fez uma curiosa abordagem, em sua principal coluna política, sobre o encontro de Astro de Ogum e Rubens Júnior, noticiada sexta-feira, 15, no blog Marco Aurélio D’Eça.

– Há quem diga que a aproximação é resultado da Operação Constelação feita pelo Ministério Público e a Polícia Civil em que Ogum acabou sendo preso por porte ilegal de arma de fogo. Mas os observadores mais atentos garantem que Astro de Ogum não mais quis “confrontar” a força oficial – afirmou o jornal.

Destinar dinheiro público para uma campanha eleitoral já é uma ação grave, que precisa ser investigada pelos órgãos de controle.

Mas aparelhar o estado, para perseguir aliados e forçá-los a apoiar esta mesma candidatura, é uma atitude gravíssima, que só desequilibra a paridade de forças nas eleições.

E ao contrário do que pensam aliados e apoiadores de Pereira Júnior, afasta ainda mais as pessoas de sua campanha…

5

O comércio eleitoral de Josimar de Maranhãozinho…

Com estilo agressivo de fazer política, deputado federal trata o próprio partido como uma espécie de cartório em que ganha espaço quem oferecer mais; e transforma em caso de compra e venda o debate sobre a sucessão em São Luís

 

AO LADO DA ESPOSA DETINHA, JOSIMAR INICIOU DISCUSSÕES COM DUARTE JÚNIOR, após passar por Astro de Ogum…

Quem conhece o estilo político do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) sabe do quanto ele é capaz para atingir seus objetivos.

E não esconde de ninguém que usa o poder econômico literalmente como moeda de troca no exercício do poder.

O atual debate sobre a eleição em São Luís é mais um exemplo deste estilo, digamos… heterodoxo de o deputado exercer a política; Josimar está literalmente em um leilão do seu partido, o PL.

Já garantiu ao vereador Astro de Ogum (PL), que teria candidato próprio, esteve também com Duarte Júnior (PCdoB), ofereceu vice para Eduardo Braide (PMN) e, por último, reuniu-se com Rubens Pereira Jr. (PCdoB).

E em todas as negociações é a família quem está no primeiro plano dos ganhos e benefícios de uma eventual aliança em 2020 – que pretende usar como trampolim para 2022.

…E ANTES DE CHEGAR A RUBENS PEREIRA JÚNIOR, O DEPUTADO FEDERAL OFERECEU O SOBRINHO COMO VICE para Eduardo Braide

Josimar quer fazer do sobrinho vereador Aldir Júnior candidato a vice em uma das chapas promissoras em São Luís – qualquer uma, independentemente de ideologia – garantindo espaços para si mesmo e para a esposa, Detinha, nas eleições de 2022.

Josimar quer ser candidato a governador ou a senador, e para isso vai montando uma base municipal a custa do controle do PL e de muito, mas muito dinheiro.

O problema é que, para isso, constrói muitos adversários no meio do caminho.

E em épocas de espionagem e grampos, pode acabar caindo do cavalo…

5

Ação contra Astro de Ogum serve de alerta a outros aliados comunistas…

Políticos como Josimar de Maranhãozinho, Duarte Júnior, Yglésio Moyses e mesmo o vice-governador Carlos Brandão – que atuam em agenda independente para 2020 e 2022 – correm sérios riscos de sofrer represálias

 

ASTRO DE OGUM FOI CONDUZIDO EM UMA AÇÃO BATIZADA COM REFERÊNCIA AO SEU NOME, mesmo sem ser alvo direto das investigações

Editorial

Alguns aspectos da operação policial na casa do vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PL), nesta quinta-feira, 12, apontam claramente para uma ação orquestrada politicamente.

Uma delas é o fato de os dois assessores investigados não morar na casa de Astro o que torna incabível a ação no local.

Outra evidência de que o vereador seria o alvo, ainda que indireto, é o fato de a operação da Seic ser batizada de “Constelação” – numa referência indireta ao nome do parlamentar – mesmo não sendo ele um dos investigados.

Astro de Ogum tem se movimentado independentemente da agenda político-eleitoral do grupo formado por PDT, PCdoB e PSB, que detêm o poder no estado.

E isso tem incomodado esses donos do poder.

Mas não apenas Astro como outros aliados do consórcio PDT/PCdoB/PSB também têm agenda independente; e podem sofrer as mesmas represálias.

Sobretudo porque já vêm recebendo sinais disto.

DUARTE JÚNIOR E JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO TÊM AGENDA INDEPENDENTE DA DO GOVERNO COMUNISTA; e os dois recebem recados indiretos contra a postura política

O controvertido deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), por exemplo, sonha em ser candidato a governador ou a senador em 2022; e montou uma agenda política e de poder independente da agenda do governo Flávio Dino (PCdoB).]

Mas só para lembrar do delegado Thiago Bardal – que trouxe à tona o escândalo da espionagem na secretária de Segurança – Josimar era um dos alvos do titular da pasta, Jefferson Portela. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Outro que sofre represálias sistemáticas pela sua disposição de concorrer à Prefeitura é o deputado estadual Duarte júnior (PCdoB); o alvo principal contra o parlamentar são seus aliados no governo, sobretudo a ex-presidente do Procon-MA, Karen Duarte, constantemente ameaçada pelas estruturas comunistas no poder.

YGLÉSIO DESEJA CONCORRER À PREFEITURA E PROCUROU BRANDÃO PARA O PROJETO;  os dois incomodam a cúpula comunopedetista que quer controlar o calendário eleitoral

Quem começou mais recentemente a sofrer ameaças dentro do próprio partido é o também deputado estadual Yglésio Moysés, que teve a intenção de ser candidato a prefeito rechaçada no próprio partido, o PDT.

Setores da imprensa chegaram a noticiar uma proibição explícita do senador Weverton Rocha contra Yglésio; o senador nega, mas o estrago já foi feito e o parlamentar já anunciou que deixará a legenda.

Até mesmo o vice-governador Carlos Brandão (PRB) pode sofrer as ameaças dos que se acham no direito de lotear o Maranhão no tempo ou no espaço.

Candidato-nato a governador em 2022, Brandão tenta construir uma base política passando pelas eleições de 2020, sobretudo em São Luís, incomodando lideranças que têm o mesmos interesses que ele.

Brandão já sofreu, inclusive, censura pública dos aliados de Dino por causa de postagens que o colocam na linha de frente da sucessão de Flávio Dino. (Releia aqui)

A história contada nos dois mandatos mostram que o atual governo maranhense nunca teve limites contra os adversários políticos.

Mas a ação policial contra Astro de Ogum reafirmou que nem mesmo os aliados estão livres do jugo comunista.

É aguardar e conferir…

1

Em nota, assessoria de Astro diz que vereador nada tem a ver com ação da Seic…

Operação policial foi efetivada contra dois assessores do parlamentar, que estavam em sua residência; arma encontrada na casa motivou condução do político à delegacia, para esclarecimentos

 

A assessoria do vereador Astro de Ogum (PL) explicou, em nota, na manhã desta quinta-feira, 12, os motivos que levaram o parlamentar à ser conduzido à delegacia após ação da Seic em sua residência.

– No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados. No entanto, no imóvel foi encontrada uma arma de propriedade de um dos funcionários que faz a segurança do imóvel. Por conta disso, o político foi conduzido à Seic para explicar a arma encontrada em sua residência, fato que já foi devidamente esclarecido – diz a nota.

A operação da Seic, segundo a assessoria de Astro se deu em torno de dois assessores do parlamentar. A polícia apreendeu notebooks e celulares dos investigados.

Abaixo, a nota de esclarecimento, assinada pela advogada e jornalista Ithamargarethe Correia Lima:

Nota oficial

Acerca de matérias jornalísticas publicadas na imprensa maranhense, tratando da prisão do vereador Astro de Ogum por posse de arma, em respeito à sociedade ludovicense, a defesa do parlamentar, faz este comunicado com base nos esclarecimentos abaixo narrados, para que se restabeleça a verdade dos fatos, equivocadamente divulgados em blogs, portais e emissoras de rádio.

1 – Sob comando da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, por meio do Departamento de Crimes Tecnológico, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, a Polícia Civil deflagrou uma operação na residência do vereador Astro de Ogum, mas os alvos foram dois de seus assessores: um homem e uma mulher.

2 – No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados. No entanto, no imóvel foi encontrada uma arma de propriedade de um dos funcionários que faz a segurança do imóvel. Por conta disso, o politico foi conduzido à Seic para explicar a arma encontrada em sua residência, fato que já foi devidamente esclarecido.

3 – Por fim, para comprovar a veracidade dos fatos, anexamos cópias dos mandatos de busca e apreensão para comprovar que Astro não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários.

São Luís (MA), 12 de setembro de 2019.

Itamargarethe Correia Lima
Advogada e jornalista

1

Operação policial contra Astro de Ogum tem sinais de represália comunista…

Vereador foi abordado nesta quinta-feira por policiais da Seic, após ser apontado como alvo de espionagem do secretário Jefferson Portela e insistir no projeto de candidatura a prefeito

 

ASTRO VIROU INCÔMODO PARA O GRUPO FLÁVIO DINO DESDE QUE DEIXOU A PRESIDÊNCIA DA CÂMARA; represálias policiais podem atingir também Josimar de Maranhãozinho

Está claro que o vereador Astro de Ogum (PL) vem incomodando a cúpula que hoje detém o poder no Maranhão e em São Luís, liderada pelo comunista Flávio Dino (PCdoB).

Desde que foi forçado a abrir mão da presidência da Câmara Municipal – numa operação que já visava os projetos de poder do grupo formado por PCdoB, PDT e PSB – Astro passou a incomodar as lideranças destas legendas, sobretudo pela força que mostrava na Zona Rural em seu projeto de candidatura a prefeito.

Para os dinistas – que também circundam a gestão pedetista em São Luís – Astro de Ogum atuava nos bastidores contra a gestão municipal, fomentando denúncias de corrupção na mídia.

Também foi apontado como possível candidato a prefeito pelo MDB, apesar de ter o aval do PL. (Relembre aqui)

De acordo com as primeiras informações, policiais da SEIC invadiram endereços ligados ao vereador e o levaram por porte ilegal de arma, juntamente com dois assessores.

É bom lembrar que nas denúncias de espionagem feita pelos delegados Thiago Bardal e Ney Anderson Gaspar, Astro era apontado como um dos alvos do secretário Jefferson Portela. (Relembre aqui, aqui e aqui)

Astro de Ogum é do PL, partido que tem no estado o controle do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que também ensaia independência aos que hoje se acham donos do Maranhão no PDT e no PCdoB.

Josimar, portanto, deve botar as barbas de molho.

Simples assim…

0

Astro de Ogum a caminho de ser o candidato do MDB em São Luís

Vereador já se reuniu com as principais lideranças da legenda e tem apoio do senador João Alberto de Souza para representar os emedebistas na sucessão do prefeito Edivaldo Júnior

 

ASTRO COM OS EX-SENADORES JOSÉ SARNEY E JOÃO ALBERTO, e mais o deputado João Marcelo e o ex-diretor do Detran André Campos

Um dos mais ativos pré-candidatos a prefeito de São Luís, o vereador Astro de Ogum (PL) pode se tornar o nome do MDB na disputa.

O ex-presidente da Câmara já se reuniu com lideranças emedebistas do porte do ex-presidente José Sarney, do ex-senador Edison Lobão e do presidente regional da legenda, João Alberto de Sousa, que deu o aval par a sua entrada no partido.

A princípio, o MDB trabalhava com a hipótese do ex-deputado federal Victor Mendes, a quem falta a mesma disposição e iniciativa de Astro de Ogum.

O vereador atua praticamente todos os dias em articulações na Zona Rural e em alguns dos principais bairros de São Luís. Na conversa com a cúpula emedebista, ouviu o sinal verde.

Resta agora ao pré-candidato decidir seu futuro no PL, que tem como presidente o deputado federal Josimar de Maranhãozinho.

É aguardar e conferir…

0

Astro de Ogum inicia série de visitas às comunidades…

Vice-presidente da Câmara Municipal pretende conversar com moradores da zona rural e das áreas periféricas de São Luís para discutir e buscar soluções para os problemas nos bairros

 

ASTRO DISCURSA PARA AS LIDERANÇAS: projeto para discutir as comunidades de São Luís

O vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum (PR), realizou neste domingo, 7, almoço para lideranças de cerca de 120 comunidades de São Luís.

O encontro marcou o início de uma série de visitas que será feita pelo parlamentar nos quatro cantos da ilha.

O VEREADOR COM ALIADAS DE COMUNIDADES da capital maranhense

– Precisamos ouvir os reclames da sociedade para que após diagnosticar o que mais aflige cada comunidade, possamos definir uma estratégia, enquanto parlamentar, que minimize as angustias e sofrimentos dos cidadãos ludovicenses – destacou Astro.

O primeiro encontro aconteceu na comunidade Calembe para definir a agenda de visitas, que já começam acontecer a partir dalpróxima semana.

2

Astro visita Erlânio e agenda encontro para debater questões municipais…

Vereador foi à sede da Famem nesta segunda-feira e confirmou presença em encontro na terça-feira, como presidente da Federação das Câmaras Municipais do Maranhão

 

No início da tarde desta segunda-feira (18), o vereador Astro de Ogum(PR), vice-presidente da Câmara de São Luís, foi recebido pelo presidente da Federação dos Municípios (FAMEM), prefeito Erlânio Xavier.

O encontro ocorreu no escritório do chefe do executivo no edifício Tech Office, na Ponta d’Areia, orla da capital.

Em um bate-papo agradável e descontraído, Astro de Ogum, que é presidente da Federação das Câmaras Municipais do Maranhão (FECAM/MA), foi convidado por Erlânio a conhecer as dependências da FAMEM e tomar um café no final da tarde desta terça–feira (19) para tratar de assuntos de interesse da municipalidade.

De pronto, o convite foi aceito pelo líder dos vereadores maranhenses.

0

A intensa atividade de Astro de Ogum…

Vereador não concorreu nas eleições de 2018 e acaba de deixar a presidência da Câmara Municipal, mas mantém uma rotina de trabalho digna de quem quer, de fato, disputar a prefeitura em 2020

 

Astro em um dos inúmeros encontros que tem realizado para “alinhar projetos”

O vereador Astro de Ogum (PR) não para.

Mesmo sem ter concorrido a cargo algum em 2018 e após deixar a presidência da Câmara Municipal, o parlamentar continua numa rotina intensa de trabalho.

Além de eventos culturais, reuniões em comunidades as mais distantes possíveis e debates político-partidários, Astro mantém seu grupo ativo em todos os aspectos.

A presença do público interessado tem sido sempre maciça

O vereador pretende disputar as eleições de prefeito em 2020.

E sua rotina de “pré-candidato” é mais intensa do que a de qualquer outro interessado no pleito, governista ou oposicionista.

O projeto de Astro de Ogum é chegar consolidado como opção nas eleições do ano que vem.

E consolidado nas bases…

0

Astro de Ogum priorizará projetos sociais até o fim do mandato

Na última terça-feira (2), o parlamentar deixou a presidência da Casa e assumirá pela primeira vez a vice-presidência. Atuação, de acordo com o próprio, será de responsabilidade e foco na fiscalização.

Astro de Ogum focará novo papel parlamentar nas causas sociais e na cobrança do parlamento por projetos que beneficiem a população.

O vereador Astro de Ogum (PR) deverá focar os últimos dois anos de seu atual mandato  parlamentar em causas sociais. Para isso, realizará nas próximas semanas uma agenda de visitas às comunidades e apresentar no Legislativo projetos de ajuda e apoio às causas sociais.

Por causa da grande responsabilidade de presidir a Câmara, Astro passou a se dedicar até então de forma prioritária a estreitar as relações entre os vereadores, contribuindo para o bem comum da entidade. “Nem sempre quando chegamos num bairro somos bem recepcionados. As vezes somos, inclusive, hostilizados, por conta do descrédito que a classe política enfrente hoje, mas como confiança é algo que se conquista gradativamente, e a minha forma de fazer política é pautada na construção gradativa de confiança, sempre no segundo encontro a recepção já é bem mais agradável”, 

Ele destacou a sua origem humilde e disse que não teme os próximos desafios. “Eu sou filho de pobre. Quem passou pelo que já passei, quem ladrilhou o caminho que cheguei não pode ter medo de nada. Eu nasci nu e estou vestido. Deus e os guias que vão saber o que é melhor pra mim. Aquilo que eles acharem que mereço vão me proporcionar, o que não merecer vão afastar para longe de mim, e não tenho dúvida que aceitarei com muita resignação”, afirmou.

O nome de Astro de Ogum, aliás, é um dos apontados para a sucessão de Edivaldo Holanda Júnior em 2020. Mas por enquanto, o  vereador não trata do assunto. Para ele, a prioridade neste momento é ir para os bairros ouvir as demandas populares.