0

Pedro Lucas quer leilão para 5G no Brasil…

O deputado federal maranhense Pedro Lucas Fernandes defendeu a realização do leilão do edital do 5G pela Anatel.

O leilão de radiofrequência 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz é considerado pela Anatel como a maior licitação de radiofrequências da história do Brasil.

Segundo a agência, a arrecadação pode chegar a R$ 45 bilhões.

As frequências leiloadas funcionam como “avenidas” que levam o sinal do 5G aos consumidores. O leilão já foi adiado por duas vezes.

Para o deputado Pedro Lucas é necessário avançar na comunicação com a implantação do 5G. Ele assegura que setores como agricultura e educação também serão impactados com a implantação do 5G.

“Avançar na comunicação é garantir a implantação do 5G, defendida pelo ministro Fábio Faria. Após pedido de vista pela Anatel, foi adiada a votação do edital do leilão. A agricultura, a educação são áreas que necessitam do 5G. São 45 milhões de brasileiros sem acesso à internet”, destacou Pedro Lucas.

3

Eduardo Braide ganha força e deve influenciar diretamente 2022

Embora já tenha anunciado que não disputará as eleições de 2022, prefeito tem prestígio popular e influencia nas redes sociais para ser uma espécie de “cereja do bolo” de qualquer candidato a governador

 

Eleitora demonstra sua simpatia pelo projeto “Braide governador” após ser vacinada; como ela, milhares manifestam, a mesma coisa nas redes sociais

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), já era uma liderança em ascensão no Maranhão desde 2016, quando perdeu a eleição em segundo turno para o então prefeito Edvaldo Júnior (hoje sem partido).

O tempo passou, Braide foi cotado para o governo em 2018, elegeu-se como o deputado federal mais votado da história e ganhou a eleição de São Luís em 2020.

No posto de prefeito, em plena pandemia, ele agora é uma das lideranças políticas mais populares do Maranhão, com forte carisma nas ruas e influência incontestável nas redes sociais, onde já experimenta até mensagens de “Braide governador”.

Mesmo assim, o prefeito decidiu não disputar as eleições de 2022.

Braide entre Neto Evangelista e Osmar Filho – aliados do senador Weverton Rocha – na campanha eleitoral de 2020: apoio decisivo no segundo turno

De uma forma ou de outra, Eduardo Braide é uma das principais influências nas eleições do ano que vem; e tende a influenciar diretamente a vitória de quem decidir apoiar.

A tendência é que sua balança pese por Weverton Rocha (PDT), de quem recebeu o decisivo apoio – do senador e de seu grupo – nas eleições de 2020.

Mas esta é uma outra história…

0

Fábio Câmara diz que Braide lidera a “Copa amiga” da vacinação

Suplente de deputado estadual diz que o prefeito de São Luís tem se revelado um líder no combate à pandemia de coronavírus, ao lado de uma equipe efetiva da Secretaria de Saúde

Imagem postada por Fábio Câmara em suas redes sociais mostra Braide em conversa com uma cidadã na fila da vacina

O ex-vereador, ex-candidato a prefeito e atual suplente de deputado estadual Fábio Câmara destacou as ações do prefeito Eduardo Braide (Podemos) no combate à pandemia de coronavírus.

– Dias difíceis servem para provar e revelar grandes homens! E como é bom amanhecer o dia liderando um ranking nacional positivo. Na “Copa Amiga” da saúde em favor da vida, São Luís do Maranhão é medalha de ouro em vacinação por faixa etária! – manifestou-se Câmara em suas redes sociais.

O trabalho de  Eduardo Braide na vacinação – agora com cadastro para maiores de 18 anos – tem sido destaque nacional; o prefeito também virou meme nas redes sociais por sua efetiva presença no combate à CoVID-19.

Para Fábio Câmara, além de Braide, todo o seu corpo técnico no setor da Saúde devem ser reconhecidos neste trabalho.

– Parabéns a nossa gente! Parabéns a todo o corpo técnico envolvido! Parabéns ao prefeito Eduardo Braide! – ressaltou o ex-vereador.

0

Duarte propõe doação de celulares apreendidos a estudantes da rede pública

De acordo com o deputado estadual, os aparelhos que permanecerem por mais de dois meses  nas instituições públicas após sua apreensão poerão ser entregues a estudantes carentes, o que proporcionará maior acesso à internet e às informações no estado

 

Já imaginou ter que comprar um celular para os filhos assistir aulas remotas com uma renda mensal de menos de R$ 700?

Para essas famílias não abrirem mão de quase 80% do salário e conseguir dar uma boa educação aos filhos, o deputado Duarte Júnior (PRB) protocolou nesta semana o Projeto de Lei nº 227, de 2021, que propõe a destinação de celulares, apreendidos com mais de dois meses pelos órgãos públicos, autarquias e fundações do Estado, para estudantes das escolas públicas do estado e município.

O projeto também engloba computadores, tablets e demais dispositivos de informática. Para o autor da proposta, muitos alunos ainda convivem com equipamentos ultrapassados ou sequer têm acesso à tecnologia.

“Fica praticamente impossível para os pais maranhenses, que, segundo dados do IBGE, têm, em média, renda mensal inferior a R$ 700, comprarem um celular custando em torno de 400 a mil reais, sem abrir mão de direitos básicos como alimentação e saúde”, destacou o parlamentar.

A destinação poderá ser realizada somente após 60 dias da apreensão do equipamento, tendo sido esgotadas todas as tentativas para identificação de seus proprietários e desde que este não se vincule a qualquer procedimento investigatório.

O projeto estabelece ainda outros critérios como entrega apenas após termo de liberação emitido pela autoridade policial aos estabelecimentos de ensino; os quais deverão apresentar interesse pelos equipamentos.

1

Advogados terão solicitações por emaill respondidas em até dois dias

Seccional maranhense da OAB faz acordo com o Tribunal de Justiça e garante o atendimento eletrônico aos profissionais de todo o Maranhão

 

A OAB Maranhão e o Tribunal de Justiça do Estado assinaram acordo que dará maior celeridade ao atendimento às demandas virtuais da advocacia maranhense. Segundo os termos do acordo enviado ao CNJ, a partir de agora os advogados e advogadas terão suas solicitações por e-mail, respondida em um prazo máximo de dois dias úteis pelas unidades jurisdicionais maranhenses.

Esse acordo é fruto do Procedimento de Controle Administrativo (PCA), feito pela Procuradoria Estadual de Defesa das Prerrogativas da OAB, em que o CNJ determinou ao TJMA que assegurasse o pleno atendimento remoto da advocacia.

“Podemos classificar esse acordo como um avanço nesse processo de construção desse novo formato de prestação jurisdicional, advindo com a pandemia e que todos nós estamos nos adaptando. Esse entendimento entre a Ordem e o Judiciário beneficiará não só advocacia, mas toda a sociedade na medida em que terão uma resposta mais rápida às suas demandas no judiciário”, observou o presidente da OAB/MA, Thiago Diaz. 

No acordo firmado entre a OAB e o TJMA ficou acertado ainda que a Corregedoria Geral de Justiça oficiará a todas as magistradas e a todos os magistrados que desempenhem atividade em unidade ou órgão jurisdicional do Poder Judiciário maranhense, para liberarem os valores disponibilizados por meio de transferência bancária, com a brevidade possível e que priorizem a apreciação das medidas urgentes e o cumprimento daquelas concedidas, conforme Portaria Conjunta nº 34/2020.

Ficou ajustado ainda, que nos casos específicos em que tenham sido cerceados em seus direitos e/ou prerrogativas, especialmente em relação aos termos e prazos estabelecidos no acordo, deverá o Advogado informar a OAB/MA ou ingressar com Reclamação própria junto à Corregedoria Geral da Justiça, visando apuração da conduta do magistrado ou da magistrada.

No acordo entabulado restou pactuado, ainda, a reinstalação do “Comitê de Combate ao COVID do Sistema Judiciário”, o qual deverá reunir-se semanalmente para avaliar a evolução da Pandemia no Estado do Maranhão.

0

Com campanha pé-no-chão, Matias Marinho fortalece voto consciente…

Candidato a vereador em São José de Ribamar, jornalista diz que resistiu às orientações de “prometer tudo por que o eleitor gosta” e seguiu de casa em casa, “falando a verdade sobre o papel do vereador”

 

Matias tem o carinho do eleitor em suas reuniões de campanha, pela simplicidade com que conduz sua candidatura, quase como que vizinho da comunidade que visita

O jornalista Matias Marinho (PP) fez esta semana um emocionante post em suas redes sociais sobre a experiência de viver sua primeira campanha de vereador em São José de Ribamar.

Consciente do papel do parlamentar e resistindo ao “canto das sereias” sobre megas-campanhas, Marinho diz ter optado por uma estrutura pé-nó-chão, falando a verdade aos eleitores; e já sente o retorno à sua postura.

– Hoje, a cada convite que recebo, a cada declaração de apoio e em cada repetição desse discurso, por parte dos eleitores, me sinto mais forte e feliz com cada voto consciente que conquisto. Vamos continuar nessa luta, quer queira os ilusórios ou não – desabafou o candidato.

Ex-secretário de Comunicação do município, Matias Marinho tem atuado há mais de 20 anos em São José de Ribamar, sobretudo ao lado do ex-prefeito Luiz Fernando Silva, um dos seus principais apoiadores.

Projeto inédito em campanha proporcional, o “Me leve na sua casa” tem atraído eleitores que procuram o candidato para conversar sobre Ribamar

Ele reconhece que chegou a ser desestimulado a seguir no caminho que escolheu para a campanha, mas resistiu e manteve a postura.

– O reconhecimento das pessoas ao nosso trabalho nos dá força para continuar. Enquanto eu insistia em não prometer mundos e fundos, disseram pra eu prometer tudo porque “é disso que o eleitor gosta”. Não ouvi essa orientação e segui falando a verdade sobre o papel do vereador, de casa em casa, de rua em rua, realçando o discurso pé no chão – conta.

Matias Marinho segue a campanha e acredita em votos suficientes para garantir uma das vagas de vereador na Câmara de São José de Ribamar.

Com a postura pé-no-cão que adotou…

0

Aplicativo Whatsapp adiciona nova funcionalidade de Pesquisa no Google

Usuário poderá checar a confiabilidade das mensagens compartilhadas, que terão etiquetas específicas quando a informação recebida não foi criada pela própria pessoa que a enviou

 

O aplicativo Whatsapp disponibilizou um novo recurso que permite aos usuários fazerem pesquisas no Google para garantir a confiabilidade das mensagens compartilhadas. O app possui uma etiqueta especial de setas duplas que mostra aos usuários quando uma informação recebida não foi completamente criada pela pessoa que enviou essa mensagem.

O aplicativo não somente mostra a mensagem encaminhada, como possibilita o usuário a pesquisar um pouco mais sobre o assunto, através da Pesquisa no Google. O novo recurso possibilita confirmar no navegador do dispositivo ou até mesmo através do computador o conteúdo da mensagem.

Para verificar a mensagem, o usuário deve clicar no botão de lupa que agora é mostrado ao lado da mensagem e é redirecionado a um buscador, como por exemplo, o Google para dispositivos Android.

Se o usuário escolher a opção de “Pesquisar”, uma mensagem aparecerá na tela: “Deseja pesquisar mais sobre este assunto na internet? A mensagem será carregada para o Google”. 

Acesse aqui e entenda mais.

O novo recurso está disponível em alguns países como:

●     Brasil

●     Espanha

●     Estados Unidos

●     Irlanda

●     Itália

●     México

●     Reino Unido

Se você ainda não fez uso no novo recurso faça o teste e confirme as informações que você anda recebendo pelo Whatsapp.

0

Campanha de Madeira mantém mídia forte mesmo com ele internado

Candidato do Solidariedade está em tratamento de coVID-19, mas seus perfis oficiais nas redes sociais mantêm postagens diárias, com aspectos da campanha e informações sobre os bastidores do seu comitê eleitoral

 

A agenda inadiável de campanha de Carlos Madeira está sendo cumpria pelos seus coordenadores, como Alan Ramalho, que dirigiu esta reunião nesta quinta-feria, 10

Determinado em seu projeto de chegar ao segundo turno, o candidato do Solidariedade a prefeito de São Luís, Carlos Madeira, mantém forte agenda de campanha, mesmo em recuperação de coVID-19.

Seu perfil no Instagram mantém postagens diárias, com aspectos da campanha e com imagens de bastidores no comitê eleitoral.

O próprio Madeira chegou a comentar na rede social nesta quinta-feira, 10.

– Eu ainda estou recebendo cuidados médicos, mas, mesmo distante, fico acompanhando as ações de nosso grupo em prol de São Luís – disse o candidato, com foto de reuniões de seus coordenadores de campanha.

Para manter a página do instagram em movimento, são publicados também #TBT’s, como este, em que o candidato participa de reunião ao lado do vereador Afonso Manoel

Mais tarde, um #TBT com foto dele ao lado do vereador Afonso Manoel. 

Para a coordenação de campanha, a manutenção das ações de Madeira mesmo durante sua recuperação, é importante para manter a militância unida e aguerrida.

– Em breve estaremos juntos! – concluiu… 

0

Guias do IPTU podem ser geradas no Portal do Contribuinte em ITZ

Em 2020, devido à pandemia do novo coronavírus, Covid-19, as guias de recolhimento do IPTU devem ser retiradas no Portal do Contribuinte, aqui, ou o carnê emitido presencialmente na Secretaria de Planejamento, Fazenda e Gestão Orçamentária, Sefazgo. O prazo para pagamento da taxa do tributo, com desconto de 20%, deve ser realizado em cota única até o dia 31 de agosto. 

Já os pagamentos parcelados possuem desconto de 10% em até seis parcelas iguais, que não podem ser inferiores a R$ 30,00, com o primeiro vencimento em 31 de agosto. Os que discordam do lançamento do IPTU terão 30 dias, contados a partir de 31 de agosto, para apresentar defesa escrita e fundamentada, assim como os documentos que comprovem as alegações na Sefazgo.

O Município notifica de forma geral e imparcial os proprietários titulares de domínio útil ou possuidores de qualquer título de imóveis, localizados na zona urbana, urbanizável ou de expansão urbana da cidade. O tributo tem como base o cálculo do valor venal, que é uma estimativa que o Poder Público realiza sobre o preço de determinados bens, apurado a partir dos dados disponibilizados pelo cadastro imobiliário e pela Planta Genérica de Valores, PGV.

Secretário do órgão, Josafan Júnior, ressalta a existência do Programa de Parcelamento Incentivado, PPI, para a regulamentação de débitos. “Estamos atendendo presencialmente na secretaria os contribuintes que possuem débitos de IPTU, ITBI, ISSQN, Alvará e demais taxas”, explica. 

A Sefazgo fica na Rua Godofredo Viana, 722-738, Centro, com atendimento estendido das 8h às 16h, de segunda à sexta-feira. Telefone para contato ou envio de mensagem pelo WhatsApp é o (99) 99133-2604.

0

Pandemia ameaça realização de debates eleitorais

Emissoras de TV e entidades interessadas em ouvir o contraponto de opiniões dos candidatos ainda não têm ideia dos protocolos para realização dos eventos, principal expectativa dos vários postulantes à Prefeitura de São Luís

 

O debate de 2016, na TV Mirante, provocou uma reviravolta na reta final da campanha, levando Eduardo Braide ao segundo turno com Edivaldo Júnior

Tidos como principal trunfo para alguns dos pré-candidatos a prefeito de São Luís, os debates realizados em plenárias de instituições e nas emissoras de rádio e TV podem ficar fora do processo eleitoral de 2020.

Com a pandemia de coronavírus, as emissoras, principalmente, ainda não têm ideia de que protocolo seguir para realização do programa; e esperam que a própria Justiça Eleitoral defina as regras sanitárias.

Em 2016, o debate da TV Mirante, o mais esperado, acabou causando reviravolta no primeiro turno, tirando Eliziane Gama (cidadania) e Wellington do Curso (PSDB), e levando o então azarão Eduardo Braide (PMN) ao segundo turno.

É com base neste histórico que adversários do porte de Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (Republicanos), Rubens Júnior (PCdoB), Adriano Sarney (PV) e Carlos Madeira (Solidariedade) têm expectativa, agora, de garantir um segundo turno com o mesmo Braide.

Da TV Mirante, o blog Marco Aurélio D’Eça recebeu a informação de que ainda aguardam definição sobre os debates.

– Nada definido – disse a diretoria da emissora.

Outras emissoras, como TV Difusora e TV Guará, até mantêm calendário de debates, mas ainda sem nenhuma orientação ou recomendação da Justiça Eleitoral e do Ministério Público, que podem barrar os programas.

Sem os debates, com restrições de reuniões públicas e caminhadas, as campanhas terão que se fortalecer na internet.

E neste campo minado, vence quem já tem histórico nas redes sociais.

E engajamento, sobretudo…