0

Josimar de Maranhãozinho ganha fama de papão de emendas

Conhecido pela sanha com que age nos bastidores no trato com recursos disponíveis a parlamentares, deputado federal maranhense foi listado como campeão de emendas liberadas pelo presidente Jair Bolsonaro em troca de blindagem no Congresso

 

Para a mídia, Josimar de Maranhãozinho é mais um agente de Valdemar da Costa Neto; para colegas de bancada é um caminho aos canais nacionais

O presidente Jair Bolsonaro começou a agir mais abertamente na relação de “compra e venda” na Câmara dos Deputados; e já liberou nada menos que R$ 6,2 bilhões em emendas parlamentares, em troca de blindagem contra eventual pedido de impeachment. 

E um membro da bancada maranhense – Josimar de Maranhãozinho (PL) – aparece como o campeão nacional de liberação, abocanhando, apenas em abril, nada menos que R$ 15,9 milhões, segundo levantamento do jornal O Estado de S. Paulo.

Detalhe: Josimar nem sequer está no exercício do mandato, mas de licença, em favor do suplente Paulo Marinho Jr. (PL).

Apesar de relacionado na lista como homem de confiança do esquema do notório e condenado Valdemar da Costa Neto (dono do PL), Maranhãozinho já tem histórico próprio de relação heterodoxa com emendas parlamentares nos bastidores da bancada maranhense.

Baseado em prontuários judiciais, o blog Marco Aurélio D’Eça já retratou o deputado maranhense em vários textos, relacionado a acusações que vão de fraude eleitoral à compra e venda de emendas, passando por agiotagem.

Estas atividades foram condensadas em 2017, no post “As estripulias de Josimar de Maranhãozinho…”.

De lá para cá, o parlamentar cresceu ainda mais politicamente.

Elegeu-se deputado federal, anunciou-se pretenso sucessor de Flávio Dino (PCdoB) e passou a negociar vagas partidárias para candidatos a prefeito em São Luís e outros municípios. (Saiba mais aqui)

Já agora em fevereiro de 2020 – antes do início da pandemia – este blog tratou da questão das emendas, no post “Venda de emendas parlamentares pode virar escândalo nacional…”.

Josimar tratou de se aproximar de Bolsonaro bem antes que Valdemar da Costa Neto; e virou campeão nacional de emendas

Com o início da pandemia, o movimento em busca dos recursos federais aumentou fortemente – e o dinheiro começou a jorrar para deputados mais alinhados ao governo. (Entenda aqui) 

Este assunto também foi tratado no blog Marco Aurélio D’Eça, na última quarta-feira, 27, no post “Municípios já receberam mais de R$ 1 bilhão para Saúde em 2020…”.

– Desde março, estão incluídos neste montante também valores extras para o “enfrentamento de coronavírus”; e em maio os prefeitos passaram a receber as emendas parlamentares, individuais e de bancada – revelou o post.

A reportagem destacou a dificuldade de se acompanhar a movimentação dos recursos nos sites oficiais pela falta de transparência sobre autores e valores liberados.

Mas a prefeita de Arame, Jully Menezes, fez questão de revelar o padrinho de parte desses recursos, de quase R$ 1 milhão: e foi ninguém menos que… Josimar de Maranhãozinho.

Uma semana depois, o mesmo Josimar aparece na relação de O Estado de S. Paulo como o campeão no abocanhamento de recursos de emendas.

Sinal de que está cada vez mais famoso o parlamentar maranhense.

Com toda carga de bônus e ônus que isso possa representar…

6

Venda de emendas parlamentares pode virar escândalo nacional

Deputados federais são suspeitos de negociações fraudulentas com recursos indicados por eles às suas bases; denúncia já foi encaminhada à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal

 

Deputados federais podem ser alvo da maior operação desde a Lava Jato, em esquema de compra e venda de emendas parlamentares

Um esquema de compra e venda de emendas parlamentares na Câmara Federal envolvendo abancada maranhense pode se transformar em um escândalo nacional.

O esquema consiste no seguinte: deputados federais indicam emendas ao orçamento público e vendem essas emendas por até 20% do valor, recebendo à vista. O comprador fica com o direito de encaminhar o total dos recursos para suas bases, indicando empresas que executam os serviços – e ganhando ainda mais.

O blog Marco Aurélio D’Eça apurou que, no Maranhão, um único deputado federal consegue comprar até R$ 50 milhões em emendas por ano.

Mas o esquema ocorre em todo o país; e já é usado há anos, com vantagem para deputados que têm dinheiro em caixa.

Cada deputado federal pode indicar até R$ 15 milhões em emendas por ano. A vantagem da negociação em Brasília é que, no orçamento federal, as emendas são impositivas, ou seja, o governo é obrigado a pagá-las.

Geralmente são parlamentares em dificuldades financeiras os primeiros a negociar suas emendas com outros colegas mais abastados.

Por isso é que se vê, vez por outra, emendas de deputados maranhenses, por exemplo, beneficiando localidades de outros estados.

Investigado pela Procuradoria-Geral da República, o esquema pode se transformar no maior escândalo do país desde a Operação Lava Jato.

0

Residencial Maria Aragão recebe asfalto, por solicitação do Dr. Gutemberg

Os moradores do Residencial Maria Aragão iniciam o ano realizando o sonho de ter o bairro asfaltado. Após solicitação do vereador Dr. Gutemberg Araújo, nesta segunda-feira, 06, as máquinas da Prefeitura de São Luís começaram as obras na região, com os trabalhos de terraplanagem.

O Residencial Maria Aragão tem 11 anos de criação e abriga cerca de 450 famílias. O bairro é formado por 17 ruas e duas Avenidas principais: Av. Boa Vista e Av. Belo Horizonte. Para o líder comunitário, Isael Costa Leite, essa é a primeira vez que o bairro recebe uma obra grandiosa. Ele ainda ressalta que o asfalto é um sonho antigo dos moradores.

“2020 começa diferente, começa com esperança para todos nós. Feliz em saber que não vamos mais sofrer com o período chuvoso, que deixa as ruas intrafegáveis, cheias de lama e buracos. Quero agradecer ao Prefeito Edivaldo Holanda por ajudar o nosso bairro e ao vereador Dr. Gutemberg por honrar o compromisso com a nossa comunidade”, agradece Isael.

Em grande ação social realizada no último sábado (4), no residencial Maria Aragão, o vereador Dr. Gutemberg anunciou com muita alegria o início das obras. Nesta segunda-feira, ele esteve no local para fiscalizar o início dos trabalhos.

“Toda a minha gratidão ao Prefeito Edivaldo Holanda e ao secretário de obras, Antônio Araújo, pela atenção comigo e com os moradores. Essa é uma reivindicação antiga das famílias e significa o restauro da dignidade das pessoas que moram aqui. Chega de poeira, lama e buracos. Maria Aragão será um bairro modelo. Isso é só o começo. Vamos continuar nossa luta pela comunidade”, frisa Dr. Gutemberg.

Ação social no Maria Aragão

O vereador Dr. Gutemberg Araújo proporcionou um fim de semana com alegria e boas notícias para comunidade do Residencial Maria Aragão. Para a garotada do bairro e adjacências, o sábado (04) foi especial com diversas brincadeiras e animação dos personagens da Disney, que entregaram vários brindes. Ainda teve distribuição de cestas básicas para as famílias. E, na oportunidade, o vereador anunciou as obras de asfalto da Prefeitura de São Luís para todo o bairro.

Moradora do bairro há 3 anos, Elisangela ficou feliz com as novidades.

“A garotada acordou cedo para brincar. Muitos nunca tinham tido essa oportunidade de brincar com os personagens da Disney. Foi maravilhoso receber a cesta básica. E a notícia do asfalto veio para coroar esse fim de semana mágico para todos nós. Parabéns prefeito Edivaldo Holanda e parabéns Dr. Gutemberg”, comemora Elisângela Tenório.

Da assessoria

0

Osmar Filho destina nova emenda parlamentar para Hospital Aldenora Bello

Na manhã desta quinta-feira (12), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), revisitou a Fundação Antônio Dino, no bairro Monte Castelo, organização que administra o Hospital do Câncer Aldenora Bello.

Este ano, o parlamentar destinou emenda parlamentar orçada no valor de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil) para a instituição e, hoje, anunciou novos recursos, também provenientes de emenda de sua autoria, para custeio da unidade hospitalar no ano de 2020.

“Estamos retornando a Fundação; já havíamos destinado uma emenda parlamentar para ajudar no custeio do Hospital e viemos anunciar que iremos destinar uma nova emenda para o exercício financeiro do ano que vem para ajudar no custeio. Sinto-me muito honrado e feliz por estar contribuindo com a saúde pública do estado, pois sabemos do excelente trabalho que Aldenora Bello presta para a cidade também. Tenho certeza que cada um fazendo a sua parte avançaremos para oferecer uma saúde qualitativa a todos’’, salientou o presidente.

O vereador também entregou ao vice-presidente da organização, Antônio Dino, doações arrecadadas do cofrinho solidário; ação de angariação de recursos para a manutenção da instituição.

Para Antônio Dino, os novos recursos significam muito.

“Um momento positivo, o presidente já abriu um espaço na Câmara que não tínhamos; e com certeza são atitudes que tem a somar, e de alguma forma, ajudará a população que necessita do serviço que oferecemos aqui’’, pontuou.

0

Flávio Dino libera emendas da Assembleia para o Aldenora Bello…

Deputados estaduais participaram, na noite desta quinta-feira (5), no Palácio dos Leões, do ato de liberação das emendas parlamentares de R$ 4,2 milhões destinadas à Fundação Antônio Dino, instituição mantenedora do Hospital Aldenora Bello, referência no tratamento oncológico no estado.

A unidade de saúde havia deixado de oferecer serviços essenciais aos pacientes em tratamento de câncer por conta da crise financeira.

O valor foi garantido após reunião articulada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), com outros parlamentares, representantes do hospital e da Secretaria de Estado da Saúde.

A iniciativa resultou na elaboração de uma carta-compromisso dos 42 deputados. Dessa maneira, cada um destinou o valor de R$ 100 mil à instituição, com o objetivo de retomar os serviços suspensos e normalizar as atividades.

“Estamos muito felizes e conscientes de que estamos dando uma colaboração efetiva para que os serviços desativados voltem a funcionar. Então, é um momento realmente que merece ser registrado, uma data histórica, onde todos, independente de preferência política, se unem em torno de uma causa”, acentuou Othelino.

 

0

Neto Evangelista contribui para redução de filas no Hospital Carlos Macieira

Projeto Mutirão da Saúde, viabilizado com emenda do parlamentar, garantiu recursos para cirurgias gerais, urológicas e oftalmológicas e urológicas, em alusão ao Novembro Azul

 

 

“A vida é uma só e temos que cuidar muito bem dela. Graças a Deus, tivemos alguém que olhasse por nós. Quando eu vi a propaganda na televisão falando sobre o Mutirão da Saúde do deputado Neto Evangelista, eu me enchi de esperança. Já estava há um bom tempo na fila e, agora, tenho a certeza de que farei minha cirurgia. Estou muito feliz!”. 

Com esse depoimento, o paciente Manoel dos Reis Rosa, 69, definiu a importância do Mutirão da Saúde para a vida de milhares de pessoas que aguardavam meses, e até anos, na fila de espera para a realização de uma cirurgia eletiva, no Hospital Carlos Macieira, em São Luís.

Há dois meses, o deputado estadual Neto Evangelista (DEM) destinou, por meio de emenda parlamentar, recurso para a realização de cirurgias gerais, urológicas e oftalmológicas no HCM. Após um período de realização de cirurgias de hérnia e vesícula, este mês, em alusão à campanha Novembro Azul, de conscientização da saúde integral do homem, serão executados diversos procedimentos urológicos.

Neto Evangelista disse que as filas de espera para realização de cirurgias eletivas são uma realidade do sistema de saúde brasileiro. E que, por isso, é preciso apoiar os gestores locais na organização dos serviços para o atendimento eletivo.

“Saber que estou contribuindo com a melhoria da saúde da população, garantindo o acesso dos pacientes às cirurgias eletivas é minha maior recompensa. A felicidade de vocês é a minha. Vamos seguir na luta para zerar as filas de cirurgias do hospital”, finalizou o democrata.

0

Pavão Filho garante regularidade na destinação de suas emendas…

Vereador diz que destina os recursos unicamente para a Fundação Maranhense de Assistência Comunitária (Fumac), com prestação de contas ás secretarias responsáveis, com fiscalização da Promotoria de Fundações e Entidades de Interesse Social

 

PAVÃO FILHO EM UMA DAS FORMATURAS DE PROJETOS DA FUMAC, garantidas a partir de emendas do vereador apresentadas ao orçamento municipal

O vereador Pavão Filho (PDT) afirmou ao titular do blog Marco Aurélio D’Eça estar tranquilo em relação ás investigações sobre a destinação de emendas parlamentares da Câmara Municipal.

Na última terça-feira, 5, o Ministério Público realizou busca e apreensão na sede de duas entidades beneficiadas com emendas e na casa de pessoas ligadas a essas entidades e à Câmara Municipal.

– Todas as emendas que destinei para a Fumac foram aplicadas integralmente em projetos de inclusão social, as quais oram executadas durante, no mínimo, seis meses em benefício de milhares de pessoas carentes. Inclusive existem três projetos em andamento, à disposição de qualquer fiscalização – afirmou o vereador.

Pavão Filho está na vida pública desde 1988; foi vereador de São Luís, deputado estadual e voltou à Câmara em 2012. Sempre destinou emendas para atividades da Fumac.

Segundo, uma prova da regularidade da destinação dessas emendas está no lançamento de um novo projeto, neste sábado, 9, para o qual foi convidada a própria promotora de Fundações e Entidades de Interesse Social, Doracy Moreira Reis Santos.

– Não temo nenhum tipo de fiscalização das minhas atividades parlamentares – afirmou o vereador.

Abaixo, o convite da Fumac à promotora Doracy Reis:

0

Roberto Costa também destina R$ 100 mil para o Hospital Aldenora Bello

Preocupado com os serviços do Hospital Aldenora Bello, o deputado estadual Roberto Costa (MDB) destinou R$100 mil das suas emendas parlamentares para ajudar nos serviços do Hospital que atende milhares de pacientes com Câncer de todo o Maranhão.

O acordo foi feito entre o presidente da Assembleia, Othelino Neto (PC do B), representando todos os parlamentares, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula e o vice-presidente do Hospital Aldenora Bello, Antônio Dino, na manhã desta quarta-feira (23) na sala de reuniões da presidência da Assembleia Legislativa.

Na oportunidade, Roberto Costa destacou a sua luta em defesa da saúde dos maranhenses. E, enfatizou, a importância de todos os parlamentares unirem-se neste propósito.

“Nós parlamentares conhecemos algum paciente que já precisou ou vai precisar dos serviços do Hospital Aldenora Bello, serviços estes que atendem milhares de pessoas, mesmo sendo privado. E, nós, ao vermos esta situação que passa o Hospital, necessitando de ajuda, não poderíamos virar as costas. Pelo contrário, estamos nos unindo e, cada deputado, está se comprometendo de destinar R$ 100 mil das suas emendas para ajudar nos serviços, isso é sinônimo de amor ao próximo, agora sim todos os serviços serão reativados”, disse Roberto Costa.

0

Mais R$ 4,2 milhões são destinados ao Aldenora Bello…

Deputados estaduais se mobilizaram e aprovaram emendas individuais no valor de R$ 100 mil, cada; recursos deverão ser repassados pelo Governo do Estado à Fundação que administra a casa de saúde

 

LEONARDO SÁ MOBILIZOU-SE AO LADO DE COLEGAS PARA LIBERAR OS RECURSOS PARA O HOSPITAL ALDENORA BELLO, mantido pela Fundação Antônio Jorge Dino

Deputados estaduais mobilizaram-se nesta terça-feira, 22, para destinar, cada um, emenda no valor de R$ 100 mil à Fundação Antônio Jorge Dino, instituição mantenedora do Hospital Aldenora Bello.

No total, o hospital foi agraciado com R$ 4,2 milhões.

– Me sinto honrado em poder contribuir de alguma forma para que uma intuição tão séria e comprometida como esta, no tratamento de câncer, que atende a todos que necessitam de cuidados especiais, em nosso Estado, possa voltar a ofertar os serviços que são de suma importância para a população – afirmou o deputado Leonardo Sá (PL), um dos articuladores da destinação da verba.

O Hospital é referência em todo o Maranhão no tratamento de pacientes com câncer. Sendo que nos últimos tempos, deixou de oferecer alguns serviços por falta de recursos financeiros.

A Fundação conseguiu mobilizar a Assembleia Legislativa do Maranhão com Emendas Parlamentares, sendo R$100 mil de cada um dos 42 deputados estaduais.

0

César Pires volta a criticar redução no repasse de recursos ao Aldenora Bello

O deputado César Pires rebateu nesta quarta-feira (09) o argumento usado pelo governo estadual e seus aliados de que haveria algum impedimento burocrático para repassar recursos do Fundo Estadual de Combate ao Câncer para o Hospital Aldenora Bello. Para o parlamentar, não há nenhuma justificativa aceitável para que o repasse de recursos estaduais ao hospital tenha caído de R$ 2.989.000,00, em 2018, para apenas R$ 183 mil este ano.

“A Secretaria de Estado da Saúde alega, agora, que não pode fazer os repasses necessários ao Hospital Aldenora Bello porque o Conselho do Fundo Estadual de Combate ao Câncer não autoriza. Mas ano passado, com as mesmas legalidades do mesmo fundo, com a mesma consultoria, foram repassados R$ 2,9 milhões dos R$ 7 milhões previstos. Então porque o mesmo Conselho não proibiu ano passado”, questionou César Pires.

Ele ressaltou, ainda, que o parágrafo único do artigo 51 da lei que criou o Fundo Estadual de Combate ao Câncer estabelece que o Conselho a que se refere a Secretaria de Saúde é de caráter apenas consultivo, não deliberativo. “O fundo criado por iniciativa do então deputado estadual Eduardo Braide deveria atender não somente o Hospital Aldenora Bello, mas todas as unidades que assistem os pacientes oncológicos no Maranhão. Mas esses recursos não estão chegando onde deveriam”, acrescentou.

César Pires conclui dizendo que não adianta tentar justificar o injustificável, nem culpar o Fundo Estadual de Combate ao Câncer. “O governo fracassa em todos os níveis do sistema de saúde, e falta aos gestores a devida atenção ao Aldenora Bello. Só quem já teve pessoas queridas ali internadas sabe a importância daquele hospital. E não posso aceitar que queiram agora responsabilizar o fundo por esse grave problema. O governo quer tirar dos ombros uma responsabilidade que é dele, colocando em primeiro lugar projetos políticos pessoais, desprezando o sofrimento das pessoas e, consequentemente, um projeto humanitário. Essa é verdade”, finalizou.