15

Duarte Júnior mente ao dizer que guardas municipais pagam fardamento

Duarte tem feito duras críticas ao prefeito Edivaldo Júnior; mas mentiu sobre pagamento de fardamento por guardas municipais

O candidato a prefeito de São Luís pelo Republicanos, Duarte Júnior, tem mentido de forma sistemática ao dizer que os guardas municipais pagam pelo fardamento.

Segundo apurou o blog Marco Aurélio D’Eça, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que vem recebendo críticas do ex-chefe do Procon-MA, viu de forma atravessada mais essa exploração do deputado.

A “narrativa” de Duarte, tem sido usada sistematicamente em várias emissoras.

No JMTV 2, da TV Mirante, no dia 19 de outubro, ele disse: “Hoje os guardas municipais têm de pagar o seu próprio fardamento…”.

Na sabatina da TV Difusora, do dia 27 de outubro, o candidato do Republicanos voltou a mentir sobre o mesmo tema: “Hoje, os nossos guardas municipais, por incrível que pareça, com seu pouco salário compram o seu fardamento…”.

Mas o deputado tem faltado com a verdade.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (SEMUSC), realizou a entrega do fardamento integral dos guardas municipais, cuja peças foram pagas com recursos próprios do município de São Luís, como mostra o texto veiculado em 15 de agosto deste ano. 

Detalhe:: os termos de uso foram assinados pelos próprios agentes, no ato da entrega do fardamento integral dos guardas municipais, o que prova que eles receberam o fardamento.

E que este é oriundo de investimento da gestão municipal.

5

O que Duarte e Neto podem esperar de Edivaldo?!?

Embalado por popularidade nas alturas, mas sem nenhum envolvimento direto nas eleições do próprio sucessor, prefeito passa a ser trunfo em um eventual segundo turno para candidatos que se mostram distantes da atual gestão na capital maranhense

 

Este carisma ainda vivo na personalidade de Edivaldo seria fundamental para um candidato de sua base, mas os principais se mantêm distantes da gestão

Opinião

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) ampliou nesta reta final de mandato uma popularidade que já era alta, mesmo diante do pouco volume de obras em anos anteriores.

Essa força popular seria importante capital eleitoral para um sucessor alinhado à prefeitura, mas o próprio Edivaldo decidiu manter-se distante da disputa, pelo menos no primeiro turno.

E os principais candidatos da base aliada ao prefeito – Duarte Júnior (PRB) e Neto Evangelista (DEM) – também não ajudam essa aproximação, com pouca ou nenhuma referência direta à gestão de Edivaldo.

Dos candidatos ligados ao grupo Flávio Dino/Edivaldo Júnior, apenas Rubens Júnior (PCdoB) faz questão de destacar as ações holandistas e diz querer continuar o trabalho do prefeito pedetista.

Diante de toda essa conjuntura, o que Duarte e Neto podem esperar de Edivaldo em um eventual segundo turno?

Neste caso, irão precisar da interferência dos seus respectivos padrinhos, o vive-governador Carlos Brandão (PRB) e o senador Weverton Rocha (PDT), que travam, eles próprios, uma batalha pessoal em São Luís.

Por que, sem a presença de Edivaldo em palanque, a batalha pela prefeitura fica quase impossível.

O papel de Edivaldo é tão significativo que até aquele que seria seu principal opositor – o favorito nas pesquisas Eduardo Braide (Podemos) – silenciou em relação às questões da gestão na capital.

E este silêncio de Braide pode ser significativo em um eventual segundo turno… (Não entendeu? entenda aqui)

0

Segundo turno vira disputa entre Brandão e Weverton…

Potenciais candidatos a governador embalam seus respectivos candidatos a prefeito na tentativa de garantir vaga no segundo turno contra o líder nas pesquisas Eduardo Braide, numa prévia do que deve ocorrer em 2022

 

Mesmo com pouca capilaridade eleitoral em São Luís, Carlos Brandão tem acompanhado a campanha de Duarte júnior na tentativa de levá-lo ao segundo turno

A acirrada disputa pela segunda vaga em um cada vez mais consolidado segundo turno nas eleições de São Luís vem se transformando em uma disputa tácita entre o vice-governador Carlos Brandão (PRB) e o senador Weverton Rocha (PDT).

Brandão apoia a candidatura de Duarte Júnior (Republicanos), que segue em segundo lugar, mas tecnicamente empatado com Neto Evangelista (DEM), candidato de Weverton.

O blog Marco Aurélio D’Eça já havia mostrado que o acirramento da disputa entre Duarte e Neto levaria fatalmente a disputa a um segundo turno.

É Weverton quem está `frente dos principais eventos de campanha de Neto, numa forma de mostrar envolvimento da militância pedetista: objetivo é chegar ao segundo turno

Mas este blog também já havia apontado, ainda em maio, que a disputa em São Luís seria o primeiro round da corrida pelo Governo do Estado entre Brandão e Weverton.

O curioso é que tanto o vice-governador quanto o senador – e seus respectivos candidatos – sabem que, chegando ao segundo turno, terão que buscar apoio não apenas da base do governo Flávio Dino (PCdoB), mas também de outro personagem, em franca ascensão política; o prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Mas esta é uma outra história…

6

Aliados de Braide torcem por Duarte em eventual segundo turno…

Embora ainda aposte em uma vitória no primeiro turno, campanha do líder nas pesquisas entende que é mais fácil enfrentar o adversário do Republicanos, que terá dificuldades de fazer alianças, ao contrário de Rubens Júnior e Neto Evangelista

 

Braide quer encerrar a disputa em primeiro turno; mas se tiver de enfrentar nova votação, acha Duarte adversário mais fácil

A campanha do deputado federal Eduardo Braide (Podemos) a prefeito de São Luís ainda tem convicção de que pode vencer a disputa em primeiro turno.

Mas todos já se posicionaram  em relação a um aspecto da disputa: para eles, se houver segundo turno, é preferível que o adversário seja Duarte Júnior (Republicanos), mais fácil de ser derrotado.

Por isso já entre os alados de Braide uma torcida forte por Duarte.

Para os braidistas, um segundo turno contra Rubens Pereira Júnior (PCdoB) ou Neto Evangelista (DEM) seria bem mais difícil, uma vez que ambos terão bem mais condições do que Duarte de agregar novos aliados.

De fato, o candidato do PRB enfrenta forte antipatia da classe política e teria dificuldades de sentar com a própria base do governo Flávio Dino (PCdoB).

Até agora neutro na campanha, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) também teria mais proximidade com Rubens Júnior  e Neto do que com Duarte.

Até agora, Duarte Júnior e Neto Evangelista disputam em condição de empate técnico uma vaga no segundo turno, com ligeira vantagem para o candidato republicano.

As próximas pesquisas, portanto, dirão quem, tem mais condições de enfrentar o favorito em um segundo turno.

E se depender da campanha de Braide, Duarte terá forte torcida…

4

Ibope confirma segundo turno em São Luís…

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo JMTV 2ª Edição aponta para um confronto direto entre Eduardo Braide e Duarte Júnior, com Neto Evangelista no limite do empate técnico pela segunda colocação

 

Braide e Duarte são os que aparecem com mais chances de chegar a um segundo turno, segundo os números do Ibope divbulgados nesta sexta-feira, 23

O instituto Ibope confirmou os números do Instituto DataIlha e apontou para um segundo turno nas eleições para a Prefeitura de São Luís.

Isso se dá por que, pelos números do Ibope, o favorito Eduardo Braide (podemos ) soma 44% das intenções de votos; a soma dos demais candidatos  chega a 46%, dois a mais que o índice do líder.

De acordo com o Ibope, divulgado nesta sexta-feria, 23, pela TV Mirante, se as eleições fossem hoje, Duarte Júnior (Republicanos) disputaria o segundo turno contra Braide; ele tem 19% das intenções de votos.

Neto Evangelista mantém chances de superar Duarte Júnior e garantir a vaga no segundo turno;os dois estão empatados tecnicamente, segundo o Ibope

Mas o Ibope mostrou que Neto Evangelista (DEM), que soma 14%, está empatado tecnicamente com Duarte.

O candidato do Republicanos pode ter entre 16% e 22%; já o o democrata pode ir de 11% a 17%, o que caracteriza o empate.

 

Ao contrário do DataIlha, na pesquisa Ibope Rubens Júnior (PCdoB) se mantém um pouco mais distante dos primeiros colocados, com apenas 6% das intenções de votos; mas aplicando a margem de erro, ele pode chegar aos mesmos 9% encontrados pela pesquisa de quarta-feira, 21.

Ainda de acordo com o Ibope Bira do Pindaré (PSN) soma 3%, Jeisael 2%, Yglésio (PRIOS), Hertz Dias (PSTU) e Franklin Douglas (PSOL) registram 1% cada.

Sílvio Antonio (PRTB) não pontuou.

2

Momento eleitoral: Braide cai, Duarte paralisa, Neto e Rubens crescem

Pesquisa DataIlha confirma aquilo que já se percebia empiricamente nas ruas: um maior volume de campanha dos candidatos do DEM e do PCdoB, combinado com a incapacidade do republicano de ampliar seus votos; perda de pontos do líder é natural do processo

 

Rubens Júnior e Neto Evangelista parecem ter potencial para crescimento nas pesquisas, a ponto de disputarem o segundo turno 

Análise de conjuntura

A pequisa do Instituto DataIlha, divulgada nesta quarta-feira, 21, pela TV Band, confirmou três pontos principais já observados nas ruas das campanha eleitoral em São Luís.

1 – o líder da disputa, Eduardo Braide (Podemos), que começou com 60% das intenções de votos, definhou e está agora com 39%, perda natural em um processo acirrado como o de agora;

2 – os candidatos Neto Evangelista (DEM) e Rubens Júnior (PCdoB) apresentam forte tendência de crescimento, resultado direto do maior volume de campanha e da estrutura que reúnem em torno de si – e estão na briga pelo segundo turno;

3 – Duarte Júnior (Republicano) mantém o mesmo patamar de votos da pré-campanha, sinal de que nem mesmo os apoios que viabilizou – como o vice-governador Carlos Brandão (PRB) e o deputado Josimar de Maranhãozinho (PL) – ampliaram sua base eleitoral, praticamente a mesma da eleição de deputado estadual.

É preciso esperar que a tendência apresentada pelo DataIlha se confirme nas demais pesquisas que estão anunciadas para esta semana; mas os números desta quarta-feira refletem o que se percebe nas ruas e na TV.

Apesar da euforia de aliados e setores da imprensa que torcem por Braide, é pouco provável que ele decida a eleição em primeiro turno, situação que já havia sido apontada, inclusive, no blog Marco Aurélio D’Eça.

Neste contexto, o mais natural no processo é que Neto Evangelista, ou mesmo Rubens Júnior, ganhem musculatura – como de fato estão ganhando  – diante do maior volume que têm na campanha, com maior capilaridade no entorno de São Luís. 

 

Duarte Júnior parece ter chegado ao seu teto eleitoral há meses; e nem o apoio de Josimar o faz superar este patamar, o mesmo da campanha de 2018

Duarte, por sua vez, mostra que tem uma base consolidada de votos, mas não consegue outros segmentos capazes de levá-lo ao segundo turno; isso pode ser resultado da falta de relação com a classe política, o que foi demonstrado desde o primeiro dia de seu mandato na Assembleia Legislativa.

O risco maior para o candidato republicano é se este percentual – que se repete ao longo de todo o último ano – já seja o seu teto; se for, não tem mais para onde ele subir e a tendência é definhar.

Talvez até por isso, os aliados de Braide torcem por Duarte no segundo turno, uma vez que ele, dificilmente, conseguirá agregar todos os votos dos demais candidatos que ficarem pelo caminho.

Diferentemente do que pode ocorrer caso Neto ou Rubens cheguem ao segundo turno.

Simples assim…

7

DataIlha aponta segundo turno em São Luís…

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela TV Band mostra forte crescimento de Neto Evangelista, que já empata tecnicamente com Duarte Júnior pelo direito de disputar um confronto direto com Eduardo Braide; Rubens Júnior também cresce

 

Eduardo Braide deve disputar um segundo turno com Duarte Júnior ou Neto Evangelista, que acirraram a disputa pelo segundo lugar, assim como previu o blog Marco Aurélio D’Eça

Faltando menos de um mês para as eleições, os institutos de pesquisas que medem a intenção de votos em São luís começam a apontar aquilo que o blog Marco Aurélio D’Eça mostrou ainda em setembro: o acirramento da disputa entre Neto Evangelista e Duarte Júnior levará a disputa para um segundo turno.

Os números divulgados hoje pelo DataIlha confirmam exatamente a tendência apontada por este blog, com o candidato Eduardo Braide (Podemos) ainda na frente, mas agora com 39% das intenções de votos.

Neto Evangelista (DEM) vem subindo pesquisa após pesquisa e já empata tecnicamente com Duarte Júnior (PRB); o candidato do Republicanos tem 13,1% das intenções de votos, contra 12% do candidato democrata.

Os números DataILha apontam um terceiro personagem na disputa pela vaga no segundo turno: Rubens Júnior (PCdoB) já surge com 9% das intenções de votos. Ele também está em condição de empate técnico, tanto com Neto quanto com Duarte.

Ancorado na dupla Lula e Flávio Dino, Rubens Júnior já chega ao pelotão da frente, entrando na disputa pela segunda vaga do segundo turno

Os demais candidatos apresentam, respectivamente: Jeisael Marx, 2,8%; Bira do Pindaré 2,5% e Yglésio com 2,2%.

Na faixa com menos de 1% estão Silvio Antônio 0,6%; Professor Franklin 0,5% e Hertz Dias 0,2%.

Esta é a primeira pesquisa após o início da propaganda eleitoral e a intensificação da campanha de rua; outras duas pesquisas serão divulgadas ainda esta semana.

É aguardar e conferir a confirmação de segundo turno apontada pelo blog Marco Aurélio D’Eça lá atrás…

2

Neto e Duarte começam a se confrontar em debates…

No programa do Imirante/O Estado, os dois principais candidatos do governo Flávio Dino trocaram acusações e provocações, o que dá mostras de como será a campanha dos dois a partir de agora em, busca da sonhada vaga no segundo turno

 

Neto e Duarte protagonizaram momentos de embate aberto, o que mostra o confronto deles em busca de vaga no segundo turno

Foi muito quente o debate promovido nesta terça-feira, 20 pelo jornal O EstadoMaranhão em parceria com o Imirante.com.

Os candidatos começaram a trocar acusações e apresentar mais denúncias uns contra os outros, o que não vem ocorrendo no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV.

E os candidatos Duarte Júnior e Neto Evangelista foram os protagonistas dos principais embates, embora outros tenham ocorrido o tempo inteiro no programa comandado pelo jornalista Clóvis Cabalau.

Neto acusou Duarte de antecipar verbas de gabinete na Assembleia Legislativa; Duarte replicou, voltando a falar dos supostos 18 salários recebidos por Neto na Assembleia; e ainda provocou, lembrando da postura do adversário durante a pandemia.

O deputado Eduardo Braide (Podemos) também foi bastante atacado por Bira do Pindaré (PSB), por Rubens Júnior (PCdoB) e por Neto e Duarte.

Diante do confronto aberto entre os candidatos, destaque positivo para Dr. Yglésio (Pros), que chegou a chamar atenção dos demais candidatos pelo desrespeito de ataques em resposta a terceiros.

O debate O Estado/Imirante mostrou claramente como se darão os outros programas do gênero, com Braide sendo confrontado em suas controvérsias por todos os candidatos; e Duarte Júnior e Neto Evangelista tentando polarizar a atenção do eleitor.

É aguardar os debates da Difusora e da TV Mirante…

2

Duarte Júnior abre diálogo com a Guarda Municipal

Nesta segunda-feira, 19, o candidato do Republicanos à Prefeitura de São Luís, Duarte Júnior, estará no Comitê de Campanha da Holandeses para dialogar com profissionais da Guarda Municipal.

Elçe vai tratar de ações de segurança pública, além de ouvir demandas para a melhoria, fortalecimento e autonomia da categoria.

A iniciativa visa ampliar o plano de propostas para São Luís no segmento, como promover políticas sociais e econômicas para reduzir os índices de violência nos bairros da capital.

O encontro está marcado para as 8 horas…

0

Escutec confirma polarização entre Duarte e Neto…

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 8, aponta para vitória de Eduardo Braide em primeiro turno, mas mostra que os dois principais adversários deverão mesmo disputar o segundo turno com índices acima de 15%

 

A pesquisa do Instituto Escutec divulgada nesta quinta-feira, pelo jornal O EstadoMaranhão confirmou uma tendência já apontada pelo blog Marco Aurélio D’Eça: Os candidatos Duarte Júnior (PRB) e Neto Evangelista (DEM) polarizam a disputa e podem impedir a vitória de Eduardo Braide (Podemos) em primeiro turno.

De acordo com o levantamento, tanto Duarte quanto Neto deverão apresentar votação acima dos 15%, disputando voto a voto a segunda posição.

Foi exatamente o que disse este blog em 15 de setembro, no post “Polarização entre Duarte e Neto achatará índices dos demais candidatos…”

De acordo com a pesquisa, Braide venceria as eleições em primeiro turno se o pleito fosse hoje, com 51% dos votos válidos.

Duarte Júnior e Neto Evangelista estão no limite do empate técnico, com 18% e 14% dos votos validos, respectivamente.

Os demais candidatos não conseguem superar a linha dos dois dígitos, o que fortalece a possibilidade de vitória de Braide em primeiro turno; e bem distantes do pelotão da frente.

Com a redução no número de candidatos, após desistência de Carlos Madeira (Solidariedade), a etapa eletrônica da campanha – após início da propaganda eleitoral – será decisiva, tanto para os interesses de Braide quanto para os que ainda sonham disputar um segundo turno.

A propaganda começa esta semana…