6

Lula encaminhou por Dino recado ao ex-presidente Sarney…

Petista recebeu o comunista maranhense em Curitiba, ocasião em que definiu estratégias de conduta para o enfrentamento das eleições presidenciais de 2022, que perpassam também pelo ex-presidente no Maranhão

 

FLÁVIO DINO MANDOU SEUS ALIADOS NA MÍDIA PREPARAREM TERRENO PARA EVENTUAL ENCONTRO COM SARNEY, a pedido do ex-presidente Lula

Aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) trataram de se antecipar aos fatos, numa espécie de carta de seguro, ao revelar no final de semana uma “notícia falsa” de um possível encontro com o presidente José Sarney.

Do nada, os braços comunistas na mídia maranhense surgiram com a “informação” – não divulgada em lugar algum – dando conta deste encontro.

Mas deram a senha: tratava-se de um pedido do ex-presidente Lula.

O blog Marco Aurélio D’Eça põe agora os pingos nos is.

Flávio Dino foi chamado no final de maio para um encontro com Lula, na carceragem da Polícia Federal, em Brasília, onde o ex-presidente cumpre pena. (Relembre aqui e aqui)

De acordo com o que apurou o blog, neste encontro – que repercutiu nacionalmente – Lula pediu a Dino que trouxesse um recado ao ex-presidente Sarney.

O COMUNISTA MARANHENSE SABE QUE NÃO PODE RECUSAR UM PEDIDO DE LULA, e terá que procurar Sarney para o projeto 2022

Sem ter como recusar um pedido de Lula – afinal, quer ter o apoio do petista em seu projeto nacional – e sem ter como explicar um encontro a sós com Sarney, Flávio Dino resolveu vazar a informação antecipadamente, mas já admitindo, por meio de interlocutores, a possibilidade do encontro.

E tudo ocorrerá em seu devido tempo, com o aval de ambas a partes.

É aguardar e conferir…

0

Zé Inácio critica desarticulação das secretarias do governo Flávio Dino…

Deputado lamenta não ter sido chamado para solenidade de entrega de equipamentos em Santa Luzia do Tide, mesmo sendo um dos aliados da prefeita e ter atuado para aprovar empréstimo que garantiu as aquisições

 

A PREFEITA FRANÇA DE MACAQUINHO FOI SEM O ALIADO ZÉ INÁCIO AO PALÁCIO DOS LEÕES, para receber a motoniveladora

O deputado Zé Inácio (PT) criticou nesta sexta-feira, 14, em suas redes sociais, o que chamou de “desarticulação das secretarias” do governo Flávio Dino (PCdoB), que o impediu de participar da entrega de equipamentos ao município de Santa Luiza do Tide.

– O recurso investido é fruto de um empréstimo realizado em 2016 entre o Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal, aprovado por n[ós deputados, na Assembleia Legislativa – contou o parlamentar.

ZÉ INÁCIO PARTICIPA ATIVAMENTE DE TODAS AS AÇÕES DA PREFEITA em Santa Luzia do Tide, onde faz política desde o início do mandato

Em solenidade no Palácio dos Leões, foram entregues à prefeita França de Macaquinho uma motoniveladora, por intermédio do programa “Caminhos da Produção”.

– Esta ação tem um sentimento nosso e infelizmente não participamos, por conta da desarticulação da Secretaria de Governo que, quando não falham com os prefeitos, falham com os deputados – concluiu Zé Inácio.

 

1

Procurador livra Flávio Dino e Márcio Jerry e inclui Clayton Noleto em processo de Coroatá…

Em parecer encaminhado ao relator do caso, Pedro Henrique Castelo Branco alterou todo o organograma da decisão judicial que cassou o governador para incluir o secretário de  de infraestrutura, que havia sido absolvido em primeira instância

 

MÁRCIO JERRY E FLÁVIO DINO ESCAPARAM AOS OLHOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO, mas podem ter condenação de inelegibilidade confirmada no TRE

O procurador eleitoral Pedro Henrique Castelo Branco fez um verdadeiro malabarismo retórico para livrar o governador Flávio Dino (PCdoB) e seu ex-auxiliar Márcio Jerry do processo que cassou os mandatos dos dois na Justiça Eleitoral de Coroatá.

Em Parecer encaminhado ao recurso que tramita já em segunda instância, no Tribunal Regional Eleitoral, Castelo Branco disse não ver envolvimento de Dino e Jerry no caso.

Mas, curiosamente, incluiu o secretário Clayton Noleto, que nem havia sido julgado pela juíza de Coroatá, Anelise Nogueira Reginato. (Entenda aqui)

No Parecer a que o blog Marco Aurélio D’Eça teve acesso, o procurador eleitoral apresenta uma sequência de argumentos para tentar tirar o peso da condenação de Flávio Dino e Márcio Jerry.

– Nem toda atuação estatal dentro do período de campanha pode ser considerada conduta vedada e/ou abuso de poder político – destacou, lacônico, Castelo Branco.

O processo vai agora para analise do TRE, que pode ou não acatar o parecer do Ministério Público.

De qualquer forma, e qualquer que for a decisão do TRE, o caso ainda vai ter que ser analisado no Tribunal Superior Eleitoral.

Onde Flávio Dino não terá a atuação de Pedro Henrique Castelo Branco…

4

Legislativo obediente…

Submissos em absoluto ao governo Flávio Dino, deputados estaduais votam contra seus próprios projetos; e ainda manobram para impedir o exercício da oposição no Parlamento

É cada vez mais constante a falta de interesse da maioria dos parlamentares pelos temas debatidos no plenário da Assembleia Legislativa. E o absoluto controle do Executivo sobre sua base diminui cada vez mais o exercício do mandato parlamentar no Maranhão.

Na atual legislatura, 39 deputados integram a base governista.

É comum ver esses aliados mantendo, sem qualquer questionamento, os vetos do chefe do Executivo aos projetos que eles mesmos aprovaram por unanimidade. Ou seja, os deputados estaduais estão abrindo mão, sem qualquer resistência, do seu direito de elaborar e aprovar leis.

Por outro lado, a maioria governista também segue fielmente a determinação governamental de não permitir que pelo menos a oposição exerça a sua prerrogativa de fiscalizar os atos do Executivo. Barram todos os pedidos de informação ou de convocação de secretários estaduais para que prestem esclarecimentos ao Legislativo.

E nem mesmo é dado aos parlamentares, mesmo os governistas, o direito de destinar recursos a municípios e áreas demandadas pela população.

Em resumo, a Assembleia Legislativa vai na contramão de todos os demais parlamentos, inclusive do Congresso Nacional, que faz valer todas as suas prerrogativas.

É o Poder que a tudo se submete e se diminui…

0

Governador veta projeto de César Pires que pretendia dar mais segurança a motociclistas

O deputado César Pires (PV) criticou a falta de coerência do plenário da Assembleia Legislativa, que aprovou por unanimidade o projeto de lei 296/2017, de sua autoria, mas manteve o veto do Executivo à matéria, que dispõe sobre a obrigatoriedade das empresas que utilizam ou prestam o serviço de entrega de motocicletas, motonetas, ciclomotores, fornecer os equipamentos de segurança exigidos para o uso desse tipo de transporte. A proposta tinha o objetivo de tornar mais seguro o trabalho desses profissionais no trânsito do Maranhão.

Como coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Vida no Trânsito, César Pires apresentou o projeto visando a redução do número alarmante de mortes de motociclistas no trânsito do Maranhão.

“Grande parte dos hospitais, e sobretudo as UTIs, vivem lotados de pacientes ortopédicos, vítimas de acidentes com motos. Pessoas que trafegam sem os equipamentos exigidos por lei,como os protetores de tornozelo e nem de joelho. Nossa iniciativa visa garantir o cumprimento de uma lei federal”, enfatizou ele.

O deputado citou como exemplo a Cemar, única empresa em atuação no Maranhão que garante aos seus funcionários que usam motocicletas e similares todos os equipamentos de segurança previstos em lei federal. Ele enfatizou que essa é uma grave questão de segurança no trânsito e de saúde pública, que merece a atenção tanto do Legislativo, quanto do Executivo e da sociedade civil em geral.

“O governo vetou nosso projeto somente por ser uma iniciativa de um deputado de oposição, sem levar em consideração o benefício social, as consequências para o sistema de saúde, pois os Socorrões estão lotados de pacientes vítimas de acidentes com motos. E o plenário da Assembleia, sem nenhuma justificativa, desaprovou um projeto que havia aprovado por unanimidade. Não há inconstitucionalidade e nem gera custos para o governo. Não há um entendimento jurídico ou decisão judicial em contrário. É simplesmente um desestímulo para quem busca solução para os problemas da população”, finalizou César Pires.

1

Com Lula, Dino abre novo momento na corrida presidencial…

Independentemente do que será discutido entre o ex-presidente e o governador, nesta quinta-feira, 6, o comunista sai na frente como projeto da esquerda brasileira sob a orientação de Lula

 

A ARTICULAÇÃO DE FLÁVIO DINO ENVOLVENDO LULA deixou irritado o pedetista Ciro Gomes

Confirmada para esta quinta-feira, 6, em Curitiba, o encontro entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o governador Flávio Dino (PCdoB) marcará uma espécie de largada na corrida presidencial entre as esquerdas.

Embora não se tenha divulgado nada sobre o teor do encontro, a simples divulgação gerou crise entre Dino e Ciro Gomes (PDT), que também pretende o controle do espólio de esquerdista.

O governador maranhense tenta se viabilizar como líder de esquerda e da oposição ao governo Bolsonaro (PSL); mas o quer sob as bênçãos de Lula e com o apoio do PT.

Ciro Gomes, por sua vez, entende que o PT já passou, que Lula não tem mais influência política no país, que vai continuar preso e condenado.

E quer suplantar o PT como eixo catalisador da esquerda.

Só o tempo e a aproximação da eleição presidencial vai dizer qual dos dois está certo.

Só lembrando que, com o parecer favorável do Ministério Público, Lula poderá ser solto ainda este ano.

E será preciso medir seu grau de influência em liberdade…

0

PDT pode acirrar animosidade entre Ciro Gomes e Flávio Dino…

Legenda do ex-candidato a presidente tem uma espécie de “paquera” com o governador maranhense, o que eleva o grau de relacionamento entre os dois ao clima de guerra pelo espólio esquerdista

 

CIRO GOMES ENTRE OS PEDETISTAS LUPI E WEVERTON E O COMUNISTA FLÁVIO DINO; clima tende a azedar com a aproximação das eleições

A recente animosidade do ex-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) em relação ao governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) perpassa o convite do ex-presidente Lula para uma visita do comunista a Curitiba.

Apesar de Ciro ter passado a alfinetar Dino logo após o convite de Lula ao maranhense, a questão entre os dois envolve muito mais o PDT do que o PT.

Ciro disputou a presidência pelo PDT, mas demonstra uma dificuldade de relacionamento com outras forças políticas, o que deixou a legenda isolada em 2018.

E desde que encerrada a última eleição, os pedetistas iniciaram uma espécie de “namoro” com Flávio Dino, o que pode levar a uma aliança em 2022.

Mesmo porque, o hoje líder da legenda no Congresso Nacional, senador Weverton Rocha – atualmente uma das principais vozes pedetistas no Brasil – tem interesse na candidatura ao governo maranhense.

E tem no PDT um trunfo na busca pelo apoio de Flávio Dino.

Explosivo, temperamental, agressivo, Ciro Gomes já brigou com o PT, com o PSB e com o PCdoB de Flávio Dino; seu último passo pode ser brigar com o próprio PDT

E não há dúvidas de que os pedetistas esperam por isso.

No Brasil e no Maranhão…

3

Oposição deve ter múltiplas candidaturas em São Luís…

MDB, PSD, PSDB e PSL devem ter candidatos próprios, além do já lançado projeto do PV, envolvendo o deputado estadual Adriano Sarney; e não devem somar com o independente Eduardo Braide

 

JOÃO ALBERTO TENTA REERGUER MDB A PARTIR DA CANDIDATURA DE VICTOR MENDES; opção na oposição vão além dos emedebistas

Para além da candidatura do deputado federal Eduardo Braide (PMN) – apontado como nome independente em São Luís – a oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB) terá múltiplas candidaturas na capital maranhense.

O primeiro partido a lançar pré-candidato foi o PV, com o deputado estadual Adriano Sarney.

Mas além dele, MDB, PSDB, PSD e PSL já têm os seus nomes.

O presidente regional do MDB, ex-senador João Alberto de Souza, voltou a lançar, nesta segunda-feira, 3, o ex-deputado federal Victor Mendes como a opção da legenda.

Antes dele, lideranças do PSL – que já tem o médico Allan Garcês interessado – apresentou a ex-candidata a governadora Maura Jorge.

E ainda tem o PSDB, que tanto pode confirmar a candidatura do deputado Wellington do Curso quanto pode buscar aliança com Maura Jorge – ou mesmo Eduardo Braide.

Sem falar no PSD, que tem a opção do deputado federal Edilázio Júnior, um dos mais efetivos críticos do governo comunista e seus satélites.

O fato é que, assim como os governistas – que já se engalfinham por causa da disputa – os oposicionistas também terão múltiplas escolhas nas eleições de 2020.

É aguardar e conferir…

0

Dr. Gutemberg parabeniza governador Flávio Dino pela criação do Banco de Alimentos e lembra Lei Municipal semelhante de sua autoria

O vereador Dr. Gutemberg Araújo subiu à tribuna, nesta terça-feira (03), para parabenizar o governador Flávio Dino pela inauguração do primeiro Banco de Alimentos do Estado, na Central de Abastecimentos (Ceasa), no bairro Cohafuma. Na oportunidade, Gutemberg lembrou a Lei Municipal nº268/2013, de sua autoria, que cria o programa ‘Banco Municipal de Alimentos’, em São Luís.

“Parabéns governador por essa brilhante iniciativa. Destaco que em agosto de 2013, criei uma Lei semelhante para o município e até hoje não foi aplicada. Esse é um equipamento fundamental para as pessoas que mais necessitam. Peço para  que a Prefeitura de São Luís analise a possibilidade da materialização dessa Lei. E que siga o brilhante caminho do Governador Flávio Dino”, solicitou Gutemberg Araújo.

O vereador ainda explicou a Lei Municipal de sua autoria que cria o programa ‘Banco Municipal de Alimentos’.

“A intenção é reaproveitar alimentos que não são comercializados porque estão machucados, mas não estragados, para que eles passem por uma triagem e sejam distribuídos para entidades assistências, sediadas em São Luís”,  detalhou.

Entre as ações da Lei que cria o Banco Municipal de Alimentos em São Luís, ficam instituídos: as formas de triagem e os procedimentos para o recebimento e a distribuição dos alimentos. 

 

1

O encontro de Lula e Flávio Dino…

Governador do Maranhão ganha cada vez mais destaque como referência nacional da esquerda; e deve receber do ex-presidente, em Curitiba, missões já para as eleições de 2020

 

FLÁVIO DINO ESTÁ CADA VEZ MAIS PRÓXIMO DO EX-PRESIDENTE LULA como referência dos partido de esquerda para 2022

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convidou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), para um encontro em Curitiba, onde o líder petista está cumprindo pena.

A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

Lula queria conversar com Flávio Dino sobre  as eleições de 2020, o que demonstra o crescimento cada vez maior do comunista como referência da esquerda nacional.

O petista quer fortalecer este campo do espectro político já nas eleiçõpes de 2020, com vistas às eleições de 2022.

Quando o próprio Dino poder figurar como opção lulista…