0

Aluisio Mendes destaca força popular de Cristiane Damiao em Bom Jesus das Selvas…

Cristiane com Aluisio e lideranças da campanha em frente à multidão de simpatizantes

Cristiane com Aluisio e lideranças da campanha em frente à multidão de simpatizantes

Milhares de pessoas participaram da inauguração do comitê da prefeita e candidata à reeleição Cristiane Damião (PTdoB) realizou a inauguração do comitê de sua campanha.

“A grande festa cívica que vimos ali nos deu a certeza de que Cristiane será a primeira prefeita reeleita em Bom Jesus das Selvas”, afirmou o deputado Aluisio Mendes, que fez questão de participar do evento. 

Ao lado do seu vice, Beto Tainá, do deputado Aluisio Mendes, dos candidatos a vereadores e da população, a candidata fez uma mega caminhada e carreata pelas ruas da cidade, chegando ao comitê com uma multidão. 

Em seu discurso, Cristiane destacou que essa não será uma eleição de partidos ou cores políticas, mas sim uma disputa de estilos de administração, onde a população é quem dirá quem deve permanecer a frente dos destinos do município.

“Mesmo sem nenhum apoio do governo estadual, Cristiane tem realizado a melhor gestão da história de Bom Jesus. Temos certeza que o povo dirá, nas urnas, que reconhece todo o seu trabalho em prol do município”, enfatizou Aluisio Mendes.

0

“O povo reconhece o trabalho de Amaury em Mirinzal”, afirma Zé Inácio…

Inácio com Amaury e seu vice, em campanha em Mirinzal

Inácio com Amaury e o ex-vice-prefeito Eduardo,  em campanha em Mirinzal

O deputado estadual Zé Inácio (PT) destacou o trabalho realizado pelo prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida (PDT),  um dos mais atuantes na região da Baixada Maranhense.

“Nós que acompanhamos o trabalho realizado pelo prefeito Amaury não nos surpreendemos com o número da aprovação ao seu governo”, enfatizou.

Para o deputado, a população de Mirinzal aprova a gestão do atual prefeito pelo trabalho realizado em diversos setores.

“Essa aprovação se dá em determinados setores e reflete também no desempenho do candidato, ou seja, sua boa gestão contribui para esse resultado”, disse.

Na avaliação de Zé Inácio, a aprovação do governo municipal se dá em diversas áreas.

“Houve a manutenção das estradas na Zona Rural e a construção da última escola de taipa que existia no município, na comunidade de Rio do Curral, realizada com recursos próprios pelo prefeito Amaury. Por último, a recuperação de ruas e avenidas com tapa buraco e asfalto, o que mostra que o povo de Mirinzal reconhece o trabalho, assim como em toda a Baixada o prefeito Amaury é conhecido como o prefeito trabalhador”, finalizou.

0

De Cajari ao Lira, Fábio Câmara vai contar sua história na propaganda…

Candidato do PMDB esteve segunda-feira em sua cidade natal fazendo tomadas em locações que marcam sua história; nesta terça-feira, gravou no bairro onde sempre viveu ao lado da mãe

 

No Lira, Câmara fez tomadas ao lado de amigos e familiares

No Lira, Câmara fez tomadas ao lado de amigos e familiares

O vereador Fábio Câmara, candidato do PMDB a prefeito de São Luís esteve segunda-feira, 22 em Cajari, sua cidade natal, onde gravou os primeiros programas para o horário eleitoral gratuito, que começa nesta sexta-feira, 26.

A ideia da produção do programa é contar a história do vereador, que saiu de barco de sua cidade, com a mãe, e veio para São Luís, onde viveu e cresceu, no bairro do Lira, na região do Centro da capital maranhense.

– Gravamos com pessoas que acompanharam sua infância, em Cajari, e também no Lira. São depoimentos de populares, autênticos e sem cortes. A ideia é mostrar a vitória que o vereador teve na vida – contou o jornalista Isaías Rocha, assessor de imprensa da campanha.

Em cajari, o menino de camisa branca interpreta o vereador quando criança

Em Cajari, o menino de camisa branca interpreta o vereador quando criança

Tanto em Cajari quanto no Lira, Câmara viveu momentos emocionantes, que serão retratados na propaganda.

– Pude sentir um pouco da emoção de rever o Jardim de Infância onde estudei, no interior, minhas primeiras professoras, e também meus amigos de infância, no Lira, com os quais convivo até hoje – emocionou-se o candidato peemedebista.

Fábio Câmara terá cerca de 1 minuto e 30 segundos na propaganda, além de três inserções diárias .

Ele pretende usar os primeiros programas para contar a sua história e se apresentar ao eleitorado..

0

Cemar esclarece sobre as redes de energia elétrica na BR-010 em Imperatriz…

As obra da BR-010 dependem também do remanejamento dos postes e das linhas de transmissão

As obra da BR-010 dependem também do remanejamento dos postes e das linhas de transmissão

Em nota encaminhada ao blog, companhia energética diz que está aguardando liberação de recursos federais para iniciar retirada de postes e deslocamento das linhas de transmissão. Veja a íntegra abaixo:

Em relação a retirada dos postes na BR 010, a Cemar informa que já vem tratando sobre este assunto junto ao DNIT. Por se tratar de uma obra do Governo Federal, a Companhia está aguardando a liberação dos recursos financeiros para que a obra seja executada. A partir dessa informação a Cemar programará a relocação de todos os postes que fazem parte do cronograma de execução dos serviços.

É importante ressaltar que a obra envolverá o deslocamento de uma Linha de Transmissão em 69 kV, duas Linhas de Transmissão em 34,5 kV e de diversas Redes de Distribuição de energia elétrica de alta tensão na área urbana de Imperatriz, e precisa ser programada de forma a garantir a segurança das comunidades nos trechos que terão postes deslocados.

Na condição de concessionária de distribuição de energia elétrica, a Companhia tem realizado diversas intervenções nas redes de distribuição em parceria com o DNIT, tanto para o fortalecimento do sistema elétrico no estado, como para obras de interesse do citado órgão.

Cabe esclarecer que esse tipo de intervenção obedece às regras definidas pelo setor elétrico brasileiro, com a elaboração do projeto de viabilidade e programação de execução, uma vez que tais obras envolvem o desligamento do fornecimento da energia elétrica, que será conduzido conforme estabelece a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

Assessoria de Imprensa da Cemar

2

Carioca reafirma denúncias contra o ISEC…

Candidato do PHS, ex-vereador lembra que a candidatura do prefeito Edivaldo Júnior pode ser cassada pela Justiça, pelo desvio de R$ 33 milhões via instituto, com a participação também de vereadores de São Luís

 

Carioca denunciou vereadores da Câmara

Carioca denunciou vereadores da Câmara

O candidato a vereador Paulo Roberto Pinto, o Carioca (PHS), voltou a denunciar, nesta terça-feira, 23, o Instituto Superior de Educação Continuada (ISEC), acusado de desviar cerca de R$ 33 milhões para ajudar na compra de apoios ao prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

– O TRE precisa dar uma resposta urgente à ação que foi protocolada. A campanha está contaminada pelo crime eleitoral cometido pelo prefeito e por vários vereadores de São Luís. cabe a Justiça corrigir esta injustiça na campanha – pregou Carioca.

No mês passado, em entrevista à TV Guará, Carioca afirmou que 18 dos atuais vereadores participaram do esquema do ISEC, indicando pessoas para receber do instituto sem precisar trabalhar. (Releia aqui)

A denúncia contra o ISEC, que pede também a cassação da candidatura de Edivaldo, foi protocolada no final de julho pelo ex-juiz da Ficha Limpa, Marlon reis.

– É preciso deixar claro que a candidatura de4 Edivaldo está sub judice. Ele pode ser ser impedido de disputar a reeleição. E o TRE não pode protelar esta questão – disse o vereador.

O candidato do PHS pretende ser testemunha na ação que pede a cassação de Edivaldo…

1

“Procissão de ambulâncias voltou com força no governo Flávio Dino”, afirma Hildo Rocha…

Deputado denunciou na tribuna da Câmara que o governador Flávio Dino está fechando hospitais construídos na gestão de Roseana, sobrecarregando as unidades de saúde na capital maranhense

 

Hildo Rocha fez a comparação entre os governos Roseana e Flávio Dino

Hildo Rocha fez a comparação entre os governos Roseana e Flávio Dino

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal o deputado Hildo Rocha (PMDB) afirmou que o corte de investimentos na saúde pública do Maranhão trouxe de volta a “procissão das ambulâncias” tão criticada pelo ex-governador Jacksopn Lago (PDT).

– As ações realizadas por Roseana Sarney, entre as quais a construção de hospitais em mais de 60 municípios, contribuíram para acabar com a procissão das ambulâncias, mas, o fenômeno voltou a acontecer porque o governador Flavio Dino (PCdoB) deixou de repassar os recursos para custeio daqueles hospitais. Cada município recebia R$ 100 mil do governo estadual, todo mês, para ajudar no funcionamento das unidades hospitalares. Agora os hospitais estão fechados ou funcionando precariamente – enfatizou o parlamentar.

Roseana acabou com a procissão de ambulâncias; Flávio Dino está fazendo renascer o fenômeno

Roseana acabou com a procissão de ambulâncias; Flávio Dino está fazendo renascer o fenômeno

Hildo Rocha destacou ainda que, em consequência do fechamento das unidades de saúde das pequenas e médias cidades, milhares de pessoas são obrigadas a se deslocar em busca de atendimento em outros municípios e assim, a fila de ambulâncias na BR-135 cresce a cada dia.

– As pessoas estão sendo humilhadas e submetidas a situações degradantes – lamentou.

5

Ecos de uma terra sem lei…

Prefeitura mantém placas de obras – mesmo proibidas pela Justiça Eleitoral – muitas delas nas barbas do Ministério Público e dos prédios da Justiça, sem que nenhuma autoridade tome providências contra os autores

 

placa1

São Luís já não é mais uma província – são mais de um milhão de habitantes – mas o tempo passa e o ranço de “terra sem lei” infelizmente prevalece.

Em tempos de disputa eleitoral, a legislação é rigorosa para que seja garantido o princípio da isonomia entre todos os candidatos a prefeito. Quem está sentado na cadeira de gestor, por exemplo, deve disputar o pleito em condições de igualdade com os demais adversários. É o que diz a lei.

placa3

Em período vedado, essa mesma lei obriga a Prefeitura a retirar de circulação todo e qualquer tipo de material de propaganda que remeta à gestão do prefeito, que em tese são símbolos de promoção pessoal.

–  São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais, nos três meses que antecedem o pleito – diz a Lei, que, dentre as condutas, cita:

– Autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos federais, estaduais ou municipais, ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral.

placa2

Ou seja, a lei proíbe placas de publicidade com a logomarca da Prefeitura.

Desde o mês de julho está expressamente proibida qualquer placa com a marca da gestão de Edivaldo Júnior (PDT), sob pena de, dado o volume de reincidência do delito, indeferimento de sua candidatura pela Justiça Eleitoral. É a lei.

placa5

Mas o que acontece na São Luís do ano da graça de 2016? As placas estão aí debaixo das barbas da Justiça e do Ministério Público. É um acinte.

Ali mesmo na avenida Carlos Cunha, aonde fica a suntuosa sede do Ministério Público e o extravagante prédio do fórum de Justiça, há pelo menos umas cinco placas com a marca da gestão de Edivaldo Junior, como se estivesse o prefeito a debochar das nossas instituições.

placa4

E quantas outras placas estão espalhadas pela cidade? Dezenas, talvez centenas delas. Mas a Justiça e o Ministério Público não enxergam. Ou fingem não enxergar. E nada fazem.

Em eleições passadas, gestores tanto do estado como do município – a depender do tipo de eleição, se estadual ou municipal – foram cuidadosos em retirar, antes mesmo do período vedado, as suas propagandas em ambientes públicos.

De José Reinaldo Tavares a Roseana Sarney, de Tadeu Palácio a João Castelo. Ninguém quis correr esse risco.

Mas Edivaldo Júnior parece não temer as instituições. Talvez, pelos laços de cordialidade, esteja acima delas.

placa6

A indignação é de muitos. Porque essas placas em ruas e avenidas ferem de morte o princípio da isonomia. Porque há falta respeito com os demais candidatos.

Em qualquer outra capital do país, o gestor municipal já teria sido severamente punido por, a essa altura da eleição – hoje, 23 de agosto de 2016 – continuar expondo os seus “feitos” em placas publicitárias pagas com o dinheiro da Prefeitura.

Em verdade, com o dinheiro do contribuinte.

E quem aqui chega imagina tratar-se de fato de uma província governada por coronéis.

Uma terra absolutamente sem lei…

11

“Multidão” de Edivaldo é a mesma em todo lugar…

Presença do prefeito na Vila Fialho, na Areinha, no Coroadinho, na Vila Riod, e até na carreata, levou candidatos a vereador, auxiliares e assessores de campanha e muitos, mas muitos prestadores de serviços; a população, porém, praticamente não se manifesta na passagem do candidato do PDT

 

A primeira cvaminhada foi na Filaho; observe Pedro Lucas, os assessores do prefeito e os barbudos da campanha

A primeira caminhada, na Fialho: Pedro Lucas, os assessores do prefeito e candidatos a vereador

O prefeito Edivaldo Júnior, candidato do PDT à reeleição esteve semana passada em campanha na Vila Fialho.

Com ele estavam o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), vários auxiliares da prefeitura, uma infinidade de candidatos a vereador, um grupo de barbudos que atua na direção de sua campanha publicitária, e uma “multidão” de carregadores de bandeiras levados por ônibus, que ficaram estacionados nas imediações do bairro.

Na Areinha é possível ver os mesmos barbudos, Pedro Lucas e outros candidatos

Na Areinha é possível ver os mesmos barbudos, Pedro Lucas, o careca de cinza e outros candidatos

Os círculos amarelos na imagens que ilustram este post servem para identificar a mesma “multidão” acompanhando Edivaldo onde quer que ele vá. Um olhar atento pode perceber inúmeros dos mesmos personagens, apenas com roupas diferentes.

Foi assim na Fialho, na Areinha, no Coroadinho, até na carreata de domingo; e nesta segunda-feira, 22, na Vila Riod.

No Coroadinho, Pedro Lucas ficou mais atrás, mas os assessores e barbudos da publicidade também estavam na "multidão"

No Coroadinho, Pedro Lucas ficou mais atrás, mas os assessores e barbudos também estavam na “multidão”

Nesses locais, pelo menos uma dúzia dos membros da “multidão” que Edivaldo anuncia em seus releases estão em vários bairros, dando conta de que todos são levados para fazer volume nas imagens.

É quase impossível identificar nas fotos algum autêntico morador da Vila Fialho. No dias seguintes, Edivaldo esteve também na Areinha, no Coroadinho e na Vila Riod.

observe

O careca, agora de rosa, na Vila Riod, além de outros que marcaram presença na “multidão” de outros bairros

E lá estava a mesma “multidão”, com Pedro Lucas à frente, a mesma infinidade de candidatos a vereador, os mesmos barbudos da publicidade da campanha e um sem-número de assessore e auxiliares do prefeito.

A conclusão que se chega é: a “multidão” de Edivaldo é a mesma em todo lugar que ele vai; pessoas levadas pela obrigação de estar com o prefeito, carregadores remunerados de bandeira e gente da estrutura de campanha montada a peso de ouro.

E até na carreata os personagens foram os mesmos: Pedro Lucas o presente, Penha e o velhinho animado dos outros bairros

E até na carreata os personagens foram os mesmos: Pedro Lucas o presente, Penha e o velhinho animado dos outros bairros

Falta à “multidão” de Holandinha o essencial: o povo, a gente humilde das áreas castigadas pelo abandono, aqueles que deveriam estar fazendo a festa pela passagem de um candidato que realmente tivesse o que mostrar.

Mas para a propaganda do prefeito – disseminada em blogs e redes sociais – o que importa é o volume, a “multidão” ao seu lado.

Nem que ela seja artificialmente construída…

6

Confiança e experiência…

Características são apontadas por eleitores como os principais aspectos a serem observados na avaliação de um candidato a prefeito de São Luís

 

Edivaldo, Eliziane e Wellington: vencerá quem tiver a experiência incontestável e a confiança do eleitor

Edivaldo, Eliziane e Wellington: vencerá quem tiver a experiência incontestável e a confiança do eleitor

Os inúmeros levantamentos realizados sobre a corrida eleitoral em São Luís revelam muito mais do que números de intenção de votos dos candidatos. Estas pesquisas apontam também para aspectos bem mais profundos das características de candidatos e do eleitorado, que forma o conjunto do que as coordenações costumam chamar de “pesquisas qualitativas”.

E dentro deste conjunto, dois aspectos são mais marcantes como características esperadas pela população em relação ao perfil dos candidatos. O eleitor de São Luís quer, como prefeito ou prefeita alguém com grau de confiabilidade satisfatório e experiência comprovada.

Para o eleitor, candidato confiável é aquele que cumpre rigorosamente as promessas de campanha, sabe bater na mesa e impor suas convicções quando necessário, não foge ao debate político e às suas responsabilidades e, principalmente, mostra com segurança as prioridades e dificuldades de uma gestão.

A experiência, na análise do eleitorado apresentada nas pesquisas qualitativas, não  significa apenas idade avançada ou acúmulo de passagens por cargos de comando ou direção. A experiência política, na visão do eleitor de São Luís, é ter sabido enfrentar as mais adversas situações e, ainda assim, manter-se íntegro, seguro e firme no projeto a que se propõe.

Além dos dois pontos, o eleitor ludovicense se identifica também com  o carisma do candidato, sua personalidade, a empatia e a relação que ele tem com seus aliados, seus adversários e com o povo.

Cada um dos candidatos a prefeito de São Luís – ou pelo menos os principais – orientam suas campanhas, a gravação dos programas, a priorização de debates e de propostas e a escolha das comunidades a serem visitadas com base nesses indicadores apresentados nas quali.

E é a partir delas que eles estabelecem suas estratégias.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão, com ilustração do blog
0

Stênio Rezende anuncia construção da ponte de São Félix de Balsas e destaca sua luta pela obra …

Stênio Rezende falou da Ponte em São Felix de Balsas

Stênio Rezende falou da Ponte em São Felix de Balsas

O deputado Stênio Rezende (DEM) anunciou na segunda-feira, 22, durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), vai começar a construir, nos próximos meses, a ponte de acesso a São Félix de Balsas, um próspero município da Região Sul do Maranhão, localizado a 600km de São Luís. 

O anúncio foi feito depois que o deputado Stênio Rezende participou de reuniões com o governador Flávio Dino (PCdoB) e com o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, para tratar da construção da estratégica ponte, cobrada pelas classes política, empresarial e pela população do município de São Félix de Balsas.

Durante as reuniões, o governador e o secretário informaram ao deputado Stênio que o processo de licitação para a construção da ponte será aberto nos próximos dias e as obras devem ser iniciadas nos próximos meses. Na ocasião, Stênio agradeceu pela obra, fruto de sua luta parlamentar durante seus cinco mandatos.

No pronunciamento, Stênio agradeceu o empenho dos  deputados que também pedem o benefício,  mas destacou que  sua luta pela ponte começou há mais e 10 anos, durante o governo Jackson Lago, com a apresentação do projeto de construção da obra, que misteriosamente desapareceu da Sinfra.

O parlamentar lembrou que sua luta pela ponte continuou quando Flávio Dino assumiu, durante audiência com o  secretário da Agricultura, Márcio Honaiser e com o deputado federal Weverton Rocha.

“Estamos empenhados para que a ponte sobre o Rio Balsas saia das pranchas e dos papéis para a prática”, disse.   

Concluindo, Stênio informou que São Félix é o único município que fica do outro lado do Rio Balsas. Estão localizados no lado oposto os municípios Balsas, Sambaíba, Loreto, Benedito Leite, até onde o Rio Balsas se encontra com o Rio Parnaíba.

“Com a determinação do governador, logo estaremos iniciando a obra”, prometeu.