0

Cururupu: Professora Rosinha perde mais uma na Justiça e deve ser declarada inelegível…

Rosinha entre seus aliados em Cururupu: a caminho da inelegibilidade

Rosinha entre seus aliados em Cururupu: a caminho da inelegibilidade

Com contas rejeitadas  sob risco de se tornar inelegível nas eleições de outubro, a Professora Rosinha, pré-candidata a prefeita de Cururupu, teve negado um Embargo de Declaração, por intermédio do qual pretendia rever a decisão do Tribunal de Contas do Estado.

Suas contas rejeitadas são da época em que ela era gestora de Educação no município, no exercício de 2007.

O embargo foi negado por que, no entender da Justiça, não havia fato novo que justificasse o arranjo jurídico encontrado por ela.

Professora Rosinha deverá agora tentar mais um pedido de reconsideração, para tentar adiar a decisão final e impedir que seja declarada inelegível antes das eleições.

O caso da professora Rosinha é bem parecido com a situação da presidenta Dilma, ou seja, questão de tempo para ter a declaração de inelegibilidade confirmada.

O que deve ocorrer até o final de maio…

0

Uma poderosa aliança de Eliziane com PSDB e PSB…

Articulações com as duas legendas estão avançadas e devem se consolidar nas próximas semanas, definindo posições de cada partido nos projetos conjuntos, não só para 2016, mas também para 2018

 

Eliziane Gama entre Pinto e Rocha: poderosa coligação em São Luís

Eliziane Gama entre Pinto e Rocha: poderosa coligação em São Luís

O PSDB deve mesmo formar com a deputada federal Eliziane Gama (PPS) em São Luís, em um consenso que pretende envolver, inclusive, os dois pré-candidatos tucanos, João Castelo e Neto Evangelista.

E o PSB também está a caminho desta aliança, já que a natimorta candidatura do deputado Bira do Pindaré está a um passo de ser defenestrada pela direção nacional da legenda.

Com a articulação, Eliziane Gama garantirá a coligação que se desenha nacionalmente para disputar a presidência da República em 2018, incluindo também a Rede Sustentabilidade.

O projeto passa pela indicação do vice de Eliziane e articulações com o senador Roberto Rocha e seu suplente, o tucano Pinto Itamaraty, hoje o principal interlocutor maranhense no PSDB nacional.

A aliança praticamente consolida o favoritismo da candidata do PPS em São Luís…

0

“Ingenuidade ou má fé atribuir minha eleição só ao apoio do governador”, desabafa Roberto Rocha…

Em entrevista exclusiva ao blog, senador faz um relato das articulações que levaram à eleição de Flávio Dino, em 2014, diz que, a partir de então, cada partido seguiu seu caminho, reafirma sua ação no fortalecimento do PSB – com filiações como a de Ildon Marques, em Imperatriz – e trata a intervenção no diretório estadual como um processo normal na instância partidária

 

Roberto Rocha põe o pingo nos is da política local

Roberto Rocha põe o pingo nos is da política local

seloTramita no diretório nacional do PSB um pedido de intervenção no diretório estadual do partido, assinado por Manoel Neto, que seria próximo ao senhor. Que razões justificariam essa intervenção?

O PSB é um partido grande, que tem se tornado cada vez mais protagonista no cenário da política nacional. No Senado, somos sete senadores, uma bancada que pode fazer a diferença em qualquer votação. Faz todo o sentido que o partido se fortaleça também no Maranhão, onde defendo que possamos crescer e estabelecer planos próprios, ampliando o número de prefeitos e vereadores. Na eleição para governador, fizemos um pacto de vários partidos, muito diferentes entre si, com um objetivo comum que era realizar a mudança necessária na política estadual. Passada a eleição, cada partido segue seu caminho, dentro de sua linha programática, buscando fortalecer sua identidade, até em respeito ao projeto nacional de cada um. Entendo que o prefeito Luciano, por estar focado em sua reeleição e nas complexidades da gestão de seu município, não tem tido condições para dar o seu melhor para o crescimento partidário. O pedido, assinado por um membro da Juventude do PSB, baseia-se em questões estatutárias que, no entendimento do impetrante, considera que vem sendo desrespeitadas, violando a integridade partidária.

O senhor citou o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, que divulgou em sua página no Facebook uma longa nota na qual defende a democracia interna do partido e de alguma forma dá a entender que o senhor não está em sintonia com essa vocação partidária. O senhor acha que o pedido de intervenção é antidemocrático?

Não. Esse é um instrumento previsto na vida partidária e de qualquer modo não acontece sem discussão, sem que todas as partes sejam ouvidas e apresentem suas razões. A discussão acontece no plano nacional, porque o partido precisa avaliar que caminhos tomar nos estados, baseado em seu projeto para todo o Brasil.

Na nota, ele narra, por exemplo, o processo de articulação política que levou a sua candidatura e traz de volta, de certa forma, um discurso que vem sendo insistentemente repetido que o senhor deve sua eleição ao governador Flávio Dino (PCdoB) e, pelo que está dito na nota, também ao grupo político do prefeito em Timon…

Senador tem ganhado admiração do PSB no Senado

Senador tem ganhado admiração do PSB no Senado

Para começar, é preciso entender que o processo eleitoral é dinâmico, uma construção que é feita com vários atores e circunstâncias que se atualizam a todo o momento. Compreendida essa lógica fica mais claro que o crédito de uma eleição não pode ser dado a um único ator. Eu ajudei Flávio a se eleger e ele me ajudou. Estávamos em um projeto conjunto, pelo Maranhão, em que cada um pode contar a história do seu ponto de vista e assim apresentar sacrifícios de projetos pessoais feitos no presente ou no passado como cota de contribuição. Posso dizer, por exemplo, que contribui bastante para a candidatura do Flavio, que precisava de apoio partidário e tempo de TV. O PT, que é do mesmo campo partidário do PCdoB, havia negado apoio em 2010 e voltou a rejeitar a aliança em 2014. Então, tive muitas conversas com Eduardo Campos para convencê-lo que para o Maranhão o apoio à candidatura de Flávio seria muito importante, mesmo em detrimento à proposta de uma candidatura própria no estado. Também fui chamado por Aécio Neves, junto com o deputado Bruno Araújo (PSDB/PÉ), para uma conversa antes do encontro dele com Flávio. Foram 16 anos de convivência no PSDB, onde tenho grandes amigos entre as lideranças do partido, então é claro que também ajudei na construção dessa aliança. E com esses dois candidatos à Presidência da República vieram seus partidos aliados. E nos dois casos vale lembrar que com candidatos próprios eles teriam um palanque para sua candidatura a presidente.Por outro lado, não fui um candidato inventado. Fui deputado estadual, deputado federal e candidato a senador anteriormente. Tudo isso significou acumulação de capital político que foram essenciais para a minha vitória, para a qual, claro, recebi contribuições, como a de Luciano. É ingenuidade ou má fé atribuir minha eleição simplesmente ao apoio do candidato a governador. Basta olhar as pesquisas anteriores à campanha eleitoral, onde eu já aparecia com 10 pontos de vantagem sobre meu concorrente. E não era um concorrente de última hora. Era um ex-ministro, com amplo apoio da presidente Dilma no auge de sua popularidade. Agora, é da lógica política que a candidatura a governador seja sempre o ponto de centrifugação de todas as outras candidaturas, inclusive a de deputados. É assim em qualquer estado da federação. Se houve um ator ao qual todos nós da aliança oposicionista devemos nossas eleições, é o sentimento de mudança, que prevaleceu no cenário da última eleição.

Parte do PSB se queixa que o senhor convidou o ex-prefeito Ildon Marques para se filiar ao partido e ser candidato a prefeito em Imperatriz.

As divergências internas são normais em todos os partidos. Quanto ao convite ao ex-prefeito, isso é parte da estratégia de crescimento da qual falei anteriormente. É natural que novos quadros, com densidade eleitoral, venham para o PSB. Isso aconteceu com o PCdoB, que se tornou um dos maiores partidos do estado, com o PDT, que, para citar um caso, terá como candidato a prefeito de Balsas um aliado da campanha de Edison Lobão Filho, e com muitos outros partidos. Por que só o PSB estaria fechado para receber adesões importantes? E por que só para o PSB vale essa interdição ideológica que não permite que políticos oriundos de outros grupos venham para o partido?

Como está hoje sua relação com Luciano Leitoa, depois da nota?

Nossa relação é de respeito e cordialidade. Não faz um mês, conversei com ele por mais de três horas, colocando em pratos limpos nossas visões sobre o futuro do PSB. Mas tenho respeito e admiração por Luciano, pelo seu pai, Chico Leitoa, a quem quero muito bem. Se estamos divergindo em alguma coisa não significa que esse respeito vá diminuir.

0

Experiência e Juventude em busca de soluções…

Neto Evangelista participou do seminário em que o ex-prefeito Luis Fernando elabora o seu projeto de governo em São José de Ribamar; tucano quer seguir o mesmo modelo em São Luís

 

Luis Fernando e Neto Evangelista: experiência e juventude discutindo soluções

Luis Fernando e Neto Evangelista: experiência e juventude discutindo soluções

O deputado e secretário de Desenvolvimento0 Social Neto Evangelista (PSDB) participou esta semana das edições do seminário “Planeja”, elaborado pelo ex-prefeito e pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (também do PSDB).

Evangelista quer adquirir conhecimento da metodologia adotada por Luis Fernando para usá-la em uma versão na capital maranhense.

– As soluções que estão aparecendo no Planeja são simples, mas de uma grandeza extraordinária e de uma eficácia maior ainda. Ou seja, vale aquela lição que sempre digo: o cidadão sabe mais do que qualquer governante o que é pra fazer – comentou LF.

Para Neto Evangelista, a experiência nas regiões limítrofes entre São José de Ribamar e São Luís mostrou claramente as necessidades das duas populações.

O deputado tucano é pré-candidato a prefeito da capital…

0

Aluisio Mendes cobra reabertura de agências bancárias em Lago da Pedra e Buriticupu…

aluisio1

Em reunião com técnicos do Banco do Brasil realizada quarta-feira no edifício-sede da instituição em Brasília, o deputado federal Aluisio Mendes cobrou a reabertura das agências bancárias em Lago da Pedra e Buriticupu.

Nos dois municípios a população não está tendo acesso a serviços bancários de qualidade.

– Faremos essa solicitação para que a agência possa reabrir com segurança para funcionários e a população de Buriticupu – afirmou.

Em Lago da Pedra, a agência do Banco do Brasil está em reforma e funcionando de forma precária. Após relatar a situação, AluisioMendes obteve dos representantes do Banco do Brasil a garantia de que até o final de maio aquela agência será entregue à população reformada, ampliada e modernizada.

aluisio2

Com relação a Buriticupu, o deputado disse que o grande problema enfrentado é a crescente onda de assaltos a bancos registrados nos últimos anos, o que cria dificuldades para o Banco do Brasil reabrir a agência.

Como medida de contenção dos assaltos, Aluisio Mendes fará gestões junto ao Governo do Maranhão para reforçar a segurança no município, a exemplo do que foi feito na época em que ele era secretário estadual de Segurança Pública, período em que não houve assaltos na região.

0

Rafael Leitoa defende funcionamento das “Farmácias Familiares” em Timon…

Rafael Leitoa: projeto para Timon

Rafael Leitoa: projeto para Timon

A exigência da Lei Federal LEI Nº 13.021, de agosto de 2014, que versa em seu Capítulo III, Artigo 6º, sobre o funcionamento das farmácias de qualquer natureza, exigindo obrigatoriedade da presença de um farmacêutico, foi debatida pelo deputado Rafael Leitoa (PDT) na tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira, 28.

Em seu discurso, Rafael Leitoa relatou a preocupação da Associação dos Farmacêuticos de Timon em atender a Lei, visto o tamanho dos estabelecimentos e a baixa receita. Após encontro com o presidente da Associação, Senhor Ronaldo, o deputado avaliou que na maioria das vezes, em quase todo o estado, as farmácias que estão mais próximas da população não têm estrutura para manter um farmacêutico durante o funcionamento diário.

O deputado reforçou que a medida é salutar, porém, o lado econômico deve ser levado também em consideração. Completando o raciocínio, Rafael lembrou que no Maranhão existem vários estabelecimentos chamados “Farmácias familiares”, onde o dono da farmácia é proprietário do ponto comercial e a mesma pessoa que faz o atendimento mais próximo da população carente.

Como tentativa de solução para esse embate, o deputado pedetista se comprometeu em apresentar um Requerimento à Mesa Diretora da Assembleia, solicitando à Comissão de Saúde, que convoque uma reunião com o Conselho Regional de Farmácia, Sindicato dos Farmacêuticos e entidades ligadas à atividade.

Objetivando para as farmácias de menor porte, tempo hábil para se organizar e atender os requisitos, de uma forma menos impactante financeiramente para seu funcionamento.

Para finalizar, Rafael Leitoa informou que em Timon, dos 36 sócios da Associação Farmacêutica do município, 18 já têm farmacêuticos e outros 18 estão com os filhos ou mulheres fazendo curso superior de Farmácia para se profissionalizar.

“Essa situação não pode ser de uma hora para outra, isso leva tempo e a gente não pode fechar todas as farmácias do estado do Maranhão com uma caneta só”, completou o deputado.

0

Servidores de Ribamar terão salários na conta já nesta sexta-feira…

Medida visa beneficiar o funcionalismo; homenageá-lo pela passagem do Dia do Trabalho, que será comemorado no domingo; e movimentar a economia do município

 

Cutrim antecipou salário de servidores

Cutrim antecipou salário de servidores

Atendendo determinação do prefeito Gil Cutrim (PDT), a Secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças (SEMPAF) antecipou para esta sexta-feira, 29, o pagamento dos salários dos servidores públicos municipais de São José de Ribamar, referente ao mês corrente.

A medida visa movimentar a economia da cidade, beneficiar o funcionalismo e homenageá-lo pela passagem do Dia do Trabalho, que será comemorado no domingo.

No início do mês, Gil Cutrim concedeu reajuste de 15% na gratificação de natureza especial (risco de vida) para os guardas civis municipais da cidade.

Em março, o prefeito já havia concedido novo reajuste salarial, de 13,01%, para os professores da rede municipal de ensino.

Em menos de seis anos, esta foi a quinta vez que Cutrim concedeu aumento salarial para os profissionais do magistério de São José de Ribamar – em 2011, o reajuste foi de 15%; em 2012 de 22%; em 2013 de 8%; e em 2014 de 8%.

0

Fufuca e Wellington confirmam comando do PP…

Justiça nega liminar ao deputado federal Waldir Maranhão e garante decisão da direção nacional, que confirmou os dois parlamentares no controle do partido no estado

 

Fufuca e Wellington com senador Ciro Nogueira: comando do PP gaantido

Fufuca e Wellington com senador Ciro Nogueira: comando do PP garantido

No mesmo dia em que a Justiça negou ao deputado federal Waldir Maranhão liminar por meio da qual ele pretendia retomar o comando do PP no estado, a Justiça Eleitoral confirmou que o deputado estadual Wellington do Curso será o presidente da legenda em São Luís.

André Fufuca, que já está no comando do regional, e Wellington, vencem portanto, a batalha contra Waldir, que se perdeu ao negociar com o governador Flávio Dino o voto a favor de Dilma no Impeachment.

O caminho de Maranhão deve ser a saída da legenda…

0

Prefeitura de Bom Jardim denuncia quadrilha que se apossou de recursos do município…

Em Representação formal à Procuradoria Regional da República no Maranhão foram encaminhados áudios de gravações e documentos que provam envolvimento da ex-prefeita Lidiane Leite de vereadores  do município

 

Em um documento protocolado sob o número 00007030/2016, na Procuradoria Regional da República, o município de Bom Jardim, como pessoa jurídica, denuncia formalmente a ex-prefeita Lidiane Leite, seu ex-marido, Humberto Dantas, o Beto Rocha, e mais os vereadores Arão Sousa da Silva, Sandra do Salomão e Sônia Brandão.

Na Representação, são anexados áudios que comprovam uma trama para afastar a atual prefeita, Marilnete Gralhada (PMDB), e garantir a ascensão de Arão Sousa, que é presidente da Câmara, ao comando do município.

O documento da prefeitura também mostra desvios de recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), então comandado por Moisés Sousa Silva, irmão de Arão Sousa.

A ação visa proteger as finanças da prefeitura, sobretudo com novas denúncias de abandono da rede escolar de Bom Jardim, que vem sendo alvo do grupo de vereadores desde que Malrinete Gralhada assumiu o comando da cidade.

A Representação do Município de Bom Jardim foi encaminhada ao chefe da PGR no Maranhão, Galtieno da Cruz Paulino.

Veja abaixo a cópia do documento:

copia1

0

Para Hildo Rocha, Flávio Dino cria obstáculos ao crescimento do Maranhão…

Em discurso na Câmara Federal, deputado ressaltou que, apesar de o estado reunir, dentre todas as 27 unidades da federação, as melhores condições para enfrentar a crise, a política econômica do governador inibe a atração de investimentos

 

O deputado Hildo Rocha (PMDB) voltou a analisar esta semana, na Câmara Federal, a gestão do governador Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão. E apontou que o comunista cria obstáculos ao crescimento do estado.

– Dino aumentou impostos, taxas e todos os tipos de tributos. Hoje o Maranhão cobra o ICMS (Imposto sobre Serviços e Circulação de Mercadorias) com alíquotas bastante altas, aterrorizando investidores – destacou Rocha.

Para o parlamentar, o resultado disso é a elevação do índice de desemprego.

– Só nos meses de janeiro, fevereiro e março o Maranhão desempregou quase 12 mil pais de famílias graças à política econômica equivocada, do Governador Flávio Dino e da sua equipe – declarou Rocha.

O parlamentar ressaltou que o Maranhão corre o risco de perder outro importante vetor de desenvolvimento, com a inauguração da expansão do Canal do Pananá, que possibilitará a travessia de navios de grande porte do Pacífico para o Atlântico, e vice-versa.

– Isso favorece muito o Estado do Maranhão porque nós temos o porto de maior profundidade do país, com mais de 27 metros de profundidade. Os navios que se utilizam do porto do Itaqui poderão utilizar o canal, as empresas de navegação serão favorecidas. Isso faz do Maranhão um estado bastante atrativo, mas, o governador não tem essa percepção – lamentou Rocha.

– É preciso que o governador entenda que da maneira como ele está administrando jamais irá criar empregos e desenvolver o nosso Estado – afirmou Hildo Rocha.