Será coincidência???

 

SampaioFlavio

Uma coisa pode nada ter a ver com a outra. Mas desde que resolveu declarar apoio a Flávio Dino (PCdoB) e ligar sua campanha de deputado diretamente à torcida do Sampaio Corrêa, o presidente do clube, vereador Sérgio Frota (PSDB), vê o time em queda livre. Desde então, além de perder o técnico, o Sampaio se distanciou do G-4, viveu uma crise interna que resultou na saída de vários jogadores e não vence já há seis jogos.  Se quiser se eleger deputado, Frota vai te que melhorar a classificação do Sampaio na Série B. E se livrar dos espíritos negativos…

2014 agoraFutebol

Nova etapa de esgotamento beneficiará 24 mil famílias em São Luís…

esgotamento

Murad e os representantes da Caema e da CEF

A Secretaria de Saúde, a Caema e a Caixa Econômica Federal assinaram ontem as Ordens de Serviços para as obras de Implantação e Ampliação do sistema de Esgotamento Sanitário de São Luís.

Nesta etapa, serão beneficiados moradores da Alemanha, Apeadouro, Barreto, Camboa, Fé em Deus, Ivar Saldanha, Liberdade, Vera Cruz, Vila Palmeira e Santa Cruz, Areinha, Avenida dos Africanos, Avenida Beira Mar, Avenida Kennedy, Bairro de Fátima, Coheb do Sacavém, Coroado, Filipinho, Goiabal, João Paulo, Macaúba, Madre Deus, Monte Castelo, Parque Amazonas, Parque Pindorama, Redenção e Vila Bessa, Ilhinha, Jaracati e Vila Menino Jesus de Praga, Angelim Novo, Angelim Velho, Anil, Alto do Pinho, Aurora, Cruzeiro do Anil, Ipase, João de Deus, Jardim Conceição, Pão de Açúcar, Piquizeiro, Pirapora, Rio Anil, Tirirical, Vila dos Vinhais, Vila Isabel Cafeteira, Vila Lobão, Vila Marinha, Vila Nossa Senhora da Conceição, Vila Padre Xavier, Vila Progresso, Vila Vicente Fialho, Vila Vitória, Vila 25 de Maio, Recanto Santos Dumont e Residencial João Alberto.

No total, o projeto, que pretende garantir o tratamento de 70% do esgoto sanitário da capital maranhense num prazo entre 4 e 5 anos,  prevê investimentos de R$ 360 milhões.

- Quando iniciamos essa gestão, tínhamos apenas 10% de tratamento de esgoto. Daqui a 4 ou 5 anos chegaremos a tratar 70% do esgoto da nossa cidade, o que colocará São Luís entre as capitais com padrão de saneamento mais avançadas do nosso país - disse o secretário de Saúde, Ricardo Murad.

Nessa segunda etapa do Programa, serão contemplados os Sistemas das Bacias Anil, Bacanga, São Francisco e Vinhais, com a construção de 241.752,57 metros de redes coletoras de esgotos; 22.759,23 metros de interceptores de esgotos; 11.462,02 metros de linhas de recalque; 6.729,08 metros de coletores; 22 estações elevatórias de esgotos; 3.383 kits sanitários e 23.914 ligações prediais.

Cidade e UrbanismoDesenvolvimento e progresso

Sinal de alerta no PSDB…

http://1.bp.blogspot.com/-hs-y9j1-kp8/Uz33hEU-MPI/AAAAAAAAV04/pMGANdxYjHw/s1600/aecio-neves.jpg

Aécio corre riscos com Marina

Os tucanos não receberam boas notícias dos primeiros trackings com Marina Silva na sucessão.

A nova candidata tirou votos de Dilma, mas em maior proporção de Aécio.

Marina entrou bem em Minas e em São Paulo.

Os especialistas dizem que ainda é cedo para avaliar se isso é consistente ou passageiro.

Mas creem que esse movimento não se encerrou.

Marina ainda vai estrear na TV.

Da coluna Panorama Político, de O Globo

2014 agora

Pedrosa, Zeluis, Arcangeli e Josivaldo sequer encaminharam programas para o horário eleitoral do rádio

Descaso com a propaganda derruba a lenga-lenga dos candidatos nanicos, de que a mídia tenta polarizar a disputa entre Edinho e Flávio Dino

 

http://1.bp.blogspot.com/-LGVlw3E9iBc/U_HXt7btiYI/AAAAAAAAUUw/53KeYO9HmOQ/s1600/flavioedinho%2B-%2BCopia.png

Flávio e Edinho polarizam a disputa; os demais não aparecem também na propaganda

Quem ouviu o primeiro programa dos candidatos a governador no horário eleitoral gratuito no rádio, hoje de manhã,  viu um imenso buraco no tempo reservado aos candidatos Antonio Pedrosa (PSOL), Zeluis Lago (PPL), Saulo Arcangeli (PSTU) e Josivaldo Correa (PCB).

Nenhum deles apresentou o material para veiculação à emissora responsável pela geração dos programas.

O blablablá destes candidatos é sempre o de que a mídia tenta polarizar a disputa pelo governo entre os candidatos Lobão Filho (PMDB) e Flávio Dino (PCdoB). Mas, se eles próprios não conseguem, sequer, produzir o programa por meio dos quais podem tentar convencer o eleitor, como esperar tratamento isonômico da imprensa?

Sem os programas do PSOL, PSTU, PPL e PCB, o primeiro dia da propaganda no rádio ficou mesmo polarizada por Edinho e Flávio.

E a mídia nada tem a ver com isso.

Se estes candidatos querem mesmo competir na disputa pelo Governo – sem a cansativa lenga-lenga contra a mídia, então que reúnam as condições básicas de competitividade.

Ou desocupem a moita.

É simples assim…

2014 agora

Em busca da metade indecisa…

Os números espontâneos da Econométrica de junho

Os candidatos a governador do Maranhão – sobretudo os que polarizam a disputa – vão tentar convencer, a partir de hoje, no horário eleitoral gratuito, não apenas o eleitor do adversário, mas aquela metade que se mostra ainda indecisa.

De acordo com levantamento do Instituto Econométrica, publicado pelo jornal O Imparcial em 26 de junho – com registro no TRE nº 0014/2014 – nada menos que 51,1% dos eleitores ainda não têm candidato a governador.

Este número é referente ao percentual de eleitores que, ao responder espontaneamente sobre em que pretende votar, disseram não saber, afirmaram votar nulo ou optaram por nomes diferentes dos que estão na disputa.

No total, naquela pesquisa – a mais recente da Econométrica não disponibilizou os dados referentes a este quesito – nada menos que 45,6% dos eleitores disseram não saber em quem votar. Outros 3,5% disseram que pretendem votar nulo.

E alcançou a soma de 2% os percentuais de nomes como Roseana Sarney, Edivaldo Holanda, João Alberto, João Castelo e outros.

O percentual de indecisos e daqueles que não pretendem votar em nenhum dos candidatos disponíveis é maior que a metade do eleitorado.

E é este povo que precisa ser convencido  pela propaganda eleitoral, que começa nesta quarta-feira, 20.

Vão conseguir???

2014 agora

Weverton Rocha recebe apoio de agentes de endemias de São Luís…

weverton

Weverton discursa para agentes de endemias articulados por Pavão Filho

Em Assembleia Geral realizada ontem na Fundação Maranhense de Assistência Comunitária (Fumac), o Sindicato dos Trabalhadores do Controle de Endemias de São Luís (Sintracema) declarou apoio ao projeto de reeleição do deputado federal Weverton Rocha e à candidatura a deputado estadual de Edivaldo Holanda.

A reunião contou com a participação de centenas de agentes de endemias que atuam na capital maranhense.

Segundo Bernardo Medeiros, presidente do sindicato, os trabalhadores apoiam o vereador de São Luís Pavão Filho, pelo seu compromisso em defender a categoria na Câmara.

- Desde que assumiu, o vereador tem lutado por nossas reivindicações, e já conseguimos avançar em muitas questões, como a redução da jornada de trabalho e reajuste salarial da categoria, que na gestão municipal anterior ficou extremamente defasado -  disse.

weverton2

Edivaldo e Weverton com Pavão Filho e lideranças sindicais

Complementando, Medeiros ressaltou a atuação do deputado Weverton em prol da categoria.

- O deputado Weverton lutou em Brasília pelo nosso piso salarial e pela valorização de nossa categoria - finalizou.

Weverton destacou a importância do trabalho da categoria, que atua na saúde preventiva nas cidades.

- Vamos unir nossas forças e deixar no poder representantes que trabalham e prol da população. Convido a todos vocês para nos ajudar a combater esta que é a maior das endemias que assola nosso estado: este grupo político que maltrata e deixa o Maranhão no atraso e na pobreza - disse.

O candidato a deputado estadual, Edivaldo Holanda, falou da importância da participação de todos na vida política.

- Não podemos nos omitir. Quero chegar à Assembleia Legislativa e também pôr o meu mandato à disposição das causas de vocês e de tantas outras categorias importantes para nossa cidade - concluiu.

2014 agora

Futebol: iniciado campeonato municipal de Santa Inês…

GEDSC DIGITAL CAMERA

A equipe do Departamento de Esportes de Santa Inês

A rodada de abertura do Campeonato Municipal de Santa Inês – versão 2014 – teve um saldo de 17 gols marcados, sendo cinco pela sede do município e 12 pela zona rural.

No sábado, 16, o evento de abertura reuniu dezenas de pessoas no Estádio Municipal Artema Santos (Binezão) para assistir a um amistoso entre a equipe sub-19 do Sampaio Correia e a Seleção de Santa Inês.

A partida terminou empatada em 1 x 1.

No jogo de abertura do certame municipal, o atual campeão São Cristovão venceu a equipe do Malmo pelo placar de 4 x 1.

Nesta quinta-feira (21), pela zona urbana, enfrentam-se Vila Rica x Coheb. Também na quinta-feira, no Binezão, jogam seleção de Santa Inês x Pindaré. Esta partida é válida pelo Copão da BR (Alto Turi).

GEDSC DIGITAL CAMERA

A equipe sub-19 do Sampaio Corrêa

Pela zona rural, a rodada de abertura aconteceu na manhã do dia 17 (domingo). No Povoado Campo Novo, o time da casa (Barcelona) venceu o Penharol (Povoado Gato) pelo placar de 3 x 1.

No Povoado Onça, a Portuguesa empatou com o Boavistinha em 1 x 1.

No povoado Bom Jesus, vitória do time da casa por 2 x 0 sobre o São João dos Crentes. Ainda pelo campeonato da zona rural, o Barro Vermelho venceu por 3 x 1 a equipe do Povoado Encruzilhada.

Texto e fotos: Magno Lima (Ascom/Stª inês)

FutebolMunicípios

Roberto Costa pede que a greve dos professores municipais seja tratada como prioridade na Assembleia…

Roberto CostaNa sessão desta terça-feira, o deputado Roberto Costa (PMDB), pediu a atenção da Assembleia Legislativa para os quase cem dias de greve dos professores da rede municipal de ensino. O deputado cobrou da prefeitura de São Luís um posicionamento diante das humilhações que os professores tem passado e diante do prejuízo que isso representa para a educação , mas disse também que é dever da Assembleia tratar o assunto.

O parlamentar disse ser inadmissível o fato de milhares de crianças, que dependem da escola pública, na capital, estarem sem aulas. Roberto Costa declarou ser vergonhosa a forma como essa greve vem se estendendo, a ponto dos professores se acorrentarem e fazer greve de fome, como forma de chamar a atenção para as causas por eles reivindicadas.

As faltas escolares afetam, também, a realidade financeira de muitos lares, que contam com o pagamento mensal do Programa Bolsa Família. Para muitas crianças a ida à escola representa ainda, a única refeição do dia, o que passa a ser comprometido com o período de greve.

Para o peemedebista, a atual situação dos professores municipais é a maior vergonha pela qual o Estado passa.

- O que mais precisamos tratar, atualmente, não é de campanha política, é deste massacre que estão fazendo com nossos professores e nossas crianças – disse o deputado.

Roberto Costa encerrou pedindo que o assunto seja tratado como prioridade dentro da Casa.

Assembléia

Osmar Filho sai em defesa da Semosp. Ouça áudio…

osmarO vereador Osmar Filho, em tribuna hoje, na Câmara dos Vereadores, saiu em defesa da Secretaria de Obras e Serviços Públicos da Prefeitura de São Luís.

Além de repudiar as críticas feitas à pasta e ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Confira o áudio AQUI.

Câmara MunicipalGestão Holandinha

Lideranças condenam fuga de Dino de entrevista…

Lideranças governistas na Assembleia Legislativa condenaram, ontem, a postura do candidato a governador Flávio Dino (PCdoB), da coligação “Todos pelo Maranhão”, que fugiu de uma entrevista que deveria conceder ao programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, no sábado, dia 16.

Para o líder do Bloco Parlamentar pelo Maranhão (BPM), deputado Roberto Costa (PMDB), o comunista teve atitude “antidemocrática”.

- O senhor Flávio Dino quer ser o próximo governador do Maranhão, mas mostra que não tem preparo para isso ao fugir de uma entrevista com jornalistas que todos no Maranhão conhecemos, com quem convivemos no dia a dia da Assembleia. Quem na Assembleia nunca foi criticado pela imprensa? Mas fugir de um debate por causa das críticas é pequeno demais para quem quer governar nosso estado - afirmou.

O vice-líder do Governo na Casa, deputado Magno Bacelar (PV), classificou como “covardia”, a atitude de Flávio Dino.

- Foi uma covardia, um ato de desrespeito para com o povo do Maranhão. Ele deveria ter ido, para expor suas ideias e debater com os jornalistas suas propostas e responder as críticas que os outros candidatos fizeram - completou.

Após a ausência de Dino, a direção da Rádio Mirante AM afirmou estar “absolutamente tranquila” de que cumpriu seu papel, ao dar oportunidades iguais a todos os candidatos a governador.

De O EstadoMaranhão, com edição

2014 agora